Quantcast
PplWare Mobile

Microsoft comprou o fabricante da caneta do Surface Pro 3?

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Benchmark do iPhone 6 says:

    200 milhões de dólares pela empresa das canetas, que está cotada a 75 milhões?! Tem mesmo de ser a melhor.

    De facto, o que por aí mais há são fabricantes de canetas. Mas o segundo (“o primeiro dos últimos”, Pinto da Costa dixit) pode estar mais próximo do último que do primeiro.

    Pela lógica, à semelhança da AuthenTec quando foi comprada pela Apple, não há mais N-trigs para ninguém. Boas notícias também para os outros fabricantes de canetas.

    • WPMM says:

      N-trig são as canetas do surface. A Ms trocou a Bamboo pela N-trig no surface pro 3, portanto, o que me parece que está em jogo aqui é a MS querer evoluir as canetas para outros níveis.

      • Benchmark do iPhone 6 says:

        E que os concorrentes não tenham esses níveis, o que aconteceria se a empresa continuasse a vender a todos.

      • Nunes says:

        Não faço ideia como é que depreendes que o objectivo da MS é fazer evoluir as canetas para outros níveis! O efeito imediato desta eventual compra é o controlo sobre uma tecnologia da N-Trig que muitos outros construtores estavam interessados em integrar nos seus aparelhos, pelas vantagens que tinha sobre as alternativas! Parece bem mais provável que o objectivo seja controlar quem é que pode usar algo que a MS considera ser um factor diferenciador importante para os seus aparelhos/sistema

        • WPMM says:

          Sim, tens razão no resultado imediato, mas a minha opinião é que a MS também quer evoluir a forma de utilização das canetas nos Surface (e talvez não só).

          • Nunes says:

            continuas sem explicar donde vem essa ideia, ou até que evolução é essa!

          • WPMM says:

            @Nunes: (BOLD) É minha opinião (/BOLD) que a MS quer evoluir a utilização das canetas.
            Minha opinião baseada na forma como a MS está a evoluir os seus equipamentos e da forma como apresenta novas ideias e conceitos em outras áreas.
            Mas, repito a bold, É A MINHA OPINIÃO!

          • Nunes says:

            OK, é a tua opinião sem teres indicadores que é esse o objectivo da suposta compra, e sem elaborar o que é que a tua opinião preconiza para a suposta evolução!

  2. MárioM says:

    Surface pode ser um equipamento bom no futuro.
    Actualmente é um equipamento caro,não é pratico,após a garantia,se existir um problema,é um problema,até um efixit menciona o problema que é abrir o equipamento.Prefiro um Portatil

    • WPMM says:

      Sim, os portáteis são cada vez mais fáceis de abrir, não é?
      Caro? Bem, sim, é um equipamento caro.
      Comparado com outros da mesma categoria? Não me parece.
      Qualquer portátil com i5 ou i7 chega facilmente aos 1.000 euros. Qualquer híbrido com i5 ou i7 chega aos 1.000 euros.
      De qualquer maneira, o Surface é um equipamento em que também se paga a marca e o design. Parece-me que o preço apesar de não ser para a minha carteira, está adequado ao mercado em que se insere.

  3. Luis M says:

    O Surface pro 4 tem tudo para vir a ser um aparelho de topo, no entanto ja me decidi a comprar o macbook pro porque estou farto de windows e os seus problemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.