PplWare Mobile

Apple vai acabar em breve com os seus equipamentos Wi-Fi


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. TOM says:

    “eliminar as que não estão a conseguir produzir novidades”… assim ficaria sem nada!

  2. pintor says:

    “apenas geraram 11,1 mil milhões de dólares em 2016”
    Linda frase.

  3. MiguelDias says:

    A muito tempo que só produzem branco com cantos redondos…

  4. Miguel Sousa says:

    A nível de routers, os da Apple sempre foram demasiado caros para as funcionalidades que permitiam. Ainda gerarem lucro é que é esquisito. Foi um segmento onde a empresa nunca conseguiu nada de interesse, pois pagar 300 euros por um router que se obtinha de outro fabricante por 104 com mais funcionalidades, dá para tapar a cara. Nos monitores aconteceu o mesmo, estarem a vender monitores por 1500 euros, quando existiam iguais no mercado por 475, onde só faltava a maçã ratada, acabaram por saltar fora, porque os clientes começaram a ver que estavam a pagar demasiado, pela mesma coisa.

    • Daniel says:

      A versão de 300 euros vem com 2TB de espaço para fazer backup com os aparelhos da Apple. Funciona lindamente com o Time Machine. É um daqueles produtos com a filosofia “it just works” que na minha opinião valem a pena para quem investe muito no mundo da Apple.
      Para além disso, até agora foi o único router que usei em que as impressoras wireless funcionam sem qualquer problema de sincronização.
      Tem menos funcionalidades? Sim. Mas às vezes as pessoas procuram este tipo de equipamentos por funcionalidades específicas. Bem, eu vou encomendar mais um de 3TB antes que seja descontinuado.

    • Pedro says:

      Totalmente verdade, mas enquanto os comprarem e lhes derem lucro, essa realidade será uma das essências da marca. Cabe mesmo ao consumidor decidir onde quer aplicar o seu dinheiro.
      Gostei do pormenor dos “4” 🙂

      • Ze says:

        Por acaso é mentira, claramente desconhecem o mercado. Os routers quando equiparados a routers semelhantes ficavam sempre ligeiramente mais baratos, de notar que a Apple foi das primeiras a introduzir PoE para as massas a preços acessíveis, ainda nem o comum dos mortais tinha ouvido falar em PoE semelhante fez para a Lan a gigabit em routers e preços acessíveis, assim como foi a primeira a avançar com norma G, norma N (draft) assim como AC. Os routers apenas pecavam por serem demasiado fechados e não teres controle nenhum sobre nada do router, ficando sempre limitado às emissões reguladas de cada país, também com os airport extreme iniciaram um “movimento” de streaming de música via wireless para todas as divisões a um preço completamente imbatível, já as TC, quando saíram, tinham um preço muito competitivo, onde compradas um disco de rede para backups e praticamente vinha de oferta um router wireless.

        Para os monitores, IPS, onde a marca a quem eles comprava as telas (LG) vendia monitores exactamente iguais pelo valor que a Apple vendia monitor + computador (iMac) onde tudo o que era profissional e fotografia ou video ia comprar o iMac por ser um monitor IPS a um excelente preço e com oferta de um computador.

        É preciso saber o que se está a comparar para fazer afirmações dessas.

        P.S.: Not an Apple user, just a technology know-it-all 😉

        • João MS says:

          Os mesmos monitores vendidos pela LG custavam cerca de 1200€??? Desculpa mas não acredito. E os monitores da Apple não são nem nunca foram de gama profissional. Para foto/video, há muito poucos fabricantes que fazem monitores considerados profissionais. LaCie, NEC, eizo e acho que nenhuma mais. Tudo o resto, Apple incluido, são monitores para “aficcionados”.

          • Ze says:

            Lol. A Apple nunca teve outro tipo de monitores que não fossem IPS.. Informem-se antes de virem comentar essas asneiras.

    • Guiomar says:

      Os routers da Apple eram bons por serem fáceis de configurar.
      Os monitores da Apple funcionavam como dock para os computadores da Apple e eram competitivos na altura que saíam, o problema é que o hardware não era actualizado com muita frequência e os preços não desciam significativamente com o tempo.

    • Rui Carriço says:

      Mas é mesmo essa a política da Apple, vender equipamentos a preço exagerado, e tem tido sucesso, como não sei

      • Ze says:

        Comparar o comparável sff. A comparar coisas dentro do mesmo segmento, até há pouco tempo valia o dinheiro. Hoje em dia, com os avanços da Microsoft com o Windows 10 e os fabricantes a apostarem cada vez mais em R&D para a construção de equipamentos, cada vez faz menos sentido um mac.

  5. dumitru says:

    Vão eliminar tudo que é wifi e criar mais e mais adaptadores xddd. Queres tecla ESC? Paga uns 100€ xddd ahh espera nao tem porta usb, paga mais uns 100. Joke xd

  6. Ilidio says:

    Aos entendidos, que produto há no mercado para substituir o airport express?
    Obrigado

  7. DeuX says:

    O problema dos routers da Apple é o seu preço exagerado perante a concorrência, no entanto gostava bastante da Time Capsule, tanto pelo design como pela facilidade de backups. Mas lá está, hoje em dia por menos dinheiro já se compra um NAS jeitoso e um router com suporte para DD-WRT.

    Já agora aqui fica mais um bug que afecta o iOS desde a versão 5 até a 10, incluindo as betas mais recentes

    https://www.theguardian.com/technology/2016/nov/22/iphone-prank-video-apple-smartphones-crash-bug-miaopai

    já testei no iPhone 6S Plus da Maria e ficou todo marado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.