Quantcast
PplWare Mobile

Apple estará a desenvolver um novo SoC M1 que terá 32 núcleos

                                    
                                

Fonte: Bloomberg

Autor: Pedro Simões


  1. Nuno T. says:

    128 núcleos é o rumor sobre o GPU não é sobre o número de núcleos de CPU no SoC. E com 128 núcleos de GPU já estaríamos a falar dum GPU dedicado, não embutido no SoC, dado o tamanho requerido

    • IDroid says:

      E também já li que a gráfica com 128 núcleos terá um desempenho superior a qualquer proposta da nvidia. É uma questão de encontrar o link.

      • iDroid says:

        O que li é ligeiramente diferente do que escrevi acima, mas mesmo assim impressionante:
        “Future high-end laptops and mid-range desktops could feature Apple silicon chips with 16-core or even 32-core GPUs. The highest-end machines are planned to feature 64 or perhaps 128 graphics cores and “would be several times faster than the current graphics modules Apple uses from Nvidia and AMD”.”

        Fonte:
        https://9to5mac.com/2020/12/07/apple-silicon-mac-power-macbook-pro/

      • Nuno T. says:

        em termos puramente teóricos uma gráfica com 128 núcleos deverá ser capaz de competir com a melhor gráfica da Nvidia na actualidade. Mas o GPU será um monstro, deverá andar perto dos 60 mil milhões de transistores.

    • O bastardo says:

      Num chip SoC mesmo em 5nm é muito caro meter mais do que o dobro do que tem o M1, ou seja, como muito terá 16 core CPU e 16 core gpu (= 32 no total), o que veremos uma versão cortada (12/12) num MBP 16″ e total (16/16) nos iMac

      • Nuno T. says:

        Um MBP 16″ com 12 núcleos para o GPU não teria a performance desejada. Tendo em conta o que se conhece do M1 com 8 núcleos, acho que isso nem iria ultrapassar, em muitas tarefas, o melhor GPU que a Apple tem neste momento no MBP. Terá que ter no mínimo dos mínimos 16 núcleos. Acho que um SoC desses (12+16) não será assim tão caro para um MBP, será 30-40% maior do que o M1.
        Para a Apple criar um grande impacto com o MBP creio que seria desejável a Apple incluir um GPU dedicado de 24-32 núcleos, assim já iria conseguir competir com os melhores GPUs para portáteis consumindo possivelmente significativamente menos.

  2. Miguel says:

    A Apple vai obrigar a Intel a fazer melhor se não quer ficar em 3ª plano…

  3. Miguel says:

    Para quem dizia que a Apple ia manter processadores Intel para as máquinas pro, aqui está. A Microsoft tem que se por a pau.

    • O bastardo says:

      A Apple ainda não anunciou nada, há a possibilidade de no MBP 16″ e iMac no próximo ano levarem com 11th gen Intel, e só em 2022 todos com M2(X).

      Aqui só tem haver com a quantidade de chips bons que conseguem produzir, se é rentável ou não. Acredito que de momento só consigam produzir o M1 (a gráfica fica ao nível duma gtx 1050 ti e 1650), o que não chega para segmentos superiores (mbp 16 e iMac).

      No final de 2021 devem sair os M2 para mini, air e MBP 14; no início de 2022 os M2X (24 a 32 cores) para MBP 16 e iMac.

      • Miguel A. says:

        Sinceramente, não acredito que a Apple lance novos modelos com Intel. Eles tem imensos problemas térmicos com os Intel. Então no MBP 16 tenho visto colegas a queixarem-se que são barulhentos e aquecem muito.

        • Nuno T. says:

          A transição é de 2 anos, e ainda vai demorar alguns meses até que muitos programas passem a ser 100% compatíveis com os novos processadores. Por isso a Apple terá que lançar alguns novos modelos com Intel, para se manter competitiva e responder às necessidades de certos clientes.

          • Miguel A. says:

            Duvido muito. Já há rumores do MPB 16 com processador M1X. Esta transição vai ser mais rápida do que a anterior (PPC – Intel). Já rumores de iMac com processador M1x tambem, e depois quando a situação estiver maturada, lançam o Mac Pro com um processador em condições.

          • Nuno T. says:

            Mais rápida que a transição PowerPC/Intel é quase impossível. Essa demorou apenas cerca de 1 ano, desde o anúncio de transição até todos os Macs já usarem Intel, com apenas 8 meses entre o primeiro Mac e o último Mac.

            Haver rumores para Macs com um processador Apple não quer dizer que a Apple deixe de vender Macs com processadores Intel imediatamente. Os rumores, vindos de alguém que costuma acertar (acertou com o anúncio de hoje), apontam que a Apple irá lançar no próximo ano um MacBook Pro 16’’ com processador Intel ao mesmo tempo que lança MacBooks Pro com os novos processadores Apple.
            Ao contrário da transição anterior a Apple tem recursos para manter ao mesmo tempo as duas linhas de processadores, durante alguns meses, e não está presa a uma linha de processadores que não iria ser mais desenvolvida. Faz todo o sentido que a Apple faça uma transição suave até que basicamente todos os acessórios e software sejam suportados na nova arquitectura, especialmente na área de música e video que é onde a Apple mais aposta.

    • Nuno T. says:

      A Apple disse em Junho que iria fazer a transição de todos os Macs para processadores Apple.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.