Quantcast
PplWare Mobile

Apple vai ser processada por utilização da marca… iWatch

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. André Alves says:

    A partir de hoje quando se pesquisa iWatch irá aparecer esta notícia…

  2. Lulz says:

    Essa empresa deve ser “powered by Samsung” ou Google, de certeza…

    • Marcelo Barros says:

      Cuidado eles andam aí, deves ter algum problema psicológico.
      Coitadinha da apple ai la protege a Apple.

      Qualquer accionista de peso da Apple como de outras empresas podia te ver na rua a morrer a cede, que passaria por ti e nem fazia caso. E vocês andam aqui com discussões, cheios de raiva.
      Sempre é melhor discutir por causa de uma equipa de futebol, pelo menos é desporto.

    • Tavares says:

      Fanboy detected

    • rui says:

      Isto é igual aos processos que a apple “põe” às outras empresas por coisas estúpidas… Mas como a apple tem dinheiro, no caso deles cola sempre.

  3. Luis Costa says:

    Isto é tão estupido que até dá vontade de rir. Então uma empresa que vende serviços e que registou uma patente em 2008 vai reclamar com a Apple por um termo que a empresa nunca usou. Imagino que essa “empresa” teve a ideia de registar a palavra iWatch porque arriscou que a empresa do iPhone ia criar um relogio e ia esperar pela oportunidade de ganhar dinheiro

    • says:

      Lê a noticia com olhos de ver..
      “Apple has systematically used iWatch wording on Google search engine in order to direct customers to its own website, advertising Apple Watch ”

      Escreve iwatch no google e vês que efetivamente o primeiro URL é o da https://www.apple.com/watch/. E sim, obviamente que Apple paga à Google para colocar esses redirecionamentos no TOP, como todos os grandes fazem… mas sem utilizar marcas registadas e violar patentes 😉 …..

      • JBM says:

        os resultados que tu vês no google não têm publicidade da Apple. Se reparares o site da Apple aparece em primeiro mas não tem lá o tag de anúncio/publicidade. Aparece lá por relevância.
        A haver publicidade será noutros países.

        • says:

          Não falei em publicidade mas sim em redirecionamento.

          • JBM says:

            redireccionamento? há aí qualquer coisa que me escapa ou te escapa! Os resultados pagos na Google são publicidade e indicados como tal. Se o site da Apple aparece em primeiro lugar é por relevância, olha para os restantes resultados e é tudo relacionado com a Apple. É uma consequência do uso que houve da palavra por muitos sites e pessoas para se referir ao aparelho da Apple.
            Nem seria de esperar que aparecesse a outra empresa em primeiro lugar quando quase ninguém a conhece nem procura pelo o que faz.

          • Baptista Batos says:

            LOL, agora pode-se comprar redireccionamento dos resultados da Google… ai que lindo!

      • Concept says:

        Está a utilizar uma marca registada que nunca teve uso, registou em 2008 o nome iWatch e até 2015 quantos produtos com esse nome foram lançados pela empresa? O sistema de patentes está muito mal formulado para os tempos de hoje. Foi criado para proteger os pequenos inventores e agora só serve como mina de ouro, tanto pra pequenas empresas como para empresas do tamanho da Apple (lembram-se dos cantos arredondados?)

    • Daniel says:

      E ler? A Apple nunca usou enquanto produto mas paga aos motores de pesquisa para que o termo “iwatch” seja associado ao “apple watch”…

  4. Baptista Batos says:

    Completamente ridículo!

    A ver se cola…

  5. JBM says:

    ainda nem houve julgamento e já estão a dizer que a Apple se vê obrigada a pagar?
    É muito provável que não pague nada pois não faz uso da marca em lado nenhum, no máximo apenas pagará para ter publicidade na google quando se faz uma pesquisa, algo que ocorre com milhares de outras empresas e marcas.
    O cómico é que fazendo a pesquisa ao iWatch todos os primeiros resultados acabam por ser sobre o Apple Watch, mesmo excluindo as notícias, o primeiro vai até parar ao site da Apple e não é publicidade. Até a Wikipedia redireciona iWtach para Apple Watch. Eu até gostava de ver qual é a publicidade que a Apple faz, pois muito sinceramente nem sequer era preciso!

    • Daniel says:

      Se ficar provado que paga para que o termo “iwatch” seja associado a “apple watch” nos motores de busca então é uso indevido de marca registada, independentemente de alguma vez ter tido um produto com esse nome ou não.

      • JBM says:

        Não, pode não ser uso indevido porque há leis europeias que possibilitam o uso de marcas como palavras chave por partes de outros, dentro de certas circunstâncias. Não creio que a Apple use a marca iWatch na sua publicidade, e também não deve confundir as pessoas sobre os produtos da outra empresa, por isso deve se enquadrar numa situação legal.

  6. Benchmark do iPhone 6 says:

    Há um ligeiro pormenor a faltar – a dita empresa nunca produziu nem vai produzir qualquer produto com a marca iwatch. Limitou-se a registar a marca com a intenção de obrigar a Aplle a pagar por ela. Não deve ter sido o único.

    Ou porque a Apple nunca pensou em chamar-lhe iwatch, ou porque outros se anteciparam, sabe-se que veio a registar a marca em vários países, mas não em todos.

    Sendo certo que muita gente está convencida que o nome é “i”Watch, por causa dos habituais “is” (Tim Cook uma vez enganou-se e também lhe chamou iwatch) a Apple paga pesquisa dirigida nos motores de busca – pesquisa-se por iWatch e sai um anúncio/ links para o Apple Watch 🙂

    Prejuízo para a empresa que registou a marca para a vender â Apple – ficou a xuxar no dedo. Prejuízo para as vendas dos seus produtos – nenhum porque não há.

    O artigo está com tom “mais uma vez a Apple estå a esmagar os direitos dos pequenos” – neste caso o pequeno só tem interesse em chular. A Apple também não ia poder vender o “iWatch” na Suíça porque um relojoeiro já tinha registado um símbolo com uma maçã e já lá estão à venda.

    • Patentes says:

      Não interessa se uma ou outra empresa registou uma patente de um produto que não produz. Isto tem a ver com leis, se achas que é uma chulisse, então tens de ir reclamar com quem criou e quem gere as “Patentes” e não com quem as utiliza de forma legal…
      As leis podem ser uma porcaria, como muitas são, mas se estão lá é para cumprir… simples.

      • JBM says:

        Isto não é uma patente é uma marca registada, e o não uso da marca tem consequências, podendo no limite e dentro de certas circunstâncias levar à perda da mesma se outra empresa a contestar, embora não seja de esperar que a Apple tente isso!
        Neste caso a defesa é até bastante simples pois a Apple não usa a marca, e na Europa pode ser legal este tipo de publicidade online.

    • Daniel says:

      Aqui não está em causa patentes está em causa marca registada, logo não interessa se alguma vez teve um produto ou não mas sim se é feito uso indevido de uma marca registada.

    • gFan says:

      LOLOL Karma is a Bitch

    • João MS says:

      Tens que te imformar um pouco mais sobre propriedade intelectual e propriedade industrial 🙂 e são coisas ligeiramente diferentes.

      • Benchmark do iPhone 6 says:

        Rapa aí dos códigos todos que quiseres – o que lá vais encontrar é que a Apple não pode usar a marca iwatch nos países em que não a tenha registada (em muitos registou).

        E por acaso usa? Vai lá ver se nos resultados da pesquisa está a palavra iwatch. Mostra lá onde é que está a enganar a enganar alguém.

        “Ah mas o dono da marca podia vendê-la a um relojoeiro suíço que fabricava um relógio chamado iwatch que depois não aparecia nas pesquisas do Google!”.

        Com a Google tudo é negociável, pagando aparece logo à cabeça. Não pagando, ia parar à lista da pesquisa conforme o número de visualizações que tenha tido. Ia ser difícil chegar à primeira página porque já há milhentas notícias em que “iwatch” leva a Apple Watch.

        “Eh pá, mas assim o xico-esperto que registou a marca para sacar algum à Apple não ganha nada!”. Não me dou com chulos.

        • João MS says:

          Ui…que azia que para ai vai! Não é preciso tanta agressividade!

          1º “Rapa aí dos códigos todos que quiseres – o que lá vais encontrar é que a Apple não pode usar a marca iwatch nos países em que não a tenha registada (em muitos registou).”

          Certo!

          2º “E por acaso usa? Vai lá ver se nos resultados da pesquisa está a palavra iwatch. Mostra lá onde é que está a enganar a enganar alguém.”

          Precisamente por não aparecer é que não devia estar associado.
          A questão é que, aparentemente, a Apple paga à Google para associar o nome iwhatch às web’s relacionadas com o Apple Watch. É o mesmo que eu ir às finanças dizer para enviar o teu cheque de devolução do IRS para a minha morada.

          3º “Ah mas o dono da marca podia vendê-la a um relojoeiro suíço que fabricava um relógio chamado iwatch que depois não aparecia nas pesquisas do Google!”.

          Corroboras as minhas afirmações…

          4º”“Eh pá, mas assim o xico-esperto que registou a marca para sacar algum à Apple não ganha nada!”. Não me dou com chulos.”

          No que diz respeito a estas questões, não há bons nem maus. Todos eles tentam sacar o máximo $ possível. Não percebo essa cegueira com a Apple…

          • JBM says:


            como é que é o mesmo que isso? O que descreves é usurpação de identidade, seria no mínimo a Apple fazer se passar pela Probendi e usa-se a marca ao ponto de confundir as pessoas a pensar que seria o dono dessa marca e/ou os seus produtos. Mas não usa a marca e nem há muito como as pessoas confundirem as empresas ou os produtos. As leis sobre marcas registadas europeias possibilitam este tipo publicidade desde que as pessoas não sejam confundidas!

        • João MS says:

          E pelos vistos a Probendi tem mesmo um serviço chamado iWatch™.

  7. Luis says:

    Há sempre empresas parasitas a espera que pingue alguma coisa, que culpa tem a Apple que haja pessoas a pesquisar “iwatch” no google. O relogio chama-se “Apple watch” e não “iwatch”

    • Daniel says:

      A questão não é bem assim… se a Apple estiver realmente a pagar para que o termo “iwatch” seja associado a “apple watch” nas pesquisas então é uso indevido de marca registada.

  8. JJ says:

    A empresa Europeia, apenas esta a usar as mesmas armas que as empresas Americanas tem a mania de usar.

    • JBM says:

      a questão é que a empresa nem sequer tem um aparelho com nome iWatch, e segundo um tribunal europeu as empresas podem fazer uso deste tipo de palavras chaves para publicidade online desde que não confunda as pessoas a pensar que é publicidade a um produto da empresa detentora da marca.. Sem produto e muito provavelmente sem publicidade que refira a marca registada, não há muita forma de se enquadrar fora da lei

      • Daniel says:

        Estás a falar de marcas registadas e não de patentes. E há diversos tipos de registo de marca registada, no entanto pelo que consegui ver do registo a marca registada são para o mesmo mercado (tipo de mercado), logo a Apple não pode, de forma alguma, fazer uso da marca, o que só é problema se a Apple pagar mesmo para que o termo seja associado ao seu produto, de outra forma é somente os algoritmos dos motores de busca.

        • JBM says:

          eu sei perfeitamente o que é uma marca registada, e ao contrário das patentes, o não uso duma marca tem muito peso na defesa ou ataque judicial!
          Todavia, parece que não leste o que disse… isto é possível dentro da lei europeia! Já houve outros casos semelhantes, este não é o primeiro, em que se determinou que isto é possível dentro de certas circunstâncias. Se a Apple nem sequer mencionar a marca na sua publicidade e se não confundir as pessoas, estará dentro da legalidade europeia

  9. Marco Chapita says:

    epah eu nao gosto apple watch mas isto é do mais estupido que ha,agora todos querem ganhar dinheiro sem fazer nenhum querem ver.de certo modo a apple ate pode dizer que ajudou a tal empresa, que muita gente nem conhecia ate ser apresentado o termo Iwatch. enfim…

  10. DSpinola says:

    Já agora: Boa sorte em processar uma das empresas mais valiosas do Mundo por algo que nem cabimento tem.

  11. rand says:

    Não faria mais sentido a Google ser processada em vez da Apple? Afinal de quem é a culpa do motor de busca dar resultados errados?

    • gFan says:

      LOLOL era só o que faltava! Agora a culta é da Google.

      A Google não dá resultados errados, a google assim como também o Bing dão os resultados que tu pretendes ou que pagas para tal. Resumindo a Apple deve ter pago à Google e à Microsoft para redireccionar a palavra\marca iWatch para o seu site.

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      Faz uma pesquisa por:
      – “Férias Algarve” – os três primeiros resultados de cima, mais a coluna da direita têm lá a palavra anúncio bem visível.

      – Agora pesquisa por iWatch – o primeiro resultado que te aparece não tem a indicação do anúncio nem a palavra “iwatch” – ou seja, também não engana ninguém. Aparece os links devidamente estruturados do Apple Watch, com os links para os vários modelos, filmes, galeria, etc. Para obter isso a Apple pagou.

      No caso do DucKDucKGo o que aparece é claramente um anúncio.

      Se alguém fosse enganado com os resultados da pesquisa era criticável – agora, se alguém quer encontrar o Apple Watch, pesquisa por iwatch porque pensa que é o nome dele, e o encontra, não vejo onde é que está o galho 🙂

  12. johnnie says:

    Se ele prosesam os qui usam o degsiner igual do iphone, então não têm nada mal Eles serem processado pela uma marca que não pertecem à Eles…

  13. Marco B. says:

    Plotwist.. A Apple a ser precessada por uma patente de nome hahha a ironia do destino

  14. Diogo says:

    Vou processar a Apple porque vendo maçãs e eles utilizaram o nome do meu produto!

    • gFan says:

      Diogo… acorda… a Apple já vende “Maças” ainda tu não eras nascido!
      No máximo podes vender “Pessegos”!

      Voltando ao caso em concreto, hà já quem tenha tentado vender iWatch antes da Apple, será que não percebes-te isso, ou não queres perceber?

      • JBM says:

        Esta empresa nunca vendeu um aparelho iWatch! Terá tido software com essa marca mas não se vê em lado nenhum o mesmo, nem sequer no site da empresa. Tendo em conta que a Apple não usa a marca nem há forma de confundir as duas coisas, não parece que a Apple venha a ter qualquer problema. Não me admiraria até que se viesse a descobrir que esta empresa nunca teve o dito software

        • gFan says:

          “Esta empresa nunca vendeu um aparelho iWatch!”
          Se vendeu ou não não interessa, a marca é registada.

          “não parece que a Apple venha a ter qualquer problema”
          Isso é o que ainda vamos descobrir ou não… a apple é fantastica cobrir casos, no que toca a apple, esta nunca têm problemas.

          “Não me admiraria até que se viesse a descobrir que esta empresa nunca teve o dito software”
          A marca é registada, não sei se trabalhas na area da informatica ou não, se sustentas alguma marca… certamente não trabalhas para a apple, mas imagina por momentos que a empresa para a qual trabalhas se visse numa situação destas? Assim só por momentos.

          • JBM says:

            tu disseste que já há quem tenha tentado vender, e eu corrigi-te que não houve ninguém a vender. O facto da empresa não vender um produto como o Watch tem muita importância na avaliação do caso pelo tribunal.
            A lei europeia possibilita este tipo de uso de palavras chave para fazer publicidade online, dentro de certas condições. É por isso expectável, tendo em conta todas as circunstâncias do caso, que não haja no final consequências para a Apple, pelo menos em tribunais europeus.
            Uma marca registada não é uma propriedade permanente e incontestável, sendo que o não uso da marca tem uma enorme influência na capacidade de defesa judicial da mesma. Procurando por informação da empresa, há muitas dúvidas que se levantam sobre se realmente houve uso da marca num produto, se não fizeram o registo com um outro óbvio objectivo.

  15. R o B says:

    Essa empresa que aproveite a onda e lance alguma coisa com a dita marca para que os motores de pesquisa os referenciem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.