Quantcast
PplWare Mobile

Será desta? Intel tenta novamente corrigir falha ZombieLoad nos seus processadores

                                    
                                

Fonte: Intel

Autor: Pedro Simões


  1. Mestre em direito says:

    Resultado; mais perda de performance para quase todos.

    Resultado 2: pessoal a correr trocar de cpu ou notebook

    Resultado 3: ao “resolver” os bugs vão indiretamente aumentar as vendas

    Resultado 4: porque não deixar uns bugs para serem descobertos mais tarde? No final não têm multas, não compensam ninguém e ainda aumentam os lucros…

    Resultado para mim: 3 PC com Intel, os próximos 3 serão AMD Ryzen.

  2. Ze says:

    Para quem já tem um processador Intel percebo que não faça sentido trocar. Contudo, a comprar um processador novo, os Ryzen são a solução óbvia.

  3. pgomes says:

    Os atuais CPUs da Intel têm mais buracos do que o Titanic. Ests semana foi mais uma dose com a nova exploit “cacheout”.

    • Felipe Cardoso says:

      Eu que comprei um Skylake na época achei que estava fazendo uma boa aquisição… hoje é só decepção e ladeira a baixo o desempenho kkkkk
      Próximo Upgrade vou para AMD de olhos fechados…

  4. RM says:

    CPU Intel -> Zombie CPU -> mais mortos que vivos!

  5. Zé sem Intel says:

    Finalmente vou poder ver a AMD a dar porrada nesses malandros da Intel.

  6. Sergio says:

    Tenho lido muitas vezes que os novos CPU da AMD estão melhor do que os da Intel, no entanto vi numa review que a Intel continua a ser melhor para gaming (apesar de mais caro), alguém tem mais info sobre isso?

    • Pablo says:

      Os AMD sao bastante melhores em multi core, agora em single estao um pco atras. Mas a diferenca nao e mto significativa… descula estou sem acentos

      • PGomes says:

        Por acaso, se fores bem a ver, na maoria das aplicações a AMD já está à frente da Intel em IPC.
        A excepão são os jogos, pois dependem muito da latência da memória. Os Ryzen como um sistema de chiplets, causa latência extra no sistema de memória. Felizmente que com o aumento de cache L3, esta situaão foi em muito reduzida. Por isso, mesmo em jogos, a Intel agora ganha, mas por muito pouco.

  7. PGomes says:

    O CPU mais rápido para gamming continua a ser o 9900K/KS. Mas a diferença é pequena. Pelo mesmo preço conseguesse comprar o 950X que fica a uns 7% do 9900KS em média. Mas se afinares a memoria em ambos os CPUs, a diferença passa a ser de apenas 4%.
    Podes ver o comparativo aqui: https://www.techspot.com/review/1955-ryzen-3950x-vs-core-i9-9900ks-gaming/

    No entanto, se fores para as gamas abaixo destes, consegues ter mais desempenho pelo mesmo preço, com um Ryzen 3000.

  8. AJ says:

    Tão gira Intel que tu és! Todos os meus PC’s são Intel. Os mais recentes um i7-4700MQ no portátil que vai ficar até morrer ou não conseguir fazer o seu trabalho decentemente e um i7-6700 que irá fazer 4 anos. Se tudo correr bem para o final do ano irei comprar um AMD Ryzen 7 e até ver a Intel para mim esta morta. Não percebo todas estas falhas e se a empresa se descuida vai desta para melhor… O meu lado conspirador até faz pensar tolices como se, por exemplo, estas falhas fossem propositadas para facilitar o trabalho da NSA por exemplo LOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.