PplWare Mobile

Bombas de abastecimento de combustível: Há novos símbolos


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

88 Respostas

  1. Joao says:

    Vai ser obrigatorio os postos de abastecimento disponibilizarem todos estes combustiveis?

  2. Barra says:

    Estes símbolos explicam muito do porquê da diferença de preço em muitos postos de abastecimento. Agora será mais difícil enganar os clientes.

  3. Sérgio says:

    Desculpem a minha ignorância, mas alguns desses símbolos pode ajudar a saber se o combustível é melhor do que outro?
    Na gasolina, quanto mais Etanol melhor?
    No diesel, quais dos 3 é melhor para um carro recente? Alguns desses símbolos distinguem do Diesel ‘simples’ do aditivado?

    • Vítor M. says:

      Hmm essa tua dúvida deu uma ideia, efetivamente era interessante divulgar a “qualidade” com base nestas “misturas”.

      • Luis Oliveira says:

        A deco em tempos já fez esse teste e chegou a conclusão que é tudo igual..
        https://www.deco.proteste.pt/auto/automoveis/noticias/combustiveis-e-tudo-igual-ao-litro
        havia inclusive uma reportagem mas não encontro agora.

        • Vítor M. says:

          Pois… mas e então? Estes níveis de mistura afinal são para quê? Será mesmo que é tudo igual? Temos de “arranjar” um infiltrado, para com propriedade nos informar.

          • Tx2 says:

            Isso, uma noticia dessas a informar a malta é que era 🙂

          • Vítor M. says:

            Sabes que não é fácil algumas informações 😉 há interesses que estão por trás destas “sinaléticas, misturas e variedades” de combustíveis. Mas gostava de saber, também como consumidor.

          • Nox says:

            Isto esta tudo relacionado com políticas europeias para meio ambiente
            em Portugal não existe gasolina com etanol, nem combustível
            XTL que é (X= coal, biomass, municipal solid waste)
            Os alemães na segunda guerra mundial ja utilizavam XTL feito partir de carvão.
            Estão a ser feitos esforços para se criar um combustível mais limpo,
            no caso dos carros a diesel a solução XTL feito a partir de resíduos mais limpos em matéria de co2 .

          • GM says:

            Vitor, nem todos os motores estão aptos a “beber”, nomeadamente no gasóleo, estes biocombustíveis. Seria conveniente antes do abastecimento esclarecer, ou com as marcas ou eventualmente no manual da viatura, se esta está ou não apta a utilizar combustíveis compostos, gasolina com etanol (álcool) e gasóleo com biodiesel, e ainda estando, qual a incorporação máxima.

        • Dinis Domingos says:

          É tudo igual o tanas. Já estou farto de ter esta discussão com Prius na ninja carrinha faço 500 km e com a Repsol faço 800… Agora percebo se a Prius tem etanol e eu não sabia…

          • Miguel says:

            tal como a gasolina espanhola

            €50 de espanhola fazem menos km
            do que €50 portuguesa

            nunca usei gasolina da prio
            mas o meu recorde de km foi feito com gasóleo laranja deles

          • Paulo L says:

            Miguel, isso que dizes dos combustíveis em Espanha não é bem assim, tens tal como em Portugal, gasolineiras mais baratas e com menos qualidade, mas Repsol é igual, tal como Galp e CEPSA.
            Isto em comparação de marcas comuns aos 2 países.

        • GM says:

          O teste comparativo realizado pela DECO teve apenas como comparação entre combustível simples e o aditivado (na altura da troika). Nesta nova simbologia, pelo que li e interpretei do artigo, nomeadamente no gasóleo e gasolina, visa indicar qual a incorporação de combustível “amigo” do ambiente, não tem a ver com a aditivação. Quanto ao gás, creio que em Portugal apenas é comercializado o GPL. O gás natural apenas será utilizado pela CARRIS e eventualmente outros transportes públicos, em cidade. Para as viaturas ligeiras julgo não existirem postos de abastecimento, apesar de existirem em catálogo viaturas ligeiras bi-fuel que o podem utilizar, nomeadamente na gama FIAT.

          • Pedro Lima says:

            Existe sim postos, mas são raros sei que existe um na estação de serviço da A4 em Custóias Matosinhos.
            É dos combustíveis mais baratos mais que o GPL

        • int3 says:

          Esse “estudo” nem é estudo, não é cientifico. Está cheio de falhas.

    • diogomm92 Diogo Monteiro says:

      Isso depende do fabricante e normalmente podes consultar isso no manual do carro.
      Nos diesel, o mais comum é ter 7% de biodiesel, ou pelo menos é essa a percentagem que vejo em vários carros de conhecidos.
      Nos a gasolina, e se não estou errado, não existe gasolina com etanol, pois não? Ou é tipo o biodiesel que tem de ser adicionado?

    • Dinis says:

      Quanto mais etanol pior… etanol é álcool… no Brasil usa-se há anos e a minha hornet no manual dizia que podia levar gasolina com até 10% de etanol (além da gasolina normal com até 110 octanas)

    • avoc03 says:

      Cá na Alemanha existe E5 é o equivalente à gasolina 95 e também a E10 que é cerca de 0,02€/L mais barata ao litro mas é mais fraca, embora ainda possas usar em muitos carros não recomendo a usar em período de inverno com neve e gelo

  4. Olly says:

    Espero bem que alguém se lembre, atempadamente, de explicar as diferenças entre cada um deles porque para mim (e suponho que para outros mais também) isto é “chinês”.

  5. Poulos says:

    Andamos bem a ser enganados estes anos todos…e eles a gamarem..ahahah

  6. JS says:

    Boa tarde acho muito bem haver mudanças e também deveriam vir com a fatura detalhada para sabermos o que pagamos.
    Mas o mais importante era termos o preço mais baixo nos combustíveis e não estarmos no lugar ocupado a nível mundial
    https://www.globalpetrolprices.com/gasoline_prices/
    È as casas com a 4ª maior subida da Europa isso sim devia ser visto agora os símbolos para mim passa ao lado

  7. Carlos Rino says:

    É tudo um “engana o povo”, basta ver aqueles preços nas placas das autoestradas, sempre iguais.

    • jose.matos says:

      Sou da opinião que as estações de serviço consecutivas não deviam ter preços iguais.
      Uma medida simples para evitar essa “concorrência”

  8. Ricardo says:

    Engraçado… usar fotografia da Galp em Espanha……… 😉

  9. censo says:

    Isto é para evitar enganos na hora do abastecimento ? Bolas, agora quem ficou baralhado fui eu. Afinal qual é o diesel que tenho de por na viatura ?????

  10. Bino says:

    Se forem ler a fonte da noticia vão perceber que isto são combustiveis ALTERNATIVOS. Nunca vi nenhum posto em Portugal propor este tipo de combustiveis.
    Eu a pensar, ao ler o artigo que iriamos ter etiquetagem/simbolos para Gasolina 95 vs Gasolina 98 vs Diesel low cost vs Diesel Premium. – Creio que em Portugal os postos foram obrigados a propor sempre Diesel Low cost, excepto nas auto-estradas.
    Por exemplo, o meu carro não aceita nenhum tipo de biodiesel.

  11. Adriano says:

    Eu com gasóleo do jumbo faço o mesmo que com o da galp… Já o da prio evapora depressa..!

    O que é estranho foi a galp ter acabado com o G-FORCE quando diziam que era topo de gama..!

    • Bino says:

      Agora chama-se Evologic.

    • int3 says:

      Mudou de nome para evologic. Nem isso sabes!

      • Adriano says:

        Evologic é o combustível aditivado e não o topo de gama, só tens 2 tipos de combustível : o Evologic e o Simples.. Que só difere 2 cêntimos no preço…
        Já na BP tens bp ultimate era o concorrente do G-FORCE, logo é bem mais caro que o aditivado, a diferença de preço sao mais de 10 cêntimos

      • Adriano says:

        Evologic é o combustível aditivado e não o topo de gama, só tens 2 tipos de combustível : o Evologic e o Simples.. Que só difere 2 cêntimos no preço…
        Já na BP tens bp ultimate era o concorrente do G-FORCE, logo é bem mais caro que o aditivado, a diferença de preço sao mais de 10 cêntimos

  12. Filipe Santos says:

    Desde o dia 1 de janeiro de 2010, todo o gasóleo rodoviário (dito convencional) comercializado no Território Nacional Português conta com uma incorporação de 7% de Biodiesel pelo que, ao abastecer com Gasóleo em qualquer rede de postos de abastecimento de combustíveis em Portugal, está na realidade a utilizar um Gasóleo com 7% de Biodiesel (B7). Para além de contribuir para uma mobilidade mais sustentável, a introdução de Biodiesel no gasóleo traz várias vantagens de ordem técnica.

  13. jose dias says:

    O meu carro usa gasolina do Jumbo de 98 octanas, noto uma melhoria no consumo assim como um melhor desempenho do motor…….

    • Joao says:

      98? mas que carro é que tens? O manual especifica para meter 98?

      • jose dias says:

        Diz 95 octanas na tampa….mas como eu uso gasolina simples da mais barata resolvi experimentar consumir a 98 do jumbo mais cara do que a 95 do mesmo fornecedor mas mais barata do que todas as outras marcas.

        • Joao says:

          “A octanagem não tem correspondência com a qualidade do combustível. Porém, motores mais potentes exigem maiores compressões e, por consequência, combustíveis mais resistentes à ignição espontânea. Potência e rendimento ótimos são sempre obtidos a partir de combustíveis de octanagem compatível com o projeto do motor.” Procura por octanagem na Wikipédia. Há um grande mito urbano em relação a isso.

          • Filipe says:

            Eu tenho um Saxo e no manual diz para colocar Gasolina 98, e não é um motor potente, é um 1.0i. De qualquer das formas, à 18 anos que leva com 98 hehe

  14. Miguel says:

    quanto mais etanol estiver na gasolina pior será para o carro (a menos que o carro seja mesmo para andar com uma grande quantidade de etanol), e se este for então de andar pouco ou estiver algum tempo parado ainda pior. o etanol absorve água, e água + combustível = carro na oficina algumas vezes.

  15. JR says:

    A unica informação que tenho no carro é EN590 Diesel, qual devo por depois disto entrar em vigor? Sempre levou gasoleo normal e chega a fazer 950Km por depósito (~60L)

  16. falcaobranco says:

    Tudo o que tiver a mais é bom… +10% de biodiesel… siga…lá para dentro… e vai-se para a estrada testar se realmente aquele gasoleo ( ou gasolina ) é mais fraca ou mais forte que a outra antes… é facil de fazer testes…

  17. int3 says:

    Adoro ler estes comentários 🙂 Depois andam com carrinhos de 2000 a poluir 20x mais ahahah.

  18. Manuel says:

    Vão até Sines e pensam uma visita guiada. Talvez assim percebam quais são as verdadeiras diferenças dos combustíveis….
    Aproveitem e perguntem a que valor sai o preço dos combustíveis à porta da refinaria e a que valor médio pagam um barril de crude.

  19. Big Mike says:

    Eu já fiz vários testes nas gasolineiras na minha area.
    Prius / Repsol/ Galp/BP…… a diferença é nehuma, uns roubam mais que outros no valor mas usam todos o mesmo material.
    A diferença está na quantidade de gasolina( no meu caso) que entra no carro.
    As mangueiras deixam passar muito ar, ao contrario do que pensamos.
    Mudei de estratégia na hora de ”alimentar” o carro e em vez de puxar o manipulo total da mangueira puxo só até metade.
    Demoro mais tempo na gasolineira, mas consigo fazer mais 100km que antes .

  20. G says:

    Já vi 3 sites sobre esta notícia e ainda não vi nenhum site a dizer algo do género:

    Quem mete Gasolina 95 tem que meter X
    Quem mete Gasolina 98 tem que meter Y

    E depois ainda falta também dizer que E5 é melhor/pior que E10 que por sua vez é melhor/pior que E85.

    Etc, acho que entendem onde quero chegar, espero.

  21. Miguel Martins says:

    Grande confusão!!!! Gasolina 95 e 98 tem a ver com octanas. E5, E10, E85 tem a ver com a percentagem de etanol misturado na gasolina… portanto não tem nada a ver uma coisa com a outra. É bom não misturar as coisas. Duvido que, em portugal, como as coisas estão, que vendam mais do que um tipo de gasolina no que se refere à percentagem de etanol misturado.

  22. AJCS says:

    O etanol é mais barato que a gasolina.
    Ao introduzir o etanol no combustível o preço vai baixar. Dúvido!

  23. Joel says:

    Isto nao é nada confuso, a mistura dos combustíveis bio ou álcool é mais preocupante nos carros mais recentes a diesel com os injectores piezoeléctrico que supostamente nao gosta de bio diesel nao sao so as programaçoes do dieselgate, a gasolina teoricamente mais antigos menos gostam de alcool quanto maior for a percentagem maior a probabilidade de corroer/comer/estragar principalmente as bombas e canalizacoes porque as borrachas, plasticos, tubos metalicos nao estao preparados para a corrosao do alcool. Carros recentes sem canalizacoes proprias e85, e100 nem pensar poder ser mais baratos mas depois custa a pagar. Podemos chamar-lhe credito nao solicitado. Boa continuação.

  24. bernardino gomes says:

    em que diploma legal está referida a data de a partir de 12 de outubropara entrada em vigor desta obrigatoriedade?

  25. SóRir says:

    É só rir com estes comentários…confusão entre percentagem de Etanol e octanas (também há aqui muita gente que ainda não sabe o que é), entre combustível simples e aditivado, alguns relatos típicos do género “Com o mesmo dinheiro faço o dobro de Kms com gasóleo da BP que da Prio!”, “Só meto combustível do bom, na Jumbo é só água!” ou ainda em Espanha é mais barato mais metem bio-diesel”, quando em Portugal também é obrigatório qualquer gasóleo ter no mínimo 7% deste…
    Estes novos símbolos já estão em vigor, e para não haver problemas basta meter E5 ou B7. Tão simples quanto isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.