PplWare Mobile

Afinal campanha da NOS do 5G é para manter! ARP muda decisão


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. David Guerreiro says:

    Bem assim sendo, a concorrência pode lançar uma publicidade a dizer que vão ter 10G. E não é mentira, um dia terão…

    • Antonio Correia says:

      David, tem toda a razão, o certo é que o 5G já está a funcionar em vários países da UE.

    • Pedro says:

      e pois claro que devem ter, nem que seja uns SFP+ 10G nos switches.
      🙂

    • Cm says:

      Basta ver a lei da publicidade, que taxativamente que “é proibida a publicidade em língua estrangeira, *mesmo que traduzida*”, e depois ver o que acontece todos os dias *há anos* (na realidade, há uma década ou mais, até), para ver o valor e a utilidade dessa pseudo “autoridade reguladora”…

      Tacho para bois, e nada mais.

  2. Pedro says:

    A NOS (ex-ZON) também foi a mesma que publicitava o Zon Fibra, quando apenas conseguia entregar cabo coaxial em casa dos cliente.

    É preciso ter muita “fibra” e imaginação para iludir os cliente.

    • verdadinha says:

      O 5G vai ter que ser banido, portanto tranquilo

    • JustaGuy says:

      A NOS utiliza FTTB e FTTC. Utilizam fibra sim, só não até casa do utilizador. O último troço de cabo em coaxial não é fator limitativo ao desempenho da rede uma vez que a que distância (e logo a atenuação) é curta. Isto obviamente assumindo que a SNR é boa (o que muitas vezes não acontece)

  3. NunoR says:

    Não se percebe de todo esta marcha-atrás da ARP!!! Embora algures no meio do video esteja mencionado que “está pronta para o 5G”, na realidade todo o anúncio está preparado para levar a crer que o 5G está disponível. O que obviamente é enganoso! Como dito num comentário anterior até podia dizer que estava preparada para 10G!
    E afirmar que é um tarifário “sem limites” mas afinal com velocidade limitada a 10Mbps… é o quê? Publicidade real e verdadeira?????

  4. Miguel says:

    Este fim de semana a Mariscada é por conta da NOS.

  5. Alexandre Conceição says:

    Boa tarde,

    Tenho uma dúvida no 5G, quando esta tecnologia estiver activa para quem a quiser utilizar é obrigatório ter um smatphone que suporte a tecnologia? Ou vai ser possível usar sem ter de trocar de equipamento?

    Obrigado

  6. Rennie says:

    coitados dos defensores dos patrões do Gaynaldo do Gaymar…..tomem Rennie que isto passa

  7. cat says:

    O marketing e a publicidade são, de entre muitas coisas, um método e uma forma de “enganar” para poder vender mais. Já não chegam estes anúncios de Natal (um exemplo de entre muitos) – onde o espírito natalício é usado e abusado, onde os seus valores, muito humanos, são alienados para vender pacotes de telecomunicações, carros, produtos financeiros, bancos, etc – para permitirmos situações completamente surreais de empresas que, como neste caso, publicitam produtos que ainda não possuem e que as obrigam a tirar licenças que só vão a concurso para o ano que vem. Agora, não há limites. Agora a NOS até vai dar uns terrenos na Lua ao acumular os pontos suficientes na sua conta, se aderir a este serviço, claro … Faz sentido, ARP ?

    A ARP, no meio de isto tudo e pela sua natureza, deveria proteger a ponta final da cadeia: o consumidor. Mas faz exactamente o contrário. Aprovam esta publicidade que todos percebemos não ser verdadeira. E sendo assim, estamos todos a ser enganados. Mas para mim o problema é bem maior e é evidente nos consumidores, cada vez mais fanboys e a sua demagogia. Cada vez mais eludidos com ilusões artificiais e onde os valores mais básicos são usurpados e alienados para fins económicos: You’ve been branded ….

    • Cm says:

      Lê o meu outro comentário sobre a arp e já ficas a saber o que a casa gasta.

      • cat says:

        Sim li e concordo. Existe um sem número destas organizações “da treta” que só servem para atirar areia para os olhos dos consumidores. Olhe-se para a electricidade e para os combustíveis, por exemplo. É o país que temos e não queremos mudar.

  8. Paulo says:

    Esta nos nem 4g e meio tem. Quanto mais 5g. A mim não me apanham nessa rede. Nem oferecido queria nos

  9. Rodrigo says:

    O dinheiro que a ARP não deve ter recebido da operadora para mudar a decisão e voltar atrás.

  10. Francisco R says:

    Não há cu que aguente ouvir esta porcaria de 5 em 5 anúncios.
    Raio da moda dos anúncios irritantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.