PplWare Mobile

LibreBox – O mini PC português com Ubuntu MATE


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. VC says:

    Muito caro… soluções mais baratas e melhores.

  2. Rsantos says:

    A empresa tem algum site?

  3. Rafael says:

    Parabéns! Projecto fantástico. Parabéns à equipa.

  4. João André Costa says:

    O projeto é de louvar, mas o equipamento é muito caro. Uma das vantagens que apresentam é ter o Kodi, e para ter o Kodi para que é que precisamos de discos de 750Gb/1Tb???

    • Zaark says:

      Porque não é só Media Center?
      Pode ser usado como PC, portanto…

    • Luis Da Costa says:

      O Kodi foi uma sugestão feita, não é de todo o âmbito final do projecto nem algo de proposto de origem 🙂 A LibreBox é um computador antes de tudo, e pode ser utilizado como VDI (em que o preço seria muito mais reduzido tendo em conta não ter disco, ou ter um mais pequeno, não ter ram, ou só ter o mínimo, e não ter wireless). Para além disto, sim, pode ser utilizado como MediaCenter, consola de jogos, e até para soluções mais dedicadas como owncloud.

  5. Pedro says:

    Vem com algum software extra/especifico além do que faz parte da distribuição?

    • Luis Da Costa says:

      A LibreBox vem com o Trisquel Gnu/Linux, o Ubuntu MATE ou sem qualquer Sistema Operativo (sem custos adicionais independentemente da escolha).

      O software que vem instalado é o mesmo que vem nas versões ditas “normais” dos próprios sistemas operativos. É no entanto possível efectuar um pedido para a adição ou remoção de qualquer tipo de software dentro dos mesmos.

  6. RF says:

    Não sendo aquele gajo que só fala mal mas eis alguns apontamentos:
    1º Mini PC? Ok… comparando com os concorrentes este não é bem Mini! Visto a ideia de um Mini PC ser pequeno para se transportar num bolso ou assim..
    2º Preço.. os concorrentes andam entre os 90/150€ este começa em 295€
    Tirando isso.. sim as especificações são boas!

    • Xico Fininho says:

      Concordo. Um rival deste produto será por exemplo os Barebone Intel (Celeron N2820), comprando 4gb de ram e 500gb de armazenamento fica por ~240€. Poupa-se 55€ e o que se perde em relação a esta smart box é a possibilidade de colocar 3 discos.

      Quando se lança no mercado um produto que não é único, para ter sucesso de tem vencer os outros no preço ou na inovação, na minha opinião não é o caso.

      Tirando isso é sempre de louvar estas iniciativas portuguesas.

    • R!cardo says:

      Mini PC é uma coisa, Micro PC é outra.

    • Luis Da Costa says:

      Não confundir micro-pc com mini-pc. Sendo que o Micro PC é algo mais próximo de um chromecast então que um Mini PC é algo mais próximo do que fazemos.

  7. Nádia says:

    Projecto fantástico

  8. Mega says:

    Por este preço é preferível comprar 1 portátil de entrada de gama que tem as mesmas características, e já tem monitor, teclado, touchpad e bateria. A meu ver, é mais um equipamento para encher a vitrina das lojas. Ou compras 1 Raspberry Pi 2 que faz a mesma coisa, e bem mais barato (já a comprar os acessórios extra necessários) e é bem mais pequeno. É apenas a minha opinião.

    • lmx says:

      por favor… a versão mais barata, não a comprare a um raspberry pi.. isto serve até como computador de secretária.. ja o raspberry pi, apesar de desenrascar esta muito longe disto…

      depende para o que o queres.. se for só para ver filmes aí fica limitada a coisa.. mas podes fazer dele um NAS, servidor de música DAAP, streaming de música, etc e. ainda trabalhares nele… até raid podes fazer… é até raid 5 podes com 3 discos.. portanto não comparar com raspberry pi, em que a placa de rede… é partilhada num hub usb..
      isto não ten nada a ver..

  9. Morbidos says:

    Mesmo nada de especial tens este exemplo e isto foi uma pesquisa a primeira no google sem andar em grandes comparações.
    Zoostorm Home PC (Intel Celeron 1037U 1.8GHz, 4GB RAM, 500GB SATA HDD, DVDRW,Windows 8.1) que se encontra a venda por 313 euros já com o Windows 8.1 incluído.

    • João C says:

      Então o LibreBox com 8GB de RAM e 240GB SSD por 360 euros valem bem mais do que esse. Ainda tem a vantagem que não tens de tirar o Windows para por um Linux!! ;P
      Para mim é a melhor solução custo/desempenho!! Parabéns à empresa pela iniciativa!!

    • Luis Da Costa says:

      Não é de todo comparável já que a LibreBox é um mini PC e o Zoostorm Home PC é uma torre 🙂

  10. Emanuel Vitorino says:

    Eu metia-lhe outro sistema sem ser o MATE, não gosto. xD

    • Luis Da Costa says:

      Só tem 2GB de ram e não tem Sistema Operativo, e isto sem falar do facto do próprio CPU da LibreBox ser bem mais potente do que o da Vivo da Asus, para além disso é criado por uma empresa que consegue produzir em enormes quantias o que é algo que ainda não conseguimos fazer 🙂

  11. Arrebimba says:

    Corre o Windows 8.1?

    • Luis Da Costa says:

      A LibreBox corre (virtualmente) qualquer sistema operativo sem a instalação adicional de qualquer driver tendo em conta que todo o hardware funciona com drivers e firmwares livres. No entanto nem fornecemos nem damos suporte a outros sistemas que não Gnu/Linux.

      Mas respondendo directamente:
      – Sim a LibreBox corre Windows xp/7/8/8.1/10….

  12. Vlad says:

    A ideia do projecto não é má, mas o preço é inadequado.

    • Luis Da Costa says:

      Infelizmente, tendo em conta que estamos a começar, não temos muita margem de manobra, e mesmo assim já temos um lucro bastante reduzido, e isto sem esquecer que estamos a oferecer o envio para o mundo inteiro,

      Agradeço no entanto a honestidade.

      • Vlad says:

        Infelizmente é um problema que afecta todas as startups de hardware (e não só) quando entram no mercado porque não conseguem produzir/vender em quantidade suficiente para baixarem os preços de forma a competirem com as empresas maiores.

  13. rmcrys says:

    Está interessante, mas preco vs. hardware estäo desproporcionados. Este CPU tem várias coisas importantes desactivadas (Quick Sync, AES, virtualizacäo, etc), e o GPU também näo dá para muito.

    Pelo preco já se encontram portáteis com um CPU superior e mais completo, e até Tablet Windows..

    Por exemplo entre dar 160-180€ por um MINIX NEO com Windows 8.1 e Atom z37xx e comando, ou este “PC”, prefiro o MINIX.

    • Luis Da Costa says:

      Seria mentir ao negar que o processador já não é dos mais recentes, mas também seria mentir dizer que o mesmo não “aguenta a pedalada” das necessidades de 2015. Eu sei que como “vendedor” e criador da LibreBox, qualquer palavra que diga poderá sempre ser pensava como algo de comercial e não como uma opinião neutra. Mas a verdade é que internamente nós só utilizamos LibreBoxs, tanto para design, programação, desenvolvimento 3D, mobile, como servidor e muito mais. E acredite, a LibreBox tem muito debaixo desta suave carcaça de alumínio 🙂

      Em relação às funções desactivadas, se estiver a falar da virtualização VT-d, a mesma não vem neste processador (o que é uma pena aliás), no entanto a virtualização VT-x está equipada, activa e 100% funcional 🙂

      Em relação à comparação, respeite a sua opinião, no entanto permita-me que lhe diga que os dois não são comparáveis, principalmente pelo processador o facto de não ser modelável, a (quasi-) impossibilidade de utilizar como computador e afins. A meu ver não são de todo produtos comparáveis 😀

      • rmcrys says:

        Luis da Costa, sem dúvida que a proposta é muito interessante, mas com um cpu/gpu destes “design, programação, desenvolvimento 3D” é um pouco complicado…

        O que quero referir é que a personalização e alteração de peças, o tamanho, etc é 5 estrelas *mas* o cpu escolhido deveria ter sido outro. Relativamente a outras opções com Atom Z37xx, eu tenho um híbrido com ele, 2 GB RAM e eMMC e a nível de trabalho standard (web, office, edição leve de imagem e vídeo, Quick sync) faço tudo idêntico ao meu ultrabook (i5, 8 GB RAM, SSD), e uso kodi em Full hd.

        Sem dúvida que o teu projecto é topo, mas volto a referir, o cpu é um ponto menos positivo, o que poderá ser de nenhuma relevância para muita gente.

        • Luis Da Costa says:

          Agradeço a honestidade e a pela mensagem positiva.

          Tem toda a razão em relação ao CPU e consigo-lhe garantir desde já que estamos a trabalhar nesse sentido, mas muito possivelmente só iremos conseguir propor algo de diferente em 2016 (tendo em conta que esta deverá de ser a altura do lançamento do nosso próximo projecto já em desenvolvimento à uns meses).

  14. Rafael Paredes says:

    As especificações dos discos da versão mais cara estão correctos?!
    3 SSD?!

    • Luis Da Costa says:

      Sim as especificações estão correctissimas! A LibreBox suporta até 3 discos (dois de 2.5″ e um mSATA), desta forma é possível ter dois discos de 1TB SSD (2.5″) e um mSata de 500GB SSD (assim que conseguirmos encontrar maiores, também será possível).

  15. José Patrão says:

    Boas, gostaria de esclarecer uma dúvida, são 4 portas USB 2.0? É que pela imagem deu me a sensação que é 2 2.0 e outras 2 3.0

  16. Pedro Fernandes says:

    Bom dia,

    A máquina tem algum tipo de adaptador VESA para aparafusar à traseira de um monitor TFT, ou de uma TV que o suporte?

    Cumprimentos

    • Luis Da Costa says:

      Bom Dia,

      Sim tem, a mesma é colocada na parte de baixo que já vem com os buracos para o mesmo efeito. Esqueci-me completamente de mencionar o adaptador VESA, vou alterar as informações o mais rapidamente possível.

      Obrigado!

  17. Rafael says:

    E em vez de trazer Ubuntu, porque não Caixa Mágica? 😉
    Tem por base o Ubuntu e assim como assim apoiava-se outro projecto nacional! 😉

    • Luis Da Costa says:

      Caixa Mágica é Ubuntu (aliás, Ubuntu-based, mas isso já é questão).

      Na LibreTrend só utilizamos Software Livre, no entanto devido a esta parceria abrimos a porta para uma distro não 100% livre que só propomos através do nosso website, o Ubuntu MATE.

      Adicionar o Caixa Mágica seria totalmente possível, para isso basta haver interesse do lado da própria caixa mágica e um contacto e a partir daí ter uma LibreBox Caixa Mágica não é de todo impossível 🙂

  18. quim says:

    sendo “libre” será então possível instalar outra distribuição Linux, tal como o Archlinux?

  19. Gonçalo says:

    Boa Tarde,

    Há um erro no preço do LibreBox + 8GB RAM + 1TB HDD
    Deveria ser 385€ e não 395€

    295 (base) + 40 (8GB) + 50 (1 TB) = 385€

    Do meu ponto de vista a grande vantagem é ser expansível, um problema é o CPU não ser expansível.
    Continuem o bom caminho e aguardamos novidades 🙂

  20. João says:

    Já enviei email à empresa por causa de uma imagem que eles têm no site onde mostram o ubuntu em tablet , smartphone e perguntei se faziam essas instalações ou se tinham esse hardware com Linux. Até hoje não tive resposta.

    • Luis Da Costa says:

      Boa Noite João,

      É estranho não teres obtido resposta tendo em conta que respondi à tua mensagem no próprio dia :S Enviei a resposta para o mesmo email que foi utilizado para o envio da mensagem original, ou seja para (limitando os caracteres por questões de segurança) joao*********elas@msn.com.

      Vou reencaminhar a mensagem de novo nesse caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.