Quantcast
PplWare Mobile

Análise ao Vodafone 845 – O Android da Vodafone

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. David Silva says:

    Confesso que este telefone me iludiu, inicialmente, mais pela sua plataforma. Conhecendo as características, vejo que não é tão bom quanto esperava.
    No artigo falou-se no TMN Soft Stone, mas foi esquecido o Optimus Boston, que apresenta, a nível de hardware, especificações melhores em relação a estes concorrentes, a começar pelo dobro da RAM, um maior display e melhor câmara. Peca por não ter plataforma Android 2.1, e usar o antecessor 1.6, mas já me chegaram aos ouvidos informações sobre uma nova ROM da Orange para Portugal com o Android 2.1.

    O artigo em si está óptimo, mas fiz o reparo devido a não terem sido mencionados este último equipamento que referi e o TMN A1, que apresentam características superiores a nível de hardware, mas, apesar de uma diferença de preço bastante significativa, (entre 40 e 60€), são, também, smartphones low-cost.

    • Vítor M. says:

      Estamos a fazer uma análise aos segmentos, a próxima análise será ao Optimus Boston.

      A ordem escolhida de apresentação tem uma razão de ser… que vai um pouco ao encontro do que referiste.

      • Nuno José says:

        Pois eu não entendo a ordem visto os seus lançamentos serem ao contrário.

      • Estava a pensar comprar o Optimus Boston, sendo assim vou esperar pela vossa analise 😀

        • Vítor M. says:

          Sim espera um pouco. estes produtos, os chamados entrada de gama, não devem ser “consumidos” sem um tempo de estágio adequado.

          Por norma são produtos que precisam de umas semanas para o seu comportamento e eventuais problemas, venham ao de cima.

          Vi algumas análises do Boston, mal ele saiu e reparei que eram só flores. Depois apareceram alguns problemas e reacções a esses problemas, mas essas análises (as tais à pressa) nada focavam, pois eram pobres em experiência.

          Posso-vos dizer que, por exemplo, após as análises os equipamentos (salvo alguns casos por exigência da operadora) ficam mais umas semanas connosco, para permitir detectar o que em 15 dias de utilização de teste, não foi possível aperceber.

          E eu próprio tenho essa noção. Quando fiz a análise ao Omnia I, faltou ali tempo de maturação e semanas depois surgiram-me situações que deveriam ter sido frisadas na análise.

          felizmente os visitantes deixaram isso nos comentários, complementando de sobremaneira o texto, mas é a experiência que nos ajuda e não a pressa.

    • mokoto says:

      é completamente errado estar a comparar este terminal com o boston, é que não passa na cabeça de ninguem, é como comparar um mini cooper com um BMW M5 é que estamos a falar de dois terminais de preços e hardware totalmente diferentes! axo bem sim comparar com o soft stone pois é um terminal do mesmo nível

  2. Androidiano says:

    Pelo qu eli, o Boston dá uma ratada ao 845 da Vodafone.
    E sendo que agora a Optimus vende desbloqueado é algo a ter bastante em conta

  3. murder_rabbit says:

    humm….. faz-me lembrar o google nexus já agora quem é o fabricante?

  4. Ricardo Correia says:

    A fluidez disso parece ser um verdadeiro TERROR!
    Aliás, todo o equipamento é um verdadeiro TERROR, desde especificações, qualidade de construção, fluidez da interface.

    Mas por esse preço não se pode pedir assim muito. Apenas acho que é um desperdício colocar Android em equipamentos que não lhe conseguem tirar todo o rendimento do SO.

    • Vítor M. says:

      A minha opinião é que o Android só por si não faz milagres. Para quem quer um smartphones com Android a bom preço… então este pode eventualmente ser uma aposta.

      Há outras no mercado… com outras versões de Android… penso que o sistema operativo está a ser usado para “tapar” buracos.

      Mas…. é uma mais valia o facto de vir já com a versão 2.1.

  5. Luis Rosa says:

    Eu estou à espera do meu,75€ + 1250 pontos no clube viva, será o meu primeiro contacto com Android. Já li tanta coisa acerca deste telemóvel e hoje acho que “são mais as vozes do que as nozes”, amanhã poderei ter uma opinião diferente. Não querendo entrar em discordância nem em concorrência desleal para com esta analise, fica aqui uma que me influenciou positivamente.

    http://www.tracyandmatt.co.uk/blogs/index.php/vodafone-845-unboxing-video

  6. Duarte Brito says:

    Para vocês só tenho uma resposta….

    GALAXY S da TMN…. fantástico…

  7. Rui Oliveira says:

    Atenção, que estão a menosprezar uma grande vantagem que este telemovel tem. Upgrade mais para a frente para o android 2.2, que trás aumentos de velocidades consideráveis, logo não vejam só o que o vodafone 845 é, mas sim o que pode ser no futuro 😉

    O Hardware pode ter algumas limitações em relação aos modelos de alta gama, mas não me parece pelo que já mexi pessoalmente de um de uma amiga, que seja mau, aliás enquadra-se muito bem no mercado que pretende competir.

    O Ecrã é resistivo, mas com hábito chega-se lá, e nas configurações do android é possível calibrar ecrãs resistivos (um pouco há semelhança do que tinhamos em smartphones com o windows mobile) par aaumentar a precisão, ou seja o ecrã bem calibrado, quase não se nota grandes problemas de precisão no ecrã.

    Bem, tem uma vantagem em relação aos ecrãs capacitivos, quem quiser mexer com este “bicho” de inverno, pode usar uma caneta stylus e estar quentinho com luvas, os outros esqueçam usar luvas 😉

    Quanto à análise os meus parabéns ao Rui Pina, analisou com rigor e simplicidade (são as minhas análises favoritas) e está uma análise interessante.

    Mais uma boa descoberta do Pedro Pinto 😉

    • Pedro Pinto says:

      eh eh eh…eu acho que vou deixar a informática e vou virar “olheiro” de um clube de futebol 🙂

    • Jorge Désirat says:

      So espero que consiga por o os 2.2 pois amanha vou buscar um novo/usado.

      Ando a cobiçá-lo há muito tempo e cada vez mais me vejo com ele na mão.

      Experimentei um na media market que devia de ter uma carrada de aplicações abertas e desenvolvia muito bem.

      Espero mesmo que consiga fazer o update e calibrar também o ecrã.

      Obrigado pelo seu comentario

  8. Pedro Pinto says:

    Antes mais quero dar aqui publicamente os parabéns ao Rui Pina pela excelente review quer prima pela sinceridade e pelo bom know how das tecnologias em causa.
    Relativamente ao telemóvel em si, o preço é bastante bom, a versão do sistema operativo e respectivas funcionalidades ajudam a que este seja uma boa escolha. Tem uma câmara com boa qualidade (algo que na minha opinião falha no A1, apesar de ser também de 3.2 Mpx). Para quem gostar de um equipamento compacto e com tecnologia de “ponta”, o Vodafone 845 parece-me ser uma excelente compra.

  9. Kayn says:

    Boa review, mas concordo, o android anda a tapar buracos ultimamente. Este é um claro exemplo disso, visto que de todos os telemóveis que usam android que eu tive contacto, este da vodafone é claramente o pior (já brinquei com ele um bocado… nada de especial, não gostei)

    Não me dou com ecrãs resistivos. Já ser touch é mau que chegue mas suporta-se, de alguma forma. Mas precisar de esforço/paciência extra desclassificam qualquer telemóvel da minha lista de possibilidades logo aí.

    Gosto muito do android e o market está cada vez melhor, mas o killer continua a ser o tempo de duração da bateria. Se estiver em standby e for usado como qualquer outro telemóvel, dura praticamente 2 dias. Se for usado para mais qualquer coisa, dificilmente dura mais que 1 dia e provavelmente nem isso. Alias, uma altura, estava no work, tinha metade da bateria e meia hora depois estava desligado mesmo sem eu perceber porque. Não sei o que lhe pode ter “rebentado” com a bateria dessa maneira, até porque eu não me lembro de ter feito nada com ele (mesmo). Não voltou a acontecer, felizmente.
    Entendo que é “normal” neste segmento, mas mesmo assim acho pouco. Melhorou com o 2.1, no entanto, diz se ser devido ao uso do processador ser diferente (clock variavel ou menor).

    De resto o android é altamente. Exceptuando pequenos falhanços das versões mais antigas (o bluetooth da 1.6 ser deficiente, mas perfeitamente contornavel, p ex), não fica nada atrás do concorrente directo, o iphone – desde que o hardware esteja a altura. São 2 grandes sistemas operativos, já trabalhei com os 2 (incluindo o iphone4 que melhorou bastante coisas que eu considerava ridículas no anterior) mas pessoalmente, ainda prefiro o android.

    É bom ver low-bugdets, no entanto. Há mercado para isso que nem toda a gente pode pagar 500€ por um fone, mas penso que há apostas melhores que esta da vodafone por mais um trocos ligeiros.
    Por pouco mais, consegue-se o Boston da Optimus.
    Consegue-se baixar o preço usando algumas promoções, tipo, linha Compra Fácil que baixa 10€ e se fores cliente “antigo” optimus (mais de 6 meses) ainda é possivel tirar outros 10€. Eu comprei o meu por 179 porque precisava dele na hora, mas encomendado pelos sitios certos, já vi gente a baixar-lhe o preço até cerca de 150.
    É um telemovel claramente superior à aposta da vodafone e ainda por cima agora vem desbloqueado, o que faz com que ser de operadora X seja irrelevante. Também já há a versão 2.1 do android pra ele (eu tenho no meu) embora oficialmente, só agora durante em Agosto.

    Mas não está em questão o Boston (que vai ter review própria, ainda por cima 🙂

  10. Tono says:

    Tenho um há duas semanas. É o meu primeiro smartphone. Estou rendido ao Android.
    Acho que a câmara é fracota. Quanto ao ecrã, depois de ler tantas queixas, fico a saber que os bons telemóveis touchscreen devem responder ao suave toque do pensamento… De facto, por vezes, temos de repetir a “dedada” mas nada de mais…

    Só um alerta: por duas vezes já se foi abaixo. Sem mais nem menos, desligou-se. Abri, removi bateria, voltei a colocar, e… funcionou. Mas espero que não se repita mais vezes… 🙁

    Mas, depois de experimentar uma coisita destas pela primeira vez, fica-se com uma irresistível vontade de comprar um “dos bons”…
    Afinal, um telemóvel pode ser muito mais do que um… telemóvel.

  11. chamusky says:

    Pelos comentários vejo que a “Crise” não é para todos.
    Parabéns aos que podem. Talvez seja por isso que os homens da guilhotina “Finanças”não tem dó nem piedade.

  12. helder says:

    Primeiro obrigadíssimo pela review, pois estou interessado nesse modelo para a minha namorada, que é cliente Vodafone e pode beneficiar dos pontos.

    Realmente as características são mais modestas do que o Boston (tenho um), mas tendo em conta o uso que terá será capaz de suprimir todas as necessidades. Neste caso será sem dúvida uma boa compra.

    O facto de já trazer o 2.1 é muito bom se bem que penso será também o pico deste 845 já que a ram é muito limitada.

    Como nota e opinião pessoal, eu acho que este segmento “low-cost” é uma boa aposta, pois permite chegar a públicos que não têm a real necessidade de um smarphone nem a capacidade financeira para gastar um balúrdio, mas podem passar a ter um que realmente dá muito jeito. Os valores pedidos por alguns equipamentos de topo são absurdos, tendo em conta, que é um objecto frágil, muito susceptível a acidentes e a amigos do alheio e de uso intenso e frequente. Estes preços “low-cost” são preços que eu considero aceitáveis, e como eu já disse aqui em vários tópicos (android, iphone, etc) eu no meu Boston faço tudo aquilo que quero de forma rápida e sem nunca ter dado qualquer problema.
    Se me perguntam, se gostava de ter um HTC ou um Google, gostava mas só se o preço fosse o mesmo do Boston ou perto, de resto prefiro investir dinheiro em coisas que realmente importam.

    Fico a aguardar a review sobre o Boston e faço uma sugestão ao pplware, que tal criarem no fórum uma categoria para SO’s de smartphones, ou pelo menos para android?

  13. Fábio Correia says:

    Excelente review!

    Para quando a análise do Optimus Boston?

    Cumprimentos

  14. Ricardo M says:

    Subscrevo o que li visto que tenho um há cerca de 3 semanas.
    O ecrã quer pela resolução, quer pelo facto de ser resistivo é o ponto fraco do telefone, mas não me atrapalhou de sobremaneira ainda. Venho de um HTC touch que considero bem pior.
    De resto não me negou ainda qq aplicação e é fluido na utilização q.b.
    Custou-me 100€ e pontos… Foi barato e tenho isso em consideração, claro!

  15. Tânia Alves says:

    Felicito o Rui Pina pela excelente review, prima sempre por análises muito concretas e eficazes ao nível deste tipo de equipamentos de segmento.
    O Vodafone 845, apesar de ter o ecrã pequeno e ser resistivo, outro dos problemas reside na capacidade de resposta a alguns comandos e nem sempre desce ou muda de ecrã quando se passa o dedo.
    Mas pelo SO Android 2.1 vale mesmo a pena a compra, é mais intuitivo, rápido e fácil de manusear.

  16. Guilherme says:

    Não chega nem aos calcanhares do Boston.
    Aconselho vivamente que esperem pela informação do Boston.
    Esse 845 não vale o dinheiro.

    Já experimentei o 845 e troquei pelo Boston, e ainda bem que o troquei.

    Só faltam duas coisas no Boston :

    Rádio e dual sim 😀

    Boa publicação mas não comparando com Boston, as pessoas poderão sair um pouco enganadas

  17. Adelino says:

    Um pormenor ficou mal esclarecido. A função touchscreen não funciona mal por o ecrã ser resistivo. Eu pessoalmente tenho um nokia 5530 com ecrã resistivo de 2.9′ e consigo escrever perfeitamente usando os dedos num teclado qwerty no ecrã ao contrário de outros telemóveis com ecrãs maiores mas com maus touchscreens (um samsung que testei). E o ser capacitivo não é garantia nenhuma. Agora visto que os capacitivos estão presentes em telemóveis mais caros normalmente a qualidade também é melhor (e claro suportam multitouch que é a verdadeira vantagem mas que não é assim tão grande).

  18. luis says:

    Sobre este telemovel eu tenho uma duvida, como se adiciona palavras em escrita inteligente ?
    Obrigada, agradecia resposta , desculpem a minha burridez

  19. Jorge says:

    Este telemóvel tem messenger?
    Agradeço resposta, desculpem a ingenuidade

  20. Diogo Ferreira says:

    Alguém me sabe dizer se é possível instalar aplicações no cartão de memória? É que pretendo comprar este telemóvel e depois meter os mapas da NDrive mas eles têm 212 MB e acho que já excede a memória interna dele.

    Desde já, obrigado.

  21. Karl Macx says:

    Devo confessar que apesar de um pouco renitente, decidi apostar neste equipamento. Até agora não tenho uma única razão de queixa. Poderia ser um pouco mais intuitivo e mais fácil de fazer rodar os menus, mas não desapontou.
    Até ao momento, o android tem sido uma lufada de ar fresco e devo admitir que só me decidi por um smartphone com este OS porque todas as reviews aqui no Pplware o apontavam como uma excelente aposta.
    Agora com as dicas de poupança de bateria ainda vai ser melhor.
    Dentro da gama, parece-me ser um smartphone de liderança.

  22. THN says:

    Adquiri recentemente um vodafone 845, e gostaria de saber se é possível fazer ao dispositivo, o upgrade da versão 2.1 para a versão 2.2 ?

    Cumprimentos,
    THN

  23. Luís Pinto says:

    Gostaria de saber se já exste a versão 2.1 android para o Optimus Boston e se existir como posso adquiri-la? Obrigado. Cumprimentos

  24. fernando says:

    Para quem já andou a passear por HK e apreciou os centros comerciais de telemoveis ….sabe que esse “vodafone” é lixo chinês, que custa 30 euros PVP….

  25. diogo says:

    comprei esse telemóvel a uns meses e dou me super bem com ele.
    Mas fiz modificações. Instalei um novo kernel e instalei outra rom. Ficou limpo do lixo da Vodafone e agora sim sou feliz. muito mais rápido. Instalei hoje o android 2.2 nele(Não-Oficial) não achei grande coisa. estava lento e encrava. por agora ficou android 2.1 limpo das cenas da Vodafone.

    é lixo chinês mas quem percebe disto faz deste telemóvel uma verdadeira máquina

  26. chabalinha says:

    aonde posso comprar um vodafone 845?

  27. eduardo ribeiro says:

    quem estiver interesado em comprar este telemovel ele esta em promoçao na phone house por 89.90 é uma exelente promoçao
    abraço

  28. realmente o teefone é um fenómeno, tem as ferramentas ideiais para as novas tecnoogias de informação.

    a terminar peço ajuda porque nao consigo calibrar o touch.

  29. Drum94 says:

    Boas
    Gostaria de calibrar o touch para ficar menos resistente como indicado a pouco nao sei por quem1 (Peço desculpa por nao me lembrar do nome)

    Abraço e Tks

  30. anónimo says:

    ouvi dizer um pouco mal do vodafone 845 pelo seu toutch mas mesmo assim gostaria de exprimentar… com a voça experiência acham bem comprar um usado por 40 euros?

  31. Luis Ferreira says:

    Alguem sabe explicar como faço para instalar jogos nessa” merda de tlmv” tive um nokia 5000 e era relativamente fácil.. neste nem encontro o rom !?? obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.