Quantcast
PplWare Mobile

Cópia do Windows 10? Chrome OS será desbloqueado com um PIN

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Miguel Gomes says:

    O meu antigo Siemens A-36 era desbloqueado com um pin…
    Já vomito tretas do “isto é copia daquilo” sinceramente.

  2. Gama says:

    Sinceramente não percebo esta! Implementar num computador um interface especial para inserir um PIN é algo ridículo. Pedir uma password não impedia ninguém de escolher o equivalente a um PIN como password, e nos dias de hoje criar algo que encoraja o uso de PIN em vez de password é quase como andar de cavalo para burro em termos de educar o utilizador para a sua segurança.

    • Filipe Coelho says:

      O pin é de certa forma mais seguro porque não serve para mais nada além de desbloquear o computador, enquanto que a palavra passe é a mesma da conta Google, ligada à muitos serviços. O PIN é algo local e é preciso ter acesso físico à máquina para o usar, não serve para mais nada. Nesse sentido é mais seguro e mais prático

      • Gama says:

        Continua a não fazer sentido nos dias de hoje um sistema privilegiar proteger um computador com um PIN, deveria pedir uma password. Os PINs dão poucas combinações, são segurança fraca.
        Para isto é irrelevante a questão da conta da Google, quem implementa um pedido de PIN implementa pedido de password.

        • Ricardo Ferreira says:

          Gama, vê lá a primeira imagem com atenção. Diz “Enter PIN or Password”… Já agora, a password da conta Google tem requisitos específicos (mínimo de 8 caracteres, p.e.) que não permitem exactamente “o equivalente a um PIN”.

          • Gama says:

            Lê bem o que escrevi. Não faz sentido nos dias de hoje criar algo novo que incentiva o uso de PIN num computador, que é o que foi criado faz.
            Tanto quanto pude perceber a password referida é a da conta Google, que era o esquema que já vem de trás no Chrome OS, algo que também coloca problemas pela “reciclagem” da password, e um dos motivos para criar no Chrome OS o esquema de conta local para o computador.

          • Carlos says:

            @Gama
            Claramente não sabes do que estás a falar.
            O problema no Chrome OS (e no Windows 8, e daí vem a possibilidade de se usar um PIN) é que sempre que o desbloqueias tens de escrever a senha da conta Google.
            Agora imagina que a tua senha é sKA^0&uqU9A858)g\I#529:}1WeZtH. Ok, da primeira vez ainda a escreves, mas da segunda rapidamente a mudas para batatas, porque ninguém quer escrever senhas seguras enormes e complexas de cada vez que quer desbloquear o computador. O problema é que agora a tua senha do GMail também é batatas.
            Com um PIN, podes continuar a usar a tua senha super complexa e para desbloquear o computador, e apenas para isso, usas o PIN que é muito mais fácil de memorizar e, sobretudo, de digitar.

        • Carlos says:

          Acho que não sabes o que a palavra “privilegiar” quer dizer.

          Não é “privilegiar”, é dar a possibilidade de.

          E se o dispositivo ficar bloqueado, mesmo que temporariamente, após 3 tentativas de PIN, adivinhar o PIN torna-se bem moroso, a não ser que se tenha uma sorte do caraças.

          Como os cartões de crédito, onde também só se tem 3 tentativas para acertar no PIN.

          • Gama says:

            @ Carlos, aprende a ler bem o que os outros escrevem e aprende o que privilegiar significa – beneficiar, favorecer – neste caso por dar ênfase a um novo método que é exclusivo para um PIN, um PIN para o computador, não dão possibilidade para password para o computador, continua a ser o mesmo método de password da conta que cria os seus problemas por reciclagem.

            No cartão de crédito ficas bloqueado ou sem cartão até ir ao banco, num computador consegues ter várias tentativas.

  3. judas iscariotes says:

    copiar não e crime?

  4. Gerardo says:

    O problema de memorizar passwords e agora usar pins, é que depois a malta esquece-se da password. Eu como sou um bocado paranóico não tenho nenhuma password memorizada, assim fica mais difícil roubar e também me obriga a relembrar as passwords constantemente.

  5. Armando says:

    Download do SO?

  6. irlm says:

    como se instala ou configura para linux o sistema pin?

  7. José says:

    Flop porquê pode informar o Mundo? E não vejo qualquer problema em copiar algo que é prático. Não gosto das políticas da Google, nem uso os seus serviços a não ser um email para publicidade, mas as boas ideias são sempre para aproveitar, até que as pessoas apesar das diferentes interfaces contam com um certo modo de actuar perante situações idênticas.

  8. Ismael Guimarães says:

    Pessoalmente, para mim, o Chrome OS não faz o menor sentido. Faria sentido se tivesse a capacidade de trabalhar com programas instalados na máquina.

    A diferença é que, para o meio profissional, precisamos de programas de alto desempenho e isso no Chrome OS não funciona. Também acredito que falta investimento por parte da Google para fazer com que surjam equipamentos híbridos com o Chrome OS. Estes equipamentos facilmente substituiriam os tablets Android. Mais, o segredo do Chrome OS passaria por fazer deste SO um SO que utilizasse todas as APPS Android como se estas estivessem a ser instaladas num smartphone convencional e não numa Tablet.

    Teríamos a possibilidade de ter o WhatsApp e APPS semelhantes a correr num “desktop”.

    • Ricardo Ferreira says:

      Há muito que o Chrome OS tem aplicações offline. Obviamente que não está projectado para o meio profissional embora a verdadeira limitação esteja ao nível do hardware e não no SO. Em relação a correr “todas” as apps Android, dificilmente será possível pela ausência de GPS, giroscópio, rede móvel, etc.

    • Aguamenti says:

      Para ficarem presentes no desktop – e não só -, os developers podiam olhar com mais perspicácia para a UWP.

  9. joao_l says:

    Na verdade está a aparecer muitos chicos espertos formados em eng. informática para dificultarem o acesso à Internet e conseguirem os seus objectivos. Depois chegam com determinado software salvador para resolverem a questão… Conclusão o objectivo… o dinheiro…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.