Quantcast
PplWare Mobile

Google continua a apontar o dedo à Apple por não adotar o RCS como padrão no iMessage

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Tim says:

    Ai nossa senhora que choradeira da Google. Já cansa.

  2. LA says:

    Eu não sou fan da Apple. Mas acho completamente descabido a Google querer impor a sua tecnologia, aos outros.
    Também eles estão agarrados à palavra Gmail e nunca mais mudam para Mail, na app e na web.
    Se a app suporta vários tipos de email, deveria-se chamar apenas Mail, tal como o Drive se chama apenas Drive.

    • leigo says:

      Jovem, a tecnologia é open-source. Antes de dizeres barbaridades, investiga

      • Ifm says:

        Sim está gente não percebeu que é género de tecnologia padrão, tal como o USB, Wi-Fi , Bluetooth, etc

        Não faz sentido não adoptarem essa tecnologia.

        Mas por isso é que a Apple vai deixar de ser a Apple daqui a uns anos.

        Ninguém usa o mapa da Apple, como não usam o Apple hoje, etc
        Porque é muito limitado em comparação a concorrência.
        Pelo facto de ser fechado.

    • Hugo Silvs says:

      o que é que uma coisa implica a outra? tás a comparar nomes de software ou serviços, a tecnologias e protocolos de comunicação. A microsoft também têm o cliente de emails deles, outlook, sabias? também suporta qualquer serviço de email, não é por ai que deveriam deixar de usar o nome outlook. Tens também o mozilla thunderbird, também deviam desistir do nome?

      • Ifm says:

        Hugo, no Outlook, consigo aceder a conta da empresa MS, a minha pessoal Gmail.

        Como no meu Android, consigo aceder a minha conta Google e a do trabalho na mesma app.

        A Apple que ser individual, vai se queimar..

        É de rir quem tem a Apple Home.. de rir mesmo.

        Já a Google home e a Alexa.., acho que tem limitações comparado com outros opensource

  3. Bruno Gonçalves says:

    O problema não vai ser meter a apple a aderir, eventualmente vai acontecer. O problema é fazer que com as pessoas deixem os whatsapps da vida para usar apenas o RCS. FINALMENTE poder usar a app que se quiser usando um protocolo standard.

    • Zé Fonseca A. says:

      Na verdade isso não é um problema e é por isso que eles querem empurrar o RCS, porque ficaria integrado nativamente na app de mensagens do iPhone.
      Nos USA só hispanicos e outras minorias etnicas usam whatsapp, a grande maioria das pessoas usa iMessage ou SMS.

      • Bruno Gonçalves says:

        O mundo não é EUA. A Apple não quer é perder um trunfo lá.

        Se ficar integrado quem nos diz que a App imessages seria a melhor App?

        • Zé Fonseca A. says:

          Errado, o mundo é EUA, ainda mais quando se fala de tech, quem não sabe isso não anda atento ao que se passa no mundo e como o mercado global funciona e o que influencia.
          Se ficar integrado no iMessage deixa de importar qual a app, os americanos não usam iMessage por ser a melhor app mas por ser aquilo que lhes é impingido.

      • Bruno Gonçalves says:

        Sim vai lá ter telemóveis sem a Nokia ou Huawei e outros para os cores. Aliás a Apple/USA é conhecida por implementar redes móveis lololol.

  4. Carlos Santos says:

    Têm razão. Signal, Telegram, Whatsapp são fixes, mas são privados.

    É muito bom existir um protocolo universal independente destes gigantes que qualquer telemóvel pode implementar

  5. Joao Ptt says:

    A Apple poderia simplesmente responder que o RCS não pode substituir o SMS porque simplesmente nem toda a gente tem dados móveis e/ ou acesso a uma rede pública móvel com dados móveis em imensos locais do planeta.

    Sim, porque o RCS necessita de acesso a dados, e nem toda a gente os tem, e como os operadores continuam a ser uns chulos tanto em Portugal como em outras partes do planeta os mesmos tendem a acabar dependendo do limite e do consumo que o cliente final faz… não interessa se para o leitor desta mensagem os dados que tem chegam perfeitamente, para milhões e milhões de outras pessoas não chega… e como ficaria o RCS nesse caso? Os operadores abrem uma excepção para o RCS e não o contabilizam? Mesmo que alguns operadores móveis o façam outros podem recusar e exigir o pagamento de tráfego extra, sem falar em roaming… será que em roaming também não teriam limites ou aí já havia? São muitas questões… e cada operador/ país pode ter regras diferentes e mudá-las ao sabor do vento.

    • Zé Fonseca A. says:

      A mesma Apple que impinge o iMessage que tem uma dependência muito maior de dados móveis que até se dão ao luxo de não comprimir imagens e vídeos?

    • Paulo Martins says:

      Sabes que aquilo que referes como potenciais problemas para a implementação do RCS são exatamente os mesmos problemas de usar o iMessage, nem todos os operadores “oferecem” o tráfego do iMessage.
      Segundo o RCS foi criado com o intuito de substituir as SMS, mas nada impede como até agora de manter ambos os protocolos em funcionamento, adotar um não implica abandonar o outro.
      A não implementação do RCS beneficiaria todos para os utilizadores do iPhone daria-lhes acesso a uma melhor experiência quando comunicam com utilizadores Android e vice-versa, sem nenhum deterimento para ambos porque o iMessage para comunicação com outros iPhone’s manter-se-ia igual com o suporte para SMS como último recurso para equipamentos que não suportem nenhum dos protocolos tal como existe até agora.

    • Toni da Adega says:

      E qual é que será a percentagem de utilizadores de iPhone que não possuem dados móveis ou acesso a dados moveis?

    • Joao Ptt says:

      Gente: “RCS não pode substituir o SMS”.

      Não disse que o iMessage substituiu as SMS.

      As SMS’s são SMS’s, a forma como funcionam não pode ser facilmente trocada pelo RCS, mesmo com pouca rede e sem dados as SMS funcionam, já o RCS, iMessage e qualquer outro que utilize dados não funcionarão, a menos que os operadores todos a nível do planeta concordassem em abrir uma “via” à parte para ele (que deixasse de ser considerado “dados”, ainda que na prática o fosse) e integrassem nos planos como algo inerente. Ainda assim passariam décadas até que todas as pessoas tivessem telefones móveis e smartphones que suportassem o RCS integrado de tal forma com os operadores a nível mundial até que passasse a ser de facto a norma… sem falar em cobertura rádio e tudo o resto que teria de ser modificado a nível de firmware nos equipamentos para isso funcionar de forma nativa em todo o lado.
      Resumindo: não vai acontecer. Pelo menos não já, e não de forma verdadeiramente mundial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.