Apple prepara-se para renovar toda a sua linha MacBook


Destaques PPLWARE

54 Respostas

  1. Helder says:

    O MacBook Air deve ir embora, a Apple já disse ás pessoas para comprar ou o MB ou o MBP sem touchbar.

  2. Alberto_ says:

    que tirem a porta jack para verem as vendas a cair…

  3. Não Interessa says:

    Grande inovação!!! Actualização de hardware… Se for só isso eu diria que é só dançar consoante o ritmo da dança, porque de inovação ZERO, mas pode ainda haver algo mais na calha que ainda não seja conhecido.

  4. Nelson says:

    Os macbooks sempre foram o melhor que o portatil pode oferecer…bonitos, rapidos, excelente bateria, melhor ecra do mercado, melhor trackpad, melhor SO e mais seguro do mercado (não impenetrável pois isso n existe). O que gostaria de ver mudar no macbook? Hdmi, 1 ou 2 portos usb 3.0 de volta e sd card, touchID e touchbar em todos os modelos.

    • Daniel says:

      Não concordo com HDMI, portas USB 3.0 e SD card. Acho que USB-C é o futuro, mas isso são opiniões. O que eu gostaria realmente de ver é os MacBooks com a geração 2 do butterfly keyboard para ter mais feedback a datilografar… E acima de tudo um taptic engine por baixo da touchbar para simular os botões físicos (como o iPhone 7 faz com o botão home).

      Mais uma porta USB-C, e suporte a Thunderbolt 3 no MacBook também não traria mal nenhum

    • Helder says:

      Não vais ter sorte, e estás errado.

      USB-C é o futuro, e podes ter isso tudo por USB-C

      • Zéi says:

        Estás errado, adaptadores são o futuro.

      • Diogo says:

        É o futuro, certo, mas não é o presente. Neste momento perdes (e muito!) por não ter slot SD, USB e HDMI no Macbook. E daqui até todos os dispositivos terem suporte para USB-C…televisões, telefones, o próprio iPhone só nas próximas versões. Um dongle para ligar o meu atual iPhone ao meu Macbook? Não obrigado. E para os fotógrafos (profissionais ou amadores) que querem rápidamente passar fotos de vários cartões SD para o Macbook? Mais dongles? Por favor…abdico de uns milímetros a menos na expessura do meu Macbook para ter máximo de compatibilidade sem ter de andar a gastar mais dinheiro em peças de plástico que tenho de arrastar para todo o lado. Digo isto como utilizador de Macbook

        • Brasão SS says:

          Para o HDMI já tens solução.
          https://www.amazon.com/CHOETECH-Thunderbolt-Compatible-MacBook-ChromeBook/dp/B01LYS3Q5A

          Quanto ao resto só precisas de adaptadores mesmo para SD e USB A.
          De resto já tens cabos para tudo.
          Há evidentemente algum investimento, mas nada de especial.

        • Daniel says:

          A verdadeira questão aqui é a seguinte: quando queres fazer a transição? Agora ou daqui a 2/3 anos?
          As pessoas que agora compram portáteis topo de gama sem USB-C estão a fazer uma decisão muito má. Estão a comprar um aparelho que vai deixar de ter portas legacy daqui a 3/4 anos, e que consequentemente vai perder muito mais o valor de resale.

          • Belmiro says:

            O USB standard ainda cá vai andar como principal durante mínimo 3 anos. >99% dos aparelhos ainda o usam, assim como pen USB e impressoras. Não é muito problemático: um USB-C para carregar e outro para dispositivos e 2 normais. Qual o escândalo? Há portáteis muito magros e não tem stress com USB

    • Diogo says:

      Concordo com tudo menos com a parte da Touchbar, é horrivel para programar por isso não deveria estar em todos os modelos. No meu Macbook Pro tenho HDMI, 2 USB e slot SD. Felizmente comprei antes desta última atualização e duvido que a Apple as traga de volta.

      • Bruno says:

        Podias dizer um pouco mais sobre como o Touchbar se torna é para ti um problema para programar? São aplicações de “base” UNIX?

        • Diogo says:

          Simplesmente porque as teclas físicas que foram substituídas pela touchbar costumam ser bastante usadas – como atalhos, botão para compilar, etc – em vários IDEs ou DBMS. O próprio ESC ficou sem tecla física. Podes fazê-lo com a touchbar mas a precisão e sensibilidade em teclas físicas é sempre melhor.

          • Bruno says:

            Mas as aplicações nativas para macOS tendem a não usar as teclas de função, os atalhos são por outras teclas, daí perguntar se seriam aplicações de base UNIX que não seguem a prática estabelecida no macOS. É verdade que há uma vantagem em ter a sensibilidade das teclas físicas, mas o touchbar também traz vantagens para funcionalidades de aplicações que adoptem.

      • Joao says:

        Genuinamente, porque achas que é horrível? No meu caso uso e honestamente não faz diferença nenhuma, por isso gostava de saber em que tipo de programação a touch bar apresenta um problema.

      • Sujeito says:

        Se ao menos houvesse computadores sem touchbar…/s

  5. Não Interessa says:

    *ritmo da música 🙂

  6. ivo says:

    O Air está a ficar ultrapassado, nomeadamente a nível de hardware, pois merecia um novo design e um ecra de retina com mais resolução pelo menos, mas por 900€ (em promoção) o de 13′ com 8gb de RAM continua a ser a meu ver a melhor opção para ultrabook do mercado nesse orçamento

    • Daniel says:

      Esse redesign chama-se MacBook.
      Nos próximos anos o MacBook vai descendo de preço e ocupar o price-range do MacBook Air à medida que a tecnologia para os produzir se torna mais eficiente.
      Foi o que aconteceu com os MacBooks (plástico) quando o Steve Jobs apresentou o MacBook Air

  7. Carlos Reis says:

    Os pro nem poderiam ter grandes mudanças porque foram lançados à pouco tempo os modelos com e em touchbar. O air sim, já merece um upgrade. Quanto ao iOS e macOS, as novidades são sempre bem-vindas

  8. Radharc says:

    Se as inovações forem na linha do que têm sido nos últimos tempos, vão ser: eliminação de todas as portas (para carregar o computador ou ligar periféricos tens que comprar 5 adaptadores sem fios diferentes) e o preço do modelo base da gama com disco de 128 g é 3000 euros, se quiseres o de 256 o preço é 3900 euros.

    • Helder says:

      A Microsoft é que oferece discos de 128Gb, o mais barato tem disco de 256 e é o mais rápido do mercado

    • Douglas Ferreira says:

      Cheguei a tomar um susto quando li seu comentário, mas olhando no site da Apple de Portugal pode-se ver que o preço oficial é de 1.179,63 euros pela versão mais barata do MacBook Air, com 128 GB de SSD.

      O modelo mais caro aí no seu país é o Pro de 15″, que sai por 3.299,00 euros e vem com touch bar, 512 GB SSD, 16 GB de RAM, Core i7 2.7 GHz e Radeon Pro 455 com 2 GB de memória. Pelo preço que cobram de vocês até acho bem bom. Aqui no Brasil esse mesmo modelo sai por R$ 21.299,00, equivalente a 6.148,98 euros.

      É sempre bom dar uma pesquisada nos produtos e preços antes comentar bobagens.

      • Vitalino says:

        Mas você esqueceu de dizer que o euro é mais valioso que o real, logo um valor maior será necessário para atingir o lucro da fabricante. O maior vilão são os impostos supérfluos e absurdos que são colocados sobre tudo no Brasil.

        • Douglas Ferreira says:

          Quando comentei quis deixar claro que um macbook Air com 128 GB não custa 3.000 euros em Portugal, como o colega Radharc afirmou, mas, “apenas” 1.180 euros.

          Quanto ao preço no Brasil, o grande problema é mesmo a carga tributária. Mas com o preço praticado à Apple continua a ter lucro equivalente ao que tem em Portugal, pois ao descontar os tributos brasileiros, o valor fica próximo ao cobrado aí.

          • Radharc says:

            Estava a ironizar… tenho dois macbook pro e estou bastante desiludido com o caminho que a apple tem vindo a percorrer ultimamente: descer a qualidade/funcionalidade e subir o preço.

  9. Vitalino says:

    Realmente prefiro mais um Dell XPS 15 que está um espetáculo ao invés destes macs

  10. Vitor Correia says:

    Vamos ver se desta vez pensam nas necessidades de TODAS as pessoas.

  11. Manel says:

    “MacBook e mostraram bem a capacidade de inovação da marca.”

    LOL

    aposto que a próxima capacidade de inovação será o nunca visto ecrã táctil….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.