PplWare Mobile

E agora Apple? Jony Ive vai abandonar a gigante de Cupertino


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Joao says:

    Pode ser que a apple agora comece a ter aparelhos bonitos outra vez.

    • Zackneiffenn says:

      Sim, os aparelhos Apple são feios. Ganha juízo

      • Dav says:

        Incrível como o marketing consegue converter alguns equipamentos feios em bonitos. Comparado com o resto da concorrência, com excessao ao MacOS, os produtos da Apple não são nada de especial.

      • asd says:

        Não é que sejam feios, mas apartir do iphone 5s, a empresa perdeu todo o Design que tinha conquistado. Hoje em dia qualquer empresa tem um semelhante ou mais bonito.

      • Woot! says:

        O único bonito é o iMac. Apple watch horrível (a pior criação de todas), iPhone horrível (a partir daquele esticadinho acho que era o 5s) macbook é mais do mesmo.

        Só um cego é que não vê.

    • AndLop says:

      João os aparelhos da Apple até que não são feios, só é pena o seu design ser cópia de outros aparelhos!
      Pode ser que desta vez a Apple venha a ter design próprio em vez de cópias!

      • MACnista says:

        “João os aparelhos da Apple até que não são feios, só é pena o seu design ser cópia de outros aparelhos!” … sim como são mtos outros, vai lá ver quantas marcas chinocas copiaram o iPhone, pois!!!

    • joao says:

      Sem querer tirar mérito ao Ive, o sucesso de alguem muitas vezes nao depende só de si. Depende de uma equipe e outros factores. Se tiveres um patrao exigente, o teu desenho que fizeste à primeira, volta para tras, quantas vezes forem precisas ate o patrao estar satisfeito. Na era Steve Jobs, ele nao deixava nada ao acaso. Os desenhos ate podiam ser do Ive, mas com o avale do Steve e duvido que tenha aceite projectos a primeira. Foram muito discutidos. Depois do Steve, o patamar de exigencia/gosto ou ambos a nivel de design baixou bastante…ou seja veio ao de cima o design banal e nada de especial nos novos produtos lancados.
      É como as bandas..que se separam e pensam que eram o cerebro da banda e que depois nunca mais dao em nada a solo. O input de todos nem que seja numa nota é a diferenca de ficar a musica perfeita ou sou mais uma.
      Desejo muita sorte ao Ive e que corra tudo bem, mas a Apple estava a precisar da renovacao. Tenho medo que ainda seja para pior, mas so o futuro o dira.

  2. Joao says:

    Mais intermediários, td mais caro.

  3. Ricardo says:

    A escola está lá. Que tenha boa sorte.

  4. José Carlos da Silva says:

    Criações… Tipo que alguém com esse tipo de cargos cria alguma coisa.

  5. moonlight says:

    Recomendo ao editor deste artigo e outros artigos da pplware que desperdice mais uns minutos a ler o que escreve para rectificar o tornar mais bonito o texto do artigo. Isto não é de agora. Ele e outros saberão do que estou a falar. Mudar palavras e colocar vírgulas e outros sinais, faz toda a diferença.

  6. Jota says:

    Deixa-me adivinhar: O Tim Cook queria colocar as cores dos LGBT num produto desenhado por ele e ele não aceitou?!

  7. iDespairing says:

    Com novo designer para mexer no sitio. Talvez o iPhone XIV seja algo de especial.

  8. Fulano says:

    E agora quem é que vai desenhar suportes de monitor de 1000€???

  9. Cortano says:

    Será que foi o Ive que desenhou também o Magic Mouse?

  10. Saqueador de bits lord says:

    A Apple sem este sócio nunca será a mesma. Acreditem kamaradas.

    • Wishmaster says:

      Será mais ou menos a mesma…Ele irá continuar a colaborar com a Apple, a trocar ideias, a propor projectos, com certeza.
      Esta “perda” não é realmente uma “perda”, como a que a Apple teve com o Jobs. Posso estar enganado e haver um corte na colaboração, mas pelo que li no artigo, tal não acontecerá.
      Já a perda do Jobs é que infelizmente não permite que ainda transmita as suas ideias à Apple. Goste-se ou não da Apple, o Jobs era uma mente crucial, não só para a Apple, como para a própria tecnologia.
      Já ao nível do avanço tecnológico, estamos muito longe do que a nossa imaginação imaginava que iria acontecer….estamos num planalto. Precisamos de pessoas que nos tragam o breaktrough (o Jobs fazia isso). Os smartphones e computadores estagnaram…se virmos, os melhoramentos são ténues e nunca temos nada de especial a cada smartphone que é lançado. Os anos passam….estamos quase em 2020. Nem sequer temos uns óculos já massificados que façam grande parte das coisas…népia 🙂 Quando será a próxima grande revolução? a actual iniciou-se em 2006 (apesar de não ser tecnologia nova). Creio que só algures entre 2025 e 2030 veremos algo realmente substancial de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.