HTC U 11 chegará para concorrer com os melhores?


Destaques PPLWARE

20 Respostas

  1. Jairo says:

    A HTC precisa lançar algo que impacte , ela está sucumbindo lentamente , e o patamar de preço na qual atua não ajuda muito.

  2. Bruh says:

    Mas…eu tinha ideia de ter lido algures que a HTC tinha acabado. X.X Agora fiquei confuso.

  3. Belmiro says:

    Se realmente vier com uma estética semelhante (leia-se: a parecer um telemóvel chinês barato do século passado) então não lhes vai adiantar ter o SD 835 e 6 GB RAM …

    Desde os SD 800 e 810 que já tem a performance necessária para 95% da população, a maioria usa os smartphones para web, redes sociais, mail, consumir multimédia e abrir uns pdf, coisa que desde esses SoC se faz com fluidez.

    VR ou mesmo SoC que correm W10 x86 só exige uma Minoria, e se os novos SoC são mais pequenos e poupados, também as baterias foram reduzidas, daí que a autonomia pouco ganha.

  4. Jonithu says:

    Já tive vários telemóveis HTC e todos eles ainda a funcionarem mas guardados no meu museu 🙂
    É pena que esta marca tenha perdido um pouco a quota de mercado neste segmento e se deixasse suplantar por outras marcas.

  5. Pedro Cascão says:

    Mas o IPhone SE não tava a 500€?

  6. Miguel Silva says:

    Mas o iphone faz menos em multi core, os iphones sempre foram melhores em single core, o Iphone 7 faz 3 mil e tal mas em multi core faz abaixo deste por isso nada de anormal o teu fazer mais em single core, são sistemas operativos diferentes.

  7. Belmiro says:

    E no multicore? Se o SoC tem mais que um núcleo e as apps já há 1 década que usam multithreading, esse é o valor que importa

    • Joao Peixoto says:

      não é verdade o que dizes existem milhares de apps singlethreading por aí. É muito mais fácil fazer apps para um processador que para vários. Arrisco-me a dizer que tirando os grandes estudios que tem money para investir, maioria é single threading ou se forem multi pouco optimizadas para o efeito. Por isso as apps no IOS parecem sempre mais fluídas..porque o são. IOS em single core ninguém os bate.

  8. Pedro says:

    Se é HTC é simplesmente um grande e redondo NÃO OBRIGADO.
    Depois dos problemas que tive com a assistência técnica deles que não souberam reparar um telemóvel, nunca mais.

    • Filipe says:

      dizes isso pelo simples facto que a HTC abandonou portugal, porque posso te já dizer que já tive varios HTC e nunca tive problemas com a assistência técnica já foi a melhor de todas ficas já a saber. o problema é que a venda dessa marca caiu muito em portugal por causa da maior parte das pessoas acharem que samsung é que é bom e continuarem a fazer essa marca crescer e deixam uma das melhores marcas de smartphones que existe perder poder de venda.

  9. soldiermov says:

    Compraria se nao fosse o preco exagerado. Para ter impacto a HTC tem de apostar no preco e nao pode ser preco exagerado como estao quase todos os topo de gama neste momento.

  10. André says:

    Se a HTC quer vender bem, tem que baixar o preço e ter um design mais bonito. Se não fizer isso, será apenas mais uma marca.

    • Joao Peixoto says:

      não é só uma marca. não existe nenhuma no mundo android com a qualidade dos seus aparelhos.
      o som é brutal, só o LG fica perto. ecrã dos melhores do mercado. expansão que chegue e sobre. o software é “relativamente” actualizado. o meu htc 10 já tem o android 7. 90% do resto do mundo nem por isso. são aparelhos sóbrios sem o “bling” dos samsung galaxy. se tivessem um ratio body/screen era fabuloso

      • wishmaster says:

        Exactamente, na minha opinião, os HTC são dos telemóveis mais subestimados do mercado. Em termos de durabilidade, são fenomenais. O meu já esteve parcialmente submerso em água durante 5 horas, já caiu do bolso enquanto andava de bicicleta, no paralelo, a 30km/h, já caiu enquanto andava na rua e dentro de casa várias vezes e continua a resistir.
        Quanto às pessoas que têm galaxys e iphones, vejo vidros partidos, a deixarem de funcionar, etc. Por exemplo, um gajaxy S6 caiu, partiu o ecrã todo e nem arrancava.
        Iphone 7 PLus, caiu ao chão e partiu logo o ecrã.
        Um galaxy S4, também se partiu todo. Isto são casos de pessoas que conheço e tiveram esses telemóveis.
        Vi no outro dia na net um S7 Edge que ao fim de 10 meses de uso, tem um risco no ecrã, não é muito grande, mas profundo… o meu telemóvel tem 4 anos e tem riscos pequenos…a levar pancadaria todos os dias…
        Gosto dos Samsung apenas pela qualidade do ecrã e pela qualidade da fotografia. Em termos de design e materiais de construção, os Samsung não eram suficientes para me atraírem, só plástico….
        Com o S7 Edge já me apelou na parte estética (tal como o faz o belíssimo S8), mas, sinceramente, ainda assim não comprarei.
        Por último, penso que a HTC fabricar telemóveis que duram e resistem muito acaba por os prejudicar, na minha opinião. E sinceramente, penso que a Samsung é muito esperta nesse aspecto. É só uma presunção, não estou a afirmar, mas as filosofias das empresas são diferentes e penso que a da Samsung se baseia muito nisso. Se não avariarem ou danificarem, as pessoas não compram outro.

  11. Joao Peixoto says:

    o samsung S8 tem pior score em single do que o apresentado aqui pela HTC…se achas estranho é porque andas distraído nas notícias. os smartphones androids sempre foram piores em single core que os iphones. o SE tem bom processador. pena é o ecra mediocre (em tamanho e resolucao), que nao serve para nada…queres um ecra de 4.0 para ir ver mails? nao precisas de 1900 no score. um de 100 euros chegava para o efeito.

  12. wishmaster says:

    Há novos rumores. Gravação 360º…será verdade? 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.