iPhone 8 terá reconhecimento facial que funciona mesmo deitado


Destaques PPLWARE

32 Respostas

  1. LG says:

    A palavra “Resting” também poderá referir-se ao modo “stand-by” / ecrã desligado não?

    • VMF2P says:

      Estava a pensar o mesmo

    • Bruno says:

      “Resting” significará que não está em movimento, não será sinónimo de ecrã desligado. Esse estado seria definido por “sleep” (termo usado noutros lados pela Apple para desligar ecrã) ou “locked” que é a condição em que um iPhone se encontraria quando o ecrã desliga.

    • Kekes says:

      Penso que será mesmo isso.

    • Vítor M. says:

      Não deverá ser pois faz referência ao ângulo, logo, tem a ver com o smartphone deitado.

      “AXRestingPearlUnlock” = Axis–angle representation

      Tem mais lógica, não será?

      • LG says:

        Tem sim senhor Vítor

        Mas o que é certo é que “resting” não é “deitado” em português… Seria mais “laying”

        Para mim o termo “resting” está mais perto ao termo “sleep”/”stand by” que deitado…

        Porém se for o caso, acho que o consumo energético seria demasiado grande se a câmera tiver que efetuar reconhecimento facial costantemente que deteta qualquer movimento se este tiver deitado… que está quase sempre se este não estiver no bolso do utilizador…

        • Vítor M. says:

          Já estamos a viajar. Vamos deixar para a Apple essa questão do consumo, 😉 até porque se estiver no bolso os sensores saberão disso e não ativarão certamente a nova funcionalidade. Não vamos ficar preocupados com isso para já, temos tempo lá mais para a frente para começar a criar defeitos, ok?

          A questão aqui é o que significa aquilo e não vamos fazer uma tradução à letra, alias resting tem como alternativas supported, backed, endorsed, seconded, propped… logo, tem tudo a ver com “deitado” na forma como é expressa a nova intencionalidade desta tecnologia. A Apple para “sleep”/”stand by” tem outra terminologia.

          Mas, tal como está explicado… isto ainda pode dar uma “cambalhota” até à versão final 😉 apenas fica o apontamento da possível funcionalidade e as suas particularidades.

        • Bruno says:

          É verdade, “resting” não é deitado/laying. O “deitado” é um salto de raciocínio por parte de quem descobriu este código, por ter associado isto a informações anteriores que falavam de ser capaz de reconhecer caras mesmo estando pousado na mesa – uma questão de ângulo! Ou seja, achou que isto confirmava os rumores.
          Mas daí “resting” ser “sleep/stand by”, não faz muito sentido, pois se fosse para caracterizar o estado de “sleep…” diriam “sleep…” tal como a Apple já faz nos sistemas noutras circunstâncias.
          O que é dito ali não te permite saber se aquilo implica estar permanentemente activo, para além de que se está associado a “Accessibility” o mais certo é ser uma opção de funcionamento.

      • LG says:

        …e digo mais… Para quê servirá facial recognition? Para identificar o utilizador e desbloquear o uso do equipamento (substituir o touchID?)

        O que seria mais interessante ver-se num telemóvel?
        – O telemóvel deitado reconhecer que o dono está por perto? (câmera sempre ativada para reconhecimento facial/movimentos? = mt recusos CPU = battery drain?)
        – O telemóvel desbloquear-se e ativar o ecrã se o utilizador pegar nele e olhar para o mesmo? (câmera so se ativa uma vez que o sensor de movimento deteta algo? poucos recursos CPU = no battery drain)

        • Bruno says:

          Tal como disse no outro comentário, não fazes ideia se está sempre activo. Imagina que é uma opção para activação por voz, imagina que é uma opção para pessoas com determinada necessidade.
          Bem mais interessante é dar as duas possibilidades, e mais interessante ainda seria se os sensores funcionassem suficientemente bem para que o utilizador nem necessitasse de olhar, seria mais rápido.

  2. Filipe F. says:

    Entao mas porque haveria de funcionar so com o telemovel de pé? Qualwuer telemovel com reconhecimento facial ou iris scanner funcionar deitado em pé ou de lado. O wlwue interessa é a cara aparecer no angulo de visao das cameras IR

    • Kabindas says:

      +1 Realmente … deviam querer falar do angulo de captura de imagem … agora deitado ?!?

    • Bruno says:

      Tendo em conta o que aparece escrito naquele código eu diria que seriam definições especiais para quando o aparelho não está em movimento, ou seja quando não está na mão de alguém, tanto que aparece associado ao “Accessibility” que é onde se mudam algumas das definições base do comportamento do sistema para se adaptar a condições especiais de interface.

      Mas já apareceram rumores a indicar que este sistema poderá funcionar sem colocar à frente da cara. Como se fala em reconhecimento facial 3D, isso por si já deveria facilitar o uso com a cara a ângulos muito diferentes do que é necessário para um “iris scanner”, por exemplo.

    • MR says:

      Ya o meu S8 reconhece em qq posição -_- seria anormal é se fosse ao contrário.

    • Mário says:

      Por acaso coloco a mesma questão!

    • Joan says:

      Ate deitado a siri diz me emails, tempo e reunioes wue vou ter ao longo do dia…isto aoenas com voz sem sequer olhar. Tenho 3 monitores em casa e preciso estar em constante atencao a cada um deles

  3. VMF2P says:

    Interessante

  4. Jota says:

    “…revelou também que este reconhecimento facial será mais avançado que as soluções normais…”??? o meu lumia 950XL (normal) faz o desbloqueio com a iris, estando mesmo deitado na secretaria, mas é claro que tenho que estar no angulo de visão da camara… qual é o avanço em relação a este modelo de 2015?

    • Bruno says:

      Reconhecimento facial 3D, não desbloqueio com a iris. A ser verdade só por aí permitiria funcionar a ângulos mais alargados da câmera, pois não necessitaria de bom enquadramento dos olhos, poderia funcionar com a cara em perspectiva, por exemplo, o que serviria para que o processo se iniciasse mais depressa. Seria também em teoria mais difícil de enganar.

      • jota says:

        ok, no meu Surface pro 4 tem reconhecimento facial 3D e também é de 2015 e realmente não necessito de estar tão perto ou focado na camara para o reconhecimento facial… continuo a não ver nenhum avanço especial com base nos dados que estão a ser apresentados, para se dizer que é um sistema mais avançado que os existentes…

        • Bruno says:

          Não estás a ver!? O sistema do 950 XL não é rápido e já foram mostradas debilidades com sistemas de reconhecimento de iris. Reconhecimento facial 3D é um avanço face aos sistemas baseados em câmeras usados até ao momento em telemóveis.

  5. badsector says:

    Mas quem? O telemóvel ou o utilizador? Ou tem de ser os 2? Que confusão…

  6. Joel Reis says:

    Ainda estou incrédulo com o desaparecimento do touch id, então e os rumores do sensor debaixo do ecrã que pareciam ter alguma credibilidade? Vai-se limitar a mudar para algo nada inovador? Steve Jobs nunca se resignaria desta maneira, Tim o coveiro, vai escavando o buraco…

    • Bruno says:

      Não se sabe se o TouchID desaparece!
      Tanto quanto sei ainda nenhum telemóvel tem reconhecimento facial 3D (se estas informações se confirmarem).

      • João B says:

        A Sony já testou o reconhecimento facial 3D em alguns Xperia. Não sei se já estão no mercado.

        • Bruno says:

          Houve uma demonstração de tecnologia duma subsidiária da Sony em colaboração com outra empresa, há 1 mês atrás. Daí a existir em telemóveis à venda deverá demorar. Entretanto existe este rumor da Apple ter tecnologia em aparelhos que já começaram a ser fabricados em massa.

  7. somewhereovertherainbow says:

    …quanto ao “resting” não sei…mas “sleeping” é o que andamos aparentemente todos a fazer…não tarda nada surje mais uma aplicação para utilizar a tecnologia e lá vamos nós “autocadastrando-nos”…fazendo “o trabalhinho deles”…já agora desculpem a minha ignorancia…câmera de ambos os lados ou só de um?…deixem estar…provavelmente terá uma tecnologia que já nem da tradicional câmera necessitará… 😉

  8. joaocarlos says:

    Tudo tudo inovação tecnologia. No topo da inovação. No entanto o código é bastante explícito e faz o que alguns equipamentos já o fazem, com a íris, por exemplo. É nada mais nada menos que manter o leitor em funcionamento mesmo quando o equipamento está pousado, como em cima de uma mesa, e procurar no angulo definido (relacionado com a camera), a imagem facial. Isto já existe por aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.