PplWare Mobile

Mac OS X – Criar Pasta de Gravação


Autor: Vítor M.


  1. Daniel Gomes says:

    Boa dica 😉

    Só uma coisa, entao se arrastarmos uma pasta, vai mover o conteúdo e não criar um “symlink”? O conteudo é clonado ou é movido?

    • Vítor M. says:

      Se arrastares uma pastas ele cria um symlink da pasta e mostra o seu conteúdo. Mas agora imagina que dentro da pasta de gravação, abres esta pastas que arraste que está como symlink, na verdade estás a mexer na pasta original, se aqui apagares algo, está efectivamente a apagar na origem.

      Percebes?

      Depois, quando acabares e já tiveres gravado, ao apagares esta pasta de gravação, ele vai apagar os symlink, mas isso não implica apagar absolutamente nada do que tinhas original.

  2. XBUZZY says:

    Boa dica, realmente o problema de quem passa de windows para macOS é que está demasiado habituado ao anterior que não se apercebe da simplicidade do OSX

    Cumps

  3. Jb013 says:

    Se em portugal o preço dos Mac não fosse um exagero,provavelmente existiriam mais pessoas a mexer no mesmo. Tipo USA em que os preços dos aparelhos equivalem-se pelo seu hardware.

  4. Muito legal a dica. Vlw por compartilhar!

  5. Paulo Santos says:

    Arrastar por arrastar, e para evitar “problemas” de.. é o ficheiro original ou ops.. &%$%# apaguei o ficheiro… melhor usar qq coisa simples tipo BurnX Free
    http://www.hernansoft.com/products.html
    http://www.hernansoft.com/screen_en_burnxfree.html

  6. Tiago says:

    Nao sabia destas pastas, muito bom. De facto mac e muitoooooooo simples, e concordo com a ideia que depois de “desformatada” a ideia do Windows, as coisas são mesmo tão fáceis. As vezes ficava as aranhas como fazer algo tão simples, que depois de descobrir fazia todo o sentido, mas como no Windows temos que andar a clicar aqui e ali para fazer algo tão simples, no mac isso nao acontece. É para ricos? Nao acho, apenas para quem gosta de boa tecnologia onde um computador porta-se sempre como um computador…..mesmo com 10mb livres funciona como se tivesse 100gb livres………tks pela rubrica parabéns a todos.

  7. ze says:

    Eu tenho um mbp retina (sem drive optica) há cerca de 2 meses e ainda me estou a habituar ao animal.
    Este método de gravação permite-me visualizar os ficheiros do dvd noutro pc?
    Mas para que me serve um dvd com links?

  8. Henrique Dias says:

    Oi!
    Mal vi que o artigo era sobre Mac pensei: “Foi o Vitor que o escreveu!” e tinha razão. O artigo está muito bom! É assim tão simples fazer as coisas no Mac?

    Henrique Abraça

  9. Andrey de Oliveira says:

    Tão simples quanto o Windows. Só que no Windows não precisa criar pasta de Gravação, é só arrastar pro drive de CD e gravar o conteúdo, desde o XP. Os usuários “entendidos” é que complicam o sistema.

    • eduardo says:

      Há grandes vantagens em usar a pasta! Podes preparar mais do que um CD/DVD quando bem quiseres, e facilmente usas como método de backup dos teus documentos sem andares a procurar tudo outra vez

  10. Há várias formas de fazer backups, contudo eu uso uma muito simples e eficiente: compactar as pastas que me interessam separadamente, e depois guardar na pen e/ou num cd / dvd …. !! Eu pessoalmente, costumo fazer backups de: os meus documentos, favoritos / bookmarks, correio electrónico, os meus projectos … !! Existe um compactador livre muito bom para windows, o 7-zip, que tem quase as mesmas potencialidades que o winrar. Antes de começar a fazer Backups é conveniente que se crie uma pasta chamada Backups, onde se guardam todos os backups. E para uma maior organização dos Backups, eu costumo criar dentro da pasta Backups, várias subpastas, tais como, documentos, favoriros, correio … mas isso fica ao gosto de cada pessoa … !! Uma boa política de backups, é mudar o nome do backup para outro que contenha informações sobre a data em que foi efectuado o backup (exemplo: renomear de documentos.zip para documentos_09_07_2009.zip).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.