PplWare Mobile

As extensões do Chrome vão respeitar obrigatoriamente a sua privacidade


Fonte: The Verge

Autor: Micael Pires


  1. gonsa says:

    “Para o utilizador, as mudanças podem passar despercebidas, contrariamente aos seus efeitos”
    Nope, gosto mais deste artigo:
    https://www.forbes.com/sites/kateoflahertyuk/2019/05/30/google-just-gave-2-billion-chrome-users-a-reason-to-switch-to-firefox/
    Com o bloqueio da extensão uBlock muita gente irá largar este browser.

    • Carlos Henrique says:

      Não uso esse Pacman de memória. Acho que com Vivaldi isso não irá acontecer

      • aaaa says:

        O Vivaldi é um fork do Chrome, se não tiver a WebExtension API igual à do Chrome, então ainda mais trabalho os devs vão ter. Tenho a certeza que todos os forks vão igualar o que o Chrome fizer, talvez a única exceção deva ser o Brave.

    • David Guerreiro says:

      Sim, também acredito, se impedirem os mecanismos dos adblockers, as pessoas acabam por mudar, eu serei um deles.

  2. Josué says:

    “Esqueceram-se” de escrever que estas restrições vão afetar principalmente os Adblockers que vão basicamente deixar de funcionar. Até parece de propósito 😉

  3. Carlos Henrique says:

    Acredito. Papai Noel acabou de ligar para mim para confirmar.

  4. arc says:

    Mas ainda existe alguém que se acredite no que a Google, esteja realmente interessada, em proteger o utilizador dos seus produtos em que o foco, seja precisamente a quantidade que alguns (muitos add-ons), recolhem destes?

    Qual a razão de a Google se preocupar com esses tais add-ons, e ela própria não segue essa mesma política de proteção aos seus clientes?

    A Google que não se preocupe tanto, com os outros e olhe mais para o seu umbigo.

    E deve olhar com o máximo de HONESTIDADE…

    Eu sei e muitos sabem qual o fito da Google, é daí que vem muito dinheiro, da PUBLICIDADE e por isso mesmo, quer IMPEDIR, que todo e qualquer utilizador, fique PROIBIDO de podere recorrer à utilização de add-ons, nomeadamente os conhecidos por ad-blockers, sendo que o mais eficaz no meu entendimento, é o sobejamente conhecido uBlock Origin (cuidado que existe um falso!)

    Então, o que a Google se propõe levar por diante no Chrome?

    Simplesmente, excluir a API (API WebRequest), responsável e essencial para que o uBlock Origin e outros similares, possam funcionar.

    Esta é postura, zelosa da Google para com os seus utilizadores!!!

    (https://9to5google.com/2019/05/29/chrome-ad-blocking-enterprise-manifest-v3/)

    A incongruência é tal, que isto acaba por afectar muitos web sites, e estes, teimam em não divulgar esta matéria.

    Obviamente, que a Alphabet, afirma que o bloqueio de anúncios, são rotulados como sendo um factor de risco agravado para as receitas da própria Google.

    (https://www.sec.gov/Archives/edgar/data/1652044/000165204419000004/goog10-kq42018.htm#sB8A92C82A7085B27A37F412D2216BC6F)

    Por outro lado, a própria Google, afirma que mesmo assim, uBlock Origin e outros semelhantes, vão poder continuar a usufruir e a utilizar o que se designa por um sistema de regras.

    Regras essas, que para a Google, passam pela implementação limitada a 30.000, quando a própria EasyList, tem cerca de +75.000.

    Mas…se formos mais fundo na matéria, poderemos ver, que a Google ainda é mais mentirosa.

    Então não é que para os utilizadores “comuns” a Google quer a todo o custo impossibilitar a utilização de tais ad-blockers e diz que permite o uso da API antiga a todos os utilizadores empresariais!!!!

    Em que ficamos “menina” Google?

    Já sei Google, os tais motivos técnicos, a tal segurança do utilizador “comum”, é uma FALÁCIA, em que só acredita quem quer.
    O que tu queres, é MANIFESTAMENTE PENALIZAR, todos os utilizadores de ad-blockers.

    O que importa neste caso, é precisamente, não os tais “motivos técnicos”, mas SIM, impedir (tentar impedir) os utilizadores dos ad-blockers.

    Google, … vai dar milho aos pombos e por isso mesmo, cada vez mais é usar Firefox e/ou…outros.

    • Lucas says:

      Quando falam em Google + Privacidade eu caio na risada, ainda mais quando a pessoa insiste em digerir isso.
      Mais engraçado que isso é falarem em Facebook + Privacidade.
      Hahahaha.

  5. dajosova says:

    o que mais me chateia na questão da privacidade é o Opt-out dos cookies nos websites . Em cada site que entra um gajo tem de gramar com o pop-up, e nalguns casos, se não quiser partilhar info nos cookies, tem de clicar 500x para não divulgar a terceiros. Caso contrário, é aceitar tudo. Exasperante!

  6. João Reis says:

    Mais uma excelente razão para todos começarem a usar Brave 🙂

    • Joao says:

      Brave é baseado no Chromium!

      Das 2 uma, ou fazem fork e passam a ter uma API própria (que lhes vai dar uma trabalheira) e vão de tempos a tempos buscar o upstream do Chromium e aplicar a API deles, ou então seguem a manada.

      Mas se forem pelo fork, a google vai dificultar-lhes a vida.

      Estão a fazê-lo ja ao Microsoft Edge… (mas nao tenho pena nenhuma da M$!!!)

  7. sai_da_frente_guedes says:

    “As extensões do Chrome vão respeitar obrigatoriamente a sua privacidade” certo e já agora façam o mesmo ao próprio browser.

  8. ze says:

    wtf que artigo é este

  9. Ze says:

    Há uns tempos falei aqui sobre deixarem de debitar press releases e começarem a ter artigos onde se faça uma crítica mais pensada a essas mesmas press releases. Seria mais informativo…

    A Google nunca se interessará por privacidade. Isso é diametralmente oposto ao modelo de negócio deles. No dia que começarem a levar a palavra privacidade a serio vão à falência…

    Protegem os dados recolhidos de terceiros e é isso que agora querem fazer vender, mas nunca explicam como não usam esses dados para eles próprios.

  10. Gekko says:

    Ou seja a maior empresa de publicidade do planeta (no sentido em que espeta a publicidade em frente do utilizador) fez uma alteração no browser mais usado que impede os bloqueadores de publicidade de funcionar…

    Sim deve ser segurança deve…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.