PplWare Mobile

Edifícios 3D em Lisboa no Google Maps para Android


O gosto pela tecnologia despertou sentimentos únicos que levaram a escrever umas palavras e a premir o obturador.

Destaques PPLWARE

  1. iPlagiator says:

    também está disponível para iPhone, mas é mais limitado que no android

  2. Vítor M. says:

    Tecnologia muito interessante. Isto dá uma perspectiva fenomenal dos locais.

  3. Serva says:

    Boa tarde ,

    Depois ainda dizem que a Google não é inovadora , este serviço quanto é que custaria na Apple ?

    • a Friend® says:

      O mesmo preço que o iCloud.

      • RCS says:

        Duvido. O icloud só não é pago por causa da concorrência. A google faz as coisas de maneira completamente diferente e é pioneira em oferecer serviços grátis.

        • a Friend® says:

          Como já foi dito várias vezes, tudo tem um preço. Eu gosto de serviços sem publicidade. Se tiver que pagar por isso, é com todo o gosto.

          Aparte disso, o facto de eu ter Apple nada me impede de usar produtos Google, até porque o Google maps está no iOS e foi nele que cresceu. A Google antes de entrar no mercado de Smartphones, era(e ainda é) uma aliada de serviços da Apple…

          Os serviços premium eram servidos pela Apple e os serviços Free pela Google… as coisas mudaram porque a Google assim o entendeu. Mercados.

          • Carlos Gouveia says:

            se queres serviços sem anuncios instala o adblock. serviços google + adblock = melhores serviços e sem anuncios!

          • a Friend® says:

            @Carlos Gouveia

            AdBlock é obrigatório nos browsers que uso 🙂

            Infelizmente não posso dizer o mesmo de Apps do telefone. Mas aparte da publicidade, mesmo bloqueada, isso não impede que “Google & Co” não façam uma base de dados com tudo o que fazemos, e falo em concretamente de serviços subscritos (ex. Youtube, Google+, Picasa, etc…)

  4. Serva says:

    @ Friend ,

    Boa noite , desculpa mas não percebi , ou tu não percebeste , o que perguntei foi :

    Quanto é que custaria se a Apple desenvolvesse este software a nível Mundial que é o que estamos a falar , e tu estas a comparar com o icloud da Apple que serve para armazenar ficheiros como o Dropbox faz ? … o que é que uma coisa tem a ver com a outra .

    Cumprimentos

    • Hugo Cura says:

      Nem tem a ver e está a comparar com algo que ainda nem sequer é conhecido ao pormenor mas… enfim, é o que há.

      • a Friend® says:

        O facto de tu não conheceres ao pormenor já é um problema teu. Ele já foi e MUITO BEM divulgado.

        Até no site da Apple está bem explicito o que é o serviço. Quanto ao resto, está explicado mais abaixo onde queria chegar.

        • Hugo Cura says:

          Hmm… ok, ando out então.

          E como vai ser com os subscritores do MobileMe? Preços? Como vai ficar em relação ao espaço disponível? Vai manter-se? Quais os pacotes pagos que existirão? ACTUALIZA-ME por favor!!!

          • a Friend® says:

            http://www.apple.com/mobileme/transition.html

            Como te disse, está tudo no site bem explicito.

          • Hugo Cura says:

            Esta resposta não esclarece a minha pergunta:
            “If you still need more storage, you will be able to buy it. Details will be provided when iCloud is available this fall.”

            E esta é uma grande dúvida para quem pagou “o belo” pelo MobileMe.

          • Hugo Cura says:

            Mas já agora, e se me permites, e que tal Lisboa em 3D vectorial? 😀

          • a Friend® says:

            Como vês respondeu-te à maioria das perguntas. Quanto ao espaço, 5 gigas free estão garantidos.

            O resto não foi divulgado porque eles andam a arranjar forma de viabilizar ainda mais espaço caso consigam.

            GoogleMaps em 3D de Lisboa e Barcelona (que também é recém chegado) estão optimos, esta semana devo testar no terreno (em andamento).

            Falta agora a Google lançar o GoogleMaps 5 para o iOS também, já que o que temos é feito pela Apple, apenas usa os mapas da Google.

          • Hugo Cura says:

            LOL, à maioria das perguntas?
            “E como vai ser com os subscritores do MobileMe? Preços? Como vai ficar em relação ao espaço disponível? (obviamente em relação ao já pago no MobileMe) Vai manter-se? Quais os pacotes pagos que existirão?”

            Mas achas que eu precisava que me desses um link para eu conhecer o serviço? hehe
            Achas que falei à toa para estar sujeito a errar? hehe
            ___

            “O resto não foi divulgado porque eles andam a arranjar forma de viabilizar ainda mais espaço caso consigam.

            Tem fonte?

          • a Friend® says:

            Minhas fontes. Se não te respondeu então desculpa, pensei que o teu inglês fosse mais profundo.

            “Preços dos actuais utilizadores MobileMe.”
            Free significa: Gratuito.

            “Como vai ficar o espaço”:
            Para já, 5 Gb livres. Terão os espaços actuais alargados até à data indicada para procederam à migração do serviço.

            “Serviço vai manter-se”

            MobileMe will no longer be available as a paid sync service,If you had an active MobileMe account as of June 6, 2011, your service has been extended through June 30, 2012, at no additional charge. After that date, the MobileMe service will no longer be available.

            Que significa: O MobileMe não estará mais disponível como serviço pago. Se tens uma conta MobileMe activa de 6 junho 2011, o seu serviço será extendido até 30 de junho de 2012, sem qualquer custo extra. Depois dessa data, o MobileMe não estará mais disponível.

            Quando precisares de mais ajuda diz. Sei que no fundo não te interessam, apenas teimosia, mas mesmo assim sei que é util para outros interessados. 😉

          • Hugo Cura says:

            iFriend, é preciso ter lata para um comentário desses. Talvez o teu problema seja mesmo o português dos meus comentários, definitivamente… 4ever.

            Para ti: no more comments.

          • Vítor M. says:

            Hugo Cura estes argumentos que usas são complexos e sem uma linha lógica. Sabe-se já muita coisa do que será oferecido e qual a abrangência do serviço e só por si vemos a qualidade do mesmo.

            Se pretendes entrar no pormenor, também aqui poderíamos subjectivar a qualidade deste serviço que a Google está a “oferecer”, será só Lisboa ou irão cobrir todo o país?

            Será que o detalhe imperfeito não desvirtua a realidade?

            A Google tomou em atenção os aspectos relacionados com o ornamento do território?

            Como serão ligados os vários estilo tridimensionais que a Google já disponibilizou neste seu serviço?

            Porque só agora, depois da Microsoft, é que a Google vem trazer este tipo de serviço?

            Penso que relativisar as coisas dessa forma é fugir à questão principal. Porque razão fugiste à questão que originou estas respostas?

          • a Friend® says:

            Comentário removido por desrespeito ao autor do artigo.

          • Hugo Cura says:

            Vítor, nem 8 nem 80.
            De facto, na questão do “Serva”, não se podem verdadeiramente comparar serviços com características e abrangências tão diferentes porque, simplesmente, a Apple não tem um Maps.
            O iCloud será um serviço gratuito inerente a software/hardware pago mas, se estávamos a falar em iCloud estamos automaticamente a falar em serviços gratuitos e pagos pois terá essa vertente. Dada a afirmação afincada que todos os detalhes desse serviço são conhecidos, quis provar que não o são. E, de facto, provei, pois não existem respostas para o preço de armazenamento superior a 5GB, nem quanto vai pagar quem já paga MobileMe (com armazenamento superior ao gratuito que terá o iCloud) nem que pacotes existirão.

          • Vítor M. says:

            😀 ok então deixa ver se percebi. À questão do Serva, que deixa um repto sobre o preço de serviços/aplicações oferecidas pela Google se estas estivessem nas mãos da Apple, foi respondido com um exemplo muito concreto.

            Se estamos a falar entre empresas quais os produtos que disponibilizam gratuitamente, visto não haver um padrão entre o mesmo produto, recorrendo ao portefólio da Apple lembro-me do iCloud e do Find my iPhone.

            São serviço para o “mundo” Apple com um peso de desenvolvimento e serventia elevado mas que é oferecido ao utilizador Apple.

            No caso concreto a Google oferece este serviço no Maps, um bom serviço, mas é disto que a Google vive, produtos que prendam o utilizador à marca para esta vender o seu principal meio de subsistência, a publicidade.

            Penso que tem termos de balança, a resposta iCloud serve, pois é sobre serviços que se está a falar.

            Depois o resto das questões que levantaste foi do tipo: ok o iCloud… hmmm não estava à espera… então mas o iCloud não está definido…..

            Estar está, se o serva falou no serviço gratuito só nos devemos focar no serviço gratuito do iCloud que foi já devidamente apresentado.

            Era interessante debater ideias e não e não bater nas ideias. 😉

    • a Friend® says:

      O que estava a dar a entender é que a Apple tem capacidade de oferecer produtos, como fazer pagos. iCloud é exemplo disso. Desde que consiga fonte de rendimento dos mesmos, como é obvio.

      A politica dos Pagos da Apple serviam como serviço premium, sem publicidade, e uso profissional. A Google sempre foi encarregue das versões gratuitas.

      A Apple teve que tomar a posição dos gratuitos desde que essa parceria azedou, uma vez que a google antes parceira tornou-se rival, ou seja, foi aberta a competição.

      Serviço de mapas (assim como motor de busca, etc) nunca foi area que a Apple quis explorar, por essa razão é que o iOS tem o Google Maps e Youtube pré-instalados e parte integrante do SO.

      Já se especula que a Apple irá ter o seu próprio serviço de mapas também, pelos motivos que falei mais acima, e eles serão igualmente gratuitos, tal como a Microsoft os tem, com o Bing. Tudo depende de como andarem as parcerias envolvidas.

      O motivo da Apple ter tido serviços pagos? Nunca usou publicidade para suportar esses serviços nem o mesmo esquema da Google. Mesmo assim, gratuito, o iCloud não vai ter publicidade, porque a venda dos SO’s irão suportar esse custo.

      Politicas diferentes de negocio, apenas isso. Cabe ao utilizador decidir. Eu tenho centenas de apps que podia não pagar na appstore uma vez que são gratuitas com publicidade, mas opto por adquirir a versão paga, sem publicidade.

      É tudo uma questão de escolhas. Agora dizer-se que a Google é boazinha e inovadora porque oferece tudo, na minha opinião, é precisamente esses os clientes que a Google tem na mão.

      • iPlagiator says:

        gosto sempre dos teus comentários, seja em qual assunto for ele 😉

      • kekes says:

        Mas esclarece-me uma coisa… Qual era a logica de cobrar mais do que cobra por cada aparelho? Sabendo a esperança media de vida, telemovel, portatil, etc, eles vendendo directamente o Hardware que vai correr o software esses custos estão culmatados mau era se não tivesses essa atenção.
        A Google não e boazinha, faz o seu negocio mas o facto é que oferece mais que as outras, no outro dia comprei espaço extra para o picasa, ficou-me super barato.

        • kekes says:

          PS. Eu também perfiro productos sem publicidade mas a google nos seus productos não a coloca muito intrusiva, e é compreensivel que os serviços têm de ser sustentaveis dado que tecnicamente não necessitas de lhes comprar nada directamente, a comparação Apple/Google não é muito justa.

        • a Friend® says:

          “eles vendendo directamente o Hardware que vai correr o software esses custos estão culmatados mau era se não tivesses essa atenção.”

          Mas os serviços não estão só apontados para novos aparelhos. A Apple vai fazer chegar esses novos serviços a aparelhos com mais anos.

          Dou-te um pequeno exemplo. Um dos meus Mac’s é de 2008, instalei-lhe o MacOSXLion que custa 23 euros. Ele, irá ter todos os serviços do iCloud de forma gratuita e sem publicidade.

          É apenas um exemplo de que “a esperança média de vida de um hardware” não é manobra para negocio da Apple. Os produtos enquanto suportarem os SO’s actuais, nunca são esquecidos, sejam macs ou iDevices. É o tal suporte que a Apple mantém inigualável. Não deixa para trás hardware bom.. deixa apenas o obsoleto, e mesmo esses têm tido suporte por parte da Apple em várias areas.

          Tudo tem o seu preço e muitos dizem que quem compra Apple, compra caro para ter menos. Este é um dos mutos exemplos que deita por agua essa teoria. Compramos caro mas o pack completo até nos sai barato. Material bom (continua novo como se o tivesse comprado ontem) e suporte adequado.

          Se tivesse comprado um PC Portatil nessa altura, mesmo que fosse mais barato 300 euros, até à data já tinha gasto mais que isso para o manter actual, nem que fosse por um simples upgrade do Windows, uma bateria nova e quem sabe outro material que se desgasta… vejo isso pelos PCs portáteis que tenho encostados e pelos Macbooks que tenho… todos quase da mesma epoca e os macs continuam como novos e são precisamente os mais usados.

    • Vítor M. says:

      A Apple tem serviços que desenvolve gratuitamente ao nível deste. Penso que a comparação que o afriend quis fazer foi em termos de potencialidade do produto.

      Ele referiu o iCloud como um serviço complexo, inovador (muito mais que um dropbox atenção) e que será oferecido.

      Lembro-te que a Google também faz isto porque a Microsoft já o começou a fazer antes deles.

      Agora, eu volto a referir o que já disse algumas vezes. Se a Google não oferecer estes produtos, como irá vender a sua principal fonte de rendimento, a publicidade?

      Não é à toa que eles “oferecem” estes serviços, se não quem precisaria da Google?

      Penso que devem pesar as respostas no sentido objectivo e não no sentido relativo.

  5. Isto deve ser só para smartphones com mais de 1 GHz que eu no meu não tenho nada em 3D.

    • Hugo Cura says:

      Certifica-te que tens a aplicação devidamente actualizada. É necessário também ter multi-toque para que, com deslize de 2 dedos paralelos na vertical, se possa inclinar o mapa. De qualquer forma, mesmo sem inclinar é possível notar o 3D.

  6. Serva says:

    Bom dia ,

    Caros , de facto apesar do serviço do Dropbox não ser exactamente o que o icloud pretende oferecer ,ele é gratuito até aos 2 GB de alojamneto de ficheiros e é Universal , quero só lembrar de uma coisa e que foi a génese do meu post inicial , este serviço é só para o mundo Apple portanto só chegará para quem adquiriu produtos Apple certo ? …. este serviço e todos os outros que a Google disponibiliza são universais e servem todas as plataformas inclusive a Apple , logo estamos a falar de coisas muito diferentes e de conceitos empresariais completamente distintos penso que isso salta a vista de toda a gente , a Apple nunca mexeria uma palha em prol dos internautas que não usem Apple , se nem uma chamada de vídeo podes fazer do teu Iphone sem ser para outro Iphone , espero que desta vez fique claro a minha questão colocada nos meus posts acima .

    Quanto a questão colateral que o Vitor M falou de ter sido a Microsoft a fornecer mapas em 3d , é verdade , mas foi a Google que iniciou a Google maps em primeira instancia , que eu saiba a Microsoft não tem nenhuma aplicação como a Google tem para identificação de constelações e nem para o mar nem a street view que tanta polémica gerou , falo nisto porque li nalguns posts que a Google se tinha limitado a produzir o Gmail o que de facto é uma grande injustiça considerando toda a panóplia de serviços que neste momento esta empresa tem em cloud ( Docs , calendar , books etc etc ..) .

    Cumprimentos

  7. cfintas says:

    Quanto mais visito este site, mais fã fico dele, bem como dos seus comentadores.
    Prezei muito a urbanidade da discussão, enriquecedora, sem agressões verbais, com respeito pelos pontos de vista (devidamente fundamentados) de cada um… sim senhor, um exemplo para a nosa sociedade em geral.
    Bem hajam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.