PplWare Mobile

macOS Catalina final já está disponível! Atualize já o seu Mac


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Fixo says:

    Notável lista de novidades.
    Algumas são tão óbvias que custa a perceber porque só aparecem agora:
    – Pedir para sair de listas de e-mail comerciais. Alguns mails vêm com o link “se não quer continuar a receber clique aqui”, outros não. Pode ser que o pedido funcione.
    – Encaminhar mails de endereços indesejados diretamente para o lixo (no iOS cria-se um contacto com o endereço e depois inclui-se nos bloqueados).
    Não há paciência para tanto mail inútil.

    • Jorge Carvalho says:

      – Pedir para sair de listas de e-mail comerciais. Alguns mails vêm com o link “se não quer continuar a receber clique aqui”, outros não. Pode ser que o pedido funcione.

      Já existe ha bastante tempo , olha para o topo da mensagem.
      Abc

      • Fixo says:

        Sobre o mail no Catalina:
        “ Anular assinatura
        Agora, pode encontrar por cima do cabeçalho do email uma ligação para anular a assinatura de emails de listas comerciais. Clique na opção Anular assinatura para enviar um pedido de remoção do seu endereço de email da lista.”
        Já havia? Mas estava-me a referir a ser o próprio expedidor do mail a incluir na mensagem um link para deixar de as receber.

  2. JR says:

    E desaparece o suporte a apps de 32bits…

    • Fixo says:

      As minhas continuam a funcionar, não vi diferença.
      As apps de 32 bits, no Catalina, aparecem em Maçã > Acerca deste Mac > Relatório do sistema > Software > Software Anterior
      Se se precisar das apps de 32 bits (sem atualização para 64 bits) que comecem a falhar pode reverter a atualização para o Catalina.

  3. pmmivv says:

    Então a malta das tecnologias sabe que a regra de ouro é nunca atualizar para uma “primeira” versão e os meus caros dizem para atualizar já?
    Deixem lá passar algum tempo até o sistema ficar verdadeiramente estável 😉

  4. czarito says:

    O Sidecar somente funciona com determinada lista de Mac’s e iPad’s, pelo que não é uma novidade geral, mas somente parcial.

  5. pedro says:

    Acho graça como o mundo dos sistemas operativos tem evoluido. Antigamente a palavra chave quando um novo S.O era lançado era “performance/ desempenho”… ainda me lembro “windows xp tem uma performance superior ao windows ME”… “windows 7 tem uma performance bastante superior e é mais estável que o windows vista”…

    Hoje em dia a palavra chave é “apps… funcionalidades… mariquices…” tretas e mais tretas que na maioria dos casos as pessoas acabam por nem tirar partido no seu dia a dia…

    • Fixo says:

      Não estás a confundir hardware com software?
      De facto, quando saía uma nova versão do Windows as exigências de hardware, sobretudo processador e gráfica, aumentavam. E trocava-se motherboard+processador+gráfica ou comprava-se um novo computador.
      Mas há que tempos que isso deixou de ser preciso, o hardware aguenta perfeitamente atualizações no SO. Então se for Mac, com SO à medida, aguenta anos.

      Quanto às “mariquices” quando há atualizações do SO convém sempre gastar algum tempo a percebê-las. Há sempre coisas úteis, seja num SO para smartphone, seja para computador.

      • Pedro says:

        Fixo, não, de facto não estou. Aliás, lembro-me inclusive de um dos factores de comparação ser o tempo de startup etc. Aliás, parece-me descabido que a performance tenha caído para segundo plano. Para que me serve ter um S.O cheio de mariquices se depois é mais lento que o anterior?! Não faz sentido. E a verdade é que, de versão em versão, a performance parece vir a diminuir em detrimento da componente lúdica, ou seja, vamos inserir cada vez mais gadgets e tretas que parecem super fixes no lançamento mas que depois não só tornam o sistema mais lento como na maioria dos casos não são utilizadas pelas pessoas.

    • XBUZZY says:

      Concordo que melhorias em performance ganham cada vez menos destaque, o que é mau para quem tem equipamentos mais antigos.

      Por exemplo o meu MBP de 2011 na altura abria um simples ficheiro .cr2(canon) tao rápido como um jpeg. Hoje em dia arrasta-se para o fazer e tem um ssd que não trazia de origem.

      A verdade é que ainda dura e com a ultima versão estável (Mojave) e tirando algumas perdas de performance com o avanço dos SOs porta-se como novo.

      As marcas não se esforçam mais na questão de performance e optimização pois querem que o cliente compre um equipamento novo, isto enquanto houver avanços de hardware.

    • Miguel Nóbrega says:

      Nem mais..

  6. Luz says:

    quero instalar no lugar do windows, quero fazer o tal hackintosh

  7. AJ says:

    Deve ser a ultima MacOS para o meu”velhinho” e ainda muito bom Macbook Pro – mid 2012, que com um SSD está mais rapido que em 2012.

    • DOUGLAS FERREIRA says:

      O meu MacBook Air também é mid 2012. Você trocou o SSD do seu ou ele veio originalmente com um HD? O meu ainda usa o SSD de fábrica; a bateria eu troquei uma vez há uns cinco anos e já está precisando de uma nova. Espero que o Air ainda tenha fôlego para mais uns 4 ou 5 anos, não posso trocar agora… o dólar está caro e o custo Brasil não ajuda em nada.

  8. Miguel Nóbrega says:

    Eu tenho o Yosemite, nos seguintes não vi nenhuma razão para actualizar, neste também não.
    Estes updates realmente não valem nada, até hoje na vida do meu mac só fiz um update, valeu porque dizia ser mais rápido, estes agora… fica preto, dá para enviar um email, dá para ver quanto tempo tenho uma app aberta, etc mas que treta.

  9. Jorge Gomes says:

    Ainda nao atualizei vou esperar uns meses.

  10. DOUGLAS FERREIRA says:

    Atualizei o meu MacBook Air de 2012, já cansado. Dessa vez fiz uma instalação limpa, apagando completamente o SSD antes da instalação do Catalina, e ficou muito bom.
    Não sei se a performance melhorou por conta simplesmente dos atributos da nova versão do OS, mas provavelmente que o sistema anterior já estava muito “sujo” já que há três anos vinha atualizando por cima do sistema anterior.

  11. tito Portugal says:

    Fiz a actualização para o novo Catalina macOs, mas noto que algumas coisas não funcionam como era no Mojave macOs, o YouTube não consigo abrir no safari, a não ser se eu forçar a saída do safari. Volta e meia faz looping por nada ao abrir o correio, safari, pastas das aplicações, das descargas e também a preferencia do sistema. Sinto que não funciona à 100%, e eu tenho um iMac 21″ meados de 2015 i5 duo-core. Ha!!! também o Sidecar não funciona, mas como ja andei a pesquisar, sei que meu iMac não consta na lista do que receberam esta nova funcionalidade, mesmo eu tendo um iPad Pro 11″ 2019. obrigado a todos.

  12. carla says:

    Fiz a atualização para o novo catalina, depois da atualização apareceu-me na secretária um atalho para uma pasta partilhada. Apaguei todo o conteudo da mesma, e não sei se tem alguma coisa a a ver… mas uma pasta que eu tinha no HD com algumas dezenas de GB de fotos desapareceram. Alguém me ajuda a recuperar essas fotos? obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.