PplWare Mobile

O nascimento da Super Inteligência e a opinão de Elon Musk


Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.
Artigo escrito por Tomás Santiago para o Pplware

Destaques PPLWARE

  1. Luis Silva says:

    O cenário das má quinas nos ultrapassar em inteligéncia, isto é, ter vontade própria é impossive, a não set que na máquina reside o mesmo ser inteligente que reside em nós (corpo fisico). Enquanto o Homem não entender certas coisas no Universo não entenderá que há coisas que estão limitadas a nós. E vou ser direto, se numa máquina encarnar um espirito que é o principio inteligente tal como nós estamos no corpo ai diria que a máquina teria vontade própria. Assim não sendo apenas não passará de máquina subordinada ao controlo do Homem.

    • Gigbola says:

      Não existe espírito, tens é um computador orgânico dentro da cabeça, que funciona com sinais elétricos super sensíveis…….e o teu “eu” a manifestação/virtualização do sistema operativo humano…

      • Luis Silva says:

        O espírito é uma realidade, tanto que a física quântica já estuda essa probabilidade.
        Se achas que não existe, prova tu que não existe. Diz-me porque uns nascem pobres outros ricos? Outros são outros doentes? Porque há doenças que aparecem inexplicáveis, sem razão? Porque nascem crianças que sabem coisas sem ninguém ensina nada? Qual a causa primeira de todas as coisas? quem criou tudo o que o Homem não criou, foi o acaso? A ciência diz que não existe acaso e que não há efeito sem causa.
        Mas uma coisa tens razão, o corpo é um utilizador, no qual o espírito controla, o cérebro apenas codifica aquilo que o espírito pensa, através de uma coisa que a ciência dizia não servir para nada, glândula pineal.
        Há muito que precisamos de entender, e quando ficar bem assente na cabeça das pessoas o que realmente somos como seres imortais a viver em apenas mais um corpo físico, talvez entenderemos um montão de coisas e até as próprias doenças.

        • VC says:

          Vejam este video: https://youtu.be/9XM384I0M30
          Armas Autónomas. Drones com Inteligência Artificial.

        • Xello says:

          Massimo Tistarelli, um designer de robôs fala sobre o que acredita.
          https://www.jw.org/finder?wtlocale=T&docid=1102017103&srcid=share

          • Luis Silva says:

            Ainda estamos longe de entender a origem da ctiação do ser Humano, ainda ai está uma parte espiritual. A matéria só explica a matéria, para entendermos a criação e evolução do Homem temos de buscar entender a a parte espiritual, até a criação dos primeiros seres unicelularea até ao estado actual. Ainda somo muito pequenos pra entender a grandeza do universo, se ainda mal nos comhecemos como ser Humano mais dificil se torna entender o que é o infinito e o eterno. Detesto ser desmancha prazeres e ha quem nao goste, mas temos de deixar de ser tao materialistas, mas a doutrina espirita explica um montão de coisas que ainda hoje a ciencia ja começa a entender. E não venham logo criticar sobre o espiritismo, quem não conhece mais vale calar a boca. A ciencia esta sempre a alterar as posoções das coisas.
            Os tempos estão chegados e há muita coisa que vai ser revelada daqui pra frente, a humanidade não pode continuar nesta ignorância das coisas, a matéria é necessária mas a espiritual também. As coisas tem de ser vistas amplamente e nem tudo o que a ciencia diz é certo. O que dantes era errado é agora certo como daqui mais uns tempos o que todos pensam ser errado será certo. O nosso destino é o progresso moral e intelectual e não a destruição de tudo, lorque nada se acaba tudo se recria, e a Terra está em transformação vai ser dificil? Vai, mas assim terá de ser porque continuamos a bater na mesma tecla do egpismo e orgulho.

        • Joao Lemos says:

          “física quântica já estuda essa probabilidade.” Mas ainda não chegou a conclusao nenhuma pois não? Entao não digas que é uma realidade, visto que para tal, tem de ser provado que existe.

          “Se achas que não existe, prova tu que não existe. “Eu acredito que existem fantasmas, unicórnios, duendes, lobisomens e vampiros. Se achas que não, prova tu que não existem. Luis….não é assim que funciona o mundo….Não podes dizer que algo é real, porque não se pode provar que não é…Se acreditas em algo, cabe a ti, moralmente e logicamente, questionar te sobre as razões e fundamentos do porquê acreditares nesse algo. Se não vais acreditatar em qualquer mentira porque não podes provar que é falsa.

          Sê mais critico, faz mais perguntas e não acredites em tudo o que vês/lês na internet, incluindo aquilo que acabei de escrever.

    • jhgfjhlikhgilukjh says:

      Nao fazes a menor ideia do que estas a dizer e nem sabes escrever portugues correctamente.

      • Luis Silva says:

        Perdoa-me o português pois não sou perfeito.
        Por acaso sei do que falo, e sei que existe espirito mais do que pensam pois existe algo que se chama mediunidade e que muita gente a tem em ostensividade capaz de sentir a peesença de seres extra corporeos.
        Se fossemos capazes de criar uma máquina com inteligencia e vontade própria então seriamos como Deus capazes de criar seres inteligentes com vontade própria, mas como Deus só há un independebtemente do nome que lhe deem, não temos essa perfeição nem moral nem intelectual. O Homem é tão presunçosos que acha que é superior a Deus, e que acha que é capaz de tudo, nós temos limites na descoberta das coisas pois o ser Humano ainda é imperfeito e ainda tem tendéncias para o mal, se há Homens maus imaginem se pudessemoa criar essas máquinas?
        Como existes limites naa Leis Divinas não é permitido certas coisas para que o Homem não distrua o planeta de forma a afectar o equilibrio cósmico.
        São capazes de acreditar em máquinas com esses potênciais, mas não concebem um ser que sobrevive à matéria e que prosegue o seu caminho
        Bem haja.

        • RuiM says:

          Luis Silva, tens o típico pensamento de alguém religioso, agrilhoado às restrições divinas.
          A inteligência, numa definição alargada, é a capacidade da informação se organizar, consultar e alterar. A consciência é, por sua vez, a capacidade dessa informação ter conhecimento dessas mesmas capacidades.

          Estou em crer, convictamente, que será uma questão de tempo até que consigamos criar inteligência artificial ao ponto de ser consciente de si mesma. “Having invented the Gods, we will become the Gods”.
          Mas em vez de andarmos com especulações e “guerras” de ideia, cá estaremos (ou não) para ver tudo a acontecer. Só quero viver pelo menos mais 50 anos! =P

    • Paulo says:

      Luís Silva, o ser humano não é mais que uma máquina biologia, complexa sem duvida, mas é uma máquina, deita-te hoje e acorda amanhã sem saberes o teu passado e imagina como irias ser, o que nos faz humanos é a capacidade de armazenarmos a nossa história de vida, e todos os nosso comportamentos advém dai, hoje és o que no passado fizeste e te fez ser o que és hoje, há várias doenças que apoiam esta teoria, pessoas que dizes olá para elas e dois minutos depois tens que voltar a dizer olá , pois ela se esqueceu que te viu unicamente passados dois minutos, pessoas sem identidade, resumindo, sem memória do que foram. O espírito a meu ver, e é só unicamente a minha opinião é uma forma de energia que existe em todo o universo, inclusive em seres inanimados, algo que existe em todos os átomos que povoam o universo, uma força que ainda hoje não sabemos explicar. Consciência por outro lado, ou pelo mesmo é uma capacidade de raciocínio graças a toda a nossa vivência e história acumulada na nossa memória, que nos faz tomar certas decisões. Assim que uma inteligência artificial for capaz de reescrever o seu código assim como os seres humanos mudam suas atitudes e maneiras de ver certos assuntos, teremos algo que se aproxima de nós, que busca o que nós buscamos, que luta por aquilo que lhe é proveitoso. Ha muita informação que explica o que nos separa de um chimpanzé, onde a diferença genética é se não me engano de 1% e no entanto somos tão diferentes, eles também têm sentimentos, e ordens de conduta, remorsos, inveja, amor,etc.. simplesmente não têm um cérebro tão desenvolvido quanto o nosso. Agora o que é o espírito? O que essa palavra significa na realidade, o sermos divinos? Em quê? Se vejo animais serem mais civilizados que certos humanos. Sem duvida alguma que a inteligência artificial nos vai alcançar e provavelmente nos mostrar o que é ser divino, ou por outras palavras, o que é ser humano, para o bem e para o mal, é só um ponto de vista de muita reflexão sobre o assunto, não tenho certezas, mas até aqui é isto que consigo vislumbrar. Abraço.

  2. Amilcar Alho says:

    Bom artigo.
    Tomás, será que queres dizer ” tem alertado para os perigos eminentes da Inteligência Artificial” ou ” tem alertado para os perigos iminentes da Inteligência Artificial”?
    https://duvidas.dicio.com.br/iminente-ou-eminente/

  3. viana says:

    No dia em que a primeira máquina “mentir” propositalmente , será o dia D , o divisor de águas , o salve-se quem puder !

  4. Maciek says:

    LOL. HYPE. HYPE. Fake news. Elon musk = bla, bla, bla….

  5. Robin dos Bosques says:

    Acho que a inteligência artificial só vai deixar de ser artificial no momento que uma máquina consiga criar obras como a quinta sinfonia de Beethoven nesse momento é que nos devemos alertar.

    Até lá IA é apenas uma buzz word e ninguém quer aperentar estar atrás das tendencias de mercado, mas na realidade não há assim muita inteligência artificial palpável penso eu

    Ter um robo que dá mortáis não é espectacular, mas um robo que não sabe nada e adquire conhecimento para andar de gatas, andar de pé dar mortais já é algo extraordinário. Não saber ler nem esxrever e aprender. Ter um robo com pensamentos próprios e não ideias plantadas ou retiradas de um lugar qualquer é inimaginável.

    • Miguel says:

      Eu concordo, não estou a ver um AI a ficar mais inteligente que nós.
      Uma inteligencia artificial com auto-aprendizagem requer objectivos que esse mesmo AI compara com as suas próprias tentativas de o melhorar e exclui os resultados inferiores.
      A inteligencia humana é livre para fazer o que lhe apetece, coisa que o AI nunca terá. O AI pode conseguir ganhar mais conhecimento que nós, e até fazer as coisas mais rápido mas estará sempre sujeito a esses mesmo objectivos que lhe foram programados e que são o seu fundamento de como se auto-melhorarem.

  6. Miguel says:

    O meu mundo e o teu, porque é um reflexo da minha amplitude mental e física, é o limite do meu horizonte.
    Não faz sentido imporem-me limites ao horizonte, isso é uma atitude estúpida porque me limita e naturalmente limita a perspectiva que tenho do meu mundo, logo das pessoas ou eventualmente da IA, o que as/a minora.
    Não percebo esta estúpida “IAfobia”. Medo de q? Que exista algo mais inteligente que eu ou tu? Mas já há! Ou pensas que és a pessoa + inteligente? Medo terão aqueles que já dominam, como sempre foi.
    Já agora, não ponho de parte a ideia de nós sermos, os próprios, o desenvolvimento de IA.
    O que nos distingue de ser um sonho de nós próprios? Eu se possível, estruturava-me + bonito, + inteligente, + . 🙂

  7. Ric says:

    Vejam a serie Westworld! 🙂

  8. Mário says:

    O que me interessa a mim se é uma inteligência a nível de espírito, ou físico ou o raio que o valha. O que me faz espécie nestas tecnologias é que um dia destes pode aparecer um robot destes à porta da minha casa “passado da marmita” e matar a minha família toda… Aí não há inteligência espirita ou física que me valha…
    Só sei que esta questão da “inteligência artificial” assusta-me, porque tenho a sensação que vai fugir ao nosso controlo… Acho tudo isto uma anormalidade, quando vejo que queremos “produzir” pessoas de metal. Pratiquem sexo que é bem melhor que passarem a vida de volta de metal e bits a tentarem fazer um “ser humano”!

  9. Luis Silva says:

    Eu digo que não acredito, digo que sei que existem, pelo simples facto de ter mediunidade, o problema de prpvar que existe é porque p espirito está revestido de outro tipo de matéria mebos densa na qual os nossos sentidos e equipamebtos existentes não conseguirem detectar. Aliás faz uma pesquisa sobre willians crookes e vais ver que ele próprio fui investigar as comunicações espirituais pra provar que era uma fraude o que acabou por ser o contrário ao que esperava. As cojsas é que não são como pensas, há coisas que não se podem provar da mesma mabeira, tem de se ir pela lógica e razão. Eu não tenho de provar nada a ninguém pois pra mim está bem mais que visivel a existência da vida para além da matéria, e pelos estudoa que se faço na doutrina espirjta.
    Aliás a maior parte da populáçao crê nestas coisas, o problema é o orgilho do homem que não que ver isso.
    Mais o próprio manual de psiquiatria já patenta lá muito bem que quem vê e ouve vozes o psiquiatra tem de ter cuidado pra não dar como doença psicológica, já bem falo nas pesquisas de froyde, basta eatudar pesquisar e seguir certos eminentes da ciência que já estão a prová-lo, nas pesquisas também de reencarnação. Basta também olhares pra tudo o que existe e veres que nada é criado do nada, tem uma causa inteligente bem superior à nossa.
    O real problema são os interesses de certas pessoas que não deixam que se saibam estas coisas, como williams crookes teve em demonstrar.
    Há muito assunto que poderia relatar e falar aqui, mas muita gente ainda não consegue atingir o alcance destas coisas e entendelas na sua pureza. Talvez não tarda muito em que tudo seja sabido nas lides da ciência porque a verdade já ai anda, quem tenha olhos de ver veja, e quem tenha ouvidos de ouvir que ouça. Também demorou algum tempo a demonstrar que a Terra é que anda à volta do sol, mas há coisas que são dificeis de provar, a não ser através das próprias pessoas em quem chamam de sensitivos.
    A ciência nem tudo pode explicar, como a religião bem tudo pode só com a fé, a ciência e religião tem de se unir de novo e encarar as coosas pwla fé e razão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.