PplWare Mobile

YouTube: o pântano que é a plataforma de vídeos da Google


Fonte: Forbes

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. andy says:

    Youtube e afins estão a ser cada vez mais instrumentalizadas pelas forças e ideais políticos. Estão a dar cabo da net.

    • miguel says:

      Nem mais, desde que descobriram uma brecha “fake news” usam isso como referencia para calar tudo e todos que não sejam a favor do falso moralismo que existe hoje em dia para tudo que não seja “Politicamente Correcto” ignorando por completo a liberdade de expressão.

  2. Filipe says:

    Cada vez mais, as plataformas da internet (todas) estão a ser movidas por lobbies políticos. Espero que esta página não se junte também “à festa”, mas a julgar por este artigo, estou a ver que esse tempo já esteve mais longe, infelizmente.
    Acho não ser muito próprio a um site sobre tecnologia vir falar que alguém do youtube que é gay sentir-se insultado por haver outra pessoa que disse que era gay. E ainda para mais, haver alguém “random” a sentir-se ofendido também por haver alguém ofendido na internet. Se se sente ofendido, que não se exponha. A culpa é deles próprios por o fazerem. Só têm que seguir com a vida deles e deixarem-se de marchas, prides, show-off. Cada um é como é, e só tem que se sentir bem com isso e não ligar ao resto. Mas a lavagem cerebral está tão bem feita que a reacção é essa. Mas isso não são assuntos a serem falados aqui.
    O que o youtube faz com o seu conteúdo é problema deles. Quem não gosta, sabe onde é a porta da saída, pois há mais alternativas mesmo não sendo tão conhecidas ou utilizadas.

  3. Pedro Pereira says:

    Artigo com muita informação importante mas com constantes confusões entre direita e extrema-direita (O Rui pretende colocar tudo no mesmo saco? sabe a diferença entre ambas? ou confunde o conceito de direita no EUA com a direita na Europa?).
    Concordo plenamente com o Rui pois ninguém tem/pode/devia que fazer críticas cegas como as que foram mencionadas neste artigo, primeiro porque não concordo com elas e depois porque cada um tem a sua vida – ponto-final. No entanto não concordo que opiniões pessoais de natureza política sejam aqui abordadas: para isso temos os “fazedores de opinião” nos canais generalistas que tem como objetivo alterar/manipular o modo de pensar do pessoal da direita, da esquerda ou do centro.

    • Rui Bacelar says:

      Olá Pedro, é sempre uma linha difícil de traçar, seja à direita ou à esquerda. Não quis aprofundar por aí o tema, apenas dar a conhecer os dois lados sem pender para qualquer um deles (dentro do humanamente possível).
      Politicamente falando, sei as diferenças mas mantive-me fiel às fontes supracitadas.
      Um abraço.

  4. andre l says:

    Ora que lindo “aplausos” ao YT e a sua desconcertante forma de existir. Eu fui retirado da plataforma e “desmonetizado” por algo completamente surreal, injusto. Eu lhes mandei a cara que cá estaria para ver eles engolirem em seco tudo. Esse trumpatube sabe mais de dinheiro do que liberdade de expressão. E enquanto mais atolado fica esse cocó de publicidade é a forma que menos vezes vou lá. Actualmente estou no Twitch que pelos vistos está a seguir a mesma pegada. É tudo farinha do mesmo saco, dinheiro e dinheiro (aquele paleio que de é para a comunidade é tanga). Eles nunca vão entender que eles conseguem ser mais tóxicos que o maior troll dos vídeos.

  5. O Gajo Random says:

    Aquele momento em que um activista gay espera pelo “Pride Month” para atacar outro criador de conteúdo só porque não concorda com o que o outro disse e depois de tirarem a fonte de rendimento de várias pessoas, tal activista ainda acha que fizeram pouco, acho que tal pessoa é que devia ser retirada da plataforma.

  6. pauloj says:

    #StevenCrowder
    Sigo-o a um ano e ele de homofóbico não tem nada. Anti PC sem dúvidas e muito respeito.

    Carlos Maza e uma sem escrupolus que apelou aos seus seguidores que assediam-se e atacassem ( se nao me engano ) apoiantes Trump ou que tivesse uma opiniao diferente da dele.
    Nada de novo quando alguem nao sabe argumentar contra factos utiliza emidiatamenta as palavras desgastadas, homofobia, racismo, xenofobo,…etc… triste!

    Atitude tipica e deploravel dos esquerda liberal, facebook, google e dos media ( fake news ) que desejam silenciar quem tenham opiniões diferentes.

    • O Gajo Random says:

      O mais engraçado desta situação é que até a pouco tempo o Maza gozava com a situação mas agora chegou o “Pride Month” e aproveitou para atacar e criar o Adpocalypse 3.0

  7. João Santos says:

    Na Europa temos o politicamente correto do “não convém ofender” e nos EUA têm o politicamente incorreto do “a ofensa é liberdade de expressão”. Não concordo com nenhum mas, sendo o YouTube uma empresa global, parece-me que devem procurar o equilíbrio. De qualquer jeito, ofensa É ofensa e não gosto de ofensas. Entre um mal e outro mal, parece-me que o YouTube até está a equilibrar-se bem em permitir conteúdos ofensivos mas retirando-lhes a capacidade de ganhar dinheiro com isso. A verdade é que muitos dos conteúdos ofensivos que encontramos no YouTube foram feitos em nome da polémica e da capacidade de “moneitarizar-se” e não em nome da liberdade de expressão.

  8. Jorge Carvalho says:

    Tantos “comentadores” que ainda não perceberam exactamente o que é a liberdade de expressão .

    Abc

  9. Zé Duarte says:

    Que sigam a política do seu maior rival, o PornHub. Eles não têm este tipo de problemas.

  10. Nii says:

    Num pais como os USA onde qualquer peido é motivo para meter alguém em tribunal e com tanta informação, faz-me confusão os visados, que trabalham para os media tradicionais, não recorrerem aos tribunais em busca de justiça, ou está-me aqui a falhar alguma coisa, ou os visados não procuram justiça, mas sim prejudicar a plataforma.

  11. Gonçalo says:

    Sinais de que a democracia e o direito são lentos e que demoram o seu tempo a se adaptarem a novas realidades. Neste caso, a realidade da digitalização de conteúdos de expressão. E acho bem que assim seja, caso contrário não havia estabilidade.

    Más intenções são aquelas que procuram aproveitamento político. E aqui entra toda esta história, e tantas outras! É que não cabe ao Youtube, nem à Google, censurar aquilo que por lá se diz, a não ser que a Lei o exija. Neste caso, Steven Crowder tem o direito de dizer o que quiser. Assim, como Carlos Maza tem o direito de se sentir insultado e de o processar. Mas quaisquer decisões são, e terão sempre de ser, tomadas pelos tribunais à luz da Lei. Nunca o Youtube poderá censurar a opinião de ninguém a não ser que a Lei diga de antemão que tal não possa ser publicado (como terrorismo, por exemplo).

    Mas uma vez, vejo aproveitamento político neste assunto. E mais uma vez vejo um junção dos termos Direita, Extrema Direita e Conservadores. Fica o registo: ser conservador não implica ser de Direita. Existe esquerda conservadora. Mais, ser de Direita não implica ser de Extrema Direita. Assim como ser de Esquerda não implica ser de Extrema Esquerda. Mas, na sociedade ocidental parece que é crime ser-se de Direita, ou mesmo de Extrema Direita, mas é aceitável ser-se de Extrema Esquerda. Em Portugal, então, é respeitável !

    Mais, em Portugal, a Direita mainstream é cada vez mais liberal, assim como a esquerda. Mas o PCP e uma parte ainda considerável do PS continuam conservadores. Portanto, tirem o cavalinho da chuva. Não sei é por que não se discute, na imprensa portuguesa, os casos inversos. Mas adivinho 🙂

  12. dajosova says:

    feminismo exacerbado, comunidades de paninas, galinhas politicamente corretas mas que anda aí em praça pública sem pudor, ETC. é tudo uma cambada de marionetas sem juízo.

    Já agora, Ben Shapiro é brutal!!!

  13. Ricardo says:

    é um empresa privada mas detém um monopolio nos meus de comunição e transmissão de video na internet
    assim como à alguns anos a empresa privada de telefones e comunicações AT&T detinha o monopólio nos EUA. Foi decretado por ordem do presidente que a empresa não podiam retirar o numero de telefone a utilizadores por causa do discurso que tinham por telefone. A meu ver deve de ser de aplicado nisto também

  14. Jorge Queirós says:

    Enquanto pessoa integrante da comunidade LGBT lamento a neutralidade do YouTube. Tenho a certeza de que se fosse um vídeo de um terrorista seria logo removido, e ninguém vinha defender a “liberdade de expressão”. Seja em contexto público ou privado, discursos de ódio e discriminação deviam ser proibidos. O problema do mundo online é não ter regras como existem na vida real. Que ninguém se esqueça que toda a gente é diferente, e as crianças também acedem ao YouTube. Se andar alguém na rua a dizer que os vossos filhos são gordos ou deficientes, andar a assediá-los, vocês simplesmente saem e afastam os vossos filhos ou vão tentar apelar à justiça? No YouTube devia ser igual. A minha liberdade só é válida enquanto respeitar a liberdade do outro. E termino dizendo que fico triste com muitos dos comentários aqui no artigo.

    • arhgyom says:

      Pode dar as voltas que quiser mas um homem é um homem uma mulher é uma mulher e nada tem a ver um com o outro a começar pelo DNA por isso
      não se trata de politicamente correto trata-se de biologia nada mais
      e os outros que sabem o básico sobre biologia não são obrigados a gostar de deficiências biológicas
      que é o que a alimentação e outros costumes , provocam na masculinidade
      isto é cientifico meu caro e contra isso ninguém pode dizer nada de nada
      portanto estamos perante problemas hormonais , nada mais .
      Deviam ser menos espampanantes já todos sabemos que existem
      os biologicamente equilibrados não andam por ai a espavoniaren-se todos a fazer poucas vergonhas no meio da rua dentro dos taxis a frente das crianças e isso é uma pouca vergonha e ainda querem que ache bonito
      fiquem na vossa simplesmente não queiram enfiar a homossexualidade á força na cabeça das pessoas
      .
      qualquer dia se disser que sou heterossexual vou preso
      tenham mas é juízo o planeta tem problemas muito mais graves para resolver.

  15. arhgyom says:

    DEPOIS QUEIXAM-SE QUE A NATALIDADE DOS OCIDENTAIS É BAIXA ENQUANTO OS OUTROS É LOGO AOS DEZ DE CADA VEZ E ISTO É MAIS UMA CHAMADA DE ATENÇÃO AO DIMINUIÇÃO DRASTICA DA TESTOESTEONA NO OCIDENTE DEVIDO AO”LIVE STYLE” PRINCEPE REAL LIKE .
    OPEN YOUR EYES ASSHOLES!!!!

  16. arhgyom says:

    E QUEM SERÃO OS HOMOHOMOFOBICOS ???????
    isso tambem é crime descriminar alguém só porque não concorda ou não??????
    QUEM NÃO QUER SER LOBO…
    SE CALHAR QUEREM UMA ESTATUA AO LADO DO CRISTO REI SÓ PORQUE TÊM DIREITO
    FIQUEM NA VOSSA TAL COMO OS OUTROS ESTÃO NA DELES , SÓ ISSO NINGUEM QUER SABER!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.