PplWare Mobile

Este camião elétrico autónomo pode transportar até 16 toneladas de madeira


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

33 Respostas

  1. McGomes says:

    Tem tudo menos aspecto de Camião que vai andar no monte!

  2. Miguel says:

    Cada carregamento uma pintura :p

  3. Jorge says:

    Acho que deviam investir tais recursos e tempo a pensar numa outra forma de evoluir do que em equipamentos para destruir, ainda mais, a pouca natureza que ainda nos resta.
    Mas enfim, tantas inovações mas sempre para o sitio errado.

    • Hugo says:

      O objectivo é precisamente destruir menos.

    • a verdade é dura says:

      eles só investem nesta industria porque esta industria dá dinheiro. e se há dinheiro é porque há quem consuma estes bens.
      Se queres realmente mudar algo, começa por ti: em vez de mandares postas de pescada na internet, começa por reduzir o consumo de papel e de derivados da madeira.

      • Jorge says:

        Acho engraçado este ultimo paragrafo por ti escrito.
        E o teu nome ainda acho mais piada
        Não estou a mandar postas de pescada, estou a dizer verdades e realidades.
        E quem és tu sequer para julgar me ou dizer o que devo fazer?
        Primeiro de tudo, o máximo de papel que tenho em casa são de livros e mesmo assim estou a começar a preferir e-books devido à facilidade de transporte.
        Segundo, cá em casa creio que em 10 peças de mobília, devo possuir 2 de madeira e mesmo assim essas mesmas peças são do séc. XX, ainda não me desfiz delas por valores sentimentais.
        Por isso em vez de tentares dar lições de moral, olha para ti.

    • Cortano says:

      As florestas destinadas à exploração de madeira são sustentáveis. Não há “destruição” da natureza, há um renovar.

      Atenção, estou só a falar das florestas ordenadas e destinadas à exploração de madeiras – não à desflorestação que ocorre em vários locais do planeta.

  4. Wnt says:

    O eléctrico nos termos em que anda a ser apresentado é pura especulação. Cada vez mais vai haver gente que será morta pelas máquinas em nome da humanidade.

    • Ruy Acquaviva says:

      Uma coisa é tração elétrica, outra é a condução autônoma. De fato os veículos elétricos se prestam melhor à condução autônoma porque tem operação mais simples e precisam de menos manutenção. Mas isso não quer dizer que possam existir veículos a combustível com consução autônoma e veículos elétricos com direção convencional.
      Muitas pessoas apontam perigo na condução autônoma pela possibilidade de erros de condução provocados pelo sistema automatizado e algumas poucas pessoas dizem que os veículos elétricos são perigosos porque são silenciosos e alguém pode não ouvir o veículo se aproximando.
      O primeiro questionamento eu acho razoável. Embora seja entusiasta da condução autônoma acho que é necessário ter muita cautela para não se implantar sistemas de forma açodada e provocar acidentes. A segunda alegação eu já acho improcedente. Caso contrário os surdos não poderiam andar na rua em segurança, além disso na cacofonia de barulhos do trânsito é impossível distinguir o ruído de um veículo que venha em nossa direção. O barulho dos motores é apenas uma poluição sonora e não contribui para a segurança.

  5. José says:

    Seria de muito agrado que estas coisas nem sequer fossem pensadas quanto mais existirem.Para bem do ser humano qualquer dia terá de se substituir os criadores destas aberrações

    • Vítor M. says:

      Porquê? Não há volta a dar, algumas podem fazer sentido e outras até podem chocar com o que conhecemos da sociedade atual, mas não há volta a dar, o futuro será das coisas autónomas, robôs, carros, comboios e camiões, além de muita maquinaria de tarefas rotineiras serão colocadas em modo autónomo. Empilhadores que transportam material, não irão precisar de operadores, assim como muitas outras máquinas que ainda é o humano a operar.

  6. gui says:

    Uma sociedade que já poluiu rios, mares, meio ambiente com toneladas de lixo, inclusive lixo espacial, vai caminhar inexoravelmente para a destruição de todos os recursos naturais em função do dinheiro; até descobrirem que dinheiro não se come.

  7. Sérgio J says:

    Dúvida, apesar de apenas conduzir num espaço confinado, não o podemos considerar nível 5, pois não oferece opção de condução manual. A zona confinada deve-se essencialmente à natureza da viatura e não à condução.

    • Leo says:

      Repara que o nivel 5 corresponde a essencia da condução comprovada por estudos auditados e verificados pelo mais alto grau de sucessão e posição de um profissional. Um produto desta qualidade e tecnologia integrada precisa de um espaco a altura da sua grandeza e dimensão

    • Sérgio J says:

      Peço desculpa, por mais uma vez publicar sem revisão. A minha pergunta era se não o deveríamos considerar nível 5 em vez de 4, pois ao contrário do nível este não oferece qq opção de condução em modo manual. Se for a questão do espaço confinado então por exemplo um dumper nunca poderá atingir o nível máximo de condução autónoma, pois a sua área de actuação está circunscrita.

  8. Joao Silva says:

    Portanto, este brinquedo, vai entrar na floresta para carregar madeira. Deixem-me rir! Se este brinquedo sequer entrar na floresta de certeza que já de lá não sai, ou melhor, pode sair, rebocado por um camião a sério e feito em pedaços.

    • Cortano says:

      isto é camião para andar dentro das fábricas de madeira… a transportar os troncos que chegam de camiões a sério para a zona da serração….

      Realmente, este camião precisa de muitas adaptações para andar na montanha, para começar, tem de ser muito mais alto em relação ao chão.

  9. Wnt says:

    Há neste blogue demasiadas pessoas a achar que a tecnologia vai salvar o “homem” isto é resultado da ignorância generalizada, não quero ofender ninguém.

    • Wishmaster says:

      O que entendes por “salvar o homem”?

      Salvar da morte?
      Exemplos de que salvou pessoas é o caso do desfibrilhador e milhares de outros produtos tecnológicos.

      “Salvar o homem” pode ter muitos sentidos. Se te referes a salvar em termos de valores, então aí a tecnologia poderá não ter tanta influência, depende.

      • hsff says:

        Trazer a paz, por exemplo, ou a saúde e o bem estar para todos, a justiça, a igualdade, todos os elementos que compõem uma sociedade civilizada

      • hsff says:

        Penso que era a isto que o Wnt se referia…

        • Wishmaster says:

          Ok, a tecnologia poderia fazê-lo…Mas não podemos esquecer a variável “comportamento humano” e tudo o que o rege: moral, ética, etc…

          Ora, ninguém aqui considera que a tecnologia vai salvar o homem dessa forma. Todos sabem que esta variável é que tem a palavra final e estão cientes que está muito longe de ser perfeita. Se a tecnologia pode influenciar esta variável? Pode, mas aí entramos no domínio da liberdade, da auto-determinação, do livre arbítrio, que teria que ser sacrificado usando tecnologia.

  10. pia says:

    Muito bonito o design do caminhão/camião

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia