PplWare Mobile

Chip com GPS alimentado por calor corporal poderá ser implantado já em 2019


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Andre says:

    Ca está a prova de que estamos a caminhar para o controlo da liberdade. Aquilo a que muitos chamam de conspiração!!! Illuminati. E uma realidade, quase de certeza que vamos começar assistir a raptos de pessoas para acelerar o processo. A 5 fase já começou!!!!!

  2. Ricardo says:

    Mais uma vez, temos um artigo em que um dispositivo apontado na Bíblia Cristã como a “Marca da Besta” e que se destina a habituar as pessoas a viverem num regime policial de vigilância permanente sem privacidade nem liberdade é apresentado como uma coisa muito boa e positiva para os doentinhos e dementes e tal, desviando assim a atenção dos cidadãos do regime policial Big Brother sobre o qual George Orwell tão bem nos advertiu na profética obra “1984”, retrando um regime totalitário de vigilância constante sem liberdade. Não faltarão os idiotas de cérebro lavado a chamarem-me já de paranóico ou conspiranóico à laia de trolls pagos e lacaios das grandes tecnológicas…

  3. Kenney Rogees says:

    Marca da Besta, 666 são referências para isto que está ocorrer no mundo.

  4. Danny says:

    Daqui a pouco aparecem os inocentes com a aquela frase conhecida. “quem não deve não teme.”

  5. Rui Meira says:

    tendo em conta com funciona um receptor de gps , gostava de saber como ira funcionar um chip como o da imagem acima!

  6. Marcio Sousa says:

    Funcionando apenas com o calor corporal esse chip consegue para além de fazer a função de GPS também vai conseguir enviar os dados em tempo real do local onde a pessoa está? Isso tudo apenas com o calor corporal? E a comunicação como vai ser feita acordos com as operadoras telefonicas, não se consegue enfiar ali um cartão SIM por muito micro que seja!??

  7. Horácio Tomás says:

    Uma vergonha !

  8. Rafael says:

    O futuro ao Satã pertence. Estão a passos largos.

  9. TwoEyez says:

    Coitados dos meus filhos…

  10. Vasco says:

    Excelente. Tudo o que seja para simplificar a vida dos cidadãos deve ser divulgado e utilizado.

  11. Me and me says:

    Mais um método de controlo.
    Já sabemos que no futuro seremos “reduzidos” a um número identificativo, e isto é mais uma prova

  12. jAr says:

    Parem de pensar só no vosso umbigo, isto foi feito com boas intenções. Se não querem ser controlados comecem por deixar de usar um telemóvel no bolso. Para quem sofre de Alzheimer uma ferramenta destas é importantíssima. Tudo o que seja externo pode ser removido e não é possível ensinar à nossa avozinha “agora tem aqui esta pulseira para não se perder. Ah! e não se esqueça de a carregar todos os dias”.

  13. Pedro Fernandes says:

    No meu ver para pessoas que sofrem de problemas de Saúde conforme referido neste artigo Concordo nem imagino o que deve passar um Familiar à procura de alguém que lhe seja próximo.

    Quanto ao restante tema é lógico que não posso Concordar devido à falta de privacidade que uma pessoa passa a ter, ninguém tem que saber por onde é que andamos, que estamos a fazer mesmo que implique todas as razões que possam apontar das quais tragédias naturais no qual é uma situação muito incerta apesar de alguns Paises estarem mais propícios que outros.

    Outra questão é o Chip ser accionado com um código dado por um familiar em caso de emergência às Autoridades competentes para encontrar o mesmo, como o chip não deve funcionar desse modo é algo que nem me passa pela a cabeça a não ser que venha a ser como a Introdução do Cartão Único, etc. obrigatório.

  14. Mister B says:

    Quanto mim, o que mais me assusta, é o controlo humano para “remoção” de orgãos, à semelhança do fime: The Island (A Ilha).

  15. Elliot Alderson says:

    Black Mirror

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.