Quantcast
PplWare Mobile

Google vai investir €600 milhões em novo Data Center na Europa

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Maria Inês Coelho


  1. Alberto says:

    seria uma noticia interessante se isso fosse em portugal ou outro qq pais da europa a enfrentar a crise, a Holanda e os seus paraísos ficais…

    • asvcxv says:

      sabes que es livre de concorrer a trabalho na holanda :p ou ainda es daqueles que pensa que por nascer em portugal tens de morrer em portugal? :p

      • Papa says:

        O ASVCXV é daqueles que deve ter um tacho garantido e não se importa, mas este país de emigrantes não tem futuro desta forma. Falando tecnicamente e não “abestadamente”,Portugal poderia sim concorrer na vertente do ambiente (maior exposição solar-> painés solares), zonas frias (p.ex. Covilhã onde está o data center da PT), pessoal altamente qualificado e quase a trabalhar de graça.

      • Modem says:

        Se não lutares pelo teu país ninguém o fará por ti.
        Deixa de ser parvo e faz pelo progresso do teu país

    • Isabel says:

      Paraísos fiscais? Aonde? Deve estar-se a referir a portugal e não a Holanda.

      • Telmo says:

        Caso a Dona Isabel não saiba portugal tem uma das maiores cargas fiscais da europa… A holanda faz o que nós também deveriamos fazer, negoceia os impostos com as empresas e fecha contrato que garante que os impostos não serão afectados durante x anos e assim ganham as empresas que pagam menos impostos e os holandeses que têm trabalho 🙂

        • Gonçalves says:

          Não, a Isabel tem razão! Portugal é um paraíso fiscal para o estado!

          • Bahh says:

            Está boa essa! Mas é verdade, podem colocar qualquer imposto que lhes venha à cabeça… em alguns países exigiam a sua cabeça numa bandeja… porque tudo o que é de mais começa a cheirar mal.

    • Carlos Nascimento says:

      paraísos fiscais? Está tudo a fugir para a holanda porque alemanha está entupida e os ISP alemães não fazem nada. holanda fica perto de toda a europa e ligada ás principais vias de internet da europa. Eles tem condições brutais.

      vê isto para teres um exemplo em mente http://www.telecitygroup.com/flv/Amstel-New-Data-Center-Tour-Large.mp4

  2. João Neves says:

    Alguém os avise que há risco de um dique rebentar, eles que venham investir os 600 milhões em Portugal. Temos muitas pistas de aviação (como a da Covilhã) para ocupar com Data Center’s.

  3. Prodígio says:

    Mais um prego no grandioso Datacenter da Covilhã…

    Do projecto faraónico, inicial apenas foi construído 1/4, e mesmo assim, a taxa de ocupação é uma desilusão, tendo em conta o investimento…

    Os tugas pensam que os países europeus andam a dormir…
    O preço da energia é muito mais barato. E num Datacenter, isso é o mais importante.

    Claro que as empresas investem neste tipo de infraestructuras em países que tenham boas tarifas, bons engenheiros/técnicos, e claro, bons incentivos fiscais.

    E não venham com a treta que na Covilhã fica mais barato, porque aproveita o frio das montanhas… LOL

    • Matias says:

      Foi feito na Covilhã, porque é o local com mesmo sismos do país, logo teremos umas ruínas inteiras por muito tempo.

      • Prodígio says:

        Exacto. Ahahaha

        Estes tipos da PT, são uns sonhadores.

      • Bahh says:

        Sim, se a estrutura não cair por si antes (http://goo.gl/xjM6Hl), pode ser que aguente um sismozito 😛

        E em Portugal com o preço da energia para o consumidor final é uma verdadeira má ideia fazer um centro de dados, a menos que queiram ter um local independente de outros países, onde o controlo seja total (exemplo: estado, empresas nacionais).

    • JJ says:

      Mas porque raio esta noticia é um prego no Data Center da Covilhã?
      Que eu saiba a Google não aluga Data Center, ou pelo o menos evita a fazer isso, a Google constrói Data Center.

      O Data Center da Covilhã, não foi construído a pensar em empresas Google, mas sim em outras grandes empresas que não realizam serviços web e que não querem investir em data centers próprios e alugam esses serviços, neste caso a PT.

      • Bahh says:

        Prego refere-se ao centro de dados em si, pelas razões enunciadas… não estava a compará-lo com o centro de dados da Google nesse sentido.

        Mas é bom que alguma empresa tenha apostado cá em Portugal.. tipo a Portugal Telecom… se mais nenhuma, pelo menos eles têm dinheiro para isso, e já que o têm, que o invistam.

        Quanto aos clientes, os estrangeiros gostam de ter a informação por muitos países por causa da redundância, talvez queiram lá meter… depois de se certificarem que o edifício não vai cair por si mesmo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.