Quantcast
PplWare Mobile

É possível desbloquear um iPhone para qualquer operadora, em qualquer parte do mundo!

                                    
                                

Autor: Mário Sousa


  1. Gabriel says:

    Aqui no Brasil é proibido o bloqueio do aparelho pela operadora desde 2015.
    A compra de um aparelho com desconto é feita com contrato de fidelidade, normalmente por 1 ano, e no caso de rescisão paga-se multa.
    Simples assim…

  2. MACnista says:

    Ai que vocês vão todos presos vão LOLOLOLOL!!!!

  3. B@rão Vermelho says:

    Antigamente também avia o Xsim e o turbo sim, que se colocava nos Iphones e desbloqueava, não sei se ainda é possível desbloquear assim.
    Devia ser proibido de vender os telefones bloqueados, se os operadores estão com tanto medo de perder clientes façam verdadeira concorrência entre si que assim aguentam os clientes por mais tempo.
    Eu acho que é no Brasil que é proibido de vender telefones bloqueados, mas sem certeza.

  4. Tiago Teixeira says:

    Tanto o vossa análise ao software como a própria pagina do software diz que o desbloqueio é permanente. Mas se verificarem o screenshot, está lá um pequeno aviso a informar que o unlock perde-se se se fizer reset ao iPhone.
    Estas discrepâncias para mim são um red flag, principalmente se há dinheiro envolvido.

    • Mário Sousa says:

      É uma boa questão. Mas, mesmo na remota possibilidade de isso acontecer, é muito simples: basta usar o software de novo.

    • Manuel says:

      Para mim, o pior é mesmo recorrer ao jailbreak.
      Tenho algumas aplicações financeiras, que se detectarem jailbreak, mostram a notificaçao/aviso e deixam de funcionar.
      Este tipo de ferramenta, ainda que interessante em alguns casos, pode causar outros problemas com determinadas apps.
      Felizmente no país onde me encontro todos os telemoveis sao vendidos desbloqueados de origem, esse deveria ser o caminho de todas as operadoras espalhadas por esse mundo.

  5. David Guerreiro says:

    Quando sair o próximo iOS, o jailbreak vai à vida e lá fica o smartphone bloqueado de novo…

  6. Filipe C says:

    Hoje em dia ter um telemóvel bloqueado ja é só um erro do utilizador, principalmente quem compra dual sim e afns.
    Grande parte das operadoras, para nao dizer nomes, já vendem os telemóveis desbloqueados. Telemoveis bloqueados é algo do passado que infelizmente ainda existe uma ou outra operadora, que tende a achar que isso é algo deste século face às suas rivais, mas cabe ao utilizador mesmo sendo da operadora X, ir comprar na operadora Y o mesmo telemóvel ao mesmo preço, mas desbloqueado caso prefira poupar uns euros ou não comprar online e obter preços melhores que nas operadoras.

  7. David says:

    Só falta a indicação PUB no início da publicação…
    Boa maneira de vender um software.

    • Mário Sousa says:

      Lamento informar, mas não falta absolutamente nada. Não recebi qualquer contribuição deste software ou patrocínio para escrever o artigo.

      Esse tipo de insinuação tem de ter um fundamento base, não basta esconder-se atrás de um PC e pensar que pode dizer chorrilhos sem sentido ou infundadas apenas porque pensa que isso lhe fica bem ou, quiçá, talvez venha a soldo de terceiros debitar em papagaio aquilo que foi mandado dizer, mas isso eu não sei apenas estou a deduzir ou dar a minha opinião…

  8. Jorge Pedro Miguel says:

    Que pena, não dar para o 3S, hooooooo…

  9. TóSousa says:

    Então não sabem que no fim do período de fidelização as operadores são obrigadas a fornecer o código de desbloqueio dos telefones que estiverem bloqueados?
    E hoje em dia já ninguém vende telefones bloqueados à rede….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.