PplWare Mobile

Novo Edge do Windows 10 foi barrado e não pode ser usado no Google Docs


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

    • andre says:

      devias ter vergonha de pensar assim!!!!
      a net e para todos, o edge se adaptou as novas tendencias, isto so revela que a google nao deixa ninguem a nao ser ela a mandar… tu como muitos levaram uma lavagem cerebral pela google com as suas praticas “boas”.

  1. Blue Beast says:

    “A empresa ainda não terá adicionado este browser à lista dos que são permitidos,deixando assim de fora o Edge.Este processo deverá acontecer nos próximos dias,ainda sem data definida.” Esperemos que a devida correcção chegue nos próximos dias e se possa contornar este problema. “No entanto,revela mais uma vez o poder que a Google tem na Internet.Consegue rápida e facilmente bloquear um browser nos seus serviços como e quando quer.” Completamente de acordo com o que o Pedro Simões disse !! Até a Microsoft se vergou.Veja-se o caso do seu próprio browser/navegador,por exemplo.É um caso assim como há outros.

  2. zedoido says:

    Infelizmente, quer se queira quer nao se queira, a Google e todas as suas subsidiarias de uma forma ou de outra, controlam a Internet, na sua quase totalidade e isso é mau, como da mesma forma, todo e qualquer monopólio ou ditadura é mau. A Liberdade há muito que terminou com a chegada destes tipo de empresas e parece que nada nem ninguém se propõe a acabar com este tipo de situações.
    Nao faltam INFELIZMENTE exemplos, onde a Liberdade do utilizador é restringida, ver o caso a titulo de exemplo, o FiberGateway Altice Labs GR241AG, onde por exemplo se encontra barrada a mudança de DNSs.
    Enfim…

  3. met says:

    O título não foi muito bem conseguido.

  4. TSSRK says:

    Nao basta usar o user agent do chrome normal?

    Parece que a UN vai cobrar outra multa…

  5. José Marques says:

    enquanto isso a Microsoft tem uma avaliação de mil milhões de dolares …

  6. José says:

    Comigo bem podem espernear à vontade. Apago de imediato em todos equipamentos tudo o que seja Google! Nunca me fez falta e detesto empresas com este nível de arrogância e má-fé! Não me esqueço do ataque que fizeram ao Windows Mobile! Fui forçado a optar por um Android, apesar de entretanto ter recuperado o meu wm10. A alternativa ao android é cara, no android há gamas médias, porque nas altas, é tão ou mais cara que os Iphones. Como não dou à maluca dinheiro por um telemóvel, bem como domino bem os meus impulsos mais irracionais gasto o que entendo ser o mais equilibrado no aspecto preço/qualidade, evitando, também tudo o que seja de origem chinesa! Depois apago ou bloqueio todos os serviços google entre outros, que posso apagar, fico apenas com um endereço de e-mail que não uso serve apenas para receber informação, porque até para se ser estudante do ensino superior mesmo num doutoramento nos criam obrigatoriamente uma conta gmail! Uma vergonha , mas não cedo facilmente ao Big Brother!

  7. Guilherme Lino says:

    Não foi barrado. A Microsoft decidiu mudar a identificação do browser e queimou-se.

    É um browser novo e suportado oficialmente por ninguém. Muitos outros sites terão o mesmo problema.

  8. tUfFaS says:

    …Não pode ser usado desde quando??? A mensagem aparece, mas é só fazer dismiss e corre normalmente (acabei de o fazer, dá para escrever e exporta o .docx na boa)

    • tUfFaS says:

      “Ao aceder a este editor de texto, os utilizadores recebem uma mensagem que indica que o seu browser não é suportado. Claro que assim não podem usar este serviço.”

      @pplware Vocês deviam ter mais cuidado e deviam confirmar as coisas antes de escreverem baboseiras…mas isso já é o normal aqui, baseiam-se em artigos dos outros e não analisam a informação com a atenção devida.

  9. Rod says:

    Google tem se tornado uma empresa estúpida, de 10 anos para cá

  10. Rodrigo says:

    Tá. A Microsoft está desenvolvendo o novo navegador baseado no chromium. Mas e os navegadores velhos, vamos poder desinstalar?
    Ou será mais um programa entre outros que temos e não utilizamos

  11. João says:

    Pessoalmente, estou cansado de visitar sites que dizem que só funcionam no Chrome, no entanto assim que altero o UserAgent do Firefox para simular que é o Chrome, esses mesmos sites funcionam a 100%!!!

    Isto é um verdadeiro Cartel!!!

    LOL

    Viva a Google!!!

    • João says:

      De qualquer forma, não tenho pena nenhuma da Microsoft! Não se quiseram meter com o Chromium?! Então boa sorte.

      Já agora, para Firefox, deixo dois links:

      User-Agent Switcher (uma extensão simples e básica):
      https://addons.mozilla.org/en-US/firefox/addon/user-agent-switcher-revived/

      Custom UserAgent String (uma versão bem mais avançada e completa. Ideal para “Power Users”):
      https://addons.mozilla.org/pt-PT/firefox/addon/custom-user-agent-revived/

      • Blue Beast says:

        Obrigado pela dica dessas 2 extensões,”João”.Muito obrigado.Vão-me fazer bem jeito,principalmente a primeira. 🙂

        • João says:

          a primeira é mais funcional se quiser usar sempre “o user agent de outro browser” em todos os sites. Se quiser usar em multiplos sites – mas não em todos – torna-se mais “manhosa” de configurar…

          Para esses casos acho a “Custom” bem mais interessante :).

          De qualquer forma, não deixa de ser interessante que, na verdade, 95% dos sites funcionam igualmente bem no Firefox tal como no Chrome. Apenas foram bloqueados pelos programadores por “politiquices da treta”.

          É pena, porque muitos desses mesmos programadores viveram o problema do monopólio IE6 e deviam lembrar-se do quão mal isso fez à internet…

          é caso para se dizer que o povo tem mesmo memória curta…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.