PplWare Mobile

ANACOM: Operadoras não devem cobrar por fatura em papel


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

33 Respostas

  1. Hugo Gomes says:

    Pois mas vem cobrado no valor mensal. Se nao pagar a factura cortam nao é

  2. grenfutyfi says:

    A MEO está a ficar um lixo super endividado. Gente cheia de jogos de treta a ver se passa. Se querem incentivar oferecem algo a quem receba por email no conjunto de período de tempo.

  3. Eduardo Paiva says:

    Como se a pasta de papel fosse das árvores comuns!
    A pasta de papel é de eucalipto, espécie ultrproduzida neste país.
    O que interessa é ganhar mais e mais à custa de todos nós.

  4. pedro says:

    o raciocino está invertido!!!! deviam era fazer desconto a quem adere à factura electrónica …. assim é que é uma postura séria e transparente!!!! pois a maioria da geração mais velha nem sequer têm email nem são utilizadores de TI …

    • Jose says:

      Exactamente. São eles que deixam de ter gastos na impressão da factura, por isso deviam dar um desconto.

      • Sky2008 says:

        Eu, quando recebi a última factura da Vodafone com a mesma lenga lenga, fiz apenas o que dizia lá em letras pequeninas (se pretender continuar a receber a factura em papel ligue xxxx). Quando o assistente me atendeu, apenas referi que pretendia continuar a receber a factura em papel enviado por via postal. Sem mais perguntas, foi-me dito que estava registado! Não sei se nos outros operadores é assim, mas sinceramente da Vodafone não tenho nada a dizer (já fui cliente de TODOS como seja pt desde o início com telepac a 56k depois sapo com adsl, depois tvcabo com cable modem a 128kb, clix (adsl), oninet, a seguir MEO fibra 30, e finalmente Vodafone fibra 200/100), sinceramente e excluindo a parte técnica pois não é isso que quero comparar, nunca fui tão bem tratado como cliente como nesta empresa! Só tenho a dizer bem…Já foram melhores pois quando terminei a fidelização dos 24 meses tive que por minha iniciativa voltar a aderir ao serviço deles, e agora a pagar mais e com 100/100 em vez de 200/100…mas mesmo tendo sondado a concorrência, a diferença era pouca.

        • L-N95 says:

          Faltou-te aí a VIA NET.WORKS, portanto não foste cliente de todos 🙂
          A VIA NET.WORKS foi a primeira operadora a fornecer ADSL sem limites de tráfego.

          • Sky2008 says:

            É verdade! E ainda havia mais… O “netecetera” da telecel… Aquela operadora que tinha um cão no anúncio (não recordo agora o nome)… Entre outras. 😉

    • leader021 says:

      e fazem desconto, nem que seja o euro da fatura, aka «custos administrativos».

    • Belmiro says:

      Nem mais Pedro. Capitalismo é para onde isto vai…

    • Daniel says:

      Mas acho que é mais que óbvio que à Altice não lhes interessa dar descontos, interessa sim receber receita (andarem a gastar para além das suas posses é o que dá, isso e terem perdido cerca de 2 terços do valor bolsista)… foi com o “bonus” da internet movel no verão, é agora com esta história das facturas. Eu já há algum tempo que não tenho a Altice como séria e cada vez mais me merecem menos confiança.

  5. Tiago says:

    A vodafone já o faz há uns dois anos ! Acabei por aderir à fatura eletrónica para não continuarem a cobrar-me em papel !

    • Hefesto,o Grande says:

      Olhe,então a Vodafone deve ter clientes de 1ª e clientes de 2ª categoria,pois eu já sou cliente da operadora há quase 2 anos e NUNCA paguei 1 cêntimo que fosse pela emissão da factura em papel,que me chega todos os meses para pagar a conta.Se for assim posso-me sentir um privilegiado.Agora,se me disser que a Vodafone cobra pela emissão de factura “detalhada”(atenção,detalhada !!),aí já é outra história(neste caso,todas as operadoras de telecomunicações o fazem há muito tempo !!).À emissão de uma factura em papel detalhada é aplicada um custo de 88 cênt (+IVA),sendo a resumida gratuita.Ao passo que as facturas electrónicas detalhadas são gratuitas.Por isso,informe-se,ok ?? 😉

    • Asdrubal says:

      No inicio do contrato com a vodafone, disseram que para receber factura em papel tinha de pagar mais. Por isso aceitei receber a factura por email em pdf. De facto está mais arrumado e não preciso de andar com papel atrás de mim para fazer o pagamento.

  6. Napléon Bonaparte says:

    Tenho que me mudar também!
    Por agora tenho Nós e Triplice, mas poderei alterar as coisa em breve…

  7. Napléon Bonaparte says:

    Já agora, em que ficou o facto da Triplice ter retirado unilateralmente o streeming de música ao clientes que tinham direito a isso nos serviços contratados, e que oficialmente essa gentinha qualifica como sendo uma oferta grátis e que portanto pode ser retirada a qualquer momento, sem que haja alteração unilateral do contrato por quem fornece o serviço?!
    Ficou em águas de bacalhau, hein?
    Bem me parecia…

  8. R says:

    A ANACOM opinou; as operadoras nada vão fazer. E depois? Será que algo vai acontecer?
    Parece o jogo do gato e do rato: temos de estar sempre atentos não vá o gato comer-nos.

  9. Oxodor says:

    a NOS também cobra.
    No meu caso aderi há uns anos à internet da WOW e logo quis fatura electrónica, um pouco depois de acabar os dois anos de fidelização estive para mudar de operador porque a internet tem estado demasiado má, ofereceram-me desconto para metade da mensalidade e lá continuei como cliente da NOS, mas comecei a receber fatura em papel em vez da habitual fatura electrónica, sem ter pedido alteração para fatura em papel.
    Nunca me importei com a fatura em papel, mas no entanto e já por duas vezes que tive que ligar para o apoio a clientes devido a problemas com a velocidade da internet aproveitei para pedir para voltar à fatura eletronica, algo que nunca chegou a acontecer, sendo que desta vez me começaram a cobrar pelo envio em papel. liguei para lá a reclamar, pois a NOS é que alterou para fatura em papel sem o meu consentimento, depois disso pedi por duas vezes para voltar à fatura eletrónica e nada… desta vez dizem que ficou registado o meu pedido e que vou mesmo regressar à fatura eletrónica, mas que tinha que pagar o custo desta última fatura em papel. Chulisse ou incompetência!?

    • Marco says:

      Devias fazer reclamação era no livro de loja. Assim fica sempre o registo para eventos futuros. A mim a NOS só entrou na linha após umas quantas reclamações e houve conversas telefónicas em que lhes respondi de volta pelo livro. Sou mais um dos que tem a ligação também notávelmente má de há uns tempos pra cá, mas como a mensalidade ficou mais reduzida, neste caso até me compensa, desde que fiquei assim.

      A assistência técnica da NOS (dada por empresas de call centers) é inqualificavelmente péssima. Mas as outras operadoras são idênticas. Aliás, há call centers a fazerem apoio ao cliente para as 3 operadoras principais …

      Nos dias que correm é usar e abusar dos livros de reclamações para estas entidades abusadoras, sejam telecoms, bancos, energéticas, águas e afins … é tudo a tentar roubar o máximo …

      Em espanha têm sido aos 2 e 3 aumentos por ano, e não é só de 1€ … lá como cá e como em outros países … alguém tem de pagar os milhões aos Ronaldos e afins …

  10. Zeze says:

    Liberalizem o mercado das comunicações na Europa. Há por essa Europa fora melhores preços.

  11. Nuno says:

    Google fiber para portugal? Ainda falta muitooooooo

  12. okapi says:

    Nada que já não se faça lá fora, mas por outro lado incentivam o cliente a pagar por Direct Debit e oferecem 5 euros de desconto o caso da E.ON . Dou o exemplo a SKY simplesmente não passa factura em papel e quem quiser que faça o print. Poupa-se no ambiente, ( Papel ,Tinta, Combustível, etc ) e no selo de correio, é que uma factura em papel até chegar á mão do cliente custa bem acima de 2 euros. Eu há mais de 10 anos que não sei o que é uma factura ou extrato do banco a vir pelo correio, eu comecei a optar por formato eletrónico.

  13. PoPeY says:

    Bela Anacom… “Nao “devem” combrar” , “A Anacom Recomenda que não…”

    Em suma, poder podem e a Anacom como tem que dizer qualquer coisa sai isto. lol

  14. Daniel says:

    “A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) recomenda aos operadores de telecomunicações que não cobrem qualquer valor pela disponibilização de faturas não detalhadas ou com um mínimo de detalhe aos seus assinantes”

    E depois: “Segundo revela a ANACOM, de acordo com a legislação em vigor, os clientes têm o direito a receber faturas dos serviços que lhes são prestados, devendo as faturas não detalhadas ou com o nível mínimo de detalhe fixado pela ANACOM ser disponibilizadas sem quaisquer encargos.”

    Então não é “recomenda” pois recomendar pressupõe algo não vinculativo mas se é uma imposição legal então garantidamente que é vinculativo. Neste caso é aviso à MEO mesmo, que caso cobre qualquer valor pela factura em papel irão acionar todos os mecanismos ao seu dispor (inclusive legais) para forçar a Altice a repor a situação à normalidade e cumprir a lei.

  15. Francisco Rocha says:

    Mas afinal não é obrigação do operador, do prestador do serviço, ou ainda do vendedor da mercadoria, emitir fatura ao cliente? E se este não tiver endereço de e-mail? Alguma Lei obriga a que os cidadãos ou consumidores sejam obrigados a ter conta de e-mail? Honestamente desconheço…
    Mais ainda, se assim é, cobrar 1 euro por fatura em papel, e se o objetivo é incentivar o menor consumo do mesmo em prol do ambiente, porque não tiverem esses senhores “idiotas” – porque como diz povo, idiota é aquele que tem ideias – a brilhante ideia de compensar/beneficiar aqueles que optarem por receber a fatura via e-mail? E assim até estaria de acordo, porque para além de beneficiar o ambiente a MEO, neste caso, ou qualquer agente económico em geral, pouparia no custo de impressão, no papel da fatura, no envelope e no selo ou franquia dos correios…ou estarei eu errado? Por último, tendo o cliente o seu contrato em curso e sendo agora confrontado, por imposição, a uma alteração contratual (quiçá abusiva) de forma unilateral não será este fator mais que suficiente para a rescisão com justa causa do referido contrato?

  16. PCN says:

    Não entendo muitos dos comentários que por aqui aparecem… em primeiro, só é cobrado aos clientes que têm internet fixa ou móvel, ou seja, não é o pessoal que nem sequer tem computador. Tendo acesso à net, os clientes podem a qualquer altura ir ao mail, à área de cliente, consultar as últimas 20 faturas, etc. Sou cliente Meo e até sou informado logo por SMS que a fatura está no meu mail. Se o carteiro me mandasse um SMS cada vez que cai uma carta na caixa, havia algumas cartas registadas que eu não perderia…
    Mas relativamente à posição… Não é muito diferente da concorrência e concordo, porque em termos ambientais, estão a promover a redução do consumo de papel, de tinta, do combustível dos carteiros, etc.
    E isto vindo de um setor privado e liberalizado…
    Muitos esquecem-me que, nem sequer se olha para o tema de ter internet ou não… mas o estado obriga todos os contribuintes que querem ter benefícios a ir validar faturas on-line (tenham eles 3 meses ou 90 anos) e a entregar o IRS em formato eletrónico, quer saibam escrever ou não. Se até o governo se digitaliza, porque é que uma telco não poderá digitalizar-se?
    Será que são estes os pormenores essenciais a debater pela DECO e pela ANACOM? Será que não deveriam antes andar a ver onde o dinheiro dos contribuintes anda a ser gasto em serviços universais e afins?

    • JPG says:

      É verdade que o próprio Estado é uma nódoa na defesa dos nossos direitos e nem devia ser comparado nesta categoria.

      Mas segundo essa teoria, se o Estado já liquida salários e irs automaticamente então daqui a uns anos as empresas de telecomunicações, eletricidade, agua e outros serviços também vão ter poder cobrar mais a quem nao queira pagar por debito direto?

  17. z/OS says:

    E porque é que os gestores iluminados não mantêm o preço para quem recebe a factura em papel e fazem um desconto de 1 € para quem tem a factura electrónica? Eu sei porque não o fazem, porque querem mamar mais dinheiro ao povo. Estamos aqui para pagar as contas dos outros. Iluminados uma treata, para não dizer outra palavra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.