Quantcast
PplWare Mobile

Apple comemora 5º aniversário da App Store e oferece boas apps

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Abílio says:

    Ao longo de 4 anos já possuo gratuitamente algumas das app de top com estas promoções. Basta andar atento.

  2. Frederico Lopes says:

    Pelo que li a Apple não oferece nada. Os “custos” saem dos bolsos dos developers, como investimento na publicidade que ganham

    • MigM. says:

      Nada de novo, p.ex., a pressão que a Apple faz nos casos do ebooks e as taxas que cobram sendo o autor altamente prejudicado.

      • Marina says:

        São as editoras a definir os preços de venda! A Apple apenas estipulou a sua margem de 30%

        • MigM. says:

          Se fosse só isso não estariam em tribunal…

          • Marina says:

            A Apple está em tribunal porque o governo americano achou que teve práticas anti-concorrênciais que prejudicaram o consumidor (ao subir o preço de venda), não as editoras, as quais tb foram alvo de acusação e acabaram por ceder com um acordo extra-judicial.
            Há fortes probabilidades da Apple ser ilibada dessas acusações pois parece que conseguiu demonstrar que não só não estabeleceu cartelização, como os preços até então praticados eram na prática resultado da acção de dumping da Amazon (venda abaixo do preço de custo) que impossibilitava o estabelecimento de qualquer concorrência viável!
            como vês, os autores não eram prejudicados, até se pode dizer que melhoraram a sua posição, pois as práticas da Amazon estavam a matar as vendas de edições mais lucrativas

    • Rui says:

      É o modelo de negócio mais utilizado, hoje em dia. Para o consumidor, o que se reflete é o que a marca oferece, não vejo mal em que tal seja comunicado desta forma 🙂

    • Rui says:

      E as promoções que existem nos hipermercados cá em PT, saem do bolso de quem?

      • Frederico Lopes says:

        Não faço ideia, não trabalho lá.
        Portanto faço a leitura do que me é apresentado. Se não disser nada assumo que é à custa do supermercado. Se já vier nas embalagens (tipo Oferta de 2 iogurtes numa embalagem de 6) assumo que seja à custa do fabricante.
        A questão aqui é que já li os próprios developers a assumirem que são eles que fazem a promoção, e os louros estarem a ser atribuídos à Apple. Se há acordo, não sei.
        Na questão do supermercado se for este a ficar com os louros e os produtores com os custos é escolha/problema deles. Tal como aqui caso exista acordo

        • Rui says:

          Também não deves trabalhar na Apple e estas a apresentar conclusões com base no que leste 🙂
          Se calhar passaram-te despercebidas as noticias nas TVs sobre as pressões de grupos de hipers, Jerónimo Martins, Sonae, etc, sobre os fornecedores afim de eles suportarem os descontos.
          Não percebo porque no caso da Apple não fazes a leitura do que te é apresentado: apps gratis. 😉

          • Marina says:

            Mas no caso dos Hipers são eles que definem o preço ao consumidor, os produtores/forncedores (salvo raras excepções) têm pouco poder para estabelecer esse preço e muitas vezes são forçados pelos hipers a aguentar com os preços sem acordo prévio
            No caso da loja da Apple são os programadores a definir os preços, a Apple não pode alterar os preços a seu belo prazer. É obrigada a estabelecer um acordo. Por isso os descontos que vês é porque acharam que serviam os seus interesses!

          • Rui says:

            @Marina, por isso é que disse:
            “Por uma questão de promoção, há developers que podem apostar neste evento para uma maior publicidade e visibilidade que normalmente não teriam,”
            A mim não me choca nada este tipo de promoções, embora haja pessoal que por ser a Apple faça alguma confusão 😉

          • Marina says:

            Quase todas elas já vendem bem. Pelo menos uma das aplicações custa 20$! Achas mesmo que ía ficar de graça para uma promoção especial da Apple tendo só como contrapartida aparecer nessa promoção!!?
            Não confundas a estratégia que alguns usam de quando em vez para melhorar a visibilidade, com este tipo de iniciativas!
            E continuo a não perceber o teu paralelo com os hipers!

          • Rui says:

            @Marina, se não percebeste à 1ª, nem à 2ª nem à 5ª, não vou gastar mais o ecrã do ipad em explicações.
            Saudações 😉

    • Marina says:

      gostava de ver a fonte dessa notícia pois na loja da Apple são os programadores a definirem quanto é que recebem por cada aplicação!
      Por isso a Apple está obrigada a entrar em acordo com os programadores para alterar o preço, o que pode implicar alguma compensação por cada venda!

      • Vítor M. says:

        Marina, na parte que me toca, a fonte está no texto. mas deve estar a referir-se ao comentário do Frederico eventualmente certo?

        • Marina says:

          certo! à questão de sair do bolso dos programadores! pareceu-me que fui clara

          • Rui says:

            Por uma questão de promoção, há developers que podem apostar neste evento para uma maior publicidade e visibilidade que normalmente não teriam, e isso também representa dinheiro 😉

          • Marina says:

            @ Rui
            mas isso implica acordo prévio com os programadores! A Apple não obriga ninguém. E não deixa de ser possível que a Apple compense em parte a perda de rendimentos.

      • Benchmark do iPhone 5 says:

        A comissão que a Apple cobra no Apple Store é igual à que a Google cobra no Apple Stores: 30%, nas apps pagas e nas “in-app purchases” (compras feitas para aumentar as funcionalidades de uma app, que até pode ser inicialmente gratuita).

        Ou seja o preço de venda = (preço fixado pelo developer + 30% de comissão) + imposto

        O preço fixado pelo developer é o que ele quiser e pode alterá-lo sem pedir autorização – dentro de uma escala em que os preço fixado pelo developer+comissão+imposto dão “saltos”.

        Para se obter essa escala, em euros, o preço fixado pelo developer + comissão é fixado em dólares e convertido, periodicamente para euros. Ou seja cada vez que o câmbio euro/dólar varia o preço em euros não varia – mas varia quando há atualização periódica de câmbios.

        Na Europa o preço das apps (e todas as compras no iTunes) têm uma taxa de IVA de “ecommerce” de 15%, que é a taxa de IVA do Luxemburgo, onde a Apple tem a sede europeia.

        Resumindo, exceto no caso de promoções que podem existir num país e não existir noutro, o preço em € de uma app na Europa é:

        = (preço em dólares fixado pelo developer + 30% de comissão] * taxa de câmbio usada na última atualização (= preço em euros) + 15% de IVA que recebe o Luxemburgo.

        Os 15% desse IVA não o vêem, mas podem ter a certeza que cada vez que compram qualquer coisa no iTunes/App Store o Luxemburgo fica com esse dinheiro.

        • Rui says:

          Não é o preço definido pelo developer + comissão, mas sim, a escolha de varios patamares de preço, dos quais é retirado IVA e comissões, ficando o restante para o developer.
          Por isso é que tens apps gratis, 0,99€, 1,59€, etc. São patamares definidos pela Apples.

          • Benchmark do iPhone 5 says:

            Acho que disse isso.
            Em todo o caso, é o mesmo dizer que o developer pode optar por um preço de venda de 0, €0,99, €1,59
            ou optar por receber 0, €0,603, €0,968.

          • Rui says:

            Não parece que seja a mesma coisa. Uma coisa é escolheres um valor e depois acrescentares comissões e taxa, e outra é escolheres um PVP e com base nisso achares o teu valor a receber.
            Da forma como o descreveste o processo deu a entender que o developer pode escolher um valor qualquer e isso não é assim. Na pratica o developer escolhe é o PVP final.

        • Benchmark do iPhone 5 says:

          Agora é que reparei. A Google cobra os 30% no Google Play (não no Apple Store, obviamente)

        • Marina says:

          @ Rui
          O Benchmark do iPhone 5, diz “alterá-lo sem pedir autorização – dentro de uma escala em que os preço fixado pelo developer+comissão+imposto dão “saltos””
          que é o que tu dizes

        • Marina says:

          @ Benchmark do iPhone 5
          Não percebi a razão do teu comentário… não me parece que se relacione com o que disse!

          • Benchmark do iPhone 5 says:

            Perguntaste se a Apple, além de perder a comissão dos 30% (visto que a app passa a gratuita) ainda pagava ao developer para o compensar por perder os 70% ? Pareceu-me que foi isso. Em que mundo vives ?

            Limitei-me a explicar como são fixados os preços das apps (o que pouca gente sabe, por isso sempre aprendeste alguma coisa). Se um developer, nesta promoção ou noutra, decide que a sua app fica temporariamente gratuita não recebe qualquer compensação da Apple.

          • Marina says:

            Em que mundo vives é a pergunta que te faço!
            A promoção é por convite/acordo da Apple – é o aniversário da loja, certo!? Até está numa secção especial de aniversário, não é uma promoção que cada um fez por espontânea vontade!
            A Apple pode muito bem nem pagar nada, mas certamente não estás à espera que quem disponibiliza programas, que até vendem bem, aceite pôr os seus programas de graça sem receber algo em troca da loja! Publicidade só no dia que é de graça certamente que não chega! Uma das aplicações custa normalmente 20$, ficar de graça tem sérias implicações!!!!
            E não precisavas de me explicar como são fixados os preços, sei desde o início… acho até um pouco ridículo teres que dizer como são fixados, fazendo passar os outros por ignorantes! E foste tão extenso nessa explicação que te esqueceste de explicar para que é que servia!

          • Benchmark do iPhone 5 says:

            Pois sim, Marina.
            Já cá não está quem falou.

  3. Miguel says:

    Quem tiver iOS basta ter instalado o AppGoneFree e todos os dias há bastantes Apps que ficam gratuitas.

    Já uso à mais de um ano e tenho muitas Apps pagas que as obtive de forma gratuita.

  4. Luis says:

    Já fui dar uma vista de olhos e fiquei desiludido. Só dá para quem tem iphone, ou ipad, e não vi nada para o mac. Até fiz download para experimentar, e nem o encontro. Mas no entanto o download foi efectuado.

    • Tiago Dias says:

      O aniversário é da iTunes App Store, e não da Mac App Store, que tem menos tempo de vida, daí não haverem ofertas para Mac.

      O download que fizeste deve ter sido via iTunes, ou seja, o .ipa da aplicação foi descarregada para o Mac/iTunes, mas apenas para instalar num iDevice, não podendo correr no Mac 😉

  5. Ricardo Santos says:

    A apple não está a oferecer rigorosamente nada… vejam se oferecem o Pages, Keynote ou Numbers =P ? pois pois.. “oferecem” o que é dos outros.
    è triste mas a Apple desde que uso os iDevices nunca fez nenhuma promoção (que eu tenha visto) com esses produtos ou os restantes deles…
    Oferecer o que é dos outros é balelas.. isso já acontece todos os meses.. quem tiver uma app que monitorize isso, conforme ja foi mencionado anteriormente consegue instalar algumas gratuitamente.
    Deve ter medo de intupir os servidores… ou desvalorizar o seu software lol…

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      Oferece os 30% da comissão, o developer oferece 70% e o Luxemburgo oferece os 15% do IVA.

      As promoçōes fazem parte da estratégia de vendas, em grupo ganham mais visibilidade.

      Pages, Numbers e Keynote, comparativamente, até são baratas.

      • Benchmark do iPhone 5 says:

        Andam por aí uns zum-zuns de que o iWork para iOS podia vir a ser de borla, por causa do lançamento do iWork for iCloud à borla (e por causa da concorrência)

        http://www.idownloadblog.com/2013/07/09/more-proof-that-apples-premium-iworkilife-ios-suite-could-go-free/

      • Ricardo Santos says:

        Ninguem disse que as apps estavam caras so disse que nunca fizeram promocoes nessas appps.. Ha muitas apps baratas e tem promocoes… É apenas estrategia dos intocaveis, rudo o que eles fazem é optimo, se falha é culpa nossa e devemos agradecer e pagar por eles existirem ;).. Enfim uma promocao nas apps que desenvolvem nos 5 anos de app store iria fazer mossa?
        Esta pseudo caridade deles acontece durante o ano por parte dos developers e com mtboa app a ficar gratuita… Pode ser que com o android a crescer omo esta, e bem, os faca abrir os olhos.

  6. FitzGerald says:

    Não possuo nenhum dispositivo com iOS, mas sempre que vejo estas “freebies” faço sempre o download para ficarem na conta. Se algum dia decidir comprar um iPhone em vez de mais um Android, já tenho umas aplicações à minha espera 🙂

  7. Sergio J says:

    Já tinha comprado o badland há umas semanas. É um bom jogo. No natal compei o Infnity Blade naquelas promoções. Sim tem grandes graficos, mas como jogo é fraquinho. Quer dizer, para os putos que gostam de perder horas em frente a um jogo deve ser interessante.

  8. Ivan Cantarino says:

    Façam como eu 🙂
    Toca a instalar tudo que está disponível depois filtrem o que gostam 😛

  9. Tiago says:

    Até quando estas aplicações são free ?

  10. Tiago says:

    “A Apple não fez, até ao momento, nenhum anúncio oficial, acerca destas promoções relacionadas com as apps, nem se sabe quanto tempo estarão estas apps disponíveis de forma gratuita, por isso é importante que tome conhecimento e as descarregue o quanto antes.”

  11. Fantasia says:

    Independentemente das pressões da Apple e das promoções que os desenvolvedores façam, continua a ser mais rentável que outras stores.

  12. Hell_Shoot says:

    Se gostam de aplicações grátis, instalem o AppsGoneFree. https://itunes.apple.com/us/app/apps-gone-free-best-daily/id470693788?mt=8

    Oferece todos os dias aplicações que eram pagas e ficaram por tempo limitado a custo zero. E como todos sabemos, na App Store a regra é: “Install once, keep it forever.” Portanto, até podem simplesmente vincular a app à vossa conta fazendo download no iTunes, e depois instalam quando quiserem. Utilizo esta app desde que tenho dispositivos Apple e já tenho mais de 1000 apps, sendo que só comprei cerca de 15. O resto foi tudo apps que ficaram a custo zero por tempo limitado. Muitas delas apps de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.