Quantcast
PplWare Mobile

600.000 Mac infectados por vulnerabilidade no Java

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. johnito says:

    Pois é, quando ninguém dava nada pelo OS MAC era o melhor há face da terra, agora que já tem uns “6 milhoes” de seguidores é o que se vê… windows vem que estás perdoado 🙂 🙂

    • johnito says:

      desculpem … havia

    • Jorge Rodrigues says:

      ao menos ao contrário do windows no mac os x se há u problema é resolvido de imediato…..

      • RCS says:

        Por acaso a fama da Apple não é nada essa. Há correcções que levam muito tempo a serem feitas. Agora que os problemas são menos explorados, isso são. Por consequência os utilizadores têm menos problemas destes.

        • Dogzilla says:

          De cabeça não me estou a lembrar qual é, mas sei que o Windows tem uma vulnerabilidade que a Microsoft conhece e não resolve já desde os tempos do XP ou anterior.

          No entanto, nada tenho contra a Microsoft, atenção.

  2. Francisco Pinto says:

    Já foi lançado um update que “tapa” essa vulnerabilidade!
    http://support.apple.com/kb/HT5228

  3. Francisco Pinto says:

    MAs digamos de passagem só instala actualizações de sistema sem ser da pagina da Apple ou do sistema quem anda muito distraído!

    • Carlos says:

      O FlashBack não se disfarça de update do Sistema, e o único sinal que está a atacar é que, do nada, aparece a janelinha para se escrever a senha de administrador.

      O que acontece é que *independentemente* de se introduzir a senha ou não, o FlashBack consegue instalar-se.

      E não duvides que próximas versões, e aqui estamos a falar de poucos dias ou até mesmo poucas horas, não vão pedir senha nenhuma e vão logo tentar explorar a falha do Java.

      • Francisco Pinto says:

        Como essa vulnerabilidade no java já não existe…

        • Carlos says:

          Fia-te na Virgem e não corras.

          Lembras-te de em 2010 o Conficker ter sido notícia? O Conficker explorava uma falha que tinha sido resolvida 2 anos antes, em 2008…

          A não ser que a Apple tenha uma forma de *obrigar* toda a gente a passar a usar o OS X 10.7 (o que implicaria suportar Macs que atualmente não suporta) e obrigar toda a gente a instalar todas as atualizações, podes ter a certeza que muita gente pura e simplesmente vai ignorar as atualizações.

      • @lmx says:

        humm
        o que eu acho estranho é que a opção disable bit não permite correr executáveis Java, sem activarmos essa funcionalidade!!
        Muito estranho mesmo.

        cmps

        • @lmx says:

          “allows remote untrusted Java Web Start applications and untrusted Java applets to affect confidentiality, integrity, and availability via unknown vectors related to Deserialization”

          ou seja haverá um servidor usando o protocolo http que servirá para o cliente uma applet, esta por sua vez ao desserializar objectos do tipo AtomicReferenceArray enviados pelo servidor, apodera-se da shell, utilizando mecanismos de Introspecção do java consegue carregar classes de base da JRE e fazer system calls ao sistema, sendo que o “artista” do outro lado fica com acesso ao nivel root dessa maquina.

          ”the vulnerability exploits a flaw in the deserialization of “AtomicReferenceArray” objects, which allows remote attackers to call system level Java functions via the ClassLoader of a constructor that is being deserialized without proper sandboxing.”
          será mais ou menos isto…pelo menos foi o que percebi “lendo na diagonal”.
          links:
          http://pentestlab.wordpress.com/2012/03/30/java-exploit-attack-cve-2012-0507/

          http://contagiodump.blogspot.pt/2012/03/java-cve-2012-0507-atmic-cve-2012-0506.html

          cmps

  4. Rogério says:

    Aconselham algum av em especial para mac os lion?

    • Carlos says:

      ai agora é que te lembras disso lol? casa roubada trancas à porta muhahahahaha

    • Vítor M. says:

      Não precisas de nenhum AV, esquece isso. Mantém o Mac OS X actualizado e nada de grave acontecerá.

      • Paulo says:

        Vítor, não é bem assim. Apesar de não existirem vírus para *nix, existem trojans, rootkits, java exploits, etc. Para além da possibilidade do utilizador visitar sites infectados, também há a questão da pirataria e tal….. muitos utilizadores sacam software pirata que pode (ou não) estar infectado com algum trojan. E olha que existem uns quantos para o OS X. Ter um AV instalado não faz mal nenhum. Mais vale prevenir. Uso o Sophos AV e é bastante porreiro. Não ocupa recursos praticamente nenhuns e é gratuito. Outra alternativa é o ClamXav.

        • Paulo Ferreira says:

          Nah, basta teres as actualizações todas e não te acontece nada! A sério, confia em mim 😉

          Enfim, quando leio respostas como a do Vítor M. é que compreendo a razão de a “industria” do Malware ser tão lucrativa.

          • Vítor M. says:

            Não compreendes nada.

            Vou-te dizer que, numa das empresas sob minha responsabilidade, tenho maquinas de produção sem qualquer software anti-malware, apenas têm os sistemas nativos do Windows e… utilizadores conscenciosos e serviços fidedignos… já lá vão 7 anos que é assim nesses postos de trabalho e nunca nada aconteceu.

            Têm serviços online e permissões para navegar livremente e contenciosamente pela web…

            Portanto, o problema, como já alguém referiu está quase sempre entre o ecrã e a cadeira 😉

            E repara bem no que te digo…. eu tenho essa experiência e em vários sistemas operativos e tu?

            Assim, digo-te para aprenderes algo e não te preocupares sem sentido que… Um Mac OS X actualizado e um comportamento conscencioso… chega.

          • Paulo Ferreira says:

            Compreendo sim Vítor, muito mais e muito melhor do que possas imaginar!

            “Assim, digo-te para aprenderes algo e não te preocupares sem sentido que… ”

            Obrigado pela lição, mas dispenso-a da mesma forma que dispenso um jogo de roleta russa. É que a tua forma de pensar vai acabar, na melhor das hipóteses, com um tiro no pé (especialmente no que toca ao OSX)!

            Vítor, não interpretes as minhas palavras mal. Respeito a tua opinião, mas discordo dela, só isso. Tu tens a tua experiência profissional, eu tenho a minha e vamos ficar por aí.

            Abraço 😉

      • Rogério says:

        Está sempre actualizado Vítor M. 🙂 Obrigado.

  5. Iv@n says:

    Tinha dito já lá no passado, não é questão de ser o invunerável e sim o menos usado. Sei que a Apple tomará as providências, só quero ver o aumento do custo… Estão enfrentando agora o que a Microsoft já o fez a tempos.
    O mesmo já disse do IE, não é o mais rápido por ter que ser seguro devido a preferência da massa leiga.

    • @lmx says:

      boas…
      não é uma questão de segurança do sistema Operativo, mas sim de como algumas classes do java foram feitas e tem também a ver com os mecanismos de sandboxing do java…seja qual for o SO!!

      cmps

      • Carlos says:

        A sério?

        Nota que estamos a falar dum troiano que explora falhas no JRE, logo correm em qualquer SO.

        E no entanto, segundo a Kaspersky, 98% dos computadores infetados correm uma versão do OS X. Percebeste bem? Noventa e oito porcento! Sabes quantos correm o Windows 7? 0,06%.

        Se tivermos em conta que há cerca de 10 vezes mais PCs a correr o Windows 7 que todas as versões do OS X, o que se concui daí?

        • @lmx says:

          boas …
          o que se poderá concluir e que a malta dos mac não faz atualizações

          cmps

          • Carlos says:

            Então quando se diz que não há problema porque já saiu uma atualização de segurança — uma das tais que ninguém instala — há aí um problema, não é verdade?

            (Em verdade o problema é que ninguém instala atualizações de segurança: como eu disse lá mais acima, o Confiker explorava uma falha que tinha sido resolvida 2 anos antes, e situações parecidas são recorrentes)

          • @lmx says:

            Boas,
            concordo com o que dizes, e do ponto de vista do utilizador existe uma falha.
            Agora essa falha não pode ser atribuída ao SO, porque esse não tem culpa das opções dos utilizadores.

            Eu não uso MAC, mas penso que talvez a diferença esteja na forma como os Updates são geridos, no windows é uma coisa muito intrusiva e talvez por isso a malta acabe por fazer os updates, talvez no MAC OS não seja tanto e a malta segue sem fazer updates…
            mas continuo a dizer que devem ser retirados privilegios ás maquinas virtuais de alguma maneira, caso contraio põe em risco o SO, não sei como se poderá fazer isso sem descurar a usabilidade, mas penso que terá no futuro que se caminhar por ai!

            cmps

        • Iv@n says:

          Exato, Carlos! Questão de tempo de experiência já no combate aos vírus.
          E como esperava, postou Francisco Pinto, já há a vacina.

          • Iv@n says:

            Boas a Vc também @lmx

            A grande maioria dos users não tem mesmo a “malícia” no uso de seja qual for o OS escolhido. Por isso acho que se o OS deseja ter a preferência no uso, tem sim que se precaver disso. Afinal não são todos que têm o domínio, admiro o seu, na área da informática.
            Creio que é isso que faz com que a Microsoft imponha, como Vc bem salientou, seus ups. Fazem o mesmo os principais AVs.
            A Macintosh tem que seguir o mesmo caminho, embora eu tenha sempre percebido que o user do Mac é mais técnico ou se acha. Com a maior utilização do OS, seja por leigo, Dr, expert em TI…, a Macintosh terá sim que pensar na maior segurança no operacional.

            Retorno seus cumprimentos.

  6. Luis says:

    Olha.. ao que parece os macs não são assim tão seguros como muitos dizem por ai! 😉

    • Vítor M. says:

      Olha que são… Muito mesmo, acredita!!! Quando começas a usar, estranhas até este ser pouco intrusivo com questões de segurança. Uns tempos depois é tudo tão normal como utilizar sem sequer lembrares-te de um anti-vírus ou qualquer outro anti-malware 😉

      • Luis says:

        ahah eu já uso mac a vários a anos sei do que estás a falar e concordo contigo 🙂
        O que queria dizer é que como qualquer outro não é imune a vulnerabilidades ou vírus.

        • Bruno Silva says:

          Concordo e discordo, tenho Mac e usei PC e uso, jamais usei um AV seja em qualquer plataforma, se é um risco é, mas o maior problema encontra-se sempre entre a cadeira e o PC (Mac), se uma pessoa for responsável, souber o que está a instalar e ler bem as coisas sem clicar apenas em seguinte, podem crer que tem um PC ou Mac que só precisa de uma formatação anual, o recomendado digo eu, tenho um PC que nunca foi formatado e não me queixo, o meu Mac só o formatei uma vez, porque no principio e sem conhecer profundamente o SO cometi erros como todos, acabem as guerras PC vs Mac, ambos são bons mas nem todos são para todas as carteiras! Mac Adoro PC Windows Adoro.

      • Joao says:

        São tão seguros como os PC’s, simplesmente são menos utilizados e não há muita gente que se dê ao trabalho de desenvolver virus e malware para “só” afectar meia dúzia de caramelos.

        Iremos ver, no futuro, com o aumento de Macs por aí se essa “segurança” toda, realmente existe. Como utilizador mac, espero que sim, no entanto, acho que são tão seguros como qualquer PC.

        • Vítor M. says:

          Não tem a ver com isso. Tem a ver com o tipo de arquitectura do sistema operativo, nada tem a ver com o Windows e mesmo em termos de funções de segurança, se conhecesses o Mac OS X verias que são totalmente diferentes.

          • RCS says:

            O Windows tem sistemas de segurança muito bons. Há vários especialistas de segurança que o dizem. De certeza que investe mais em segurança do que a Apple.
            E atenção com o conhecimento de um SO do ponto de vista do utilizador. Isso nada tem a ver com a maneira como o sistema lida com a ram de forma a que não possas aceder ao que outros programas têm em memória (por exemplo, escritas na ram em posições aleatórias e cifradas). O mac os x até costuma estar um passo atrás do Windows no que toca a estas tecnologias.

          • Vítor M. says:

            RCS sim tem sim, provavelmente será o sistema que melhores sistemas criou, no entanto é também quem mais precisa deles, tanto pela sua arquitectura como pela sua massiva utilização. Actualmente o Windows é dos sistemas melhores preparados para combater o malware que o aflige.

  7. Paulo says:

    @Rogério: Sophos Anti-Virus for Mac Home Edition. Levezinho e gratuito 🙂 http://www.sophos.com/en-us/products/free-tools/sophos-antivirus-for-mac-home-edition.aspx

  8. lol says:

    é nessas horas que conhecemos o verdadeiro “rei da selva”…
    Ou a Cinderela comeu a mação envenenada?

  9. Eleck says:

    nenhum sistema operativo é seguro o sistema operativo macOS só é segura porque ninguem dava um tostão por ele e mesmo assim até o linux/unix consegue ser mais seguro, se o macOS crescer muito vão vir ao decima muitas mais falhas uma ves que este sistema não tem os anos de pirataria que o windows tem

    • Francisco Pinto says:

      A corda o Mac os X é feito em unix! se ninguém dá um tostão pelo mac ox x do linux nem se fala é muito menos usado! 🙂

    • Emannxx says:

      O que dizes, tem, de facto, um fundamento.

      Vamos imaginar:
      Eu vou fazer um virus/trojan/worm wtv, para criar uma botnet. Tenho 80% dos computadores existentes no mundo que usam o Windows, e o resto da percentagem está distribuída pelos outros sistemas operativos.

      Ora, para qual SO é que eu vou criar o malware? É lógico, não é?

      O Windows é extremamente diversificado e utilizado por tanta gente que tudo o que é hacker e ciberdelinquente procura constantemente falhas no sistema, para criar exploits.

      Se os papeis se invertessem da noite para o dia, o MacOS muito provavelmente estaria, neste momento, em maus lençóis – pois o Windows tem anos e anos de correção de falhas por parte da Microsoft, o Mac nem por isso: sai um update de vez em quando e tal, nada por aí além.

      As falhas estão lá, apenas não foram descobertas, ainda.

      • João Reis says:

        tretas, esse mito ainda existe hoje em dia…a 10 anos fazia sentido “desculpar” com isso, agora não.

        A percentagem de MAC´s e enorme, e o facto de conseguir algo realmente Importante e nunca conseguido até hoje, contaminar Macs em grande escala, so por si é mais tentador, pela fama e gloria do que atacar um windows que qq scriptkiddie o faz.

        • Carlos says:

          A quota de mercado a Apple ronda os 6%, não é assim tão grande.

          Há mais PCs com o Windows Vista (que toda a gente diz ter sido um fiasco) do que com todas as versões do OS X juntas.

        • Emannxx says:

          “A percentagem de MAC´s e enorme”

          Olá? Tens mesmo a certeza? Olha que eu, se fosse a ti, lia melhor os últimos relatórios de estatísticas…

          Btw, ali em cima, onde disse “tenho 80%”, é “tendo 80%” – valor retirado do Tecmundo à duas semanas.

    • @lmx says:

      oproblema não é do sistema operativo!!!Mas sim da JRE do Java!
      Não vale a pena estarem a dizer mal de um ou de outro, esta falha tem a ver com o java e não com o SO!!

      Do meu ponto de vista o java deveria correr com menos previlégios, e se fossem precisos mais , o root da maquina atribuia manualmente!!ou coisa que o valha!!

      Podes ter um banco muito seguro, mas depois o banco deixa instalar lá dentro uma camara de segurança que é acedida inclusivé do exterior, este é o problema…não existe nada perfeito e para que haja mais usabilidade, são descurados mecanismos de segurança, depois alguém com más intenções e com algum problema mental usa essas falhas!!

      cmps
      cmps

      • Emannxx says:

        lmx, o java no MacOS é mantido pela Apple.

        • @lmx says:

          Boas..
          o java é da oracle, mas cada marca adopta(os patches de segurança) na sua cadeia de actualizações.
          é evidente que cada marca ajuda a que o jre tenha um melhor desempenho na sua plataforma, e dá instruções a oracle de como deve instalar a coisa…no entanto este problema é um problema interno do Java!Afecta todos os SO’s que lá tenham o java instalado, não é um problema da apple!
          No entanto claro, causa problemas a Apple, Microsoft, e linux’s mas não é uma falha directa no sistema operativo de base.

          O problema é que a JRE para dar muita usabilidade corre com demasiados privilégios(também não sei como contornar a situação), e se encontrares uma falha na mesma acabas por correr classes onde podes fazer system calls etc!

          O mesmo que acontece aqui no java acontece em quaisquer maquinas virtuais onde sejam descobertas falhas…
          um dos exemplos é o .NET da M$, que não esta tanto a prova porque a sua utilização é muito reduzida comparativamente com o Java que é massivamente usado a nível mundial.
          mas todas e o .NET muito em particular seguem a mesma forma de funcionamento(o que é natural pois para haver usabilidade tem que haver compromissos).
          O java mesmo assim aguentou-se bastante bem durante muito tempo, mas um dos problemas que sofre é que na altura em que começou a ser desenvolvido, a segurança era encarada de forma diferente dos dias de hoje e por isso era impossivel prever determinados mecanismos que existem hoje para tirar partido das maquinas virtuais…

          cmps

          • Carlos says:

            O JRE aguentou-se bem?

            Hombre, o JRE tem tido carradas e carradas de atualizações de segurança.

            O .NET Framework é menos utilizado em PCs? Sabes que *todos* os PCs com o Windows Vista e seguintes têm pelo menos uma versão do .NET instalada, de origem, coisa que não acontece com o JRE.

            A diferença é que enquanto o pessoal da Sun se gabava da segurança mas não fazia nada para a garantir, a Microsoft foi sorrateiramente introduzindo um modelo completo de desenvolvimento seguro, em que a segurança é uma preocupação ao longo de toda a vida duma aplicação (daí o nome Security Development Lifecycle).

            É que nestas coisas falar não basta.

          • @lmx says:

            Carlos…
            não sei qual a tua realidade das coisas mas por norma todas as maquinas teem uma jre, ou seja todas as maquinas com Windows, Linux, Mac, Bsd,etc,etc, telemóveis,etc…
            desde há mais de uma década, por tanto se achas que um producto que é recente(.NET) é mais influente que um producto lançado no Século passado , …estas muito enganado, o Java é dezenas se não mesmo centenas de vezes mais popular que o .NET.
            o .NET tem vindo a ganhar algum terreno desde que saiu, mas esta muito, mas mesmo muito longe de atingir 50 % da cota de mercado do Java.
            Não é ao acaso que a linguagem Java é de longe a mais usada a nível mundial, e claro associada a mesma tem que estar uma JRE.
            Carlos, a M$ limitou-se a copiar o Java …contratando alguns dos inventores do Java e chamou-lhe .NET, claro diz-se que inovou em algumas coisas, eu não sei se é verdade, mas na altura falava-se por exemplo no JIT(coisa que foi introduzida no Java versão 1.2…em relação a este item…onde esteve afinal a inovação?), é evidente que ao criarem o .NET já com mecanismos mais recentes, tiveram a oportunidade de melhorar aspectos relacionados com segurança, mau seria se não o fizessem…
            De não esquecer que a SUN teve de desbravar caminho para criar o Java, a M$ teve a papa toda feita, pois ja existia o Java, e foi muito mais fácil, por outro lado criado numa época quase actual(o .NET) é natural que este tenha saído com um modelo de segurança melhorado para fazer face as adversidades actuais, coisa que o Java(criado em 1991…há 21 anos!!!) não podia fazer.
            O java é muito conhecido e como todas as coisas que gozam de popularidade, acabam “violadas”(informaticamente…salve seja lol).
            Concordo que existem falhas, e tal como já disse num post acima, e também já li um colega com a mesma opinião, o java enfrenta um problema actualmente…o facto de já ter desenvolvido ao longo de muitos anos e existem coisas no core do Java que terão que mudar, mas essas mudanças requerem muitas alterações…vamos ver no que dá?!
            Tendo em conta o modelo de segurança do Java, sim aguentou-se bem, carradas de patchs é bom sinal, mau era se não os tivesse, por outro lado é como disse o core do java tem duas décadas, não é como o da M$.
            A M$ não foi sorrateiramente coisa nenhuma, a M$ aprendeu com a SUN, pelo que tenho lido por essa net fora, muito dificilmente a M$ era capaz de criar esta linguagem sozinha, sem querer ofender ninguém, mas no mundo M$ existem outros exemplos como a API win32 que é uma treta, porque a M$ em vez de criar alguma coisa boa, copiou a API POSIX mas renomiou-a de tal forma que a api Win32 é só macros para as funções POSIX, tudo fruto do Orgulho Cego que a M$ tem e que não consegue admitir que precisa de usar coisas feitas pelos outros.
            O .NET é uma boa ideia,e á partida estrá mais optimizada para correr em Windows que Java(mas em Outros SO’s nem pensar o Java é Rei e Senhor), como é natural, ou seria, porque muitas comparações foram feitas em relação a versão 1.1 do java e o Java evolui-o muito desde essa época.
            Vamos ver o que a Oracle vai fazer em relação ao Java, porque pelos vistos vão ter mesmo que mudar coisas, no entanto tem que haver retrocompatibilidades e isso vai ser um osso duro de roer, entretanto a M$ lá vai ficando com os créditos, isto não ha nada que dure eternamente…daqui a 10-15 anos se ainda estivermos vivos a gente fala sobre a segurança do .NET, pois o mundo esta sempre a mudar e o que é seguro hoje, amanha já não o é…olha o caso do java.

            cmps

  10. Arcadiy Kulchinskiy says:

    Bom, qualquer sistema pode ser infectado. E visto que cada vez há mais mac-users, mais interesse têm os desenvolvedores de malware em programar agora para sistemas mac.

  11. Leiam bem as coisas. O problema é no JAVA se tem dúvidas podem ler aqui que tb se aplica a outros sistemas operativos:
    http://www.microsoft.com/security/portal/Threat/Encyclopedia/Entry.aspx?Name=Exploit%3AJava%2FCVE-2012-0507.K&ThreatID=-2147311607

    Melhores cumprimentos.

  12. - says:

    E tudo feito a ” pedido ” … do utilizador ….
    lol !

    • Joao Pinho says:

      Se reparares muitos virus tiram partido da maior falha de segurança de todas, o utilizador. Este é o principal defeito de qualquer OS.

      Utilizo OSX, e sim é bastante mais seguro que por exemplo windows, mas isso parece ser uma qualidade de qualquer OS baseado em unix.

      NO ENTANTO, até o próprio windows é seguro, e muitas vezes nem carece de anti-virus. Á parte de uma pequena percentagem muitos dos problemas que acontecem no windows são evitados com bom senso.

      • @lmx says:

        Boas…
        apesar de ser anti-M$ concordo plenamente!!
        o utilizador é terrivel, e depois diz que …a culpa não foi minha, de facto a culpa não foi so dele, foi uma culpa partilhada entre o malandro que tenteou entrar e ele que lhe abriu a porta!

        cmps

  13. Eduardo Lemos says:

    O principal exploit do OSX é justamente a confiança, tanto da Apple quanto dos usuários.

  14. Fernando says:

    Sistemas operativos sem falhas, não há. E não referindo os que não conheço, posso comentar o qual conheço um pouquinho. E o que é verdade é que, na minha opinião, a maioria dos problemas que vejo no Windows advém de utilizadores que clicam onde não devem, abrem e-mails ou links indiscriminadamente e sem tomarem atenção ao que estão a fazer. Vão a sites com centeúdos discutíveis… À falhas e falhas, e no caso deste, toca a quem tem java.

  15. Vilson j says:

    Acho que já se chegou ao ponto chave, a falta de cuidado dos utilizadores é o factor principal quando falamos de virus. Quando usava windows nunca apanhei um virus, depois com linux também nunca tive problemas, penso que tem mais a ver com o cuidado do utilizador do que com o SO que o mesmo utiliza, ainda que quem utiliza um SO de minoria esteja menos esposto logicamente.

  16. kekes says:

    Mas nao é sabido que todos os SO’s têm a sua dose de malware e o grande problema e o utilizador permitir a sua intalaçao? Eu tenho plena confiaça no Windows e Linux. O meu desktop de casa têm estado a mercê das minhas irmas durante 2 anos sem eu lhe ter feito nada. Tem Windows. Corri a uma semana um par de antivirus e esta limpo. Elas fazem do PC o que querem, por vezes faço umas limpezas e nada mais nunca apanharam nenhuma virose. Bastou eu sentar-me com elas e explicar como funcionam as coisas…
    Chega de esta arrogancia de alguns utilizadores de alguns SO’s pois actualmente o malware já nao é uma condicionante para a escolha de um SO na minha opiniao.

    • RCS says:

      O problema é a fama. Houve uma altura em que um PC com Windows acabado de instalar, assim que te ligasses à net para fazer os updates, apanhavas logo virus! Era uma situação caricata. Hoje em dia isto não acontece.

      • @lmx says:

        boas…
        ainda me lembro disso, poxa era um stress.
        cheguei a instalar o xp, de seguida vou validar a chave e olha…”o pc desliga-se dentro de 10 segundos” 🙂 não era fácil!
        Hoje realmente as coisas estão melhores, mas tudo o que precisa de acessos externos ao utilizador(internet) é complicado.

        cmps

    • Iv@n says:

      Como aqui fiz com minha filha de 13 anos, seu pc funciona livre de qualquer infecção e a vejo passando o aprendido para as amigas. A simples ação de clicar com o direito e mandar verificar com o AV já se evita muito, mas é esquecido pela maioria.
      Esse arrogante não percebe o bicho quando morde de novo a maça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.