Quantcast
PplWare Mobile

ITER: A máquina que quer imitar o poder de fusão do Sol

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Jagunço says:

    “reator de fusão que imita o sol” , mas só vai produzir energia equivalente ao que dá para iluminar iluminar 325 mil habitações !?!?!?!? Sério !??!?!!?!?

    • Luís Carlos Oliveira Santos says:

      Tens a noçao quanto é 325 mil habitaçoes? E este reactor e só para pesquisa cientifica.

      • Jagunço says:

        Só te faço esta pergunta !!!!! Tens Noção do que é a energia do sol ?

        • Luís Carlos Oliveira Santos says:

          Que pergunta estupida.O autor deste artigo só estava a mencionar que processo do reactor é igual ao do sol.E este reactor e estimado produzir algo menos que 5% maid energia do que é gasta no processo, não tenho a certeza dos valores exatos

    • Tadeu says:

      Na verdade nem para isso serve, já que não vai distribuir energia à rede!
      É puramente para investigação, e a produção de energia só durará algum tempo, não deverá ser continua.

  2. BlackFerdyPT says:

    Têm de ir (muito) mais longe do que isto, Pplware.

    Têm de, para além de explicar que projecto é este, um dia elucidar os vossos leitores sobre o que representará, para a Humanidade toda, a demonstração da viabilidade da Energia de Fusão…

    Se este projecto for bem sucedido (e as indicações são de que será – razão até pela qual existe uma nova e discreta corrida à Lua, em busca de hélio-3), a criação da Energia de Fusão representará uma NOVA ERA para a Humanidade.

    Uma Nova Era de energia tão abundante e tão barata, que possibilitará levar água até onde a agricultura não é hoje possível, dessalinizar água sem preocupações com preços, criar elementos escassos de modo artificial, decompor resíduos perigosos em componentes inócuos e toda mais uma série de coisas que, hoje em dia, ainda não são viáveis por serem demasiado dispendiosas, devido ao actual preço (e escassez) da energia.

    Assim como, será apenas com Energia de Fusão (ou algo melhor que depois venha a surgir) que se tornará possível colonizar outros sistemas solares…

    Um exemplo de onde podem obter mais informação sobre isto: https://www.youtube.com/watch?v=dGWPt9GW1Ug

    • BlackFerdyPT says:

      E, estou apenas a falar de questões técnicas e económicas…

      Em termos sociais, se não for a implementação da Energia de Fusão depois suprimida, esta nova forma de energia irá simplesmente eliminar a pobreza da face da Terra.

      (“Não há água para cultivar os campos? R: Traz-se água do mar dessalinizada desde longe. Não há componentes para criar fertilizantes e pesticidas? R: Criam-se artificialmente os mesmos.” Enfim… É só pensarem em todas as implicações possíveis.)

    • Charles says:

      Obrigado!
      Ia mesmo escrever sobre isso.
      Haveria tanto a dizer sobre este (muito interessante) assunto, que o artigo acaba por pegar por se escasso.
      Acaba por ser um simples press release do isq. Pena!

  3. Joselito says:

    Vão sonhando, é mais barato e gasta menos energia…

  4. Samuel MG says:

    Vamos ver se não vai dar porcaria.

    • Tadeu says:

      e que porcaria seria essa? Lixo doméstico?

      • Samuel MG says:

        Viste o Homem-aranha 2?? Pois esse tipo de porcaria.

        • Tadeu says:

          lol! bem… basear os teus receios num filme de fantasia tem a sua piada!
          tens noção que nada daquilo tem a ver com a física real?

          • Samuel MG says:

            Eu não esta a basear-me em fantasia mais sim na parte em que a experiência pode tornar-se auto-sustentável e não dar para parar. Existe sempre essa hipótese mas vamos ver como corre.

          • Tadeu says:

            Na verdade estás a basear-te na fantasia porque te limitas a pegar num filme e não a pesquisar sobre a matéria.
            Não existe a hipótese de não dar para parar! Não estamos a falar de fissão nuclear, é fusão nuclear envolvendo gases e plasma, não ocorre de qualquer maneira, e a fonte de gás é exterior ao reactor. Se acontecer algum acidente, mesmo que grave a reacção simplesmente pára.

          • Samuel MG says:

            Explicação do que é a Fusão nuclear:
            Fusão nuclear é o processo no qual dois ou mais núcleos atômicos se juntam e formam um outro núcleo de maior número atômico.
            O principal tipo de fusão que ocorre no interior das estrelas é o de hidrogênio em hélio, onde dois prótons se fundem em uma partícula alfa (um núcleo de hélio), liberando dois pósitrons, dois neutrinos e energia. Vale ressaltar que há CONSERVAÇÃO DA ENERGIA, e, portanto, pode-se calcular a massa dos quatro prótons e do núcleo de hélio, e subtrair a soma das massas das partículas iniciais daquela do produto desta reação nuclear para calcular a energia produzida.
            Processo da fusão nuclear:
            O mecanismo de fusão é quase o inverso do mecanismo de fissão nuclear: núcleos leves e rápidos podem colidir, e fundir para formar núcleos mais pesados, sendo que há também uma quantidade considerável de energia liberada nesse processo.
            O que eu sei:
            O combustível usado para o processo é H2O sendo o desperdiço vapor. O processo resulta em fazer o hidrogénio circular rapidamente dentro do reator até atingir o pico em que vira hélio.

          • Tadeu says:

            Fantástico. Nada como copiar a wikipedia para não dizer nada…
            nem sequer reparaste que o que copiaste é com a ortografia do Brasil!!!
            O combustível não é H2O, e o “desperdício” não é vapor. O combustível são gases de isótopos de hidrogénio.
            A água apenas faz parte do “processo” exterior ao reactor propriamente dito, para que forme vapor que faz girar uma turbina, tal como numa central termoeléctrica.

            E o processo não resulta de circular o hidrogénio rapidamente. Deves andar a pensar que aquilo é um acelerador de partículas… não é um acelerador de partículas. Estamos a falar da criação de plasma a temperaturas extremas.

          • Samuel MG says:

            Vai ao site do Iter ao mesmo à noticia já apareceu no pplware

          • Tadeu says:

            Se calhar deverias tu perder algum tempo no site do ITER para aprender sobre o reactor e fusão, em vez de vires para aqui dizer que usa água como combustível, e em vez de fazeres copy paste da Wikipedia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.