Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Casos estão a aumentar! Rt volta a disparar

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Paulo Dias says:

    Felizmente está toda a população “imunizada” mas infelizmente as vacinas estão muito aquém da eficácia apregoada.

    • security says:

      Estão? Continuamos em isolamento? Continuamos a ver um número estupidamente alto de mortes associadas diretamente ao vírus? O mundo continua com o isolamento e afastamento social? Frequência de bares e discotecas fechadas? Temos UCI lotadas? Profissionais de saúde a fazerem turnos loucos para assegurarem os serviços? Salas e salas desviadas para colocar doentes covid?

      Responda a estas perguntas com sim e não para quando não tínhamos vacinas e agora que as temos é terá a resposta real à eficácia da vacina.

      • security says:

        P.S.: para quem não sabe e já devia saber a esta altura do
        Campeonato, a vacina não nos torna imunes ao vírus. Torna-nos capazes de responder ao vírus de forma natural e sem precisarmos de cuidados médicos. Ou seja, atualmente a covid é uma ‘simples’ gripe que já não afeta gravemente os pulmões. No caso da variante mais presente por cá, trata-se de uma dor de garganta. Omicron ao que tudo indica surgiu com a mutação do vírus em resposta à vacina em que já não ataca os pulmões (que era o elemento grave relativamente à doença).

        • Luis Henrique Silva says:

          +1
          É exactamente isso, as pessoas fazem uma confusão, é como a gripe não por tomar vacina que ddixam de apanhar gripe, têm é uma resposta melhor à doença, eu que o diga que todos os anos levo vacina.

        • Awake says:

          Não foi isso que indicaram quando coagiram a população a tomar a “vacina” experimental, mas sim que era segura, que reduzia hospitalizações em 94% e com 99% de eficácia na prevenção de mortes…além de que supostamente iria fornecer imunidade de grupo…

          PS – Não funcionou em nenhum dos pontos acima mencionados, ainda não acabou o periodo experimental em nenhum dos fabricantes, já se comprovaram efeitos severos e mortes em diversos pacientes..

          • johnnydeep says:

            ora pois… mas como já se era de se esperar e se falou, a memória é curta e o que não interessa, à narrativa oficial (leia-se controlada por quem quer ter mais poder) e não pela científica imparcial, é expor os inúmeros casos de reações adversas ao tratamento genético, casos graves e mortes. Não são nada poucos mas outros temas abafaram o que não lhes interessa divulgar.

        • CC says:

          nao tomei vacinas e nunca tive esses sintomas LOL nem ng la em casa. se perceberem que a nossa vida um dos fundamentos e salvação é o SAL marinho natural rico em iodo, acabou as doenças, dores cronicas, cansaço, etc etc etc etc….
          tenho pessoas a minha volta que eram extremamente ceticos do assunto e atualmente dao me razao e ja bebem agua com sal. agora imaginem o testemunho deles que a saude deles melhorou 200%. nosso estomago tem acido cloridrico HCL o SAL é NACL veem aqui um padrao? o que cria oxigenio? secalhar é o SAL, agora imaginem o tal MMS que é NACLO2, grandes quantidades de oxigenio….vosso corpo nunca mais fica doente, problema é o tratar os problemas que temos atualmente, claro que vao ficar doentes antes de ficar bons porque voces precisam de limpeza, METAIS no vosso CORPO!!!!!

          • Positivista says:

            O que provoca a ingestão de sal em excesso:

            Hipertensão, AVC, demência, osteoporose, excesso de peso. O sal em excesso pode aumentar o risco de várias doenças.

            in https://www.cuf.pt/mais-saude/sal-em-excesso-o-que-faz-ao-seu-corpo

            Pela sua descrição completamente alucinada está já a ficar demente, consequência provável da toma exagerada de sal.
            Faça um favor à comunidade e não induza outros a irem pelo mesmo caminho!
            Você é um “influencer” mas claramente um influencer do mal! Deixe as pessoas tomarem as suas próprias decisões e que sejam felizes à sua maneira!

          • Joana Miro says:

            @Positivista, Não querendo defender ninguém, mas tudo em excesso faz mal, logo qualquer consumo terá que ser moderado. Por outro lado existem vários estudos que apontam para os malefícios do sal ser relacionado ao sal refinado e não o natural (gema, maritimo, …) que traz diversos benefícios associados.

        • Nuno V says:

          “Torna-nos capazes de responder ao vírus de forma natural e sem precisarmos de cuidados médicos.”

          Ou seja, torna-nos imunes á doença. Ser imune a uma doença é, muito resumidamente, possuir um mecanismo que nos torna resistentes a essa doença em particular.

        • Samuel MGor says:

          Mas isso é o que todas a vacinas fazem 🙂 Elas só ajudam o sistema imunitário a responder melhor a certas doenças. Nunca nos tornam imunes.

      • iMF says:

        Basta consultares a média de mortes por mês, antes, durante e “pôs” COVID..

        Mas o número de mortes só, sem associar ao COVID ou outras doenças…
        Depois diz me a tua opinião.

        Pelo que vi os números são muito semelhantes, apenas que na era COVID, as mortes eram todos associadas a doença.

        • Joana Miro says:

          Exactamente. E por explicar ainda está o excesso de mortes que está agora a surgir principalmente em paizes que mais vacinaram. Jovens com morte súbita aos rodos. Uma da justificação foi o calor extremos deste verão (treta, e outros verões bem mais quentes), as alterações climáticas, …

          É impressionante como os “especialistas” não estudam pelo menos a relação entre vacinação e estas mortes em excesso por todo o mundo… e as pessoas ainda comem as “desculpas” que a TV lhes dá.

          • CC says:

            APLAUSOS 🙂 claro que ninguem analisa essa info nem procura. tudo o que va fugir a nossa realidade sobre isto tudo, cria desconforto. mas sabe tao bem perceber a realidade e que ja muitos de nós já estamos acordados. é esperar que eles todos vao la chegar aos poucos a bem ou a mal, alias em breve a vacinação será OBRIGATORIA e ai sim, despertamos todos um bocadinho mais…. quando achavam que o covid ja era passado, na na na eles brincam conosco eles proprios diziam que queriam reduzir a população para 800milhoes agora como eles iriam fazer isso? facil VACINAS!

          • johnnydeep says:

            Joana, a questão é que há grandes especialistas que não só estudaram como têm denunciado e, inclusivamente, querem levar nomes bem conhecidos à barra do tribunal pela morte de milhares e milhares de pessoas mas, infelizmente, o polvo da corrupção é grande e não é tarefa fácil.
            Aqui os demais, na sua maioria, continuam a acreditar na narrativa que lhes foi vendida!

  2. AlexS says:

    O que interessa são as hospitalisações e mortes.

    • Joana Miro says:

      O que interessa é vacinar. Se reparares saem sempre estes tipos de notícias qando querem vacinar. E às vezes são tão específicos que a incidência de casos, internamentos, mortes bate sempre com a faixa etária que querem vacinar.

      O medo não pode baixar…

      • Mr. Y says:

        Não é medo, são números…

        • Joana Miro says:

          Se são números porque a “narrativa na TV” não batia certo com os nºs divulgados pela DGS? É que os “mais afectados, internados e mortes” pela “TV/especialistas” no ano passado era sempre a faixa etária que se queria vacinar, e não relacionado com os dados divulgados pela DGS.

          E sim, o medo não pode baixar, e vais ver isso daqui em diante.

          • Mr. Y says:

            Não sei onde vês essa relação, mas tudo bem. O que eu vi foi que a vacinação foi feita por escalão etário.

            Quanto ao suposto ‘medo’ continuo a não perceber o fantasma. A norma de vacinação já está definida há algum tempo: prioridade aos maiores de 80, seguido de maiores de 60 e de profissionais na área da saúde e pessoas com patologias específicas.

            Onde é que está o medo aqui? Estão a obrigar a todas as pessoas a tomar a vacina sazonal? Está a haver algum confinamento? Tu é que parece que continuas a viver o ano passado onde ainda havia medidas restritivas.

          • Joana Miro says:

            Se fores ver as notícias à época, o escalão etário que estava pior era sempre o que queriam vacinar, e pelos dados da DGS isso não batia certo. Só para teres uma noção desde o início da pandemia até hoje temos 305 mortes (com covid e não de covid) até aos 50 anos em Portugal (dados da DGS).

            Aí eu pergunto, vale a pena utilizar vacinas de emergência em toda a população se não há emergência nenhuma? A TVI passou uma reportagem que durante a pandemia morreram 81 pessoas até aos 40 anos e só nestes meses de verão nesta faichas etárias morreram de “morte subita” cerca de 40 pessoas.

            Isto são dados disponíveis para quem quiser ver. Outro dado disponível é o excesso de mortes que andam a par com os paizes mais vacinados.

          • Mr. Y says:

            @Joana Continuas a viver no passado e não sei porque andas a comparar supostos números de comentadores na comunicação social e da DGS. O que é que isso interessa?
            Eu limitei-me a seguir as recomendações da DGS (concordando ou não) e agora estamos noutra fase.
            Quanto às mortes súbitas dizer que morreram 40 pessoas não me diz nada. Isso tem de ser comparado com anos anteriores.

          • Mr. Y says:

            @Joana
            As reacções adversas à vacina nunca foram escondidas e são acompanhadas.
            Por exemplo, no Canada: https://health-infobase.canada.ca/covid-19/vaccine-safety/

            Em 88 milhões de doses houve um registo de 50 mil reacções adversas (10 mil graves, ou seja, 0.012%). O facto de ser grave não é risco de morte.
            Com esses números o Canadá deixou de vacinar? NÃO! Porquê? Porque o risco é considerado muito baixo.

            A título de exemplo: sabes que algumas pessoas podem morrer se tomarem penicilina? E isso fez com se deixasse de usar? Não, pela mesma razão. Esses casos são muito raros e os benefícios da penicilina compensam.

          • Joana Miro says:

            “Isso tem de ser comparado com anos anteriores.”, é exactamente isso que faz a estatística de excesso de mortalidade. E em Portugal aumentou cerca de 600%. Isto são dados.

            Em relação ao risco da vacina que falas, faz lá então o risco de morte ou internamentos de pessoas até aos 40 anos com covid? Mas isso não interessa, é vacinar tudo a eito. Mas somos todos imuno-depressivos?

            Em relação a seguir a televisão ou a DGS, o que quero dizer é que estes “especialistas da TV e estudos” lançam notícias que não equivalem à verdade dos factos mas torna-se verdades absolutas. É só isso. Se não caíste nessa lenga lenga, fico feliz por ti.

      • johnnydeep says:

        o que tu queres dizer é que o que interessa é VENDER vacinas!

  3. IKAROS says:

    Eu diria que não é nada de especial, dado que de um dia para o outro ninguém mais usa máscaras em transportes públicos apinhados.

  4. Lanterna Vermelha says:

    Basta começar o ano escolar, que aparecem logo a dizer que o RT aumentou. Deveria-se apostar no teletrabalho sempre que possível, não só por causa da COVID-19 mas também por causa da poluição.
    A COVID-19, tal como a gripe e outros vírus, é um vírus que veio para ficar, agora mais controlável.

  5. CC says:

    saiu ontem o novo “virus” KHOSTA-2, só vos digo aqui o aviso de amigo, quem tomar a 4ª dose para o novo virus a hipotese de ter “problems” aumenta 4000% miocardites, etc. claro que eu sou um nao vacinado e um negacionista. mas digo-vos nao acreditem mais na chamada ciencia isto tem sido satanismo ano apos ano. nao precisamos de vacinas o nosso sistema imunitario é muito mais potente do que aquilo que voces pensam, leiam ao menos o que esta online sobre o conteudo das varias vacinas que administram a voces e às crianças, o pior disto tudo ja nem falo no supercondutor eletrico grafeno, mas aos anos que nos colocam aluminio, nosso corpo é eletrico o que quebra esta eletricidade? aluminio nao é condutor eletrico….

    Aluminum salts are incorporated into some vaccine formulations as an adjuvant. An adjuvant is a substance added to some vaccines to enhance the immune response of vaccinated individuals. The aluminum salts in some U.S. licensed vaccines are aluminum hydroxide, aluminum phosphate, alum (potassium aluminum sulfate), or mixed aluminum salts. For example: aluminum salts are used in DTaP vaccines, the pneumococcal conjugate vaccine, and hepatitis B vaccines.

  6. João says:

    A Matemática tem destas coisas.
    Quando o numero de casos baixa qualquer aumento implica um “RT” maior.

  7. João says:

    Calor em Agosto, Natal em Dezembro, e vírus respiratórios no Outono.

  8. Cesar II says:

    Até ao fim do ano vamos ter umas surpresas sobre o objectivo das vacinas estejam atentos as noticias dos USA.

  9. Altertu says:

    As acções de algumas farmacêuticas estão a baixar será que diz algo?

  10. Z-life says:

    E os de gripe? Estão a aumentar também?

  11. Z-life says:

    Estes aumentos de caso são alarmantes, ainda para mais com a chegada do frio e do Natal.
    O melhor será começar já a pensar medidas preventivas, tipo 20 dias de quarentena para casos positivos e para quem esteve em contacto com estes.

  12. secalharya says:

    As vacinas são o ganha-pão dessa industria.

    Toca a vacinar o pessoal!

    Entretanto só vejo pessoal a fazer festas todos os fim-de-semana.

  13. Bernardo duro says:

    O grau de analfabetismo neste fórum é assustador ele é teorias da conspiração inventam cenários tomem mas é as vacinas usem máscara respeitem os mais velhos!

    • Vítor M. says:

      Felizmente este “fórum” até é onde estão as pessoas mais evoluídas, mas, infelizmente, em boa verdade, esse problema é transversal a toda a nossa sociedade. Se aqui encontras meia dúzia de teóricos e conspiradores, imagina nos outros lados 😉 aqui são meia dúzia. 99,9% são ajuizados e respeitosos.

    • Profeta says:

      Este virus nao precisa de vacinas para as pessoas se curarem. Eu ja apanhei e curei-me sem vacina, e como eu ha muitos outros tambem. Nao descartando que pessoas mais frageis podem dar-se mal mas isso e uma minoria comparado com os restantes 11 milhoes de habitantes em Portugal. Por isso nao consigo entender o porque dessa insistencia para as pessoas tomarem a vacina quando na maior parte dos casos a maioria de nos que apanha o virus sobrevive. E dificil entender isso ?

      • Euzinho says:

        É dificil entender isso? “pessoas nais frágeis podem dar-se mal mas isso é uma minoria”? Uma minoria?! Então tu achas que está “ok” se alguns morram quando… se podia evitar? Achas aceitável morrerem algumas pessoas para que os resto (11 milhões é um bocadinho exagerado) esteja confortável? Mas que raio de monstro és tu? Ah, espera! Não estás sózinho! Quase 10 milhões de portugueses (aproximadamente a populaçãp efetiva em Portugal e não 11 milhões!) pensa como tu! Tens razão…Monstros como tu e a maioria não podem mesmo “entender isso”…

  14. SANDOKAN 1513 says:

    O Rt já subiu para 1,06 a nível nacional.Ó meu amigo… Isto a começar o mês de Outubro de 2022.E sabendo que isto da pandemia do coronavírus começou em Portugal mais ou menos no início do mês de Março de 2020,ou seja,há mais de 2 anos e meio.Caramba que isto nunca mais acaba. 🙁

    • Profeta says:

      Andam a brincar com o povo e o que e. E ainda ha pessoal que acredita na comunicacao social. A maioria ja sabe para o que este virus veio mas estao de maos atadas. Tudo depende do bom senso dos governos mas claro que eles estao feitos com “eles” entao toca de continuar com a farsa e fazer sofrer mais um pouco a populacao em geral.

      • Mr. Y says:

        Se achas os números baixos em Portugal vai chamar farsa aos quase 700 mil mortos, no mínimo, no Brasil.
        Essa conversa já enjoa!

        • Profeta says:

          Isso digo-te eu a ti, nao tens nocao da realidade e te assustas com numeros tao baixos. Palavras para que ? Ha muitos histericos como tu infelizmente nesta vida e que querem meter medo aos outros, felizmentes que muitos outros nao vao nesse “contagio”.

          • Mr. Y says:

            Nem vou mais perder tempo contigo. Mais um que vem com o argumento do ‘medo’ (tu é que és um histérico com esses argumentos sem fundamento nenhum) e que despreza a morte de ‘apenas’ 700 mil pessoas está tudo dito…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.