PplWare Mobile

Um Surface à moda da Apple


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. wolfytuga says:

    Olá!

    Isto até é interessante para, por exemplo, quando se chega a casa depois de um dia de trabalho e para não se cansar mais a vista a olhar para um ecrã pequeno, usando esta mesa facilitaria essa tarefa. Outra utilidade é quando se está com amigos/família e se pretende mostrar imagens, vídeos de interesse, sem que se tenha de passar o iPhone de mão em mão, tendo de repetir a mesma tarefa uma e outra vez.

    Um ponto que penso que seria positivo para esta ferramenta era a substituição da ligação por cabo, por uma WiFi.

    Cumps!

  2. texasflood says:

    Que grande barrete: vejam com atenção 00:15 em vez de clicar numa aplicação ele carrega no botão de desligar. Brincalhões.

    • Nelson Gama says:

      Carrega no botão de desligar??????

      • texasflood says:

        Acho que deu para perceber que queria dizer Sleep Button. Segura o iPhone com a mão esquerda para não deslizar,e com o indicador clica numa aplicaçao, e com o anelar clica no sleep button. É mais que evidente.

      • wolfytuga says:

        Sinceramente! Eu também não percebi o que quer dizer com “carregar no botão de desligar”. Eu vi pressionar no programa com o desenho de uma mesa. Mas como não sei onde está posicionado o botão para desligar o iPhone (visto não ter um) fico na dúvida…

      • Nelson Gama says:

        Eu tenho um iPhone e não é fácil carregar no sleep buton com o anelar, além de que o iPhone do vídeo tem uma capa que dificulta ainda mais… Mas ainda que seja… qual a relevância? E qual a ligação com “ser um barrete”?

      • a Friend® says:

        Ia dizer o mesmo que o Nelson Gama disse… não é assim tão fácil carregar nesse botão com esse dedo, mas.. nada é impossível e é uma teoria bem plausível.

        Outro factor que poderá denunciar é também a ausência do efeito “zoom” quando se abre qualquer aplicação.

        É um bom ponto a ter em conta e montagens destas até são bem fáceis de fazer, contudo o conceito é que importa e esse está muito bom mesmo… seria sem dúvida interessante ter um brinquedo assim na sala.. em forma de mesa ou até mesmo em forma de quadro.

        • Lourenço says:

          por acaso, ve-se o dito zoom quando ele abre a cena de ver as fotos, mas de qualquer das maneiras

          ha 1 grande falha, quando 1 dos jovens faz zoom na imagem do sylvester em que a imagem começa a fazer zoom bem antes de ele por as mãos no ecrã!

          junto ao dedo mindinho a ligar o sleep mode, e ao facto de isto ser completamente FAKE….,

          só consigo concluir que isto é fake…

        • a Friend® says:

          Mas referia-me mesmo à aplicação que supostamente activa o ecrã. 😉

          É que mal ele carrega, o iPhone fica preto e não é o que acontece na realidade, em qualquer aplicação, o sistema está projectado para primeiro fazer o efeito “zoom fade-in” da app, e fade out do sistema.. só depois é que corre o código da aplicação… ou seja.. está aí o erro grave porque a app correu logo…

    • Tiago Dias says:

      Percebi o que queres dizer..

      Na verdade é estranho o ecrã desligar-se imediatamente mal ele toca no ícone da aplicação.. e é também estranho ele ter o dedo naquele sítio e parecer mesmo que carrega no botão de sleep.. mas não sei…

  3. says:

    o surface era apenas uma copia fraca de sofware e hardware que já existia à anos e q até já tinha sido implementado com tecnologias melhores e mais compactas. na altura falou-se nisso mas parece que as pessoas só se lembrar da imitação da microsoft…

    • Nunofos says:

      O Surface é uma copia rasca? LOL

      1º de tudo a tecnologia do surface foi comprada pela Microsoft ao MIT;
      2º o Surface é das melhores tecnologias que vais ver em muitos anos, anos luz à frente dos concorrentes, que não são muitos.

      E isto não tem nem de perto semelhanças com o surface, já que precisa de um telemóvel para funcionar, tirando isso é uma mesa inútil.

      Ah, se querem a minha opinião, há aí gato. Como é que os ícones estão tão definidos, ou seja, com tanta qualidade? O iPhone só é preparado para aquela resolução, ou seja, mais uma vez, os ícones não devem ser muito maiores, como é que num monitor tão grande não desfocam?

  4. Hugo Cura says:

    Invenção engraçada mas não acho que tenha grande utilidade. Nunca se sabe se com uns jogos multiplayer interessantes não poderá vir a arte mais qualquer coisa não poderá vir a ser um complemento para uma sala.

    Btw, saltou-me mais à vista o zoom-out na foto do stalone, o movimento foi antecipado! Lol

  5. Sarevok says:

    Para quando vídeos em html 5? 🙂

    • Onde? No Youtube? Já tens!!

      • a Friend® says:

        E não só.. até os que o pplware poe aqui, como este, já o vejo em HTML5 com uma simples extensão para o Safari e “retira” o player em Flash e abre em HTML5…e no youtube faz isso a todos.. sem precisar de abrir o Youtube.com/html5…

        Youtube5 é o nome, para quem quiser procurar. Não sei como funciona em Windows mas provavelmente não funcionará tão bem quanto em Mac porque o Safari está projectado para usar API’s do Quicktime.. o ideal seria haver algo semelhante no IE9 já que provavelmente esse irá aproveitar recursos do WMP.

        • Mike says:

          Antes de mais, agradeço teres mencionado a Extensão. Posso dizer que em Windows funciona bem, e mal possa vou instalar no Mac também. A propósito, saiu uma actualização, que permite predefinir o tipo de filme no Vimeo e a qualidade no FB (não sei de quê, ainda não testei).

          Convém é mencionar que para dar com a Extensão tem de se procurar no Google por ela; no site oficial da Apple não a encontrei.

  6. Tiago says:

    qual a utilidade desta mesa? digam me so… dá algum jeito estar a visualizar seja o q for??? olhando fixamente para uma mesa? para nao falar em reflexos q a mesma faz e a quantidade de dedadas que irá ter!

    ver filmes? ridículo…
    ver fotos? com uma mesa de 50′ à frente dos olhos e deitada (?!) dá imenso jeito.

    mais uma forma de sacar uns milhare$ aos fanáticos da apple!

  7. Alexandre Pinto says:

    Para mim a única novidade é apenas o multi-touch em ecrãs desta dimensão. Pelo que conheço já existam ecrãs destes que aceitavam apenas um toque.

    No entanto as potencialidades são imensas principalmente em ecrãs mais pequenos, e não as 53 polegadas ainda por cima deitadas.

    Em comparação com o Microsoft surface… Em termos tecnológicos não tem a menor comparação. O surface consegue fazer a leitura de objectos que lhe são colocados em cima e este simplesmente aceita toque.

    • a Friend® says:

      RFID…. basta um leitor RFID…

      O Sufrace só por si não detecta o aparelho e já está… são aparelhos preparados para tal… A forma como eles publicitaram o Surface parece que qualquer telefone que eu deixo em cima da mesa ele detecta e sincroniza…

      E sejamos francos.. não ia longe com um Windows Vista dotado de uma camada de interface gráfica touch… ou se é de raiz ou não é… isso de “camadas” só dá é problemas de performance, que era o que já queriam fazer no HP Slate.. mas pelos vistos foi abandonado o projecto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.