Quantcast
PplWare Mobile

TieFi: Internet na ponta da sua gravata

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. irlm says:

    Se tivesse um cartão 4g era mais funcional.

  2. Ricardo Raimundo says:

    Só uma informação.. A gravata sempre teve uma função.
    A função da gravata é esconder os botões da camisa! A sério! É uma questão de acabamento.

  3. hornet says:

    Inventem as desculpas que quiserem, mas se não conseguem passar tempo com os vossos filhos ou se eles não querem passar tempo convosco a culpa é vossa. Vão ter com eles! interessem-se pelas actividades deles, ajudem-nos nos objectivos diários que eles têm!

    Há idades e idades e momentos em que as hormonas levam a melhor, mas acima de tudo deve haver partilha de momentos entre ambos. O meu pai vê campeonatos de League of legends comigo e com os meus irmãos, nós cozinhamos e vemos futebol com ele.

    Btw tenho 27 anos, estou em casa uma vez por mês, tentamos estar todos juntos e fazer actividades que dê para todos. E não é por sermos “boas pessoas”, “filhos bem comportados”. Os nossos pais sempre fizeram questão de nos acompanhar em tudo. Por isso acompanhem o vosso filho e vão ver os frutos.

  4. Panhonhas says:

    Em termos dimensionais, um router portatil móvel fica a ganhar.

  5. Luis says:

    A ideia tem tanto de parva como de… Parva!

    Quem é que no seu perfeito juízo vai andar com um Pi pendurado ao pescoço ?????

    • 123gdvbnn says:

      qualquer ideia parva pode ser bem sucedida, e tudo uma questao de marketing
      basta olhar pa apple 😀 tem coisas tao revolucionarias como um carregador de pilhas, mas eu ja vi malta a falar disso nos forums como se fosse a 8ª maravilha do mundo :p
      é preciso e ter labia 😀

    • Vítor M. says:

      Hoje um Pi amanhã um micro Pi… do tamanho de um botão. Será assim parvo?

      Ainda assim, em jeito de desafio, imagina que é um boné a servir de repetidor ou até um sistema que ajude a levar Internet em sítios de difícil acesso?

      O conceito, parvo, dá até uma ideia interessantes 😀

      • Daniel says:

        Posto dessa forma um eniac seria tão válido ter na gravata quanto um Raspberry PI… tendo em conta que o conceito de wearables é ter algo que não seja intrusivo, um PI é tão válido quanto um “monstro” que ocupa uma sala inteira. Se fosse realmente do tamanho de um botão aí sim entendia-se, mas o conceito em si é o de wearable, isto que foi apresentado não traz nada de novo em termos de conceito. E sou da opinião que sim, é parvo.

    • int3 says:

      já vi modas pior a pegar fortemente.

  6. António Marques says:

    É para ver se o Tsipras e o Varoufakis começam a usar gravata…

  7. Mota says:

    Já não basta os putos estarem todos coladões o dia inteiro quanto mais sair para a aproveitar o dia com o pai… com o telemovel na mão.
    Enfim. Ideias destas são dispensadas.

  8. A. Sousa says:

    Simplesmente a ideia mais estupida de sempre… Os filhos devem interagir com os pais, como por exemplo, conversar, trocar pontos de vista e fortalecer os seus laços e relações!
    O uso da tecnologia tem as suas vantagens e as suas desvantagens… esta serve para conectar e favorecer o diálogo de duas ou mais pessoas, quando as mesmas estão separadas (fisicamente) por centenas ou até milhares de quilómetros. Não obestante o uso das mesmas tecnologias afasta as pessoas, quando estas estão fisicamente próximas… Se os pais querem passar tempo com os filhos e vice-versa para que hão-de eles transportar um mini-hotspot na gravata, para que os filhos possam ter wi-fi? O intuíto de estarem juntos é apenas checkarem o facebook e outras redes sociais ou é comunicar e aprender alguns valores para no futuro serem melhores pessoas na sociedade?
    Espero que se façam algumas reflexões sobre o uso de tecnologias e se dê mais importância às pessoas reais, à comunicação, a novas experiências e aventuras…

  9. rui jorge silva says:

    isso, isso! Mas as torres junto as casa e escolas, essas sao mas, muito mas. Telemovel frita o cerebro mas nao faz mal, e o wifi faz o mesmo mas em lume brando. Mas nao ha problema, o povo quer é, internet. Sem isso o mundo pára.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.