Quantcast
PplWare Mobile

5 dicas para usar melhor o seu iPhone já hoje

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. ruimgplay says:

    Outra dica… Não mexer num Android de topo. Irá sentir que afinal o iPhone não foi boa compra.

    • calado eras um poeta says:

      Outra dica…Não fazer comentários estúpidos porque existem pessoas suficientemente burras para acreditar neles…Vejam o caso do Trump.

      • Forever says:

        Tu és mais um que passa na rua e ninguem se importa,além de seres um teso nunca na vida vás ter uma mulher como a dele,nem trabalho deves ter,o único burro aqui es tu

        • calado eras um poeta says:

          Prefiro passar despercebido do que fazer as figuras tristes dele, prefiro ser teso do que atrasado mental, xenófobo e racista, tenho trabalho suficiente para ser feliz.
          Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta.
          Nem todo o dinheiro do mundo paga essa estupidez.
          Por isso considero-me bem rico. O tu para defenderes esses valores deves ser bem “pobre”…

          • joao magalhaes says:

            Mais um que só a visão dele está correcta, só o que ele acredita e lê está correcto, todos os outros são racistas, atrasados, xenófobos, etc. Ainda bem que não gostamos todos do mesmo tipo de comida e o homem diz muita coisa má mas até acerta em algumas. Aqui na Polónia não se dá subsídios a ciganos, logo, não existe aqui nenhum, enfim, um País racista e xenófobo.

          • censo says:

            Pois…mas não deves ser o Einstein, por isso não faças tuas palavras de outros.

          • calado eras um poeta says:

            @joao magalhaes
            não foi o que li mais sim o vídeos que se vê, e quando se diz o que ele diz é porque se é uma pessoa racista, atrasada, xenófoba
            E se não consegues perceber isso…

            @censo não sou o Einstein mas tenho a capacidade de perceber o que ele disse, se não consegues ver a diferença não posso fazer nada por ti.

        • MLopes says:

          @Forever, vou explicar-te algumas coisas, se conseguires perceber a sua importância. passar na rua ninguém sem ninguém se importar será a melhor coisa do mundo se significar que és uma pessoa entre iguais. nem mais nem menos, nem melhor nem pior.
          por outro lado pode significar o pior que se imagina se, por exemplo fores um pessoa na rua a precisar de ajuda e ninguém se importar. contudo isto nda de mal diz de ti, diz muito sobre as outras pessoas que não ajudaram. diz que são egoistas, muitas vezes xenófobas, preconceituosas e mais um chorrilho de adjetivos todos significando o quanto de mau essas pessoas (que não se importam) são. quem fará a sua apologia será tau mau ou pior do que elas.
          “ter uma mulher como a dele” mostra, de facto e bem lá no fundinho, o modo como vês as outras pessoas (as mulheres neste caso). primeiro que as vês como objetos que se possuem (o que aliado à expressão “seres um teso” ainda piora as coisas. dá a sensação que legitimas a “compra” da mulher), segundo que interpretas as mulheres como mostras do “suposto sucesso” de um homem ou que atribuis valor ao homem pelo “tipo de mulher” que o acompanha. ambas dizem muito mais sobre ti e sobre a tua personalidade do que sobre a personalidade dos visados com o teu comentário.
          da xenofobia subjacente ou até latente no teu comentário, dependendo de quem lê, nem falo porque levar-nos-ía muito, muito longe e não seria nada abonatória para ti. por hoje já chega de “bater”.
          é este o mundo quem que vivemos meus senhores

    • Miguel says:

      Engraçado como a mim aconteceu me o contrário, a passar de um oneplusone que pelos vistos tive o azar do micro morrer de um dia para o outro 🙂 mas hey no final do dia são as preferências de cada um

    • P.M. says:

      Nem mais, agora é ver os iFans todos furiosos a espumar de raiva! Ahahahah

    • Álvaro Pimenta says:

      Esqueça. Tive 3 anos um LG G2 e agora com o IPhone 6S que adquiri vi que afinal a música é outra.

      Não se deixem enganar pelo barato. Se calhar um caro oferecia-me uma experiência melhor (o G5), mas este 6S por 380 euros (novo) está a ser um investimento muito melhor.

      Acreditem, comprar telemóveis baratos com android é ter a pior experiência possível nesta área.

      • P.M. says:

        Claro, mais um tótó enganado! Até porque experimenta lá meter uma musica no teu iPhone sem o iTunes…

        • Marco says:

          :S nunca ouviste falar de outros serviços de música no iOS?

        • João says:

          Desde 2008 que coloco musicas no iphone sem itunes, mas pronto tu é que percebes disto e os outros são tótós.

        • Miguel says:

          @P.M então de acordo com a tua lógica, o Álvaro, pq decidiu experimentar um iPhone e está a gostar da experiencia é um tótó enganado, pq está a experimentar um telemóvel que só dá para colocar músicas nele através do itunes, assumindo que tu entendeste que entendeste que quando ele disse “afinal a música é outra.” usou como expressão ahah

  2. Rui says:

    Poupem o dinheiro. O Android faz o mesmo e é mais barato

  3. Forever says:

    Já vejo funcionalidades destas ah anos noutro sistema, só vêem para aqui mostrar o quanto atrasados estão

  4. marttins says:

    Coincidência ou não, são os androids fans é que comentam as notícias do iphone, não conseguem “não” abrir uma notícia que dia iphone, a maçãzinha seduz qualquer android! Ahahahah
    Que dor de barriga, quando há smartphones para todos os gostos, não há necessidade, as escolhas são muitas, porquê os comentários depreciativos!?
    Afinal parece que nem leram o porquê do título, se são dicas para o iphone, para quê compará-las com o android, e porque vieram vê-las!? Também há notícias sobre androids!
    São “dicas” como o título indica, mas também diz que é para iphone!!!
    Obrigado “pplware” pelas dicas!

  5. Pedro Cruz says:

    Só mesmo quem gosta de encher os bolsos à apple é que ainda acha que eles conseguem inovar. Quem dá 700€ e mais por um telemóvel a meu ver é parvo.

    • Miguel says:

      Eu diria que é um pouco relativo, nem toda gente compra os telemóveis a pronto, há quem tenha contratos com operadoras. A meu ver um telemóvel que custe 700€ dura pelo menos 5 anos.

    • APereira says:

      Imagina o que as pessoas que dao 700Euros e mais por um telefone pensam acerca de ti…

      Quer entao dizer que quem dá 100k por um Ferrari é parvo?
      Isto porque em teoria, faz o mesmo que qualquer Fiat de 10k.

  6. António Alves says:

    acho que foram dicas banais, pois qualquer utilizador de iphone possivelmente já saberá destas dicas

  7. ASoares says:

    Boas,
    como consigo aceder ao ponto 1? (assinatura)

  8. AssistiveTouch says:

    4 – AssistiveTouch (eu chamo-lhe o botão fantasma)

    Definam um dos botões do AssistiveTouch (pode ser o Favoritos) para Bloqueio de Ecrã – vão ver que passam a precisar muito pouco dos botões físicos. E podem acrescentar mais

    Alguém me mostrou que tinha, experimentei, e tornou-se indispensável. Lá atrapalha uma vez ou outra quando se quer tocar no ecrã no sítio onde está o gajo, mas é fácil de deslocar para outro lado (tenho-o em cima, ao centro, entre os símbolos de duas apps ).

  9. Vasco Ranita says:

    Não percebi como se processa a 1ª dica.

  10. Vasco Ranita says:

    Em relação à dica 4, primindo no botão principal 3 vezes não permite ativar\desativar o AssistiveTouch (possivelmente porque ativei dessa forma a abertura da lupa). Será que se pode personalizar de outra forma o ligar\desligar do AssistiveTouch?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.