PplWare Mobile

A Google já funciona com 100% de energias renováveis


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

10 Respostas

  1. Toder says:

    energias renovaveis sem duvida nenhuma é o futuro o problema é que ja ha tantas opçoes mas a energia continua cara e vai continuar a subir. e o consumidor fica sem ganhar, pois ha uns anos atras com energia tradicional era muito mais barato, agora tantas opçoes e cara

  2. António Lérias says:

    Pessoal, os custos nem sempre estão no preço!

  3. Hugo Gomes says:

    Nao tem a haver com os preços da energia mas sim o investimento inicial de tudo e quantos anos se leva para parar esse investimento. Uma goolge deve de rever esse valor investido rapidamente

  4. Sujeito says:

    Ainda bem. Mas há muitos mais cuidados energéticos e de sustentabilidade ambiental numa empresa do que simplesmente contratar energia de fontes verdes. O Google não está perto de estar à frente como possa parecer nesta notícia.

  5. Rodrigo says:

    Em casa eu também. Já não uso rede da edp nem vendo à quase 2 anos. Tudo o que gero a mais armazeno.

    • Sujeito says:

      Rodrigo, podes dar-me uma visão geral da tua experiencia? O que usas e quais as poupanças por alto, se fizeres o favor.

    • Miguel says:

      Pois fala me disso, eu estou na mesma situação, mas porque vivo numa zona remota.
      E posso dizer que não compensa armazenar energia, aliás é uma M***a.
      Microondas, torradeira, etc. Não posso ter.
      Porque iria precisar de muitaaaas baterias e dado a vida útil delas é impensável.
      O investimento inicial é muito caro e não compensa, fica quase ela por ela e a qualidade de vida é mais rudimentar.
      Só compensa ter energia renovável ligado a rede eléctrica normal.

    • Joao ptt says:

      Seria interessante uma explicação mais detalhada da implementação… o que têm a gerar a energia, o que está ligado ao circuito de forma permanente, o que utiliza temporizadores, quanto gera diariamente em média, como armazena a energia em quantidade suficiente para os dias em que não consegue gerar energia em quantidade suficiente, quanto custou o sistema no total até ao momento, quanto poupou, mesmo que não tenha poupado e não pense poupar (muita gente não têm a ilusão de que vai poupar dinheiro, apenas quer ser independente da rede eléctrica nacional) que alterações teve de fazer nos seus hábitos?

      E uma questão muito pertinente, que baterias utiliza, como as arranjou, são novas ou usadas, qual a capacidade que retêm? Menciono as baterias porque escreveu que armazena a energia que produz a mais… e as baterias costumam ser a parte mais dispendiosa destes sistemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.