Chegou a 4ª beta pública do iOS 11, macOS High Sierra e tvOS 11


Destaques PPLWARE

18 Respostas

  1. Frederico Pereira says:

    Há um pormenor que acho absurdo ou um erro.

    No novo menu onde se pode ligar e desligar os wifi e os dados moveis, se tivermos o wifi ligado a uma rede e formos la desligar, aquilo não desliga o wifi, desliga só o telefone da rede que tiver ligada.
    Se fores depois ao menu do telefone o wifi continua ligado a gastar bateria.

    • AJ says:

      numa versão Beta?? a serio ?? 🙂

    • Marcio Pego says:

      sim, verdade. com o bluetooth é igual. desliga apenas a ligação independente a que estás conectado, para desativares o wifi ou o bluetooth tens que ir às Definições

    • Helder says:

      “Wi-Fi a gastar bateria”

      Enfim… mal habituado do android, o Wi-Fi não gasta quase nada!

      E é mais útil desligar uma rede que desligar o Wi-Fi por completo, depois chegas a casa, esqueces-te e estás a gastar 4G

  2. aos_mac_haters says:

    ‘o macos high sierra’ não traz muitas novidades… Sério? É que tenho lido bastante e parece-me o oposto. No android por exemplo, as novidades custumam ser bem menos pronunciadas. Claro que se tivermos em conta que o Windows vai a todos os carnavais com disfarces diferentes, o high sierra fica curto. Assim como utilizador dos 2 so, acho que o novo sistema de ficheiros da apple por si só é uma enorme novidade, tendo em conta que usavam o anterior há 2 décadas. A única coisa que me irrita no high sierra é arrastar um ficheiro para cima de um icon e a app não maximizar para que possa inserir esse ficheiro como por exemplo arrastar uma foto para o pages e ele ficar a olhar para mim à espera que abra primeiro a janela do pages para depois arrastar.. Outra seria a possibilidade de arrastar a janela para um lado e automáticamente ter metade do display com essa aplicação. De resto as novidades no photos são por si só um extra muito bem vindo, bem como o safaria e o bloqueio dos videos de publicidade mas não só. Há muito mais, o novo codec de video e o metal2. Penso que estão lançadas as bases para o que no futuro virá por aí, ou seja a integração de todos os dispositivos da apple entre si, algo que a microsoft só pode sonhar, visto que está muito mas muito atrás no que toca ao windows para smartphones, incluindo a app store que é apenas ridicula… Decidi começar a não gostar do windows quando no 8.1 tentava desesperadamente que o sistema fosse minimamente estável. Bastava um upgrade em conflito e lá tinha eu que perder umas horas para reverter a ‘merda’ que os developers tinham forçado. Depois ainda ficava a pensar nas duas formas de executar programas dentro do mesmo SO. Ou instalava da store e usava o metro, ou ia direitinho para o amb. de trabalho igual ao windows 7. O windows 7 foi um SO de nível, o ultimo grande SO que conquistou uma enorme quota de mercado. Uso o macos há 1 ano apenas mas é dificil não gostar das várias soluções e da simplicidade como funciona. Desde a app automator que é uma autentica pérola e não tem sequer comparação com nada que venha no windows ou no android. Além de que quase não é necessário instalar software no macosx. Para mim o futuro está na apple. É uma solução centralizada para tudo. Essas criticas de que vão enviar os meus dados e ter acesso ao que faço e pesquiso, a mim dizem-me zero. E penso que devem dizer zero a qualquer pessoa realista ou será que alguém pense está totalmente no anonimato…. Isso é simplesmente impossível. Eu só compro se quiser. Eu não compro musica na apple store mas geralmente compro as apps que me resolvem os problemas porque valem o dinheiro, Alguém trabalho para me resolver o problema e oferecer a solução, então… Outra é o discurso dos macs serem caros. Pois se ao preço de um PC juntarem o SO+o software que vem nos macs, simplesmente ultrapassa. Depois há ainda a vantagem de ligar um imac à tomada e está! Nada de ratos a pilhas e teclados a pilhas, cabos para a gráfica, cabos para isto e para aquilo… Eu uso e usei windows e linux desde a versão 3.1 e desde red hat 1 e slackware, então… porque deveria ter uma má opinião sobre windows e linux… Porque não estão à altura, o windows é um remendo até ver. Um remendo que funciona bem não digo o contrário,

    • Luís says:

      Concordo em tudo.

    • Helder says:

      “Outra seria a possibilidade de arrastar a janela para um lado e automáticamente ter metade do display com essa aplicação”

      podes fazer isso com janelas em full screen, no mission control…

    • Bruno says:

      “arrastar um ficheiro para cima de um icon e a app não maximizar para que possa inserir esse ficheiro”
      As várias possibilidades que já deves saber total ou parcialmente:
      Se te limitares a largar um ficheiro sobre o icon duma aplicação, a aplicação abre o ficheiro se suportar.
      Se queres inserir num documento já aberto da aplicação (que suporte) podes arrastar sobre o icon na Dock, o que apresenta o Mission Control onde podes seleccionar e apresentar em primeiro plano a janela do documento que queres usando a tecla “Espaço”, e ainda arrastando o ficheiro podes inserir o ficheiro no documento.
      Em alternativa podes arrastar um ficheiro enquanto se usa Cmd+Tab para chegar à aplicação pretendida, embora aí seja só dê para largar/inserir o ficheiro num documento que já esteja visível no primeiro plano daquela aplicação.

  3. aos_mac_haters says:

    obrigado _Helder não sabia disso.

  4. High Sierra says:

    O Pplware não abre no meu safari, no High Sieera. Para já, é o único sitio em que isso acontece!
    O Photos está bom, mas enquanto não permitir editar os locais onde as fotos foram tiradas, não posso largar o iPhoto.
    o Messages, parece ter perdido o suporte para o Jabber e Google Talk. O antigo iChat suportava muitos protocolos o que permitia ser multiplataforma, agora só SMS e iMessages.

    • Esta resposta está a ser escrita através do Safari que está instalado na versão beta 4 do macOS High Sierra e o Pplware abre perfeitamente. Não haverá ai mais qualquer coisa?

      Já experimentou abrir no Chrome ou no Firefox para verificar se está tudo bem?

      • High Sierra says:

        Sim, já experiemtei… foi no Firefox que escrevi a primeira mensagem e esta agora.
        Já apaguei as caches e o histórico do Safari e não resolve.
        Aparece a barro do Sapo e Pplware no comentes no fundo azul

    • aos_mac_haters says:

      o photos permite editar os locais e as horas. Está escondido mas está lá. quando organizei a minha coleção tive que fazer isso. Até mesmo porque se te enganares no local seria absurdo não poderes alterar. O que pode acontecer é teres a localização bloqueada no dispositivo que tira as fotos mas aí não posso esclarecer pq não sei.

  5. aos_mac_haters says:

    obrigado Bruno ainda não sabia da situação do Mission Control. Vou experimentar.

  6. Eu says:

    “Como é normal as novidades foram muitas (…)” e depois “A nova versão do iOS 11 tem poucos mudanças. A Apple alterou os ícones (…) e há também mudanças nos widgets”.
    Realmente quando um SO muda o número da versão espera-se mais do que ícones novos… 🙂

    • Bruno says:

      Também se espera que se reflicta sobre o que leu antes de escrever. O que é mencionado são as mudanças gráficas na 4ª versão beta face à versão beta anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.