PplWare Mobile

Altice Portugal leva internet por fibra ótica às 12 Aldeias Históricas


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Íngreme says:

    Pois. Aqui na zona instalaram ( a DST, se não estou em erro) há alguns anos um cabo de fibra óptica destinado a ser utilizado pelos operadores para servirem os clientes. E aqui ficou… Uns poucos de quilómetros de cabo suportado por postes, quer os das linhas telefónicas existentes, quer novos instalados propositadamente para o efeito, gastou-se o dinheiro e pelos vistos a infra-estrutura ali ficou apenas para enfeitar a paisagem e para servir de poiso para as aves. Por várias vezes já contactei a Meo, inclusivamente já lhes enviei a localização da povoação onde resido, e a resposta é sempre a mesma: “não há cobertura por fibra óptica”. E de tempos a tempos por interesse de alguém há portugueses de segunda que pagam o mesmo que os portugueses de primeira que lá têm a sorte de serem promovidos a portugueses de primeira…

    • goolo says:

      isto é tudo uma bela fantochada, eu estou na periferia de Santarém e a situação é a mesma, fibra Ótica ainda é uma miragem, pelos vistos vai continuar a ser… simplesmente vergonhoso…

    • David says:

      Eu pensava o mesmo, moro numa Aldeia a “meio caminho” entre Évora e Lisboa. Sempre pensei que não chegasse e em Março passaram a fibra. Tinha também essa instalação da DST (que não estava ligada) e a MEO passou a fibra deles na mesma.

  2. BMA says:

    A fibra, por si, não garante a velocidade almejada se o link for de baixa qualidade
    Acho que quis dizer fibra óptica. Ótico é relacionado ao ouvido. Soa-me como fibra de ouvido. ; -)

  3. amilton laurentino says:

    Pois, enquanto isto o resto do interior fica no abandono. Na minha Aldeia só tem ADSL com serviço de péssima qualidade. Deve ser para condizer com a historia da aldeia. Valha meu Deus!

  4. Pedro says:

    Onde moro ADSL está fora de questão não passa dos míseros 512Kbs em alturas de extrema baixa utilização quase que da 1Mbs, 4G é uma miragem por parte da MEO e NOS felizmente a Vodafone consegue dar-me 25Mbs em alturas de alta utilização, Ping estável e mais baixo que a ADSL

  5. MM says:

    É simples… é como tudo na vida, o sol não nasce igual para todos. A altice investe na fibra primeiro em zonas com maiores densidades populacionais, assim o retorno é maximizado o mais rápido possível com novos clientes e refidilizações.
    Depois vende-se as infraestruturas/rede de fibra a fundos de investimento/joint ventures, ficando sempre com uma percentagem ( a percentagem tem que cobrir o suporte dos serviços meo nas infraestruturas vendidas) .
    Mais tarde, extingue-se o departamento técnico da antiga PT e cria-se uma empresa de prestação de serviços (meo serviços técnicos) para se prestar serviços de manutenção e operacionalidade nessa mesma rede que se construiu, vendeu, e que suporta os serviços meo alugados ao cliente. É tirar o sumo todinho à laranja, é até ao tutano. O mesmo se aplica ás torres.

  6. Pedro Lameira says:

    É triste ver este circo, realmente dá mais visibilidade e fica sempre bem na fotografia fazer estas habilidades. Eu no meu caso foi instalada fibra 500 metros a norte e 500 a sul no meio ficou sem nada, alegando que nessa zona não houve capacidade de investimento, ou seja só houve capacidade de investimento para certas e determinadas zonas, saltou da parte sul para norte deixando essas casas do meio para traz, mostrando claramente que houve interesses. E depois vem para aqui fazer esta palhaçada.

    • Independente says:

      Palhaçada …? Porque não pedes então à nos e vdf para irem para aí também …!!?
      Pois… custa dinheiro. Estes tipos da Altice são os únicos a investir fora dos centros urbanos e o serviço deles melhorou a olhos vistos. Eu que o diga que no meu trabalho lido com todos eles.

  7. Pedro says:

    Entretanto, no concelho de Odemira, nada feito. É puro abandono.
    Há 2 meses estive para contratar ADSL da MEO e desisti. O preçário é muito elevado pois alegam que são o único operador na zona e, pelo facto, o preço é livre (quase o triplo do anunciado no site da MEO).
    Simplesmente escandaloso.
    É lógico que desisti.

    • Joao Ptt says:

      Felizmente tem Internet via satélite (da satinternet), mas com preços a começar nos ~30 euros para velocidades de até 16/ 6 Mbps também não sei até que ponto será mais barato que a oferta de ADSL.

      Estou obviamente a partir do princípio que não tem um bom 4G a servir a sua área.

  8. informado says:

    Caríssimo serviço…. paga lá mais de 30 euros … na caixa se faz favor…

  9. José Silva says:

    Só na minha aldeia é que não metem fibra…
    E ando aqui com os meus 10/0,80mb …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.