Internet Galáctica? Sim é possível, mas leva 300 mil anos a fazer


Destaques PPLWARE

27 Respostas

  1. andre says:

    Já para comunicarmos com missões futuras que saiam da Terra rumo às estrelas longínquas poder-se-ia usar entrelaçamento quântico…

    • oioi says:

      Mas o entrelaçamento quântico não permite a transmissão a uma velocidade superior à da velocidade da luz, porque nenhuma informação útil pode ser transmitida desse modo

      • andre says:

        E então mesmo assim é o melhor meio de comunicação, não precisas de saber a localização exacta do destinatário para comunicar nem a transmissão fica sujeita a qualquer tipo de interferências (pelo menos que se conheça)

  2. Joel Reis says:

    Com tantos sítios na Terra sem Internet, preocupam-se com a Internet Galáctica…

  3. Hugo Gomes says:

    Muito bonito mas de nos descobrem e veem nos atacar ai quero ver esses senhores. Melhor estar mos quietinhos neste lado da galaxia. Depois também com tantos anos já nem existimos como hoje somos ja iremos ser uma espécie mais evoluida isso se mao nos exterminar-mo nos a nos proprios

  4. sexySurfer says:

    Não é por nada mas a via láctea não é uma coisinha é um monstro com 100.000 anos luz de raio. Mesmo para a estrela mais perto demoria 4 anos e meio a responder a um ping, um pequeníssimo lag.

  5. CMatomic says:

    Os sistemas de comunicação alienígenas nunca serão compatíveis com os nossos sistemas de comunicação , para isso é preciso conhecer o sistema comunicação alienígena, para comunicações interestelar tem existir o meio que supere a velocidade da luz , em teoria isso seria possível com a comunicação quântica , ou seja seria uma comunicação instantânea independentemente da distancia , mas para isso teríamos que construir a rede de comunicação quântica , e antes disto tudo é preciso criar um dispositivo que dobre o espaço-tempo para que seja possível criar a tal rede interestelar .

    • Vítor M. says:

      A luz poderá ser um sistema ‘universal’. Que te parece?

      • CMatomic says:

        O principal problema não será se comunicação por luz se é viável para comunicar com outra espécie com capacidade de raciocínio de existência , nós Homo sapiens sapiens é que teremos reflectir sobre a existência de uma espécie inteligente ” raciocínio de existência”, certamente será diferente da nossa espécie , poderão não ter necessidade de comunicar , e prevenirem ao não entrar em contacto com uma espécie como os Homo sapiens sapiens , basta olhar para nós próprios e reparar que nossa espécie é violenta e agressiva , não inspira confiança o Homo sapiens sapiens demonstra sempre em querer dominar o outro .
        Antes de comunicar com outras espécies , temos aprender em respeitar as nossas diferenças , e para mim não existe um sistema de comunicação universal , só os humanos é que têm tais conceitos.

        • Joel Reis says:

          Nem só os humanos comunicam, mesmo sem sair do nosso planeta, certo? Os restantes animais comunicam entre si e aparentemente até as plantas o fazem.

          • CMatomic says:

            Sim fazem , eu estava a referir a comunicação entre espécies por meios artificiais entre sistemas interestelar .

      • int3 says:

        Luz é só um meio de transporte físico. E o resto?
        A tua resposta para a nossa internet atual é igual: “Luz?”.
        Tem que haver protocolos. Há que haver acordos e standards…

        • Vítor M. says:

          O canal é o mais importante, as regras vêm depois, assim foi e assim será. Ainda tu não eras nascido (nem eu 😉 ).

          • Joao reis says:

            Luz não será o canal, apesar de ser a coisa mais rápida que conhecemos, é muito lenta de acordo com as distância entre sistemas galáticos.
            A luz mais perto que temos ao nosso planeta, a seguir ao nosso Sol/Estrela, é uma estrela a 4 anos luz.
            Se comunicarem via Luz de algum planeta nesse sistema, demora 4 anos a vir, demora 4 anos e ir….o que ves num telescopio é passado já aconteceu há x anos/distancia.

            Por acaso acho mesmo que luz não será o canal ideal, vamos descobrir os canais mais para a frente se ainda existirmos como especie.

          • Vítor M. says:

            Pode vir a não ser, isso pode, mas para já, o mais rápido que temos, e o mais “universal”, segundo até o estudo, é a luz. Mas como dizes e bem, no futuro, quem sabe, poderá aparecer algo mais rápido do que a luz ou a luz mas num ambiente que a faça ser mais rápida, se é que isso um dia será possível, em termos de velocidade.

  6. JJ says:

    O SIRESP, tem de contratar este senhor para desenhar a rede de comunicações… Se o homem consegue idealizar um rede destas galactica, deve ser bem mais fácil desenhar uma rede fiável para Portugal…

  7. Carlos says:

    “Para cada segundo de transmissão, o satélite Mars Reconnaissance pode receber até 2 megabits de informações, enquanto o Mars Odyssey é limitado aos 256 kilobits. O envio de dados do dois satélites também é diferente: o primeiro chega aos 6 megabits, enquanto o segundo não passa dos 12 kilobits.
    Mas a velocidade que chega até a Terra é bem menor do que isso, ficando entre os 500 bits e os 32 kilobits – que vão viajar cerca de 93 milhões de quilômetros até chegarem ao nosso planeta. Aqui, três grandes antenas são responsáveis pela captura das comunicações — uma delas fica nos Estados Unidos, outra na Espanha e a terceira na Austrália.”

    Fonte: https://www.tecmundo.com.br/nasa/28658-sonda-curiosity-como-os-dados-de-marte-chegam-ate-a-nasa-.htm

    Até termos uma comunicação decente com Marte, temos que melhorar as ligações à Internet com Marte se quiseremos colocar humanos em Marte! Não estou a ver uma velocidade de 32Kbps no máximo a ser o ideal para uma comunicação entre a Terra e Marte…

  8. Homo Erectíssimo says:

    300.000 anos ?? Só de pensar nesse tempo todo uma pessoa desanima logo.Para as gerações vindouras que cheguem lá(isto se a Terra ainda for um planeta sustentável até lá,muita atenção !!),nem registos existirão deste assunto.Acho que daqui a 300.000 anos os nossos descendentes já estarão noutra galáxia.Se em pouco mais de 60/70 anos se avançou tanto no campo da computação,imaginem daqui a mil anos,digo eu !! Em 300.000 anos já o homem deixou esta galáxia e foi mais além.É a minha convicção. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.