PplWare Mobile

Reconhecimento facial no iOS 5?


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Claudio says:

    Meu Deus a noticia do ano ! fenomenal !

    😉 Estou a brincar é só para iniciar as hostilidades !!!

    • Ppietra says:

      uau! O comentário do ano! Tou a falar a sério

    • Vítor M. says:

      Mas estamos a brincar com o trabalho dos outros?

      Gostava que houvesse respeito por quem se aplica a informar, seja ele quem for, colaborador, editor ou leitor.

      • Tiago says:

        Comentário removido por desrespeito à regras do site.

      • Claudio says:

        Brincar com o quê ? não percebi ? ninguém modificou o artigo…não sou nenhum hacker lol a informação está lá, a brincadeira está nos comentários…já agora comentando a sério isto já devia estar implementado há muito, não falta tecnologia nem hardware em muitos dos smartphones atuais, tanto ios como android…e antes que especulem tenho um android e adoro assim como adoro o iphone mas sem carteira para…

        • Vítor M. says:

          Ok Cláudio assim já estamos em sintonia é que com o teu primeiro comentário… sabes como é… é um chamariz à parvoíce, apareceu logo o Tiago Morbus… é como um íman.

          • Claudio says:

            Embora penso ter comentado poucas vezes nas noticias relativas ao mundo apple, não concordo qdo dizem que existe parcialidade por parte do pplware, houveram sim, vezes em que algumas frases das noticias/reviews foram infelizes, mas isso acontece também com outros artigos, apenas difere a atenção dos leitores…isto é como no cinema o meu passatempo favorito é encontrar erros e micros pendurados, por vezes em detrimento do filme em si…

            Mas agora confesso os comentários da “guerrilha” apple/android alegram sempre o dia 🙂 e na ansia de ler os mesmos coloquei o 1º comentário, realmente não foi digno da minha pessoa nem da minha idade…MEA CULPA !

          • Vítor M. says:

            Claudio esse passatempo é giro 😀 heheh

            Mas sabes que as opiniões, quando são fundamentadas na experiência e no nosso caso são sempre nessa base, podem não ir ao encontro da opinião de todos e muitos dos que contrariam a nossa opinião nem sabem fundamentar a sua participação e, como é típico, enveredam pela parvoíce. Sabes que atrás do computador esses tipos são os maiores, nós, que todos sabem quem são assumimos o que dizemos e fazemos 😀 é a grande diferença entre a honestidade e a cobardia.

            Quando ao comentares… eu sou sempre da opinião que devemos comentar. Comenta para aumentar a informação disponível, comenta para fazeres uma critica construtiva, comenta para discordar com os teus argumentos e comenta para ajudar alguém nas dificuldades que vão aparecendo.

            É uma forma de ajudar o nosso/vosso projecto a crescer, são estas as pessoas, as que participam, que o país precisa, tanto no mais básico como no mais arrojado dos projectos.

    • Atomsk says:

      Nunca mais começam as aulas para a criançada estar ocupada…

  2. João Ribeiro says:

    Já telefonei para aquele número e ninguém atende…

  3. aver says:

    Pelos vistos o Google também está interessado na tecnologia do reconhecimento facial. Comprou uma empresa que trabalha em reconhecimento em fotos e vídeos.

    Não há dúvida que pode ter a sua utilidade, por exemplo, para substituir a utilização de passwords, que são vulneráveis. Mas também dá um passo a caminho do “Big Brother”: “Na sociedade descrita por Orwell, todas as pessoas estão sob constante vigilância das autoridades, principalmente por telescreen” (Wikipedia).

    http://www.infoworld.com/d/the-industry-standard/google-buys-facial-recognition-company-pittpatt-167897

    • Hugo Cura says:

      Na minha opinião talvez seja mais útil para reforçar o acesso, não para o garantir exclusivamente. Mas de certeza que vão ainda arranjar mas utilidade a este serviço. Um género de algoritmo do Picasa para associar imediatamente a um contacto ou assim, era também interessante.

      Quanto à Google, tanto está interessada que as features do Android 4 Ice Cream já o descrevem:
      Facial Recognition Software – Android will be able to..well..see your head. Not only this includes the sheer shape of the body-part, but also where you look. The application has nice extensions, for eyes, ears and even for your nose. At a push of a button, all of them are duplicated on your tablet / phone, as seen in the image below.

      Há ainda outra interessante, também relacionada:
      Virtual Camera Operator – This Android 4.0 feature allows the camera recognize a speaker and highlight its face. Let’s say that you and you’re buddy are having a hard confrontation in the front of an Ice Cream Sandwich running device. The camera will focus on the person who is speaking at the moment and when your buddy replies, it will smoothly change the zoom upon him. This is ideal for video conferences.

  4. alvotecno says:

    Tenho uma duvida. Se alguém estiver a utilizar o reconhecimento facial para substituir passwords, tendo uma foto dessa pessoa não será possível passar por cima desse reconhecimento facial? o.O

    • Claudio says:

      Claro ! não vês os filmes tipo missão impossível e James Bond 🙂

    • Carlos says:

      Estás a partir do princípio que o reconhecimento facial só usa a parte visível (para nós) do espectro… Quem te garante que não usa também a parte dos infra-vermelhos precisamente para distinguir entre uma foto e uma pessoa viva?

      • alvotecno says:

        tens razão, se calhar isso explica o facto de a maior parte dos sistemas de reconhecimento facial não reconhecer pessoas de cor. Está esclarecido, obrigado 😉

        • ze rafael says:

          cor? cor de rosa? laranja? nao tou a ver

        • Bruno Nestas says:

          “se calhar isso explica o facto de a maior parte dos sistemas de reconhecimento facial não reconhecer pessoas de cor”
          Com que base dizes isso? Eu sou negro ou de côr cmo disseste e muito escuro mas tanto o meu HTC Desire, a minha máquina digital, o facebook (já agora aquela funcionalidade ainda existe?) reconhecem-me e também os outros meus amigos e familiares negros.
          “castanho e acho que quanto mais escuro pior….” foste mais infeliz ainda neste comentário, quase descriminatório.

          Quanto ao artigo: “assim como poderá ser usado para definir o perfil de diferentes utilizadores, deixando assim à disposição do mesmo as aplicações que mais usa, por exemplo.” talvez seja ignorância minha mas porquê um telemóvel teria vários utiizadores? O meu é meu e meu só, qual a necessidade de haver perfis?

          • a Friend® says:

            Os perfis podem ser usados para quando outra pessoa mexe, ele bloquear aplicações ou documentos que não queiramos que ninguém mexe, ficando logo automaticamente inacessíveis assim que detecte que é outra pessoa a mexer.

            Há pessoas com filhos que bloqueiam uma serie de coisas (como Appstore, etc..) para que eles não mexam onde não devem. O reconhecimento facial ajuda nisso também. Controle Parental.

            Quando à tecnologia em si, antigamente havia de facto um problema em detectar pessoas de raça negra por os traços do rosto serem menos evidentes e terem menos contraste, o que poderia dificultar a detecção, mas hoje em dia dada a tecnologia e a capacidade das cameras serem HD assim como com o auxilio em alguns casos de infra-vermelhos, esses problemas anteriores já são mais ultrapassados.

  5. Gerardo says:

    Uma pergunta rápida. O iPhone tem reconhecimento de voz para texto de origem? Para escrever mensagens por exemplo?

    • aver says:

      O iOS 5 vai ter. A Apple pode chegar tarde mas costuma enconrrar as melhores soluções.

      VER LINK

      • Gerardo says:

        Perguntei porque estive a testar em Android e é brilhante. Reconhece frases inteiras sem se enganar numa única palavra. Os dias de escrever com os dedos estão a chegar ao fim 😀

        • Francisco says:

          Sim o Android tem isso! mas não se pode considerar que seja de serie pelomenos nos sonyericsson xperias x10 mini pro. quando pretendi por activar essa função encaminha-me para o markteplace para descarregar um programa!!! 🙂 🙂

    • aver says:

      Até agora só com uma app de terceiros, chamada Dragon Dictation, que reconhece algumas línguas (mas não o português): http://itunes.apple.com/us/app/dragon-dictation/id341446764?mt=8#

      As notícias de que o iOS 5, sobretudo depois de sair a versão Beta 4, suportará “voice recognition” são mais que muitas. Algumas referem uma colaboração entre a Apple e a empresa que criou o Dragon Dictation. Uma coisa me parece certa – a Apple pode chegar tarde quando disponibiliza funcionalidades já existentes, mas costuma encontrar a melhor solução.

      • aver says:

        …oops, pensei que o comentário com o link do Computerworld tinha ido à vida e repeti a parte final.

      • a Friend® says:

        A empresa Nuance já está a trabalhar com a Apple a algum tempo nessa tecnologia.

        Convém não esquecer que o MACOS foi o primeiro sistema operativo a ter reconhecimento de fala assim como “text-to-speech”, ou seja, é uma tecnologia que já é bem conhecida na Apple, que mais cedo ao mais tarde chegaria completa ao iOS.

        Como nota que o iOS já tem há bastante tempo reconhecimento de fala (ou controle por voz), mas apenas para digitar numeros, comandar algumas apps e chamar pelo nome.

        A intenção da Apple é que esta tecnologia só seja implementada no iOS (completa) quando a voz for reconhecida em todos os idiomas que o iOS suporta.

  6. Eu mesmo says:

    ou apontar a camera a alguem na rua q vai a passar e tentar aceder a serviços, isto era bom era se funcionasse com a camera frontal para n termos q tar a virar o telemovel dessa forma

  7. Pintamanta says:

    Por acaso é uma funcionalidade prática, vamos ver com funciona na realidade. Lembro-me que em 2007 os portáteis Compal (http://www.compal.com/index.php?option=com_content&view=article&id=126&Itemid=1415&lang=en) já tinham software de reconhecimento facial para login, e que depois foi adotado pela Toshiba também. Quanto à utilização em smartphones parece-me mais dor de cabeça, porque depende das condições de luz (interior e exterior).

  8. Mario Mendes says:

    Não brinquemos.

    Ao modelo dou 5 Estrelas.

  9. STP says:

    AHAHHAHHAHAH

    E novidades? Não há?

    Tecnologia que já existe aos anos..

  10. aver says:

    Há novidades. As mudanças (changelog) do iOS 5 Beta 4 transpiraram.
    http://www.besttechinfo.com/ios-5-beta-4-features/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.