ANACOM: Pagamentos de serviços não subscritos podem acabar


Destaques PPLWARE

34 Respostas

  1. Bruno says:

    Já era sem tempo alguém fazer alguma coisa.
    Aconteceu-me várias vezes aceder a alguma página e de repente carrega uma outra por cima que nada tem a ver com o conteúdo anterior. Cai no erro de carregar pra fechar no pop up da página, mas não fechou. Abriu outra.
    Sai normalmente daquilo e esqueci. Semanas mais tarde estranhei a falta de saldo. Liguei com a minha operadora que me informou que tinha aderido a conteúdo de débito semanal, algo que neguei, e fui esclarecido sobre o problema. Repuseram o saldo todo minutos depois.
    No entanto de vez em quando la aparecem esses anúncios intensivos, e sou obrigado a sair no gestor de tarefas e a selecionar novamente o que estava a ver.

  2. André says:

    Off topic: onde são anunciados os resultados dos vencedores de todos os passatempos feitos aqui?

  3. André Correia says:

    Mais uma vez a ANACOM a ser a autoridade inútil que tem sido… Quais recomendações quais propostas a lei e suficiente basta as operadoras deixarem de alinhar nesta palhaçada e só fazerem a cobrança mediante autorização expressa por SMS ou email do cliente e não baseado num pop-up que a maioria das pessoas nem viu pois está tão farta de publicidade que carrega logo para fechar a lei e óptima já me aconteceu descompus imediatamente a operadora e após ser recersido do valor indevidamente cobrado obriguei a pessoa na loja a anular a pseudo subscrição e ainda escrevi no livro de reclamações.

  4. ZeAmaro says:

    lo, atirem areia para os olhos das pessoas.

    Todos comem da mesma gamela, isto dá lucro a muita gente por isso não vai acabar tão cedo a roubalheira…

  5. André Carmo says:

    Finalmente…

  6. Mário says:

    A ANACOM podia e devia encontrar os buracos na lei e prevenir multando forte e feio os abusos cometidos pelas operadoras, quer nos esquemas das empresas com estes serviços quer nos abusos das operadoras nos ilimitados, só para dar 2 exemplos mas depois de ouvir hoje que os CTT vão ter que baixar o preço do correio em 0,003% para compensar os atrasos dos serviços que cobram, só me dá vontade de perguntar o que regulam, tomaram os portugueses também ter multas destas no dia a dia, a mim parece-me ser apenas um regulador virtual, só e apenas só isso.

  7. Artur says:

    Já deveriam ter tomado esta posição mais cedo

  8. SmarTech says:

    Se processassem a Vodafone pelas fraudes que cometem face a subscrições e a constante “chuleira” que causam aos clientes, ai sim..

    a) Tiram saldo por falta de carregamento de 0,50 por dia sem consultar o cliente!
    b) A internet acaba, eles automaticamente tiram 2,5€ por cada 100MB sem consultar o cliente!

    E tantas e tantas outras coisas que a ANACOM não faz nem quer fazer para impedir as operadoras!

    • Joao says:

      Está expresso nas condições do tarifário.

    • Paulo Martins says:

      O que referes está descrito nas condições especificas do tarifário, é o tipo de informação que embora não seja muito visível no site da Vodafone existe no site se fores procurar.
      Eu sei disso porque um vez que apresentar uma reclamação sobre esse mesmo assunto e fui confirmar se eles tinham essa informação disponível.
      Dito isto, continua a ser uma prática que existe claramente para “roubar” dinheiro aos clientes.

    • Francisco says:

      Ja leu as condições do tarifário em causa? Porque está lá escrito tudo aquilo que diz desconhecer. Deve ser como os lesados do BES…

    • PeFerreira98 says:

      A MEO/Moche também faz isso. Mas de facto está expresso nas condições de tarifário.
      A única que tive que nunca ‘roubou’ dinheiro sem meu consentimento foi a NOS/WTF.
      Eles simplesmente cortavam as comunicações por falta de carregamento ou plafond de dados. Juntamente enviando msg caso nós quiséssemos um extra (mandar sms para o 1xxx com a frase…).
      Sou a favor que todas as operadoras deviam obrigatoriamente fazer essa abordagem.

  9. nop90 says:

    A ANACOM tomou uma atitude? estou admirado! 🙂 🙂
    Vamos lá ver é se passa à acção e não se fica pelas palavras…

  10. Tone pêssego says:

    De notar que os operadores também estão a “mamar” uma parte do que nos é retirado. Daí estes esquemas mesquinhos e a meu ver completamente ilegais ainda existirem.

  11. Carlos Vieira says:

    Fui vítima dessa estratégia indecente de roubar incautos e inocentes.
    Sem saber como, de um momento para o outro tinha subscrito dois serviços um de jogo
    e outro de conteúdo adulto. Nem um nem outro são do meu interesse e foram-me ao bolso sem eu saber.
    Na altura não sabia que podia exigir o reembolso, senão teria apresentado a reclamação.
    Preocupei-me em parar os serviços e bloquear os cartões todos da família, mas deu-me muita preocupação, várias idas à loja do operador, muito tempo na área do cliente, enfim uma trabalheira.
    Acho uma medida mais que acertada que só peca por tardia.

  12. Hugo Gomes says:

    As operadoras vao procurar outros meios. Começa ja na nos no dia 14 com os mais x canais na rede analogica quero ver quantos canais vao me cortar e obrigar a comprar os aparelhos para os apanhar em cada tv ca de casa cada treta daquelas 1€ mensal isso vezes 4 agora multiplica se por 10 gajos na minha rua e ta feito outra panelinha para o cliente

    • Paulo Martins says:

      Embora seja uma situação chata, é uma mudança que mais cedo ou mais tarde terá que existir, se o serviço em formato digital permite que mais canais e com melhor qualidade cheguem aos clientes haveria de haver um momento em que a alteração teria que ser feita, fosse agora ou daqui a 10 anos haveria sempre clientes a reclamar.

  13. Hugo Gomes says:

    Anacom so entra quando quer e é comida quando quer mas ta la com… 😀

  14. Pedro says:

    Já me aconteceu, reclamei na área de cliente, no site da meo e de imediato anulei o serviço. De seguida desativei as “subscrições e compras”. Ao fim de umas duas semanas responderam ao meu pedido e foi me reposto “a titulo excepcional” o valor inicialmente cobrado. Quem for meo saiba que pode resolver tudo pelo site bem como desativar estes serviços logo por padrão. (https://cliente.meo.pt/conta/Telemóvel/produto/Telemóvel/tab/TelemovelServicosWAP)

  15. Tiago says:

    Já me aconteceu sem carregar em nada porque abre um popup e na altura tinha um lumia que tinha a funcionalidade de pre carregar as paginas para ser mais rapida a navegação e podem imaginar carregava tudo e subscria sozinho, a única forma de não acontecer é navegar por wifi

  16. Pois says:

    Banco de Portugal????? Que estranho!
    Para que serve a ANACOM, afinal?

    • Pedro Gonçalves says:

      Banco de Portugal sim, é o primeiro que deveria aparecer. As operadoras estão a “oferecer” um chamado “payment gateway”, ou seja, a cobrar directamente o consumidor por terceiros. Qualquer empresa que faça este tipo de serviço tem que que obrigatoriamente estar inscrita no Banco de Portugal, que não é o caso das operadoras, logo ILEGAL à partida.

  17. Razor says:

    Tive a minha experiência com isso, estava na internet com o smartphone e de repente recebo um sms dizendo que subscrevi um serviço qualquer, foi cobrado 4€ logo nesse instante e dizia que iria ser cobrado semanalmente…
    Enfim liguei para o apoio da MEO para saber o que tinha acontecido e pedir para me retirarem aquilo.
    Basicamente é pedir para desativar a subscrição automática de serviços e eles fazem isso num instante… Esta subscrição automática vem ativada por defeito…
    Façam isso logo que possam e passem a palavra, desativando isso podem ficar descansados em relação a surpresas deste género.

  18. Jesualdo says:

    Off-Topic: Outra coisa que é bastante chato.. porque temos que dar o numero de contacto quando apenas queremos fazer um teste de cobertura da internet fixa? Em outros paises da UE nao é necessario. Dao logo a informacao no sitesem pedir numero de telefone. Alguem conhece um site que faz o teste de cobertura com todas as operadoras?

  19. Paulo says:

    Eu pessoalmente NÃO ACREDITO na autoridade da ANACOM.

    São demasiados exemplos para perceber que algo vai muito mal.
    Em relação à Internet, Portugal é uma vergonha, demasiadas desigualdades num país muito pequeno.
    Aqui quem paga mais é que tem pior serviço – vergonhoso.
    Muitas zonas a pagar 32 euros/mês para terem 2Mbits quando não é pior.
    Estas velocidades eu tinha gratuitas em França …numa aldeia.

  20. Rui Moritz says:

    Recomendação…???

  21. Joao ptt says:

    Claro que estas fraudes só se mantêm, porque os operadores facturam com isso e o estado é uma palhaçada, porque era muito fácil legislar no sentido de tais serviços terem de estar desactivados, e ter de ser o cliente a ir a uma página online activar tais serviços, e a poder especificar até quais aqueles que desejava autorizar e a ser imediatamente informado de quanto poderia ter de pagar e qual a periodicidade de tais pagamentos nessa mesma página.

  22. masterpro says:

    Mais um instituto praticamente inútil! ao tempo que é assim, já desde os velhinhos toques polifónicos.
    Deveria de ser ilegal pura e simplesmente desde que apareceram.

  23. José says:

    A mim aconteceu me de aceder a jogos sem saber,dirigi me a uma loja meo,cancelaram o serviço e devolveram o dinheiro do que tinha pago desse jogo,no mês a seguir mandaram me uma carta para eu devolver o dinheiro que eu tinha recebido desse jogo,vejo tantas entidades para defesa do consumidor mas não as vejo a fazer nada,tudo farinha do mesmo saco,tudo para prejudicar o povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.