PplWare Mobile

Primeiro hotel Espacial de luxo está a aceitar reservas


Tomás Santiago

A tecnologia e aquilo que é possível fazer com ela sempre foi algo que me cativou bastante. Estudo Ciência de Computadores na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Adoro programar e desenvolvimento de aplicações móveis, principalmente para iOS. É a escrever para o Pplware que partilho os meus conhecimentos. Sigam-me no Twitter: @mrtomasantiago

Destaques PPLWARE

11 Respostas

  1. Asdrubal says:

    Já sei o que fazer quando ganhar o euromilhões.

  2. imanonuser says:

    Isto nunca será para mim..
    9.5 milhões de dólares por pessoa… Fod@-se!

    Mesmo ganhando o euromilhões eu não pagaria para ir.
    Com 9.5 milhões de dólares eu já estaria no paraíso.

  3. Luís Silva says:

    Com os meus onze anos; com a fantasia e ignorância que eu tinha; eu ia!
    Agora, pagar para estar prisioneiro e ainda vir com as doenças do espaço… não vou!
    Pagaria a viagem a certas pessoas mas, só viagem de ida!

  4. Tugatento says:

    Assim que receber o reembolso do IRS, reservo.

  5. Miguel Sousa says:

    Como os EUA não permitem “turistas” na CST-100 e a Human Dragon está 4 anos atrasada (há quem diga que nunca irá voar, por não permitir todas as condições de segurança da FAA), mesmo com o Glenn e o Skyrocket a cumprirem a meta de 2024, só lá para 2028-2030 é que podiam ter forma de chegar ao hotel….

  6. bom senso says:

    mais uma ideia que nunca verá a luz do dia… enfim…

  7. Rodrigo says:

    Sabem quantas noticias destas foram publicadas nos últimos nos anos? Que eu me lembre pelos menos umas 5 que prometiam o mesmo. Que estão abertas as reservas para um novo hotel espacialz etc etc. De várias e empresas. Como era de esperar, na maioria das situações o dinheiro foi devolvido e nenhum dos projetos viu a luz do dia.

  8. Elementarq says:

    É preciso semear ideias para continuarmos a nossa evolução como espécie.
    Esta será uma realidade inevitável, eu gostaria que ainda fosse durante o meu tempo de vida.
    A escalabilidade irá tornar este tipo de viagens mais acessíveis, talvez daqui a uns séculos, viagens diárias serão uma realidade.
    O progresso tecnológico está a avançar a uma velocidade incrível.
    Aguardamos novos desenvolvimentos na física quântica, que poderá provocar um desenvolvimento tecnológico ainda maior.

    • António Lucas says:

      O desenvolvimento seja de que área for deve ser acessível a todos e não somente aos abastados alem que nesta area especifica tem sido os contribuintes a investirem e fazem-no desde a década de 50

      • Bruno Pinto says:

        O primeiro computador não era para todos, mas agora todos temos certo? Creio que isto será o mesmo, mas claro não leva 1 ano, nem 2… Leva décadas. Mas se não começares por algum lado nunca lá chegas…

  9. int3 says:

    “ausência de gravidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.