iPhone 7 é responsável por queimaduras numa grávida


Destaques PPLWARE

99 Respostas

  1. Paulo Santos says:

    Grandessíssima TRETA.
    Com este tipo de queimaduras, ela acordava mal começasse a queimar a pele (ou então bebeu demais para acordar).

  2. David Guerreiro says:

    Isso parece-me que não foi do iPhone

  3. Francisco says:

    De marca de iPhone não tem nada. Parece a marca de uma chave de grife..

    • Marco says:

      Se o iPhone ficasse preso com o braço dobrado é possível que ficasse com aquele aspecto passado algumas horas. Mas é um verdadeiro acaso

      • LM says:

        Por acaso quando vi aquele tipo de queimaduras pensei logo que tivesse sido feito por um iPhone que ficou encostado a alguém a dormir enquanto era carregado.

        • Marco says:

          Ficar apenas encostado não me parece que levasse a uma queimadura daquelas, primeiro porque o tamanho é muito grande e em segundo lugar porque estando apenas encostado o iPhone ainda teria bastante superfície para dissipar calor para o ar em vez da pele.

          • LM says:

            Na minha opinião nem se trata se é iPhone ou outro qualquer. Por experiência própria já tive um smartphone que explodiu, felizmente ninguém se aleijou, e nesse caso sim provocará queimaduras graves devido ao conteúdo da bateria.
            Neste caso, duvido que tenha sido um iPhone a fazer aquilo. Está-se a dormir e não se sente uma queimadura daquele tamanho??? Mais, o iPhone não é assim tão grande, e nem tem aquele formato que a queimadura apresenta. E onde está o iPhone que aqueceu? Digo isto como o diria se fosse outro qualquer smartphone.

          • Aguamenti says:

            Excepto que a pele é melhor condutor de calor que o ar, pelo que a dissipação é feita preferencialmente pela pele, ainda que a área de contacto seja menor. Mas também tenho as minhas reservas que aquela queimadura seja de um smartphone, seja ele de que marca for.

          • Marco says:

            LM, queimaduras a “baixa” temperatura (40-50 graus) por períodos prolongados estão documentadas. Numa fase inicial nem sequer causa nada de especial, nem a pessoa sente nada de especial, mas com o passar do tempo pode causar queimaduras. O tamanho pode ser explicado pelo o que disse, o iPhone ficou preso no braço dobrado, queimando mais o braço do que o antebraço.

          • Marco says:

            Aguamenti, a pele não é um bom condutor de calor, mal seria se fosse, a energia não se dissipa facilmente ao longo da pele, enquanto que o ar está sempre em circulação.
            O que disse foi para explicar que havendo muito mais superfície exposta ao ar o calor produzido pelo aparelho não seria dissipado todo pela pele. Para além disso há outro factor, o aparelho pressionado contra a pele (em vez de pousado) aumenta muito mais a superfície de pele para troca térmica e reduz a circulação sanguínea no local, o que reduz a capacidade de dissipar o calor do local.

  4. Balmer says:

    Não sei bem ao que esta senhora chama de iPhone, mas… não estava com um nas mãos quando adormeceu.

    Diga-se mais, desmaiou, talvez de bebedeira? Uma pessoa até pode ficar menos sensível a coisas ligeiras quando adormecida, mas este tipo de queimadura, ’tá bem, conta a historia a outro.

    • Belmiro says:

      Informação: o que ela tem são queimaduras químicas ! Não funciona como as de calor e só quando atinge um estado avançado começam a doer. É perfeitamente exequível que devido a um defeito na bateria entrasse em curto circuito. Basta ver que nos Note 7 inchou, queimou o ecrã e extravasaram químicos. Mas claro, não é de acreditar ou não, é que há pessoas que não querem acreditar de qualquer das formas 🙂

      • Marco says:

        O que dizes já é pura invenção! Ela teve queimaduras térmicas, descritas pelo próprio médico que a atendeu no hospital. A notícia australiana apenas faz a ligação ao iPhone pelas marcas da queimadura, nunca fala que o iPhone explodiu ou ficou inutilizado, ficando a ideia que ele continuava funcional ao ser dito que levou o iPhone à loja e que lá disseram que não podia ser do iPhone.

      • Marco says:

        E já agora uma queimadura química doí que se farta e é imediata.

      • LM says:

        Eu tenho duvidas. A forma das queimaduras não se parece com nada….

  5. altamente says:

    NOTICIA DE ULTIMA HORA:

    IPhone explode e faz cair a trump tower.

  6. irlm says:

    parece noticia de correio da manhâ

  7. Rui C. says:

    História mal contada.
    O iPhone numa situação de aquecimento desliga-se por si. Têm um mecanismo próprio.

  8. Anyelle says:

    Sem ceninhas ,mas poxa pra que mexer no celula enquanto ta carregando?
    Já não é perigoso ,mais minha familia me avisa pra não meche
    Atenção

  9. wupz says:

    se fosse o note 7 havia muito gozo. mas como é iphone já dizem que não é verdade. parece casos de futebol entre benfica vs porto

  10. sakura says:

    eeeh, 1 falha os AirPods e ficam fams da appel para sempre.
    e sim se falha o 3G que é 1500MHz == a um micro ondas…….
    a geometria é igual a uma queimadura typica de RF.
    por isto é que não se devem fazer “phones” em metal, ok sao “premium” mas ……………….
    a apple ou outro numca vai ter um valor correcto para a https://en.wikipedia.org/wiki/Vacuum_permeability

  11. MShaitan says:

    Sinceramente não estou a ver ninguém a entrar numa guerra de tribunais com a Apple sem ter razão para isso.. Mas devem fazer testes para provar a teoria.. Digo eu..

  12. Raquel says:

    90% dos comentários são a desmentir a vítima.
    Acho que com tudo o que tem acontecido as baterias, isto seja possível de acontecer.
    Acho bem que a Apple leve isto muito a sério, e verifique que não passou de um caso isolado, porque tenho um iPhone 7 e não quero que isto aconteça a mim.
    A tecnologia também falha, isto porque quem a faz, também costuma falhar. E parem de defender as marcas.

    • LM says:

      É possível de acontecer, isso é mais que óbvio, não há equipamentos infalíveis. Agora, aquelas marcas de queimadura estarem relacionadas com qualquer smartphone a carregar é que me deixam muitas dúvidas. Experimenta pegares numa colher de chá bem quente e encosta no cotovelo de alguém a dormir e vais ver a reacção 😉

    • Marco says:

      Isto não tem nada a ver com o que tem acontecido às baterias, o iPhone continuou a funcionar. Isto foi a pessoa ficar exposta a uma superfície quente demasiado tempo

    • milkshaker says:

      Realmente as pessoas estão mais preocupadas com o facto de poder acontecer isto num iphone do que com a pessoa em si. Desde estar a mentir e com os copos vale de tudo.
      As pessoas são descartáveis não é ? não me parece.
      Falhas todos os equipamentos podem ter, por mais proteções que tenham.
      Mas continuem a defender a marca com “unhas e dentes” que eles agradecem.

  13. Alberto says:

    “Depois dos muitos casos acorridos com Galaxy Note 7, que levaram a Samsung a parar a produção e a retirar este modelo do mercado”
    Até nas noticias que se fala menos bem da apple temos de falar mal da Samsung… já chega não ?

  14. EU says:

    Tipico … o caso do surfista foi “mentira” porquê ? Porque é Apple!
    Agora foi este caso .. mas .. mentira !!! Blasfésmia !! uuuuuu Porquê ? É Apple !!
    Amigos, iPhones a explodirem NÃO é novidade!! deem uma vista de olhos pelo google e logo terão uma surpresa!
    Mas se a coisa continuar a aquecer, cupertino vai emitir um comunicado a dizer que nada de errado se passa … é que no hemisfério norte estamos no inverno e isso é uma feature única para manter os clientes quentinhos !!
    Já a malta do hemisfério sul tem de ter cuidado com queimaduras iSolar da Apple.
    TUDO farinha do mesmo saco !!

  15. Belmiro says:

    Alguns comentários são bem anti-testemunho e pro-Apple. São tantas as chances de ter acontecido como de não, no entanto vários comentários dão como 100% seguro não poder ser do aparelho. Porquê? Se todas as marcas têm defeitos, a Apple não?

    É um pouco triste ver chamar a mulher de bêbada e mentirosa só porque se trata da Apple …

    • Zé das Couves says:

      É o ponto a que a nossa sociedade chegou infelizmente… Mas se essas pessoas a podem chamar de bêbeda, eu posso chamar essas mesmas pessoas de burras, tapadas, ignorantes e atrasadas mentais, pois ao contrário de um ser humano decente que procura se informar antes de abrir a boca, não, vão na lenga-lenga da marca que produtos Apple são “perfeitos”, “não falham”, bla bla bla… devem acreditar que se negarem os factos, as coisas não lhes acontecem… Well, FLASH NEWS: everything works until failure, it’s called entropy! Google it 😉

    • Marco says:

      Aquilo aconteceu, mas há uma grande probabilidade de nem haver qualquer defeito. O iPhone não “explodiu” e os aparelhos aquecem enquanto carregam e estão em uso.

      • dumitru says:

        Nao todos. So aquecem os que tem fast charge. Ora o meu lumia 640xl nunca nunca aquece, mas o meu lg g3 fonix, é so deixar a carregar e estar a circular na web que ja esta muito quente.

        • Marco says:

          Acredita que liberta calor enquanto carrega e está em uso ao mesmo tempo. A superfície plástica é que pode levar a que o calor seja dissipado para outras áreas do aparelho, mas se ficar termicamente isolado vai libertar uma quantidade de calor semelhante a outros aparelhos parecidos.

          • Marco says:

            “mas se ficar termicamente isolado” – mas se se medir num recipiente termicamente isolado vai libertar…

          • dumitru says:

            Ja testei diferentes casos e o maximo foi estar a carregar e ver vídeos, ficou um pouco so. Mas ficar quente é que nao. Coisa que é muito differente no g3, alias ja no antigo xperia z acontecia o mesmo, portanto importa muito como o aparelho é feito e quais os componentes claro

          • dumitru says:

            E nota, eu disse que nunca aquece, nao que nunca dissipe calor

          • Pedro Barros says:

            Não se esqueçam que há uma enorme diferença de dissipação do calor entre um dispositivo com e estrutura em plastico e um com a estrutura

          • Pedro Barros says:

            Não se esqueçam que há uma enorme diferença de dissipação do calor entre um dispositivo com e estrutura em plastico e um com a estrutura em metal

          • Marco says:

            Pedro Barros, a estrutura em plástico apenas altera para onde no aparelho o calor é normalmente dissipado não a quantidade de calor que pode ser gerado numa situação destas:
            “A superfície plástica é que pode levar a que o calor seja dissipado para outras áreas do aparelho”

          • Pedro Barros says:

            Marco, provavelmente não me expliquei bem. Referia-me á difrerença na transmissão de calor (neste caso para a pele) entra uma superficie quente de metal e uma superficie de plastico.

          • Marco says:

            Pedro Barros, continua a ter que ser transmitida a mesma quantidade de calor produzido pelo aparelho, o plástico não o transforma num “black hole” para o calor. A diferença está na zona por onde preferencialmente o calor se dissipa, podendo mesmo assim ser uma zona de plástico

  16. Miguel says:

    É relevante a senhora estar grávida…?

    • Belmiro says:

      Sim aumenta o escândalo e o pedido de indemnização 🙂 seja como for basta apresentar o iPhone e as queimaduras e já dá para tirar conclusões para o processo. A Apple dá uns bons milhares seja culpa ou não, ela cala-se e as vendas mantém-se e no escondido tentam ver o que ser passa. É assim em todo o lado.

      Pelo menos a Samsung e várias marcas de automóveis (excepto o grupo VW. ..) tem a coragem de assumir tudo, investigar e fazer de tudo para responder o assunto. Há muitas marcas que pagam para abafar o assunto e depois os acidentes acontecem.

  17. bikes says:

    ora cá está uma noticia que sendo uma não noticia deixa meio fórum em estado de choque!! 🙂

  18. Francisco says:

    Bom Dia a todos

    Não me levem a mal e não estou a dizer que o Iphone não pode provocar queimaduras em certos casos, a extensão da queimadura énorme e irregular não há nada ali quse pareça sequer ao iphone… para ter sido provacada por um iphone já para não falar que o ser humano tem uma coisa chamada nociceptors que envia sinais ao cerebro sempre que haja qualquer tipo de dor e nos alerta.
    Eu pessoalmente não acredito que tenha sido causado por um iphone especialmente quando é dito que foi por aquecimento se tivesse explodido ainda acreditava…. acho que é mais uma a tentar ganhar a reforma.

    um bem haja para todos

    • Marco says:

      Se for uma exposição prolongada a uma superfície pouco mais quente que a temperatura corporal não irias sentir qualquer incómodo durante muito tempo, e no final desse tempo todo poderia levar a uma queimadura daquelas, como se estivesse estado a “cozer” em lume muito brando, especialmente nas áreas em que a pele não pudesse respirar e transpirar!

  19. Mais um says:

    Meu deus um Iphone?? tem que ser mentira! fake!!! que escândalo de noticia!

    Am i doing this right guys?

  20. liberal da cerca says:

    Vou já dar o meu iPhone 7 silver 128 GB. Alguém o quer?

  21. eaglemnc says:

    Onde está o iphone? Se provocou queimaduras destas, o aparelho tem de estar danificado…
    É que histórias de smartphones explodirem ou queimarem são sempre acompanhadas com fotos desses equipamentos…
    Parece-me que alguém se quer reformar às custas da APPLE…

    • Marco says:

      O iPhone não parece ter ficado danificado, as descrições dadas apenas fazem a ligação ao iPhone pelas marcas na pele não por alguma coisa que aconteceu ao iPhone.

    • dumitru says:

      Mas se o aparelho aqueceu demasiado é preciso explodir? Olha-me este… Se fosse a Samsung ou outro qualquer ja era verdade etc etc

      • Marco says:

        Também não é preciso sobreaquecer para levar a queimaduras!

        • eaglemnc says:

          Mas alguém falou em explodir!?
          O que eu disse é que o equipamento tem de estar danificado!
          Uma queimadura acontece quando se está em contacto com algum objecto ou líquido acima dos 44º C.
          Há componentes em qualquer smartphone que não resistem aos 44ºC durante muito tempo, contando que a pessoa para ter uma queimadura daquele tamanho foi durante bastante tempo…
          Por isso, e para que a apple assuma o que aconteceu, terá de analisar o equipamento em causa…

          • Marco says:

            Não estou a ver nenhum componente a ficar danificado por a superfície do aparelho ficar um pouco acima de 40 graus, a Apple até indica 45 graus como temperatura máxima para armazenar o aparelho.
            As queimaduras dependem também da duração de exposição e de como é feito o contacto.

  22. Pedro Barros says:

    Independentemente das marcas ou modelos, este tipo de situações de sobreaquecimento dos dispositivos moveis são infelizmente cada vez frequentes hoje em dia. As pessoas abusam no uso intensivo e exaustivo destes dispositivos, os fabricantes cada vez colocam mais funcionalidades e capacidade de hardware com componentes cada vez mais baratos, mas as baterias de litio continuam practicamente as mesmas e com a mesma tecnologia há anos. Quando se abusa do uso e não se tem os devidos cuidados situações deste tipo podem acontecer com qualquer smatphone.

  23. André says:

    Se realmente foi o iPhone que lhe provocou as queimaduras porque é que não encontro nenhuma fotografia do equipamento na internet? Isto é tudo muito estranho…

  24. JOSÉ says:

    Os iphones costumam queimar é a carteira e os euros ao pessoal, braços é a primeira vez que vejo.

  25. just a normal guy says:

    eu nao acredito que ha aki pessoal fanatico ao ponto de defender a apple nestas situaçoes e nem dar o beneficio da duvida a senhora,quando foi os notes7 era porque a samsung era xunga nao presta é android etc.se é iphone é porque a senhora esta bebada etc e pk os telefones desligam se quando atingem determinada temperatura,portanto akeles bugs e erros que todos os dispositivos tem nao se aplica a apple LOL.

  26. toni da adega says:

    Leiam um livro que isso passa,
    A Apple acabou de lançar um livro a dizer o quanto eles sao, e em conta como sempre.
    Prices Starting $199

    http://www.apple.com/newsroom/2016/11/designed-by-apple-in-california-chronicles-20-years-of-apple-design.html

  27. Não Interessa says:

    O pior de tudo nesta notícia é esta parte: “revelou que contactou a Apple mas que não obteve qualquer resposta”.
    Fdx ao menos peçam o aparelho para analisar…

  28. Mário says:

    Para mim a queimadura foi criada pelo cabo… curto-circuito e pumba. É demasiado evidente que aquilo foi o cabo!

  29. bmiguel83 says:

    Uma tatuagem sem dúvida

  30. Sousa says:

    A pergunta que deveriam fazer é: Qual foi o carregador utilizado pela senhora?

  31. RubenS says:

    Se for verdade ela devia mostrar o estado do iphone para comprovar e estas queimaduras não parecem ser de um iphone. Há que ter em atenção a utilização de qualquer material eletrônico, neste caso foi um descuido estar a dormir agarrada a um smartphone em carregamento. Agora entrou na onda as queimaduras e explosões de smartphones e alguns casos são mesmo para receberem indemnizações.

  32. 007 says:

    acho que a foto que esta na noticia nao é da pessoa em questao que teve o “acidente”. mulheres gravidas nao andam de cinto na barriga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.