PplWare Mobile

Alerta: Há e-mails “maliciosos” dos CTT a circular! Não os abra


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. André says:

    Estes piratas informáticos estão cada vez mais “profissionais”. Já se começa a tornar difícil cair nos esquemas.

    • Redin says:

      Não é a toa que o spam existe desde que abril de 1978 e continua a evoluir. Se é que se poderá retirar aqui algo de positivo, então a persistencia e constante criatividade que caracteriza qualquer empreendedor e empresas, está presente também nas mentes criminosas deste tipo de atividade. O nosso erro é pensar que eles andarão a dormir.
      Já o mesmo, não se poderá dizer dos métodos até agora utilizados pelas empresas que prometem acabar com elas, já que seguem o mesmo padrão levado à letra pelo Albert Einstein: “Insanidade é continuar a fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes.”

  2. Miguel says:

    Abri o email e agora, vai atrair moscas o PC?

    Que raio de titulo pplware!

  3. Tiago Valente says:

    Dia das mentiras?

  4. Nuno Silva says:

    É também estamos a enviar SMS?

  5. Arminda says:

    Recebi exatamente o mesmo e-mail as 19h36. Com o meu nome e morada corretos!

  6. Luis says:

    Eu recebi esse email,
    Com os dados de uma amiga referentes a um registo/compra que fiz num site de vendas.
    Claro que não instalei nada…
    Mas é fácil cair…

  7. Luis says:

    Eu também. E como estou à espera de vairas encomendas … abri… 🙁 e agora… não detetei nada de esquisito na máquina até agora, já apaguei o email e limpei os temps do PC… o que fazer mais?

    • Redin says:

      @Miguel
      @Arminda
      @Luis

      A capacidade tecnológica de qualquer rede de spammers assustaria qualquer média empresa em Portugal. São capazes de pegar em biliões de mensagens e de forma automática adaptá-las a situações pontualmente personalizadas fazendo crer do outro lado de que está uma mensagem credível. Esta engenharia social permite que os tais * 0,005% de mensagens de sucesso continuem a chegar a bom destino. Se você recebe esta mensagem e a deteta de alguma maneira que se está perante uma possível fraude, deixe que lhe dê os parabéns e vá a qualquer uma das redes sociais, gabar-se de o ter feito, deixando depois um aviso a toda a navegação dos perigos que esta mensagem trás. Mas você não foi o destinatário da mensagem. Simplesmente calhou você ter recebido. Os outros que vão poder cair (e haverá sempre) é que são os verdadeiros destinatários.

      * Busca no Google por “spam 0,005%”

  8. cenerentola says:

    @Pedro pinto
    Queres sff explicar um pouco melhor como se abre um e-mail e respectivo anexo de forma “segura”. Tenho por norma as minhas caixas de correio segmentadas, subscriçoes, pessoais, profissional entre outros de forma a evitar spam nas caixas que realmente uso. Mas por exemplo, cá em casa sou o unico e muita malta por mais que eu avise abre tudo e mais alguma coisa! Raios parta os gatinhos!!!
    Isso de abrir mails de forma segura interessa-me bastante e concerteza a muito mais pessoas que frequentam este espaço.
    obrigado pelo teu tempo

  9. Martinho Carvalho says:

    O melhor é não arriscar, tanto no web dos CTT, como mesmo nosso servidor de email, abrir daqueles que conhecemos e nos CTT só abrir o que subescrevemos.

  10. DL says:

    Acedendo ao site dos ctt pelo chrome:

    “A sua ligação não é privada

    Os atacantes podem estar a tentar roubar as suas informações de http://www.ctt.pt (por exemplo, palavras-passe, mensagens ou cartões de crédito). NET::ERR_CERT_COMMON_NAME_INVALID

    Este servidor não conseguiu provar que é o domínio http://www.ctt.pt; o respetivo certificado de segurança é do domínio http://www.bancoctt.pt. Isto pode ser o resultado de uma configuração incorreta ou de um invasor a intercetar a sua ligação.”

    Já deu para ver como está tudo mal configurado e da maneira como fizeram esses e-mails tenho quase a certeza que os atacantes têm acesso a todos os dados privados (moradas, nomes, emails, nº de encomenda, etc).

    Também não me admira nada que a culpa disto seja de algum descontente que lá trabalha.

  11. Cláudio says:

    Acabei de receber um e-mail muito semelhante, lembrei-me do título desta notícia e por isso não abri nenhum anexo. Obrigado pelo alerta

  12. Rodinh says:

    “Você recebeu uma embalagem”
    A começar assim tinha de estar mesmo a dormir para abrir tal coisa.

  13. Redin says:

    Boa tarde.
    No seguimento deste artigo, pensei que seria útil fazer uma observação aos métodos de proteção atualmente existentes.
    https://www.linkedin.com/pulse/fraudes-via-email-ainda-h%C3%A1-esperan%C3%A7a-ant%C3%B3nio-pais

  14. Modem says:

    Como é que eles sabem a tua morada, e como é que sabem que está associada ao teu nome? Os CTTs foram atacados de alguma forma?

    • Redin says:

      Experimenta usares o Google colocando o teu nome completo ladeado por aspas.
      Vais ficar surpreendido com o que podes encontrar. E isso é sem qualquer tipo de esforço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.