PplWare Mobile

O Universo pode ser fechado e estar num loop infinito…


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. CrowBar says:

    Quando se aperceberem das barbaridades que têm sido inventadas nos últimos séculos vai ser um pagode… É só teorias, evolucionista, terra plana, terra côncava, big bang, idade do gelo… Provas? Apenas o que vemos com os nossos próprios olhos!!!

    • Bruno says:

      As teorias existem para dar uma pista de onde, e como, procurar as provas!
      Sem teoria, não à ponta por onde pegar e começar a puxar.

      Não existem teorias que sejam barbaridades, a não ser aquelas que refutem os já actuais factos, como terra plana por exemplo.
      Quanto a idade do gelo, já existem vários factos geológicos a provar a sua existência, tal como o evolucionismo.

    • Mike says:

      Como olhar o céu e ver o sol a circular a volta da terra..assim so com os olhos não se vai longe.

    • Raquel says:

      Há sim provas que nos levam a acreditar no big bang como a constante expansão do universo e a radioatividade que se encontra nele, é uma teoria bastante plausível por vários ou senão todos os cientistas, se você quer acreditar apenas no que vê problema seu! A ciência é bem mais complexa e não podemos basear tudo nas capacidades do Homem, por alguma razão existem máquina que nos auxiliam não é?

  2. Tip says:

    Sigma é o desvio padrão

  3. censo says:

    Se o universo é algo fechado, como que uma cápsula, conforme é representado, onde é que está essa cápsula ? Que espaço ocupa essa cápsula ? E que nome tem esse espaço ? Saberemos alguma vez a verdade ? Enfim…são mais as perguntas do que as respostas.

  4. Tip says:

    E descreve a variabilidade dos dados. Por isso 5-sigma significa 5 vezes o desvio padrão.

  5. xoninhas says:

    Só teorias. E verdades ? Quem as tem ?

    • Asdrubal says:

      Platão, Aristóteles, Sócrates, Descartes, Kant…

    • Amândio Rocha says:

      A verdade é a melhor explicação disponível sobre um fenómeno. A verdade absoluta é uma abstração humana. Há a “verdade” religiosa, mas essa é factualmente mentira. Uma teoria não é uma tanga qualquer que alguém se lembrou de atirar cá para fora. Exemplo: a teoria quântica (mecânica quântica) é do mais maluco que se pode imaginar. E isso serve para quê? Bem, sem mecânica quântica não estávamos aqui a discutir filosofia. A mecânica quântica é a “verdade” que procuramos? Não, porque nem sequer a podemos combinar com a relatividade. Contudo, são ambas teorias tão poderosas, que o mundo seria muito diferente se não existissem. Claro que há muitos mistérios a resolver, por exemplo, como alguém como você se encontra a comentar uma notícia deste gênero…

    • Victor says:

      Tem razão. Teorias loucas cheias de incertezas que não servem para nada e não levam a lado algum. E dizem-se cientistas. Falam do universo como se fosse algo limitado e se pudesse medir. Loucos.

      • Amândio Rocha says:

        Os que se dizem cientistas, os loucos, foram os que criaram a moderna sociedade tecnológica. Sempre que usam tecnologia, usam ciência. Sempre que ligam um interruptor, sempre que tomam um medicamento, sempre que escrevem comentários auto-insultuosos… O nível de ignorância que corre por aqui (com honrosas exceções, claro), é o que verdadeiramente me admira. Nem sequer sabem o que é uma teoria científica. Mostram o conhecimento de uma criança de 8 anos. Não muito inteligente.

        • João says:

          Também não consigo perceber, como é que em uma página sobre ciência e tecnologia contem tantos descrentes sem fundamento ou qualquer raciocínio a comentar. As teorias são um conjunto de hipóteses e factos e só se tornam teorias quando estes são de certa forma observados. Obviamente que o nosso campo de observação é limitado e sendo assim, teorias podem ser alteradas ou comprovadas erradas, mas contribuem em muito para a evolução do nosso pensar e da nossa ciência.
          Leiam, reflitam, pesquisem, e se assim acharem que está errado ou não faz sentido, poderemos ter todos uma discussão muito mais saudável e produtiva. 🙂
          Caso contrário e caso seja apenas para mandar postas de pescada e ser do contra, penso que a opinião será completamente irrelevante para a humanidade.
          Um abraço pessoal.

  6. censo says:

    Algum problema com os meus comentários ? Não vejo nada publicado.

  7. gigbola says:

    Ja tinha chegado a essa conclusão. A sensação de tar a repetir acontecimentos passados têm aqui a sua justificação. O nosso cérebro é tao sofisticado que consegue detectar resíduos de dados cósmicos.

  8. sakura says:

    Esa é facil e a tek vai resolver o porblema.
    2 Fotão a viagar em paralelo
    if fechdo encontram-se no infinito, else {
    e aberto };
    hoje o “esquisito” é o gatatinho de Schrödinger.. (I whant kill te cat or get to live???) and Entrelaçamento quântico ????? Ok a electronia usa a quantica todos os dias e Ok sabe-se que trabalha.. 100%.

    Entrelaçamento que é o “pc” da google so é possivel se Se :::::: viajar no tempo.

  9. Pingu says:

    Olha, um artigo sobre o espaço. E a tal resposta do porquê de a terra não ter a forma de um donut Vítor? É que “escrever” sobre estas coisas sem saber do que se escreve depois é complicado. Portanto, até ver, não sabes porque a terra não podeira ter a forma de donut, mas escreveste qualquer coisa sobre isso.
    Agora apanhaste esta onda do tal estudo sobre o formato do universo…
    Logo no início afirmas que se calhar o universo não tem a fora que “julgamos” ter.
    Mas julgamos quem? Tu? Mas julgamos (tu e talvez mais alguns) que o universo é plano? Mas porquê? Porque é que o universo ser plano era uma possibilidade maior do que não ser plano? Sabes justificar esse teu “achar que” ou é tipo religião, simplesmente acreditas?!

    • Blackbit says:

      O Pingu bebeu da mesma bebida do sakura 🙂

    • Ricardo says:

      Oh homem… Pelo que li, não me parece ser um artigo de opiniao. Se estás mal com o Vítor, convida-o para umas jolas e conversa com ele. Se calhar é mais catita.

      • Pingu says:

        Pelo que leste e les, o que não faltam neste blog são “artigos” em forma de opinião. E pior é ser auto denominado melhor blog de tecnologia e passam a vida a dar opiniões e a dizer disparates. Portanto, se o sapo impinge um associado seu, o Pplware, é esperado que haja um mínimo de qualidade. Se em cima disso ainda “são o melhor blog de tecnologia” então algo vai mal na comunicação sobre tecnologia em pt. O sapo como grupo de influência em pt não pode ter um nível tão baixo de qualidade, mas infelizmente mandam os números da cor do dinheiro.

  10. dajosova@gmail.com says:

    As conclusões dos cientistas são tão finitas quanto aquilo que se julga saber do apelidado Universo.

  11. Raquel says:

    Aquilo que for , vai ser, e nós não vamos estar cá para ver… Não pela forma como agimos com o nosso pedaço de universo.

  12. Fulano says:

    Existe uma pintura de um físico Francês do século XVIII em que ele demonstra que o facto dos planetas serem redondos não é um acaso, e nessa mesma pintura ele desenha o Universo como um ponto numa qualquer galáxia, levando-me a pensar que se calhar o nosso Universo é apenas um grão de areia em algo tão grande que não é possível ter noção do seu real tamanho.
    Esta teoria é tão válida como qualquer outra… Excepto o da Terra plana, isso é para gente estúpida sem qualquer tipo de conhecimento científico.

  13. Ricardo Reis says:

    Assim até dá para pensar que o universo é tipo um planeta, que as galáxia são os continentes e os planetas são os países

  14. Paulo says:

    A TEORIA do Big Bang!
    Do caos para a ordem…
    Onde ficamos nós no meio disto tudo?
    Porquê existimos?
    Porquê o questionamos?
    Alguma vez teremos respostas?
    Da ordem para o caos é o reset ao seu oposto.

    É pá…
    … esta bebida é divinal, alguém mais quer?

  15. João Seixas says:

    Quando penso na forma do universo, imagino que seja próximo do esférico. Imagino uma singularidade a explodir num Big-Bang e a projectar energia para todo o lado, se pudéssemos ver esse fenômeno, seria como ver crescer uma bolha de ar dentro da água… Ideias…

  16. Jákástava says:

    Esta é a minha teoria. Cheguei a esta conclusão depois de muito refletir, após assistir a um fogo de artifício. Realmente o universo só pode ser esférico. Então não é que o fogo de artifício se expandida em todas as direcções. Assim foi o Big Bang.
    Quero mais bebida.

    • Estou com Diarreia says:

      Se os mesmos asteróides passam pela a terra de x em x anos, isso quer dizer que algo
      Ou os cientistas andam a beber cerveja radioativa

      • Amândio Rocha says:

        Quer dizer que os asteroides (e cometas) estão presos no campo gravitacional do sol. Tal como os planetas. O que tem isso a ver com o problema em questão? É engraçado ver comentários depreciativos sobre cientistas por parte de pessoas que não percebem nada de ciência.

      • MR says:

        Sim, quer dizer que andam em orbita em torno do sol.
        Se voltassem por dar a volta ao universo, demoraria bem mais tempo, já que de vez em quando fala-se em estrelas que estão a milhares de anos luz de distância…

  17. bardoner says:

    A forma do universo é um torus…. Explica todas as teorias e todas as observações até à data.

  18. Depeche says:

    Se o universo é como uma capsula, onde está colocada essa capsula? Num frasco de um ser? No bolso? E quantas mais capsulas existem?
    MIB é um filme cómico mas transmite bem essa imagem!

  19. Manuel Adão says:

    Meus caros comentadores! Não sou cientista, sou um simples ser humano normal como todos os outros na terra e o que penso sobre o tema é o seguinte: O infinito é verdadeiro, e porque penso isto, fala-se em dimensões, duas dimensões, três dimensões etc.. na verdade para mim existem infinitas dimensões, Agora imaginemos que
    a terra é o centro do que chamamos universo ( na verdade o infinito não tem centro ) e imaginemos que enviaria-mos objectos ou uma forma de onda qualquer com velocidade também infinita em todas as direcções além de nunca encontrarem o seu fim e mesmo que encontrassem algum obstáculo de diferente matéria acabando essa matéria existirá sempre outra infinitamente, lembrem-se que eu disse atrás em todas as direcções e dimensão infinita.
    Portanto, no meu vulgar raciocínio não há universos planos nem esféricos, cilíndricos ou seja lá o que for, exis te sim o infinito e o mistério que nenhum dos nossos cérebros consegue decifrar ou se mesmo será decifrável.
    Não sei se o conceito (entendimento) de infinito será o mesmo para todas as pessoas.
    Isto é o que o meu cérebro pensa e também nunca chega ao infinito.

  20. aramaico says:

    Felizmente vemos comentários inteligentes e menos inteligentes, mais felizes e menos felizes, acerca deste assunto, para o qual somos todos ignorantes (como muito bem dizia Descartes), inclusive os cientistas que o estudam. Como dizia o Amândio Rocha e muito bem, os cientistas e mais ancestralmente os “curiosos” pelo desconhecido, é que nos trouxeram até onde estamos. Através da observação e testes às mais “loucas” teorias é que podemos avançar com o conhecimento, sem o qual ainda estaríamos na idade da pedra ou ao nível dos símeos. Louvo todos estes cientistas pela sua abnegação e dedicação sem limites, muitas vezes sem grande retorno financeiro que o justificaria, nem reconhecimento social que hoje em dia a maioria de nós tanto procura.
    Só lamento que todos estes recursos imensos estejam quase exclusivamente dedicados ao exterior deste Planeta que é a nossa casa. Procura-se o conhecimento de tudo o que nos envolve, formas de sobreviver no espaço e noutros planetas e esquecemos os nossos oceanos e nosso subsolo. Será que não poderíamos aprender primeiro conhecendo o nosso Planeta por inteiro? Como podem pensar em sobreviver no espaço se não conhecem sequer o fundo dos oceanos com observação directa? Ainda é notícia quando se descobre um peixe julgado extinto há milhões de anos ou um insecto ou qualquer outro fenómeno dos muitos que ainda desconhecemos. Não sou um ecologista fanático mas, se conhecesse-mos melhor a nossa casa e como ela funciona talvez não andasse-mos tão preocupados em arranjar nova morada para quando esta já não nos abrigar.
    Todas as opiniões são válidas, mesmo as ignorantes.

  21. isaias says:

    Um micro-organismo, que morava no centro do corpo de uma baleia, desenvolveu uma forma de viajar para fora e entender onde estava. Ele até conseguiu. Mas quando chegou lá fora. Se deparou com uma barreira física. não poderia nunca entender a baleia. Nos sabemos que ele nunca ira contemplar a forma da baleia.

  22. Joao Ptt says:

    De facto o Universo ainda não é fechado, mas vai ser, e vai ficar em circuito fechado infinito.
    O formato do Universo é Oval.
    Porque é que não continua sempre a direito rumo ao infinito? Porque a partir de determinado ponto a matéria é atraída de volta para a origem, até certo ponto, onde depois volta a afastar-se, mas antes de chegar ao ponto de voltar a afastar-se da origem tem de passar por um “funil” para a decomposição, para voltar à forma básica mais simples “forma primordial” para depois voltar a reunir-se em novas formas que vão dar origem novamente a novas partes deste Universo. É basicamente como o ciclo natural que podem ver por toda a parte aqui na Terra mas em grande escala.
    Ainda não é fechado? Não, mas está a caminho de se fechar, e depois sim ficará fechado num circuito oval eterno.
    O que acontece às criaturas humanas que ainda tiverem dentro do Universo quando chega à parte da decomposição? Deixam basicamente de existir enquanto personalidades individuais (“segunda morte”).
    É possível sair do Universo? Sim, mas não em naves espaciais! Isso é pura fantasia. Tem que basicamente ir “morrendo”, ou seja largando os invólucros/ vestimentas da matéria em que estão até que eventualmente se consigam soltar de toda a matéria e entrar então na parte espiritual de novo. Como se dá tal largar? Com o contínuo querer/ desejar/ agir por coisas mais puras e mais elevadas que no fundo só se podem encontrar na origem do ser humano: o paraíso espiritual eterno. Só mais recentemente (poucos milhares de anos, mais até nas últimas centenas de anos) é que as pessoas começaram a encarar a morte como o fim de tudo, antigamente as pessoas até conseguiam ver parte do além ainda próximo da Terra antes de “morrerem” neste corpo para que não perdessem o rumo e fosse mais fácil a transição, ainda hoje tal é perfeitamente possível, só depende de cada um individualmente.
    Todos irão, eventualmente, sair deste Universo? Sim! Se saem auto-conscientes ou inconscientes depende de si mesmos e de mais ninguém.

    E pronto num pequeno texto expliquei aquilo que tais cientistas provavelmente nunca vão sequer saber, quanto mais acreditar e aceitar como verdade. Contentam-se com ninharias, sem importância, e não sabem do principal nada.

    • Amândio Rocha says:

      Temos aqui então um iluminado. O Messias chegou! Tanto palavreado só para deixar expressa tanta burrice. Os cientistas, os que criam, os que fazem avançar o conhecimento e a tecnologia não sabem nada, estudam uma vida inteira para não saber nada. Quem sabe é um tipo que vem falar de assuntos absurdos tirados de livros escritos por vigaristas que vivem da crendice dos fracos de espírito. A ignorância não me incomoda muito, todos somos ignorantes, o que me incomoda são aqueles que conhecem os segredos do universo, sem terem sequer o trabalho de o tentar compreender. Acha-se muito inteligente, amigo? Este comentário é o mais ridículo aqui exposto, e nem sequer necessito de os ler a todos. Patético.

      • Joao Ptt says:

        Ou será o completo desconhecimento e ignorância de quem lê tais palavras simples, verdadeiramente iluminadas, que não as consegue compreender como tais? Não será tal pessoa a “fraca de espírito” no verdadeiro sentido da expressão? Aquela na qual o espírito não tem capacidade de reconhecer nas Palavras a Verdade nelas contidas.
        Lá por ser ignorante no assunto, e lá porque acha os espiritualmente ignorantes dos cientistas para si como a “autoridade” no assunto, não significa que seja verdade, da mesma forma que uma mentira repetida (mesmo que biliões de vezes) nunca se torna numa verdade!
        De qualquer forma tudo quanto escrevi acerca do assunto é a Verdade, independentemente de aceitá-la ou não… isso não altera a realidade, apenas o seu (des)conhecimento acerca da mesma.
        Pode viver na ignorância, ou encontrar a Verdade, para encontrar a Verdade tem realmente de a querer obter de verdade e de forma realmente humilde… só depende de si, a informação está disponível, proveniente da própria origem, por isso não poderá encontrar melhor… mas se a reconhece e se a segue já são coisas que só dependem de si… e trata-se de algo que tem influência directa sobre a sua existência, tem obrigação de saber se quiser ser útil no todo… se não quiser saber, se achar que não tem obrigação nenhuma, mais depressa do que pensa vai descobrir o quão errado está e as consequências inevitáveis de tal.

  23. Amândio Rocha says:

    Tem toda a razão, meu caro senhor. Gastam-se milhões e milhões de dólares em telescópio terrestres, espaciais, ópticos, de infravermelhos, raios x, raios Gama, detectores de ondas gravitacionais, colisores de partículas de quilómetros de diâmetro, milhares de cientistas, técnicos, engenheiros por todo o mundo estudam o universo com custos verdadeiramente astronómicos, quando tudo o que é necessário é sentarmo-nos sobre o nosso traseiro e contemplar A VERDADE ABSOLUTA!!! Já agora mestre, pegue no seu conhecimento superior e crie material supercondutor á temperatura ambiente. Ou descubra a cura para as formas mais comuns de cancro. Há sim, é verdade, o seu conhecimento superior só serve para ficar sentado sobre o traseiro e dizer disparates que um miúdo inteligente de 13 anos nunca diria. Se contempla A VERDADE ABSOLUTA junte-se ao daesh, eles também a possuem. Inacreditável!

    • Joao Ptt says:

      Em tempos os seres humanos conseguiam iam a distâncias e a planos de existências que nenhum telescópio que possa algum dia ser construído jamais sequer se aproximará mesmo do plano superior mais próximo, simplesmente por ser de espécie diferente! Por isso sim, são recursos que estão a ser queimados em inutilidades. Mas como sabe que isso era assim? Basta estar atento ao canal de história e outros onde falam constantemente em certos programas de “deuses” que eram venerados um pouco por todo o mundo e que ao longo dos tempos iam mudando. Era deuses? Não, apenas seres da natureza em planos superiores que eram confundidos com “deuses” pois pareciam ser o superior mais elevado… na verdade eles até tem como ponto de origem um ponto mais baixo que os próprios seres humanos, pelo menos os que puderam ser observados… alguns seres humanos chegaram ao “portal” do paraíso espiritual eterno, mas não conseguiram ir além… ou ainda teriam tido como deuses seres humanos no ponto mais elevado da criação antes de eventualmente receber deles a notícia do grande Deus único, esse sim, o Verdadeiro e único Deus, o único que vive por si, e que não precisa dos outros para existir, mas todos os outros precisam Dele para existir… e depois receberiam uma mensagem de parte do mesmo (“Filho do Homem” o tal mencionado pelos Cristãos como tendo sido mencionado pelo “Filho de Deus”).

      Cada tumor canceroso é condicionado pela incapacidade e actividade insuficiente do fígado! Nesse sentido deve ser dirigida a atenção. Um fígado saudável com actividade realmente normal não permite surgir nenhum tipo de cancro. Por isso, já na infância, devia-se dar especial atenção a um modo de vida correspondentemente sensato. Também para os já doentes, deve-se dar especial atenção a isso! Com a cura do fígado fica quebrada a força da doença, pouco importando o lugar em que se encontra.

      Um miúdo inteligente de 13 anos, pode ser inteligente, mas isso não significa que esteja bem ligado à sua Intuição espiritual, para a maioria até aos 15/ 16 anos ainda é a parte enteal “mais próxima do animal, sem se ser um animal naturalmente” que está em evidência, só depois, em teoria poderia aliar a inteligência à Intuição, mas a cultura & educação vai tudo no sentido de impedir tal ligação pelo que a maioria nunca chega a deixar vir ao de cima a Intuição e mantêm-na enterrada a sobrecarregar o cérebro diurno com lixo intelectual na sua maioria inútil.

      O daesh são mais um bando de pessoas erradas, como o são os religiosos católicos, os budistas e por aí em diante.

      • Amândio Rocha says:

        Ah, o canal história. Alien vs predador. Bem, vou simplificar isto. Todo aquele que despreza, menospreza ou rejeita a ciência e usa tecnologia (ciência aplicada) é hipócrita. Toda essa efabulação que apresenta, que não é novidade para mim, não cria nada, não apresenta nada de prático, no máximo é mais uma fé irracional e insustentável como as que apresenta como falsas. Em termos concretos, essa fé é tão real como a cristã ou a dos membros do daesh. Na verdade, todo esse discurso que acha elaborado, parece-me perigosamente próximo da esquizofrenia. E não estou a ser irónico. A física, que utiliza erradamente milhões de dólares, cria constantemente tecnologia que não só nos torna a vida melhor, como salva milhões de vidas nos hospitais com tecnologia avançada. A química produz não só materiais inovadores de construção, como medicamentos que salvam e prolongam milhões e milhões de vidas humanas. Podia continuar indefinidamente. A sua crendice, a sua fé verdadeira que nega todas as outras fés verdadeiras, não traz nada de novo, não cria nada, não oferece nada. A minha religião é a ciência, contudo já li a bíblia toda, a biblioteca de Nag-hammadi, os escritos do mar morto, mais de 40 evangelhos ditos apócrifos, vários dos padres da igreja, o Al-Quran, o popol-vuh dos Maias quiché, os upanishads, o livro dos mortos tibetano, o livro dos mortos egípcio, não sei quantos mais livros ditos sagrados e místicos, vou no quinto livro do Mahabharata… No entanto, a maior parte da minha leitura é reservada á física. Cosmologia, relatividade, mecânica quântica, supercordas… e outras ciências. Resumindo, nada do que escreve é novidade para mim. Mas é ridiculo, completamente infantil e ridículo. Tenho a impressão que o meu caro concidadão tem um problema mental… E mais uma vez não estou a ser irónico. Agora, se é sincero na sua crendice, deixe de usar dispositivos eletrônicos, frutos da ciência ignorante, e dedique-se á contemplação mística lá do que quer que seja em que acredita. Se responder a este comentário, estará a provar que é falsa a sua crença.

        • Joao Ptt says:

          Uso tecnologia todos os dias, aliás estou a utilizá-la para comunicar consigo, só que ao contrário de si compreendo a verdadeira origem da mesma, onde é que os seres humanos aqui na Terra se vão inspirar para obter a mesma, e na realidade na origem é muito mais perfeita que aqui na Terra, que também aqui poderia ser 10 vezes melhor se as pessoas estivessem bem ligados ao seu espírito interior e fossem mais humildes… isso é algo para acontecer, mas ainda vai demorar umas décadas para se entrar realmente em tal época nova, não é coisa para já, e mesmo então tal vão ter sido as alterações decorridas que muito do que existe actualmente de conhecimento vai ter desaparecido por ainda algum tempo, o que não faz mal, porque será necessário começar por compreender o que realmente importa para que tudo seja construído em base firme.

          Se critico os recursos financeiros gastos para explorar do espaço longínquo? Claro que sim! Tal não trás qualquer proveito para a evolução interior dos seres humanos.
          Da mesma forma também poderia você defender a existência das guerras, já que muitas coisas úteis foram desenvolvidas em tempos de guerra… mas seriam necessárias guerras para se desenvolver as coisas úteis? Não iriam aparecer na mesma? Não teria sido mais útil poupar todo o desperdício e sofrimento e só obter as coisas úteis?

          O que apresento tem lógica, talvez não a queira aceitar, se fechou esse caminho interior restringindo a capacidade de compreensão é responsabilidade sua.

          Os que se dizem cristãos, os membros do daesh e por aí em diante poderão até ter aspectos correctos incorporados nas suas ideias, mas claramente que o conhecimento deles é na sua maioria errado ou pelo menos tem partes erradas incorporadas e provam mesmo tal com todo o tipo de barbaridades e coisas erradas que qualquer conhecedor pode facilmente identificar… mesmo que tivessem na origem de tais “movimentos” realmente o correcto… porque muitas vezes só a pessoa de onde se originou tal conhecimento/ movimento realmente compreendia a fundo e da forma correcta o seu próprio conhecimento (isto no caso de enviados da Luz e da própria Luz encarnada), os seres humanos no seu desenvolvimento natural que atingiriam elevadas altitudes interiores no seu desenvolvimento normal não compreendiam ainda tudo.

          As outras fés não são verdadeiras. Você não consegue verdadeiramente compreender tudo desde a origem até aqui aos baixios da matéria pesada onde se encontra a Terra mesmo que leia a maior parte da enxurrada de livros escritos por aí… ainda que a verdade possa estar presente em muitos deles, na sua maior parte a fantasia e mesmo o errado também está presente… por isso gabar-se que conhece não sei quantos livros não diz nada acerca da qualidade dos mesmos, e menos ainda da sua compreensão acerca dos mesmos, aliás, não devem ser assim tão bons para não reconhecer a Verdade quando está perante ela. Deveria utilizar a intuição e reconhecer os sinais, e certamente rapidamente desistiria de ler muito do lixo e diarreia mental que abunda, e com a devida humildade e reconhecimento da sua ignorância de forma verdadeira e pedindo o caminho correcto a ser por si individualmente percorrido rumo ao paraíso espiritual eterno, pedindo da forma mais simples.. por imagens mentais enviadas a Deus de tal forma simples e ilustrativa de seu desejo que até uma criança as pudesse compreender. Quando tal pedido for de facto honesto, humilde e derivado do verdadeiro impulso por tal, então ser-lhe-à mostrado o caminho, não antes! E mesmo então terá de reconhecê-lo e segui-lo, e não pense que será fácil, só o seria se conseguisse libertar-se de todos os falsos conceitos, muitos dos quais estará convencido de ser o correcto… o maior inimigo de si é você mesmo, e em primeiro lugar seu intelecto, que deveria ser conduzido pela intuição interior (aquilo que muitas vezes chamam a “razão do coração” e coisas similares que deixam qualquer materialista ferranho doido).

          Pode achar que procura a Verdade, aquele conhecimento que realmente pode ajudá-lo a compreender o todo, mas a realidade é que até ao momento ainda não se dispôs de forma correcta a tal, já expliquei acima como o fazer. Só depende de si vencer a sua limitação.

          Com a resposta ao seu comentário apenas provo que estou confiante na Verdade, e que não me deixo rebaixar por pessoas que sei terem-se auto-restrito às mera capacidades do intelecto, que de resto só são úteis aqui nesta Terra, mal se liberte do corpo “morra”, tudo isso vale zero no além.

  24. Amândio Rocha says:

    Não referi o que li, que é pouquíssimo, para me gabar de nada. Apenas salientei que as lengalengas que refere, conheço-as da há muito. São tudo formulações gnósticas, já batidas e rebatidas. Alguem sem esse conhecimento pode até julga-lo uma pessoa inteligente, tal como você se acha. Mas é prova da mais completa falta de inteligência o dedicar tempo e esforço para se tornar especialista em inutilidades. O Deus absoluto, do qual todos somos emanações, ao qual regressaremos, o demiurgo que criou o mundo inferior e corruptível, e o diabo a quatro… Como já tentei explicar, as teorias científicas obedecem a metodologia rigorosa, e a prova de “verdade” da ciência é a capacidade de previsão e a criação de novas tecnologias, que comprovam que o conhecimento científico, mesmo do que os nossos sentidos não captam, é o melhor instrumento que temos para a compreensão do mundo em que vivemos. A ciência é amoral, cabe ao homem decidir o uso do poder que ela confere. O seu “conhecimento” é inútil, você, como já referi, é hipócrita, e citando Gandhi, “a minha religião é um assunto que somente diz respeito a mim e ao meu criador”. Nunca se deve confiar em alguém que fala em nome de Deus. Muito menos alguém que parece que anda a tomar drogas psicadélicas, para abrir as “portas da percepção”.

    • Joao Ptt says:

      Se a sua intuição é incapaz de distinguir o errado do correcto é limitação da sua parte.
      As inutilidades já lhe descreveram que o processo de formação do Universo ainda está rumo ao seu fechar em círculo, que se irá manter para sempre em circuito fechado oval. As inutilidades já lhe explicaram o que eram aqueles deuses a que culturas antigas se referiam. As inutilidades, já explicaram que quando morrer não só continua a existir, como ainda terá de passar por vários planos em direcção a voltar à origem, mas desta vez auto-consciente. As inutilidades já explicaram como pode tratar o cancro. As inutilidades já explicaram porque é que apesar de existirem tantas religiões, movimentos e tudo o mais que se pareça apesar de haver coisas correctas na maior parte deles, também existe muito de errado! As inutilidades já explicaram que a verdadeira origem de tudo quanto os ditos cientistas descobrem já existem em planos superiores, feitos pelos seres da natureza e lá muito mais perfeitos do que alguma vez aqui poderá ser, porque lá os seres vivem plenamente segundo a Vontade do Criador e por tanto tudo quanto fazem é o mais perfeito que é possível em tal plano de existência… e nada existe aqui que não seja feito primeiro lá… nadinha, nem o seu corpo!
      A ciência é útil, mas a ciência seria muito mais útil se tivessem em conta toda a Verdade, se já tivessem todo o conhecimento espiritual levado em linha de conta para procurarem e desenvolverem da forma correcta.
      Continua a tentar provar que sou inútil, e continuo a demonstrar que existe uma clara diferença entre aquilo que decidiu achar e a realidade.
      E é também uma realidade que os cientistas ainda nem sequer conseguem compreender como se forma a mais simples das flores! E ao mesmo tempo querem pretender achar que algum dia vão saber como se formou o Universo e coisas do género que jamais são compreensíveis enquanto não saírem da caixa limitada do cérebro do intelecto para irem para o cérebro da intuição.

  25. João Seixas says:

    Uma coisa é certa, se ficarmos sentados à espera de ser salvos, um dia virá em que o Sol, com um enorme apetite, engolirá a terra e aí, já era… E, se um Deus houver e se o juízo final vier a acontecer, então a humanidade será condenada para todo o sempre ao suplício. Deus dirá ao homem
    -Dei-vos todas as ferramentas para sobreviverem ao final dos tempos e vos, só contemplaram o céus e nada fizeram para a vossa salvação… não sois dignos de entrar no Meu reino…

    • Joao Ptt says:

      Cada um tem de esforçar por si para se libertar dos seus erros e obter todo o conhecimento que o habilita a compreender o que faz por cá.
      O Sol irá ser substituído algures durante as próximas décadas na altura da passagem de um cometa/ planeta. Por essa altura a maior parte da população Mundial já terá morrido ou irá morrer então, ficando somente algumas daquelas que se esforçarem por serem verdadeiramente correctas (não segundo as concepções que cada um possa ter, mas segundo a Verdadeira Vontade de Deus, que chegam a estar em contradição absoluta com aquilo que muitos pensam).
      Ao contrário do que supõem, o Juízo Final está a decorrer, neste preciso momento, e já começou há várias décadas e ainda vai durar mais algumas (desconheço quando termina), o juízo final não é um bem determinado dia, mas sim um período de tempo no qual as pessoas se auto-julgam com as suas acções e a partir de tal momento está decidido qual o seu destino, se ainda se podem salvar ou se quando partirem para o além já nunca mais voltam para mais tarde quando o planeta chegar à desagregação e se decompor de volta ao estado primordial da matéria as pessoas deixarem de existir enquanto personalidades individuais auto-conscientes e o núcleo espiritual (esse sim eterno) voltar à origem inconsciente para eventualmente um dia voltar a fazer o percurso rumo à auto-consciência.
      E a informação já aí está disponível, desta vez deixada escrita preto no branco pela própria luz com toda a informação eminentemente necessária para cada um se libertar e compreender onde está inserido na medida em que tal informação lhe possa ser útil. Só encontra a informação quem chega à consciência de ser realmente ignorante , que tomou consciência que tem estado realmente a pensar coisas que só podem ser erradas, e pedir humildemente por orientação que depois deve percorrer por si mesmo para ascender ao paraíso, pedindo tal directamente a Deus para que lhe conceda tal, enviando tal pedido por imagens mentais de tal forma simples como se fosse para explicar a uma criança o que se quer… na simplicidade está uma grandeza que os seres humanos ainda não pressentem. Aqueles que o implorarem de forma verdadeira, humilde e reconhecendo a tal ignorância que os mantêm na escuridão/ ignorância receberão a informação, de alguma forma ela chegará a eles, garantido. O pedido nem chegará à Luz se não for proveniente da verdadeira vontade no íntimo! Depois cabe a cada um reconhecer a Verdade e segui-la, sem querer de novo interpor os seus quereres e limitar-se a aceitar a Verdade como ela o é.

      • Amândio Rocha says:

        Desculpe lá, não li o que escreveu, apenas algumas passagens… Que um cometa vai substituir o sol (????!!!!!) e que não sei quem tem que provar não sei quantos (o ónus da prova reside naquele que faz a afirmação), mas pelo pouco que li e pelo que já tenho lido do que escreveu anteriormente, posso afirmar seguramente que você tem problemas mentais. Lamento, sei como isso pode ser debilitante, mas só lhe posso recomendar que procure ajuda profissional. Cumprimentos.

        • Joao Ptt says:

          “O Sol irá ser substituído algures durante as próximas décadas na altura da passagem de um cometa/ planeta.”
          Eu disse que o Sol iria ser substituído, logo pode deduzir que é por um novo Sol, e que tal acontecerá durante a passagem de um (gigante) cometa/ planeta, que irá fazer a Terra abanar e não será pouco. Talvez ainda esteja vivo para ver tal a acontecer, talvez já não. Terá de ser durante a passagem do dito cometa/ planeta que será gigante porque do contrário as consequências poderiam ser desastrosas para o planeta, e ainda assim irá parecer o fim do mundo a quem ainda estiver vivo na altura durante tal fase.

          Escreve que tenho problemas mentais, quando na realidade quem está doente do cérebro, porque não consegue utilizar verdadeiramente todas as suas capacidades, mas apenas as capacidades limitadas do cérebro diurno / intelectual, mantendo de forma grave o cérebro da intuição inacessível ou pouco utilizado. Para mim é até um momento de humor ler que acha que tenho problemas, e até o afirmar com tanta segurança, quando depois na realidade sei que é quem escreve tais palavras que está limitado, e na sua limitação pensa ter atingido o máximo que é compreensível, e como tal designa, devido à sua auto-limitação os outros como tendo problemas mentais só porque é incapaz de atingir tal. Para si, de facto, o máximo da sua compreensão pode estar de facto num nível muito baixinho, mas lá porque a sua compreensão não consegue ir mais longe não é preciso começar logo a pensar que os outros também não podem ir mais longe.

  26. Amândio Rocha says:

    O sol possui uma massa 332 900 vezes a massa da terra, um volume de 1 000 300, e possui 99.86% da massa de todo o sistema solar. Qualquer cometa que passe junto do sol é ejetado a uma velocidade incrível para fora do sistema solar. Se passar perto demais, é atraído pela gravidade do sol, e colide com ele. Daí resulta… nada. Se for um planeta (?) o resultado será… pouco mais que nada. O maior planeta do sistema solar (Júpiter) é uma migalha comparado com o sol. Os seus conhecimentos sobre astronomia são… zero! Se um objeto suficientemente grande para provocar algum efeito sobre o sol (uma outra estrela, uma gigante azul ou um buraco negro de formação estelar) afetasse a sua posição relativamente aos planetas e outros corpos do sistema, a terra não sofreria um abalo. Seria ejetada da sua órbita, para fora do sistema, para o centro (colidindo com o sol) ou para uma rota de colisão com outro planeta. De qualquer forma, dadas as velocidades relativas dos corpos no sistema solar, nada disso importaria, pois as forças de aceleração cuspiriam tudo da superfície da terra (incluindo a própria superfície…) para o espaço, a velocidades tais, que as formas de vida superiores (excluo bactérias) teriam morte imediata. O seu conhecimento de física é… zero! Bem, isto é a única coisa que me chamou a atenção da sua lengalenga, o resto é do domínio da alucinação, e como não sou psiquiatra não tenho competência para opinar. Espero ter sido útil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.