PplWare Mobile

Discos Rígidos: Os mais fiáveis durante mil milhões de horas


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

42 Respostas

  1. Zé Montanelas says:

    Seagate finalmente a dar cartas 😀

  2. João Augusto says:

    A WD devia aprender com a marca que comprou, a Hitachi!

  3. Knight says:

    O mais confiável é o meu hd, a 10 anos em uso.Que por acaso é o W.d. de 250 gb.

    JÁ vi um hd vir da França, novinho em folha e não funcionar, tambem da W.D. de 1 tb.

    Essas pesquisas são pagas feitas pelos próprios donos de Hd, não caio nessa.

    • anjo says:

      Não entendo essa de ser pago pelas marcas, só porque não vai ao encontro das tuas ideias. Cada caso é um caso, podes ter uma boa marca e ter problemas, como uma marca que se considere fraca e funcionar durante anos a fio. Depende muito da utilização, das condições. É como tudo na vida.

    • ZarkBit says:

      Pagas, não nem todas são, até te digo mais, muitos dos estudos deste género são efectuados por empresas de backups/cloud storage/etc, conheci um fulano que trabalha para uma empresa que forneces os serviços que mencionei e o fulano é um dos responsaveis da empresa em recolher e tratar da informação relativamente aos HDDs/SSDs, todos os anos eles mandam cá para fora quais os resultados. E não lhes pagam nada por isso, fazem pelo “amor à camisola”

  4. Ruivix says:

    Seagate para mim tem sido a marca mais fiável das varias marcas que tenho tido até hoje e tenho discos da Seagate, Maxtor, WD e Hitachi.

    SSDs não tenho nenhum ainda para opinar…

    • Alisson says:

      Sorte sua, um hd meu de 1tb da seagate em menos de 8 meses de uso parou de funcionar, fiz o rma dele, e me mandaram um refurbished….que em menos de 3 meses parou, aí la vai a via sacra, aí mandaram outro, e eu vendi em uma maquina.

      eu confiava muito na seagate, mas agora olho a desconfiar dela. E pior que aqui so se tem WD e SEAGATE…

  5. FNP.PT says:

    Tenho um IOMEGA externo (1TB) bem castigado e ainda dura, já lá vão 5 anitos!

  6. Pedro says:

    Não admira que a toshiba seja do pior. Pelo que li compraram o “departamento” do disco à fujitsu. E de todos os discos que tive, os que falharam foram 2 da fujitsu há uns anos. Com outros discos de outrras marcas a performance vai caindo (claro), mas nunca aconteceu de ficar sem funcionar e não conseguir aceder aos dados.

  7. Mendes says:

    Tenho um WD de 250GB vai para 10 anos e nunca me falhou.
    Posso até dizer que é o mais fiável que tenho.
    Por outro lado , um WD de 1TB (verde) falhou ao fim de alguns meses e teve mesmo de ser substituído. Felizmente tinha tudo em backup… Num Toshiba

    • David Guerreiro says:

      Os Green são o patinho feio da WD, avariam que se fartam.

      • Hugo Freitas says:

        Depende do uso que lhe dão. Os green da WD foram feito como discos de backups, para guardar dados, do estilo copia e não mexe. Como são baratos, muita gente aplica-os como OS HDDs, o que logicamente não é o ideal para um disco que de 10 em 10segundos tenta-se desligar. (a propósito a WD tem uma aplicação WDidle para mudar/desactivar essa temporização).

        • Pedro Matos says:

          Não me parece que isso seja verdade. Os green não são feitos para backups nem são vistos pela própria WD como tal. Pois o nível de fiabilidade da informação é fraco.

    • Hugo says:

      Eu tenho 4 discos externos da WD, sendo que o primeiro que comprei já foi há muuito tempo.
      Nunca tive problemas com nenhum deles, e alguns andam mesmo “ás cambalhotas”

  8. HB says:

    Ainda é o que se chama comparar o incomparável. Comparar a falha dos discos em períodos de funcionamento completamente dispares e dai tirar os que falham mais? Comparar discos com utilizações diferentes?
    Este “teste” comparativo é o mesmo que eu comparar a fiabilidade de dois carros em que no primeiro eu usei-o 1 dia sem falhas e depois no segundo usei-o durante 1 ano com 2 falhas, tendo concluído que o primeiro é mais fiável que o segundo.

  9. me and me says:

    por acaso acho que esta +- correcto.
    ao longo dos anos tenho visto os HDD da WD e seagate/maxtor a falhar cada vez mais. os da toshiba acho que ainda falham mais que os outros que falei.
    os hgst nao tenho grande experiencia, mas para ja positiva. a antiga hitachi para mim tinha dos melhores discos em termos de RMA

  10. Jorge says:

    até podem durar anos já que demoram 10x que o SSD a fazer tarefas simples…so o boot do windows 7 em HD dura 2mins e em SSD 15segs. (va agora venham la os geeks comparar o melhor tempo ja que namorada sumiu)

  11. rjSampaio says:

    É impresão minha, ou alguem nao sabe ler a tabela?
    porque dizem que os ST4000DM000 são os que falharam mais? ok em numeros raw sim, porque eram muito mais usados que os outros, mas nao são os que tendem a falhar mais, isso é os wd20efrx

  12. Manuel Santos says:

    Curioso este relatório…
    primeiro a hitachi, que tem discos conhecidos por morrerem facilmente estar em primeiro lugar…
    segundo gostava de saber como calculam o “drive days/hours”, sim porque 13M de dias são apenas 37000 anos… não me lembro de ter visto discos destes na idade da pedra mas se calhar são discos do outro mundo…

  13. MLopes says:

    @pplware agora não entendi…
    o artigo deixa claro que os hgst são os discos mais fiáveis (nada de novo aqui, contudo a imagem que escolhem para o artigo é de um segate! não tenho nada contra a publicidade mas haja, pelo menos, alguma honesidade intelectual.

  14. Marcio Jacinto says:

    lol. dentro de um data center, ar fresco.. sem poeiras, picos de energia, sem movimentos brucos no disco
    o que nos precisamos é de uma review sobre os discos que mais falham em condiçoes normais de uso

  15. censo says:

    Nunca tive falhas de discos…até hoje!

  16. Modem says:

    Esta análise está mala feita. A Seagate parece-me que é das mais fiáveis do estudo, apesar de ter tido quase 200 avarias num dos modelos, estes são de longe os modelos com maior tempo de atividade. E já se sabe que quanto mais velho o disco maior a probabilidade de avariar porque não é eterno.
    E comparar % de valores diferentes não é normal. Quando se compara os valores da Seagate com os da Toshiba ou da WD, se avariar 1 disco de cada marca percentualmente falando a Toshiba e a WD vão ser muito mais afetadas do que a Seagate.
    Uma coisa bem feita devia ser o tempo de uso até falhar…

  17. Nuninho1980 says:

    Olá, caras! Mas… MUITO IMPORTANTES!!! As causas dos sectores danificados no disco rígido (HDD) são:
    – multi-cópias com ~80% a 100% velocidade de gravação no mesmo tempo
    – quando o HDD está a gravar, pressionar um botão “reset” ou desligar PC.
    – vírus ou malware…
    -….

    Obrigado pela aprendizagem. 😉

    • Mylittlelife says:

      1) as causas de sectores danificados são movimentos no disco externos a este enquanto trabalha
      2) temperaturas extremas (má ventilação)
      3) qualidade do disco
      4) copia no mesmo disco (a cabeça anda constantemente em movimentos grandes a ler e gravar bocados de informação)
      5) tempos demasiado reduzidos de standby do hdd (ex passados 2 minutos de inactividade o disco desliga-se) o que faz com que o disco se desligue e ligue com demasiada frequência (spin in, spin out) Isso é pior que estar a rodar sem actividade da cabeça.

      Isso de desligar a corrente é conversa e apenas perdes informação. Os discos mal falta a corrente entram imediatamente em parqueamento (disco bloqueado e cabeças em zona de segurança bloqueadas) não havendo qualquer dano físico no disco.

      De resto estamos a falar de discos em ambiente empresarial em que estão 365/24h ao ano em constante actividade, o que não significa que em uso pessoal os reeditados sejam os mesmos: se uma marca em uso constante tem bons registos, se calhar em uso pessoal (liga e desliga, lê muito e pára) os Resultados são completamente outros.

      Em todo o caso por experiência própria os piores foram Fujitsu e WD (antigo). Com Toshiba, Seagate ou HGST nunca tive problemas, se bem que Seagate já tive imensos (e todos funcionaram 5 estrelas) e Toshiba só 2 e HGST só 1.

      • Nuninho1980 says:

        Obrigado. 🙂 Mas… tenhi o novo disco rígido externo Toshiba 2TB USB 3.0. Fico preocupado devido a falta do interruptor (ON/OFF) porque HDD volta ligar segundos ou poucos minutos depois de standby apesar de não aplicação utilizada.
        Eu tinha bom e velho HDD externo 320GB sem problemas há 8 anos porque o velho externo teve interruptor de power.

  18. Andy says:

    Trabalhei num servidor com sistema de RAID5 com 3 discos SCSI 15K RPM. Tinha pouco mais de 10 anos (+95 mil horas de serviço) de uso non-stop 24/7 e nunca tive nenhum problema.
    Servidor HP ProLiant DL380 G4 com Smart Array 6i
    Discos 3 discos HP-COMPAQ BF14684970 de 146GB

    Dados de monitorização do sistema RAID:
    Sectores Lido: 406401992085
    Sectores Escritos: 59066272943
    Apenas 1 Erro Leitura e 0 de Escrita (em 95000+ horas de serviço!!!)

  19. lmx says:

    É impressão minha ou a Hitachi continua a ser a melhor?

    vi comentarios que sugeriam a Seagate…mas éssa é a 3º a falhar mais pelos graficos..

  20. Joao 2348 says:

    Para aumentar o prazo de vida dos discos rígidos:

    – Nos discos SSD, para aproveitar a sua fiabilidade, convêm manter o disco sempre nos 25% de ocupação ou abaixo disso, de forma a que conforme as células forem morrendo o disco mova a informação automaticamente para outro lado do disco não usado, ou pouco usado… e assim o disco SSD poderá durar muito mais.

    – Colar uma placa metálica que ajude a dissipar o calor da caixa do disco rígido (similar ao que se vê nos processadores em portáteis). Cuidado para não tapar o buraco de equilíbrio de pressão interna e externa;

    – Ter ventoinhas a extrair o calor do disco rígido, para mantê-lo tão fresco quanto possível.

    A temperatura é realmente muito importante, por isso se quiserem melhorar a fiabilidade e durabilidade fazer tudo para que a temperatura do disco rígido seja o mais baixa possível poderá aumentar imensamente a sua durabilidade.

  21. Ivan Insa says:

    Tenho o HGST no meu portatil e confirmo ser bem estavel . O seagate também é bom. 100% de acordo com este estudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.