PplWare Mobile

Deixou de ser possível subscrever o Netflix pela App Store no iPhone e no iPad


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

10 Respostas

  1. antonio says:

    Jasus, nem se dão ao trabalhar de pesquisar …
    Não são 30%, são 15% que tanto a Google como a Apple cobram.
    Para Android deixou de ser possível a subscrição em Maio.

    • antonio says:

      … cobram … pelas subscrições. Pelas apps é 30%.

    • Não vou ser eu a mostrar-te que esses valores estão certos, vai ser a própria Apple.

      https://developer.apple.com/app-store/subscriptions/

      “85% Revenue After One Year

      The revenue structure for auto-renewable subscriptions differs from other business models on the App Store. Within a subscriber’s first year of subscription, you receive 70% of the subscription price at each billing cycle, minus applicable taxes. After a subscriber accumulates one year of paid service, your revenue increases to 85% of the subscription price, minus applicable taxes.”

      Lê e depois diz qualquer coisa.

  2. zezinho do intendente says:

    ate que enfim

  3. Jorge Carvalho says:

    Só uma questão … se a Apple e a google retirarem a app das stores em concordância com a atitude tomada pela Netflix o que sera que acontece …

    Abc

    • Miguel Sousa says:

      Os utilizadores podem instalar a partir de outras lojas. No caso do Android existem bastantes, no caso da Apple é pior pois já não existe nenhuma outra shop de onde obter as apps… Só aparecendo.

    • JJ_ says:

      Vão ao site e acedem ao mesmo. O Netflix funciona via browser.
      Alias o layout do site é quase 100% igual ao layout das aplicações. Logo não afectava nada se essas empresa retirassem as apps. Os utilizadores é que tinha de alterar a forma de como acedem ao conteúdo.

    • Nuno says:

      Não existe razão para o fazerem. Nada impede uma App aceder a um serviço pago sem usar o programa de subscrição da Apple. Seria o mesmo que teres de pagar a fatura da MEO pela AppStore para assistir ao MEO Go.

      • Pedro says:

        Como programador deste tipo de apps para iOS e tvOS, o que supostamente pode impedir é a publicidade e o reencaminhamento para fontes externas a AppStore para a subscrição dos serviços. Normalmente (pelo menos quando as regras das submissões são cumpridas pelos testers da Apple), uma app é rejeitada e não consegue ser publicada quando alude a existência de compras digitais mas não fornece possibilidade de compra pela a AppStore. Se por acaso existir algum sitio dentro da App onde abra o browser diretamente para subscrever através do Site, ou é distracção no processo de review ou é um caso de “double standards” quando se trata de uma empresa e uma app grande na qual a Apple seria prejudicada por não ter a mesma na sua loja.

  4. Rafael Bega says:

    Vou subscrever um comentário para aceder o conteúdo de forma explícita e sem devaneios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.