PplWare Mobile

Back in Time… ou a humanidade desde sempre!


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

14 Respostas

  1. Tony Silva says:

    Esta app anda a fazer furor nos estados unidos. Ouvi falar pela primeira vez pelo Lourenço Medeiros nas Escolhas online (SIC notícias).

    http://sicnoticias.sapo.pt/932276

  2. José Fonseca says:

    É óptimo aparecerem coisas com esta qualidade e Made In Portugal

  3. yourpaysafe says:

    É bom ver uma aplicação PT a vingar assim no mercado, e ainda melhor ver os media de portugal a apoiar o projecto.

  4. paulo says:

    Só á para OS iOS? e o resto dos sistemas fica de fora? alguém sabe se vai sair para mais algum? pelo conteúdo do artigo é mesmo muito interessante deve valer bem os 5,99€.

  5. Charly says:

    Na minha opinião isto deveria estar disponível para qualquer plataforma, eu adorava poder estar no linux como estou, pois não tenho windows, e poder obter tanto conhecimento dessa pequena e grande aplicação.

    Sem dúvida um ótimo centro de informação cronológica

  6. yourpaysafe says:

    Eles fizeram bem em ir para o iOS primeiro.
    Tem uma taxa de sucesso de vendas muito melhor..
    Não querendo defender cegamente a Apple (nem gosto muito deles) mas é um facto.

    E no android e companhia a pirataria já é um problema substancial.

    • Vítor M. says:

      Mas é a verdade, sabemos que o mercado da App Store é muito rentável. Vamos imaginar o seguinte: esta aplicação que tenha sido descarregada trêss mil vezes, o que para tantos idiomas não é nada de especial, a 6 euros… estamos a falar em 18 mil euros… provavelmente e descontando o que a Apple cobra, já devem ter pago o desenvolvimento da aplicação.

      É bom negócio a Apple…

    • RCS says:

      Há mais pirataria no android do que no iOS? Gostava de ver números sobre isso. A pirataria está bastante facilitada para o iOS.

      • Tiago Dias says:

        É verdade que está facilitada no iOS (não tanto como no Android), mas digamos que o utilizador comum que compra Android utiliza as aplicações gratuitas como um dos argumentos. O que quero dizer é que no Android as pessoas não estão tão receptivas a pagar pelas aplicações como no iOS.

        Posso dar o meu exemplo. Eu já comprei várias aplicações no iOS, sempre baratinhas, aproveitando algumas promoções e tal.. Podia muito bem ter conseguido essas aplicações sem pagar um tostão, mas não me importei de pagar, porque o que comprei tem qualidade e tinha um preço justo. Sei que há muitos utilizadores de iOS que pensam assim..

        Tenho ideia que os Android users não são tão apologistas desta ideia. Mas claro, também há piratas no iOS, há aqueles que dizem que um iPhone sem jailbreak é um calhau, mas por trás só fazem jailbreak para usar o installous para ir buscar apps crackadas. Como em todo o lado, há de tudo! 🙂

    • Joao Pinho says:

      Não sei valores por isso não vou espingardear, o único entrave à pirataria no iOS deve ser talvez o jailbreak, mas uma vez feito tens o cydia.

      Embora tenha android lembro-me de querer “testar” uma aplicação e quando fiz a procura foi algo de “cydia like app android”. A pirataria no iPhone já é um bocado mais velha que no android… Mas como disse, e se calhar aí tens razão, para o utilizador comum o android é mais fácil não pagar pelas apps que usas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.