PplWare Mobile

Google Hire: a gigante das pesquisas vai ter um site de emprego


Destaques PPLWARE

Deixe um comentário

16 Comentários em "Google Hire: a gigante das pesquisas vai ter um site de emprego"

avatar
  Subscreva  
Notify of
André
Visitante

Podem dizer que a Google invade demasiado a nossa privacidade, mas a verdade é que com a nossa informação toda centralizada podemos ter resultados para aquilo que queremos sem termos que andar a colocar a mesma info em dezenas de sites.

RuiZ
Visitante

Agora vão receber propostas de emprego de acordo com os sites que visitam e os e-mails que recebem

Vítor M.
Admin

Pois, isso é uma certeza que hoje estas tecnologias oferecem às marcas uma leque de informação bem estratificada.

RuiZ
Visitante
Sim, o futuro do Big Brother. Um futuro em que não se pode fazer ou deixar de fazer nada que não vá para o currículo. Deprivados do nosso livre arbítrio, nunca encontraremos um propósito na vida e seremos mais um número numa base de dados. Em que o Big Brother sabe onde estou por clicar num link do Google Maps, mesmo que não use Android, e sabe a minha cara, e os meus amigos, e o que ando a fazer por Google Fotos. Aliás, a Google já vai pesquisar este site, identificar a minha identidade, porque o Google Analytics passa… Read more »
toni da adega
Visitante

No mundo real é exatamente o oposto. Os sites que se visita, participação/postura nas redes sociais pode ser o caminho para nao se conseguir um bom emprego ou mesmo ficar sem ele.

Propostas de emprego fazem as empresas e nao a Google…..

KO
Visitante

Eu já fui rejeitado por uma empresa em detrimento de outra porque esta era mais activa no facebook e instagram e eu raramente la posto coisas.

KO
Visitante

Eu já fui rejeitado por uma empresa em detrimento de outra porque esta era mais activa no facebook e instagram e eu raramente la posto coisas

RuiZ
Visitante

É para os dois lados, é para prender por ter cão e por não ter.

Propostas fazem as empresas à Google, e a Google aos candidatos.

juq
Visitante

porreiro 🙂

a
Visitante

Por muito que se goste de qualidade de servico e tudo “centralizado”, tambem se tem que ter atencao que a google se esta a tornar na definicao de internet para muitas pessoas….. dou o exemplo de alguns familiares “de mais alguma idade” e eles basicamente so usam as coisas que a google lhes “oferece” (gmail, pesquisa, maps, etc…). Por um lado tudo em teoria he muito bonito, para por outro lado a liberdade e monopolio que se esta a dar para algumas empresas he algo que pode vir a ser muito assustador num futuro…..

eachtime
Visitante

acho que agora isso acontece mais com o facebook do que com o google. Pelo menos com os mais joves. Só acedem a coisas que apareçam no facebook

R
Visitante

cada um é livre de usar os sites e aplicaoes que quiser.
Opcoes nao faltam.

Joao V.
Visitante

Mais importante é ensinar/aprender que permissões podemos dar às aplicações.
Se possivel ler os termos (não é só fazer next>next>next)

Joao V.
Visitante

Ficou confuso. Era suposto dizer “que podemos ensinar às pessoas ou aprender que se pode dar certas permissões às pessoas, não é aceitar tudo que nos põem à frente”.