Apple vai abandonar as portas USB nos novos MacBook Pro


Destaques PPLWARE

197 Respostas

  1. ptpedropt says:

    -jack
    -usb
    -$$$

    e que mais eu não vou perder?

  2. abcd123 says:

    A Apple está a fazer a mesma asneira que fez em 1998 com o imac g3. Removeu o leitor de disquetes, e deixou um gravador de cd sem suporte para rw e um porta IR, obrigando assim a comprar leitores de disquetes portáteis (pois era o formato mais usado na altura). Deve ser a mudança de comportamentos a forçar a mudança de periféricos e não o contrário pois isso só deixa os clientes descontentes( com o uso de apetrechos desnecessários).

    • Bartolomeu says:

      Asneira? Foi esse iMac que melhorou as vendas da Apple, foi esse iMac que mostrou a primeira grande aposta dum construtor no USB como o interface dos futuros periféricos.
      Isto não obriga em nada a mudar periféricos

  3. FAB says:

    Que eu saiba, USB-C é uma porta USB.

    E o texto original não diz que vai ter só uma porta USB-C.

    • Sim, mas quando se fala em portas USB o que te vem directo à cabeça não é de certeza as portas do tipo USB C. Alias, USB foi até à pouco tempo a designação usada para as portas do tipo A, tanto que com a chegada da geração seguinte passou a designar-se USB Tipo C

      • darkvoid says:

        “Os MacBook Pro vão perder todas as portas USB.”
        As portas do tipo USB-C são USB pelo que está errado usar esta frase.

      • Modem says:

        Que suposição mais idiota

      • FAB says:

        Vem sim.

        É tentar dar a volta ao assunto. Ter todas as portas USB-C e Thunderbolt 3.0 (que serão várias), é um ponto positivo, não um ponto negativo.

        Pessoas que compram PC’s de 1500€, não são atrasadas mentais, procuram o melhor e o mais avançado, não são pessoas que compram de 500€ que estão agora preocupadas com a sua pen de 4GB.

        • K says:

          Bem, definitivamente és o cliente tipo da Apple.
          E pela tua ordem de ideias, quem compra algo mais barato é atrasado mental.

          Perdeste a credibilidade toda logo aqui.

          • Joao 2348 says:

            Ele só quis dizer que só por terem dinheiro não têm de ser atrasadas mentais (que é exactamente o que muitos pobres acham).

            Quem é mais pobre é que está preocupado em manter o que têm a funcionar porque não tem dinheiro para substituir pelos novos modelos.

      • João Duarte says:

        A nova porta chama-se “Tipo C” porque o “Tipo B” já existe há muitos anos, é usada em periféricos sem capacidade de host, a não ser que tenham implementado USB-otg.

  4. zeca says:

    vai ter uma só porta all-in-one e depois compra.se um adaptador de 300€ pra ligar os acessórios!

    • Bartolomeu says:

      Não vai ser só uma porta

      • Pedro says:

        Ainda não se sabe, pois tudo não passa de rumores, mas no artigo está ” este modelo trará o fim das portas USB e a chegada de uma única porta USB Tipo C”

        • Bartolomeu says:

          Mas não é isso que o site japonês Macotakara diz, a fonte do artigo. Se reparares mais à frente neste artigo até falam em portas no plural:
          “os novos MacBook Pro vão trazer portas USB Tipo C e portas Thunderbolt 3”
          E dado que portas Thunderbolt 3 são portas USB Tipo C e compatíveis com USB 3.1…

    • Pedro says:

      Tens a 25 e 89 euros para ser mais exato (se quiseres da Apple).

      • FAB says:

        E se não quiseres da Apple, podes muito bem comprar os adaptadores que quiseres, 2 adaptadores USB-C para USB-A custam menos de 5€ na Amazon, e são “aprovados” pelo gajo da Google.

        Atirem areia para os olhos de quem quer!

  5. MACnista says:

    … é o que eu digo, acabam com as portas USB, com os leitores de CD’s, é uma sorte fornecerem ecrã, isto realmente…

    • Bartolomeu says:

      … não acabam com portas USB…

    • Rui Carriço says:

      O próximo não tem nem teclado nem monitor

    • winetree says:

      Acabaram com as disquetes – > ninguém ligou
      Acabaram com as drives de CD/DVD – > ninguém ligou
      Acabaram com as portas USD – > pera, afinal não acabaram ainda… temos de esperar para ver.

      • uppsss says:

        as diskettes ainda se usam hoje em dia por incrivel que pareça, no entanto em apenas num nicho necessário… logo ainda não foram totalmente extintas…

        as drives de cd’s\dvd’s\BR’s ainda continuam a ser usadas portanto não acabaram, nem tão pouco estão perto disso…

        e portas usb continuam e vão continuar, a diferença é que se vai começar a usar outro modelo de porta que para já requer adaptador…

        até me admiro não ter acontecido esta situação há mais tempo, havendo já algum tempo micro-usb e o recente usb-c que por questões de espaço são bastante mais versáteis que as há já muito tradicionais usb-A…

        • Dani says:

          Ve lá que eu ainda uso uma pena com tinta para escrever…

          • MACnista says:

            EHEHEHEHEHE não esqueças o aparo!!

          • Pedro says:

            É verdade que esse nicho existe, conheço artistas cujo input dos sintetizadores ainda é através de disquetes, segundo eles não justifica o investimento num novo, até porque os ficheiros midi em média só têm 100 kb têm é de usar floppy drives usb… Até o sistema de controlo de misseis balisticos intercontinentais dos Estados Unidos ainda hoje é baseado em disquetes…

            E é assim, tal como ainda existem fotógrafos que não trocam o rolo por nada.

            Nichos…

        • winetree says:

          Isso é tudo verdade, mas quando digo que acabaram, refiro-me nos computadores deles.

        • Hugo says:

          Por essa ordem de ideias apenas os dinossauros e mais um par de coisas estão extintas LOL
          Eu cá acabei de montar um pc novo e drive de dvd nem dada. Só faz é barulho e diga-se a verdade…serve pra muito pouco hoje em dia.

        • FAB says:

          “as diskettes ainda se usam hoje em dia por incrivel que pareça”

          No cambodja, só se for…

  6. Eu Mesmo says:

    Titulo da noticia completamente enganativo

    “[…]este modelo trará o fim das portas USB e a chegada de uma única porta USB Tipo C[…]”

    Como o nosso amigo/a FAB indicou que eu saiba USB-C tal como o nome indica é uma porta USB

  7. Carlos says:

    Portanto seguindo a tendência de praticamente todos os outros laptop (da mesma categoria) lançados no último ano.
    Cada vez mais fica provado que quem tinha as ideias realmente novas e que realmente mudavam a forma como fazemos as coisas era o Steve Jobs.
    O Tim Cook será uma ótima pessoa, mas não tem esse espírito inovador.

    • winetree says:

      Parabéns pela critica original.

      • winetree says:

        Foi sem ironia. A verdade que grande parte dos laptops da mesma categoria, só já trazem portas USB-C e mais nada.

      • Carlos says:

        Opá, diz lá um produto lançado no tempo do Sr. Cook que virou de pantanas o mercado.

        O Apple Watch? Claramente uma resposta ao smartwatches de todas as outras marcas, principalmente os da Samsung.

        O iPad Pro? Claramente uma resposta ao Surface Pro.

        Sim, ambos vendem-se melhor que os produtos com que concorrem, mas não são produtos que definem mercados, como, ficando-me só pelos produtos mais recentes, o MacBook Pro e o Air, o iPod, o iPhone e o iPad.

        É disso que estou a falar.

        • ACS says:

          Sabes que o apple watch se falava muito antes de a samsung lançar o deles. Alias depois de sairem os rumores sobre um possivel apple watch que a samsung e outra marca que ja nao me lembro anunciaram que passado 1 ano iria também fazer um.
          Na altura até gozaram que a apple devia lançar o rumor que eles estavam interessados em fazer carros para ver se a samsung também ia a trás.

          • Carlos says:

            Isso não altera o facto que o Apple Watch não foi nem é um produto revolucionário como os que citei.

          • FAB says:

            Não é um produto revolucionário?

            Primeiro smartwatch com sensor de batimentos cardíacos + pagamentos NFC a funcionar + altifalante + braceletes intermutáveis + tamanho razoável, e não é nada revolucionário?

            O Apple Watch foi simplesmente o primeiro smartwatch a sério, e ainda não há competição!

        • Vianeq says:

          No tempo do sr Cook como revolução,
          •1° o iPhone 5 foi o primeiro smartphone a ter um processador real de 64 bits
          2° o iPhone 6 introduziu o TouchID (o primeiro sensor de digitais num smartphone )
          3° o Samsung Pay, o Android Pay, o LG Pay te lembra algo? O Apple Pay foi o primeiro sistema de pagamentos móveis em substituição a a cartões de débitos/crédito e TPA.
          4° Estrutura de revestimento da tela do AppeWatch. O safira é o mineral transparente mais resistente descoberto até hoje!
          •5 Estrutura do iPhone 6S. Feita a base de alumínio serie 7’000, que é um componente usado em veículos espaciais
          •6 A Bateria do MackBook de 2015, é espécie de folhas, feita pra ocupar toda área inferior! (+ não darei detalhes)

          Viste o MacPro? O Desktop para estação de trabalho da Apple? Kkkkk. O público pensa que toda inovação é pra eles. Existem coisas voltadas apenas aos desenvolvedores ou pra máquina em si. (O Swift e o Metal, lançados em 2014 são exemplos concretos )

          NUM INTERVALO DE 10 ANOS, APENAS UMA OU DUAS INOVAÇÕES REFORMULAM O MERCADO. DIZIA JOBS, E DESDE O LANÇAMENTO DO iPhone, PASSARAM EXATAMENTE 10 ANOS! ESPERA PRÓXIMO ANO PRA FALAR MAL DO T Cook.

  8. Edexote says:

    A próxima versão vai acabar com o Wi-Fi. Vão trazer placa de comunicação sem fios numa frequência diferente e usando um protocolo proprietário. Quem quiser net terá de comprar um iRouter por apenas 499.99€, mais portes de envio…

    • Bartolomeu says:

      Não sabia que o USB-C era proprietário.

    • winetree says:

      Portanto, essa critica é para a Apple, HP, Lenovo, Dell, etc… Todos esses fabricantes que têm este tipo de portátil só com portas USB-C, certo? Ou é só iResabiamento??

      • Pedro Barros says:

        Se há mais portateis já SÓ com portas usb-c eu não sei, não ando a acompanhar todos os portateis novos que saem, apenas comentei o conteudo desta noticia relativamente a este fabricante especifico.
        Se há mais marcas a optar por substituir todas as portas por usb-c, é tão ridiculo como a decisão da Apple! Deveria haver um periodo de transição com ambas as portas primeiro

        • Flavio says:

          É ridículo porque? Porque tu queres? Se não te dá jeito não compres, agora o mercado não pode deixar de avançar só porque não te dá jeito a ti. Eu também tenho um disco externo e não me dá jeito a mim não ter usb normal no meu computador, a não ser que haja um cabo (não um adaptador) que sirva é que seja barato. Portanto não comprarei enquanto não me der jeito e também enquanto o meu funcionar. Faz o mesmo que eu e não seja tu ridículo.

    • Pedro says:

      USB-C não é proprietário. O Lightning que está nos iphones é que é.

  9. Bartolomeu says:

    mexer nas dimensões do portátil? Os Macbook Pro já são de 13,3 e 15,4 polegadas, e o MacBook Air já é de 13,3 polegadas, desde há muitos anos

  10. Rui LUX says:

    “e vai obrigar os utilizadores a comprarem adaptadores para todos os seus actuais dispositivos USB” – ding ding ding.. $$$ 😉 é uma boa opção.. pelo menos para eles e os fabricantes de acessórios.. (mas sim.. USB-C será o futuro.)

    • ACS says:

      só precisas de dois. Um de usb-a para usb-c e outro para hdmi. Parece que também querem tirar essa porta visto que as outras duas que vão estar presentes conseguem fazer o mesmo que o hdmi

  11. Pedro Nunes says:

    Seria de espererar uma mudança deste género por parte da apple.
    Visto que o usb c já foi introduzido no macbook 12 é muito provavel que isto se expanda aos outros computadores da apple.
    Sendo cliente da apple as vezes fico meio confuso que as estratégias da empresa. Penso que será o início do decaimento da apple, pois muitos equipamento usam usb “normal”…
    Esperar para ver…

    • Bartolomeu says:

      Tens noção que é meramente uma questão de cabos? Continuas a poder usar exactamente os mesmos equipamentos. Uma transição bem maior foi a transição para USB há cerca de 20 anos, ou a mudança de firewire para thunderbolt.

      • Eu Mesmo says:

        Passar de 2/3 portas USB para uma porta USB-C, ou seja menos equipamentos possíveis ligados
        É como a história do lightning agora também dar para ouvir musica,. mas só fazes uma coisa, ou carregas ou ouves musica, aqui vai ser uma coisa parecida.
        Quanto muito introduziam 2 portas USB-C

      • Estas transições nunca foram (ou nunca deviam ser) instantâneas. Querem inovar, óptimo, comecem a trocar Algumas portas por outras. Agora mudar tudo de uma vez e obrigar os utilizadores a comprar adaptadores, só porque sim, é mesmo estilo Apple. Mas fazem eles muito bem, já que os utilizadores deles vão sempre atrás, a Apple faz bem que se aproveita disso 😉

        • Bartolomeu says:

          Numa transição acabar-se-ía sempre a necessitar dalgum adaptador ou hub para ter portas doutro tipo. Repara que o espaço num portátil é limitado e não têm só USB.

    • Flavio says:

      Quando acabaram com as disquetes nos Macs disseram o mesmo, quando acabaram com os CDs nos MacBooks diziam o mesmo.

  12. judas iscariotes says:

    a Apple em inovação não a melhor sempre a tentar inovar no lucro

  13. Não Interessa says:

    É só mais uma estratégia para vender adaptadores, só um cego é que não vê isso.
    Eu farto-me de rir quando algumas pessoas usam macs e dizem que é espetacular e que é tão bom, blah blah blah e depois sacam da mala de viagem com os adaptadores todos de cada vez que precisam nem que seja de ligar um cabo de rede…

  14. Luis says:

    qualquer dia eliminam o ecrã…

  15. int3 says:

    Pedro Simões, altere o artigo “apple vai abandonar o USB do tipo A para o C”.

  16. Pedro Barros says:

    Boa Apple!!! Tirar todas as portas usb “tradicionais” e substituir por usb c, que só começo a ser utilizada há meia duzia de meses, é mesmo de genio!!
    Toca o pessoal todo a comprar adaptadores, e conflitos de drivers e outras tretas que tais…

    Já agora, e antes que venham cá dizer como já vi a cima escrito, “ah, e tal… as usb c tambem são portas usb…”, gostava de lembrar que, um macbook ou mesmo um pc, pode ser usado das mais diversas formas e para as mais diversas áreas que não estritamente funções tipicas de “pc”, e que muitos dos equipamentos especializados, ate os mais recentes usam portas usb tradicionais, particularmente equipamentos de musica.

    • Bartolomeu says:

      A porta USB-C continua a ser compatível com todos esses equipamentos, não há conflitos pois tem retrocompatibilidade com USB 2 e 3, é uma questão de usar cabos novos ou um hub. O USB-c está quase a fazer 2 anos.

      • Pedro Barros says:

        Até pode ser assim, mas mesmo assim só ha garantias depois de se experimentar no equipamento especifico.
        Em todo o caso requer substituição dos cabos antigos, compra de adaptadores ou hubs, é uma porta muito mais fragil fisicamente que a anterior, não estanto tão bem preparada para uma utilização profissional mais “robusta”
        A questão principal é substituirem de repente TODAS as portas por unicamente usb c.

        • Bartolomeu says:

          Não há nada mais a experimentar a compatíbilidade existe ao nível de canais físicos das portas, com canais dedicados ao protocolo USB 2… Não estamos a falar duma coisa nova que ainda ninguém usou.
          De repente? Já há USB-c há bastante tempo, e se mantém compatibilidade com os equipamentos antigos a única celeuma seria com levar a comprar cabos novos ou um hub, mais nada, algo que ocorreria qualquer que fosse o momento de transição.

        • Carlos Palito says:

          oh burro tu n tens macbook por isso n te interessa…vai la ver os usbs do teu portatil de 200euros

    • APereira says:

      Que eu saiba USB C já está no mercado desde Agosto de 2014, ou seja, já lá vao mais de 2 anos agora…

      Que saiba também, existe total retro-compatiblidade, logo nao há problemas com drivers e afins.

      Quando acabaram com as portas serial? Ainda hoje existem muitos equipamentos que as usam?Ves o pessoal chateado com isso? Adaptador para USB e está feito.

    • Pedro Barros says:

      ão ão ão ão ão…..ão ão ão ão ão…
      PAFFF!! caim…. caim….. caim

  17. Justiceiro says:

    Esta maçã está cada vez mais podre.
    – Tiram as teclas aos telemóveis (estúpido);
    – Tiram entradas jack (rídiculo);
    – Tiram portas USB normais (parvo);
    – Armam-se que o carregador e cabo têm de ser diferentes dos outros (palhaçada);
    – Fazem pc’s finos o suficiente para não terem leitores de cd…
    Mas esta gente anda a fumar o quê? Pior são os que apoiam estas coisas…

    • Migael says:

      A Microsoft já tinha acabado com as teclas nos Lumias à muito tempo…

      Aliás só era mesmo necessário o botão power para ligar o telefone, porque é possível clicar duas vezes no ecrã para ele ligar e duas vezes para desligar. E quanto aos leitores de CD até concordo.

      Agora com o restante, como audio jack e portas usb são verdadeiros fails.

      • Justiceiro says:

        Não gosto do “sem fios” e “touch screen”. Por mim reina o analógico e a cablagem.

      • Justiceiro says:

        É quase como os doidos varridos que preferem produzir música num pc ou tablet, dispensando dezenas de equipamentos, que ocupam 100x mais espaço, e transformam grandes salas cheias de equipamento em duas peças. Se o futuro é isto, não quero fazer parte dele. Isso e todos os problemas de segurança e de saúde que a evolução tecnológica trazem, que superam em larga escala as vantagens.

      • ACS says:

        Tudo depende do mercado para dizermos se é fail ou não. Se o mercado seguir a tendência vamos ter uma transição agressiva e finalmente passado dois anos vamos ver todos os novos telemóveis, cameras, etc com entradas e cabos usb-c. Idem para o jack. O que não falta é auscultadores com cabos que nao são jack ou adaptadores os unicos que naos e converteram foram os phones de baixo custo pois um jack fica bem mais barato.

    • Vera says:

      Esta maçã está cada vez mais estupido
      – critica estupida;
      – critica estupida;
      – critica estupida;
      – critica estupida…

    • Hugo says:

      Nem uso produtos Apple, mas das afirmações que fizeste apenas a questão dos cabos faz algum sentido. Tudo o resto é pouco ou nada significante.

    • APereira says:

      – Tiram as teclas aos telemóveis (estúpido);
      Nao foram os primeiros, já existiam vários telefones no mercado apenas com touchscreen e um ou dois botoes para ligar e desligar e eventualmente volume.
      – Tiram entradas jack (rídiculo);
      É uma tecnologia com decadas hoje em dia e que estava a fazer com que o equipamento fosse mais grosso sem necessidade… confesso que quando vi a noticia pensei ser estúpido no entanto depois fiquei mais atento e percebi que nao me recordo bem da última vez que usei a porta de audio 3.5mm…
      – Tiram portas USB normais (parvo);
      Quando passaram das portas USB 2.0 para 3.0 ficaram tao chateados? É a mesma coisa… a unica diferenca é que agora a porta é ligeiramente diferente e terá de se usar um adaptador para ligar equipamentos antigos.
      Problema?Nao vejo… ou era preferivel continuar com as portas USB “normais” como tu lhes chamas para o resto da vida mesmo tendo um standard bem melhor?Evoluir para que?Estavamos tao bem com as portas serial e portas paralelas para ligar as impressoras (ops, desculpa isso nao deve de ser do teu tempo).
      – Armam-se que o carregador e cabo têm de ser diferentes dos outros (palhaçada);
      Estás a falar do carregador dos Macbook? Repara que já muitos os seguiram e fico admirado em nao serem todos a usar os carregadores magneticos.
      Estás a falar do cabo de dados/carregador do iPhone? Repara que USB C tem uma particularidade que já é usada a nos nos iPhone…podes encaixar o cabo em qualquer posicao sem problemas… de reparar também que nunca vi nenhum iPhone com a porta de dados/carregamento danificada(partida por dentro) já outros equipamentos é o prato do dia-a-dia…vamos lá ver se USB C muda isso.
      – Fazem pc’s finos o suficiente para não terem leitores de cd…
      Nao me digas que ainda andas na era dos leitores de CD/DVD?? porque pagar por um leitor/gravador de cd/dvd quando nao o usamos?

      • Apoca says:

        que nao precisas?? hmm, então quem gosta de filmes e comprar BR, já não os pode comprar…pois não a leitor….ridiculo….

        e queres comrpar a qualidade de um cabo com wireless?? ou vais me dizer que a qualidade é igual?? mete lá um sistema de som ai a funcionar para me rir……pois…não consegues…bad story bro……

        • Pedro Barros says:

          Não vale a pena amigo… para esta malta não faz sentido haverem pessoas com uma utilização diferente, com necessidades diferentes e standards de qualidade diferentes daquilo que eles usam habitualmente.
          Se eles não usam, claro que é ridiculo alguem que usa não concordar com algo, pois a suposta “maioria” das pessoas não usa.

          Ìsto é como dizia o meu avô: É estar a malhar em ferro frio…

        • Luis says:

          Tentei imaginar viajar com a minha colecção de DVD’s e BR… não consegui. Agora a sério, compras DVD’s para ver num portátil?!?!? Existem leitores por 50€ que se ligam ás TV’s e tem imagem fantástica!

          Quanto ao jack, bem, uso todos os dias. Mas se não tiver, arranjo outra forma de ouvir musica. Bluetooth?

          Do que li do “justiceiro” a conclusão que tiro é que a Apple não cria equipamentos para pessoas como ele. 😀

          Existem centenas de portáteis por aí à venda, escolham outras marcas!

          • Pedro Barros says:

            “Do que li do “justiceiro” a conclusão que tiro é que a Apple não cria equipamentos para pessoas como ele. ”

            De que a Apple apenas cria equipamentos para um determinado “tipo” de pessoas e não para o publico em geral já muitos de nós percebemos ha muito tempo. E não me refiro a preços ou status on nada dessas tretas…

          • Luis says:

            @Pedro Barros, se reparares bem no que o “justiceiro” escreveu, a maioria das coisas nem faz sentido, e foi nisso que me baseei. Quem é que quer comprar smartphones com teclas? Assim de repente lembrei-me da RIM aka BlackBerry. Nota-se que o pessoal quer teclas. Entradas jack? ok…. concordo em parte, mas o que não falta por aí são auriculares bluetooth. Portas USB normais? Já há por aí portáteis de outras marcas sem elas e não é por aí que o pessoal começou a reclamar (apesar de concordar que ainda vão fazer falta durante mais uns anos). Cabos e carregadores diferentes? Estamos a falar de smartphones ou de portáteis? É que cada fabricante de portáteis tem o seu formato, mais fino ou mais grosso. PC’s finos sem DVD? Pessoalmente nem me lembro da ultima vez que usei um DVD num portátil… afinal lembrei-me, foi quando tinha um PC portatil e tinha de utilizar os DVD’s originais para instalar drivers.
            Resumindo, o que ele escreveu faz sentido para quem não evolui com a tecnologia, e só fico admirado não ter reclamado das disquetes.
            Pegando no teu comentário anterior:
            “para esta malta não faz sentido haverem pessoas com uma utilização diferente,”
            Para mim faz todo o sentido haverem pessoas com necessidades diferentes, por isso é que continuam a haver N marcas a comercializar diferente tipos de portáteis e PCs. A cena é, a Apple não faz efectivamente PC’s para todos os gostos. Já viste algum carro comercial da Ferrari ou Porsche? Claro que não, eles também não fazem carros para todo o tipo de pessoas 😉

      • Justiceiro says:

        -teclas
        Botões, as coisas querem-se com botões – analógicas.

        -jack
        Uso todo o santo dia, tanto no telemovel como no pc, e recuso-me a usar ligações sem fio tipo wireless ou bluetooth para ligar equipamentos, se nem o portatil uso isso, é mesmo por cabo de rede. E digam o que disserem, para mim, as ondas do wireless e do bluetooth para quem usa phones ou auriculares sem fios, são altamente prejudiciais à saúde.

        -USB normais + carregador + cabo
        Não me viste reclamar de as portas ficarem mais rápidas, falo sim, da mania estúpida da Apple e dos seus seguidores em não usarem tecnologia que todo o mercado usa, no caso dos cabos USB, querem introduzir um novo? Muito bem, reunam-se com Samsung, LG, Etc etc e debatam isso, façam todos o mesmo. Porque razão, ficas sem bateria num iPhone e tens de ir comprar um cabo, se toda a gente tem um micro-usb por perto?

        -leitores de cd
        Não sei como guardas os teus ficheiros, mas deves andar a faze-lo em mp3. Pois bem, se realmente gostares de musica, vais guarda-los todos sem compressão. É simplesmente nojento correres imensas lojas e já ninguem vender cd singles. Quantos cds tens em casa? 10? E se tiveres mais de 30.000 como é o meu caso, como fazes? Vais gastar 200 euros num leitor externo quando acabaste de dar 2000 num pc que não lê cd’s? Se queres ver as coisas dessa forma, porque inventaram o BlueRay?
        Outra coisa, como guardas coisas? Num HDD/NAS externo (ainda se pode tolerar, ainda que não seja seguro) na cloud (impensável!!! nem a troco do euromilhões meto ficheiros na cloud), claro que vais guardar copias de segurança em cd ou dvd… Tudo o que tem ligação à net é preocupante, e não tem qualquer segurança.
        Se tenho informação sensivel que quero proteger, SIM, e depois?

        • APereira says:

          Tu vives mesmo num mundo completamente a parte…

          Pareces a minha avó que diz que nos tempos de jovem dela é que era…

          – Jack
          Tipicamente utilizo bluetooth tanto no telemóvel como no PC.
          Sim claro que a qualidade nao é a mesma, mas nesse caso tenho o adaptador.
          Da forma como falas parece que retirarm toda e qualquer hipótese de usar headsets com cabo e entrada 3.5mm… qualquer das formas e porque nao 6.35mm?
          Quando quero ouvir música com qualidade, simples tenho um sistema Hi-Fi que faz o que pretendo e se estiver em viagem no carro? Simples, por alguma razao paguei extra por um sistema Harman Kardon extra quando comprei o carro.
          Ouvir música no telemóvel na rua nao é opcao para mim.
          A questao das ondas wireless serem prejudiciais para a saude e bla bla bla…é simplesmente ridiculo…sabes que em 1960 nao havia ondas wireless como hoje em dia, no entanto a esperanca média de vida era de 62 anos…por outro lado hoje temos ondas wireless em todo lado e a menos que quase mudes de planeta nao te safas delas e a esperanca media de vida é 80anos.

          – USB normais + carregador + cabo
          A norma USB tem vindo a evoluir, e chegou-se a conclusao que a porta usada hoje em dia é demasiado frágil para além da necessidade de se poder encaixar a ficha de um lado ou do outro… Nasceu USB C… Está a ser adptado por todas as marcas e nao é tao pouco uma invencao da Apple.
          Na questao dos carregadores para os telemoveis, pois na questao dos portateis poucas sao as que partilham as mesmas especificacoes, a Apple desde o iPhone 5 que tem uma porta de dados/carregamento que para além de fazer mais do que transferencia de dados e carregamento é mais robusta que MicroUSB e adivinha…dá para encaixar seja em que posicao for… Coincidencia ou nao é o caminho que USB C está a seguir.
          Isto já pra nao falar que é mais rápida que MicroUSB.
          Quanto a questao de toda a gente ter um cabo Micro USB ao lado, daqui a “dias” toda a gente vai ter um USB C a mao.
          Do que referes de precisar de carregar o telefone e “toda a gente” ter um MicroUSB ao lado, yah em parte é verdade mas também nao é mentira que poucas foram as vezes em que fiquei sem bateria e nao pudesse voltar ao carro (por exemplo) e meter o telefone a carregar durante uns minutos para fazer uma chamada.

          – Leitores de CD.
          Mais uma vez mostras viver na idade da pedra…
          Sim guardo os meus fiqueiros na Cloud por estes lados simplesmente acabaram os DVD/CD, pen drives, discos externos, NAS etc etc etc…
          Tudo simplesmnte guardado na Cloud, é inseguro? Yah claro que é… os CD/DVD e afins sao mais seguros? Dos olhos alheios sim da questao garantia de backup e acesso nem por isso.
          Depois, quem é que quer saber do que eu meto na cloud ou tenho no meu PC?
          Fiqueiros sensiveis tais como fotos mais pessoais ou que contenham informacoes confidenciais simplesmente sao encriptados.
          CD para musica? Tenho vários claro e o ultimo adquirido foi provavelmente a mais de 5anos.
          Com servicos de streaming com boa qualidade para que andar a comprar CD’s quando posso pagar uma mensalidade (que custa menos do que os CD que iria comprar) e ouvir música na mesma?
          Ah, yah qualidade… a menos que andes a sacar música da net a maioria dos servicos de streaming já tem uma qualidade muito boa, mas mesmo assim se quiseres aquele CD para ouvir no sistema Hi-fi lá de casa…voilá.

          É simplesmente excelente poder entrar no carro, abrir o Spotify ou equivalente, pousar o telefone na dock onde carrega enquanto passa música.
          Nao ter de andar com CD’s atrás para depois perceber que se danificaram ou que afinal nao tenho aquele cd no porta luvas…
          Aliás é ainda melhor nao ter o carro atolado de CD’s…
          Quanto ao Blueray, nao sei se reparaste mas foi algo que nao teve muito sucesso tirando para o armazenamento de video ou conteudos multimedia tais como jogos para as consolas porque de resto é para esquecer.

          Um outro ponto…tu dizes ter mais de 30000 cd’s e pela conversa sao de música em formato audio…
          Tendo em conta que cada cd pode armazenar até 80 minutos em formato audio, queres tu dizer que tens cerca de 240000 minutos em audio?
          40000horas?
          1666 dias?
          Cerca de 4.5 anos de música non stop?

      • root says:

        It´s called future.
        Assino por baixo tudo o que disseste a adicionar um dado relevante: packaging! Repara nas caixas dos produtos de outras empresas do ramo. O que eu acho é que este é o modo de trabalho da Apple. Agitar o mercado. Eu sou uma empresa: assisto ás mudanças dos meus concorrentes e vejo se o produto A ou B dá BOOM no mercado. Se der, eu lanço uma versão melhorada que SEI qual é a probabilidade da bater certo. Acabar ou permutar as conneções é um processo de negócio. E infelizmente vê-se poucas empresas com coragem para o fazer. vai chegar o dia em que o telemóvel só vai usar um único botão. E daí? já não estamos em 1900. É este o motor da tecnologia!

  18. David Ramos says:

    Eles querem impulsionar o mercado para se acabar com as portas USB. O problema é que as vezes da jeito ter portas USB. Eu acho que se vão tomar esta atitude deveriam ter pelo menos 3 portas USB-C e os adaptadores deveriam vir incluídos. Assim não prejudicava os utilizadores enquanto o mercado não avança com estas ideias.

    • Pedro Barros says:

      Eles se querem impulsionar seja o que for, deviam era ter noção de conceito de “periodo de transição”. E que tal incluirem duas portas usb tradicionais, e uas portas usb c, para começar…? Naaa…

      • Bartolomeu says:

        Numa tecnologia que é compatível com a anterior, no conceito de período de transição não é preciso manter portas antigas no computador.

      • Pedro Barros says:

        E lá vem o troll de sempre outra vez. Ouve lá oh fedelho, mas tu não te cansas de inventar nomes todos os dias para vires para aqui trollar????

      • Portimão says:

        É o mesmo que os equipamentos trazerem jack e bluetooth e o mercado não avança na evolução da tecnologia wireless para transmissão de música.

        Menos! Tem de ser assim mesmo, de forma drástica, tal como fizeram com a retirada do leitor de disquetes e com a retirada do leitor de cds!

    • Teresa says:

      A Apple não influecia o mercado, a Apple dita o mercado.
      Eles têm em exclusivo o mercado do Mac e como tal podem mudar o que quiserem.

      Num PC eu não gostaria de ficar sem portas USB, mas o pessoal do Mac é um mundo à parte.

      • Pedro Barros says:

        Pois, mas o problema é que o pessoal da musica, por exemplo, usa mais mac que pc muitas vezes, e ficar de repente sem as portas usb que usam para ligar todo o seu equipamento, de um dia para o outro, num Mac novo, acho que não vai correr muito bem…

        • Flavio says:

          Não comprem um Mac novo. Comprem primeiro os cabos que possam vir a precisar. Estás tu preocupado com os outros Lololol. Compra aquilo que te dá mais jeito e deixa os outros decidir o que lhes dá mais jeito a eles. E se realmente eles acabarem por mudar de marca não és tu que perdes.

          • Pedro Barros says:

            Chama-se a isso: ter uma opinião. Quer seja utilizador ou nao.

            Não sei então porque é que muitos se dão ao trabalho de vir aqui deitar abaixo o W10m e os Lumia cada vez que sai uma noticia sobre os mesmos… Não lhes serve, comprem outra coisa…
            Há uma diferença muito grande entre comentar tendo uma opinião analitica e simplesmente criticar!!

      • Mario says:

        Nem sei se foi ironia ou se realmente acreditas naquilo que dizes!

  19. radar says:

    Inovar seria por as características de USB-C numa porta que aceitasse formato USB-A (até porque o USB-C é muito mais frágil e mais propenso a estragar-se ).
    Mas “boa” inovação com a Apple é coisa de outros tempos, agora a inovação é só para pior .

    • Pedro Barros says:

      Completamente de acordo. O usb C fisicamente é muito mais fragil que o usb tradicional, especialmente para este tipo de equipamentos, em que se liga e desliga cabos milhares de vezes.
      Mas essa é a ideia, reduzir na qualidade e quantidade do material aplicado, lucrar na venda de adaptadores, lucrar na assistencia tecnica nas reparações mais frequentes.

  20. Ricardo says:

    http://www.idownloadblog.com/2016/10/18/benchmarks-reveal-how-higher-capacity-iphone-7-units-can-be-faster/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter
    Um pouco grave não? Um de 32gb chega a ser 8x mais lento que um de 256gb. Mas então não devia ser a mesma velocidade para todos independentemente da memória que tem? Capitalismo puro, compra o mais caro.

    • winetree says:

      Uau, recebes por isso? O que é que essa noticia tem a ver com esta? Isso fala de Macs ou de portas USB? Já agora, sabes que se comprares um disco SSD da (por exemplo) Samsung ou de outro fabricante qualquer, de 64GB de capacidade ele é mais lento que o disco do mesmo fabricante de 512GB? Já usaste um iPhone 7 de 32GB? É lento? É mais lento que outro smartphone qualquer???
      Por que raio é que odeias uma marca, seja ela qual for? És obrigado a usar coisas dessa marca? Fizeram-te mal? Querias comprar coisas dessa marca e não podes??

    • Bartolomeu says:

      “How-To Geek explains that “the higher capacity variants of an SSD model often get their higher capacity from simply having more NAND flash chips of the same type as the lower capacity variants. Having more NAND flash chips allows for a design where the controller on the SSD can access more data in parallel, allowing for higher speeds.””
      Observas fenómeno parecido na área dos SSD para tamanhos mais pequenos, especialmente há uns anos atrás em que 64GB ainda era oferta comum nas melhores gamas de SSD.

      • Ricardo says:

        Que me interessa os ssd? Sempre a arranjar desculpas, quer se o mesmo rendimento num iphone de 32gb que num de 256gb. A única diferença só pode ser a memória, o resto, a performance devia ser o mesma. Sempre com desculpas.

        • Bartolomeu says:

          Nem sequer lês o que é dito! Mais memória, mais chips NAND, mais canais para ler e escrever em paralelo, maior rapidez.
          O que interessa os SSD? Preferes HDD para exemplificar organização de memória NAND?
          Agora tenta arranjar a performance do modelo de 256GB noutros smartphones

    • Az8teiro says:

      Não, as pens de 32Gb também são 10x mais lentas que os discos SSD, tem haver com o tipo de memória e não com a quantidade 😉

      É como dizeres que um fiat tem que andar o mesmo que um ferrari porque ambos têm motor.

      • Ricardo says:

        Pensa no exemplo que pegaste, e vê se está correcto. Falaste em Fiat e Ferrari, 2 coisas diferentes. Eu falo em dois iphones, iguais, um com mais memória que outro não pode ser 8x mais rápido que o outro, só por causa da memória que tem a mais. A única diferença deveria ser o armazenamento ser maior, ponto. Sempre com tentativas de desculpa.

      • Mario says:

        Verdade, mas se tens dois discos SSD com o mesmo tipo de memoria o com menos capacidade será sempre mais rápido o mesmo se aplica aos HDD.

  21. Migael says:

    Podiam acabar também com as portas de entrada das suas lojas e ficavam a funcionar no seu expoente máximo, pois assim só tinham…

    …Windows.

    *Ba*Dum*Tss*

  22. Ricardo says:

    Porque é que põe usb-c nos Mac e no iPhone não? Lógica? Mais uns cabos…

    • Mike says:

      É que nem entre equipamentos da própria Apple conseguem usar o mesmo tipo de conector para facilitar a vida ao cliente!!
      vou despachar o meu imac… Apple, nunca mais.

  23. David says:

    A Apple nas mãos de Steve Jobs podia ser muito cara mas era revolucionária, valia a pena. Tenho um macbook de 2008 e questiono-me como é possivel que o pc seja tão avançado para a época. Eles desenvolveram novos produtos que até à data não tinhamos como os tablets, etc.

    Hoje a apple dificulta a vida dos seus clientes com politicas que visam se distinguir da concorrencia, não pela inovação mas pela diferenças fisicas mesmo que não sirva para nada. Querem ser uma elite distinguida desta má forma.

    Os fones para quem os quer perder, inuteis. As ram’s que são soldadas e os parafusos que criaram para dificultar que abram os computadores. Agora as portas de USB. Não me admira que tenham recuado nos carros deixando-se ficar apenas pelo software. Perderam a alma steves. O pior é que quando eles entrarem novamente em colapso o steves não vai estar cá para os salvar novamente!

    • Rui LUX says:

      “Hoje a apple dificulta a vida dos seus clientes com politicas que visam se distinguir da concorrencia, não pela inovação mas pela diferenças fisicas mesmo que não sirva para nada. Querem ser uma elite distinguida desta má forma.” – não diria melhor! bem dito!!

    • Ricardo says:

      Atenção que muita malta da música usa os macs, e perder a entrada Jack vai ser mau para a Apple, muitos dj inclusive. A malta que trabalha com isso não vai andar com Bluetooth.

      • Hugo says:

        Quem sabe trabalhar com música usa placas de som como deve ser. Jack é um desenrasca.
        Eu pessoalmente gosto, pois é ligar e está a funcionar mas no que diz respeito à qualidade não é melhor.
        Os djs da casa dos segredos por exemplo é que são capazes de ficar agarrados LOOOL

      • Bartolomeu says:

        Onde é que leste que os Macs perdem a entrada jack?

      • Pedro Barros says:

        Quanto aos musicos (não incluo aqui DJ’s porque não conheço as suas necessidades especificas), a entrada do jack não é muito grave a nivel de equipamento porque quase nenhum musico usa as placas de som incluidas no pc nivel profissional (ou a nivel amador com stardards profissionais). Usam interfaces audio/midi externos, e esses têm entradas e saidas de audio decentes.
        Já a nivel dos usb a coisa muda de figura. Estou mesmo a ver o pessoal que os leva para os concertos e estudios com os macs ou pc’s novos daqui a um anito com as usb-c partidas ou todas lixadas… :-(

        • Bartolomeu says:

          Achas que quem desenhou a porta é assim tão incompetente?
          Tem em conta que ao contrário do USB “tradicional” não há uma forma errada de introduzir o “cabo” na porta, o que reduz bastante o stress que pode causar nos materiais usados

          • Pedro Barros says:

            Eu não disse que quem desenhou é incompetente, disse apenas que a sua construção é mais fragil que uma usb-a, para todos os usos usb que possas pensar num pc. Pode ser muito boa para smartphones e afins, mas para ligar perifericos num pc… nem por isso…

          • Bartolomeu says:

            O que disseste implica achares que são incompetentes, que não foram capazes de pensar em como desenhar uma porta que aguente um ano de uso.

          • Pedro Barros says:

            Amigo, quando assumimos o significado do que alguem escreve invés de nos certificarmos que o significado está correcto ou não corremos o risco de estarmos errados.
            Em nenhuma parte eu disse que quem desenhou a porta usb-c era incompetente. A questão não é aguentar 1 ano de uso, a questão é aguantar 1 ano ou mais COM QUE uso…!!
            Não disse que as postas não eram adequadas para usar com nenhum equipamento, apenas acho que são mais frageis que as outras para usar em PC’s no ambito de determinadas actividades.

            Se experimentares andares uns mesitos na estrada em concertos e tiveres noção do rigor do desgaste nos equipamentos, principalmente este tipo de interfaces, depois diz alguma coisa….

          • Bartolomeu says:

            Continuas a ir bater no mesmo, a achar que quem desenhou não foi capaz de desenhar algo que aguente uso. Não é preciso andar na estrada para usar e abusar duma porta.
            Quando tiveres realmente a experiência de usar este interface, diz alguma coisa

          • Pedro Barros says:

            LOL, ok amigo… não vale a pena… Estamos a falar linguagens diferentes.
            De certeza que a contrução destas portas deve ser completamente diferente das mini, micro, ou whatever usb’s…
            Parto do principio que já desmontaste, arranjaste, soldaste, e viste muitas portas usb de pequenas dimensões partidas, não é??
            Olha, eu por exemplo já….

          • Bartolomeu says:

            Pedro Barros, na verdade é diferente, exactamente por aquilo que já disse e preferes ignorar, não há uma forma errada de inserir e a geometria arredondada confere resistência extra. O tamanho é até maior que o micro-USB, e ao contrário do micro-USB foi desenhado e pensado para computadores.

  24. Alberto says:

    Adaptadores, adaptadores em todo o lado…

  25. Az8teiro says:

    A apple queria ser uma marca de carros, e vai passar a ser uma marca de telmóveis, e vai acabar a produzir exclusivamente OS para pcs, como faz a microsoft.

    Querem tudo, mas em vez de unificarem, segmentam..

  26. Kkk says:

    E a porta VGA não me digam que eles também tiraram isso. Lololol.

  27. Nuno Palma says:

    A minha experiência com os computadores modernaços tipo estes é o seguinte:
    1 – Tive de comprar um leitor DVD externo (pelas vezes que é usado, não me chateia não ter no pc)
    2 – tive de comprar um adaptador HDMI – VGA para ligar a projectores que não são modernaços (a maior parte)
    3 – Tive de comprar um adaptador USB – Ethernet que me limita uma porta USB

    É o que dá comprar PC’s à frente do tempo.

    Só para informar que é um HP, não um apple. Portanto estas crítias à Apple por causa de tirar os USB tipo B deverá ser para todas as marcas.

  28. Mike says:

    Isto é tão ridículo e estúpido que até assusta.
    Sem comentários possíveis tal é a capacidade assustadora da Apple ignorar por completo as necessidades dos clientes profissionais que usam os seus equipamentos – ou usavam…

    • Bartolomeu says:

      E que necessidades é que ignora? Será que deixam de poder usar os equipamentos que usam actualmente?

      • Mikes says:

        Discos, pens, mesas de desenho, interfaces audio e video, smartphones, e tanta outra coisa.
        Há quem use computador para coisas que vão além de ir ao Facebook.

        • Bartolomeu says:

          Tudo equipamentos que a pessoa continuará a usar com os novos Mac. Tenta dizer alguma coisa que faça sentido

          • Mike says:

            Sim… mas tenho de comprar um hub = mais cabos, mais peso.
            Tu é que não fazes sentido e essa cegueira pela maça retira-te a clareza de pensamento e objectividade.
            Abres o olhos que já é dia. Sai do rebanho, há mundo além da ovelha que segue à tua frente.

          • Bartolomeu says:

            O teu problema é haver a possibilidade de ter que levar mais 20-40 gramas? Que pesadelo, como é que se vai resolver?
            No teu caso nem tens que andar com nada, já que andas a reclamar com o “teu” iMac. Isto depois queres dar a entender que as pessoas deixariam de poder usar equipamentos.
            Abre os olhos para o que é o USB-c

          • Hugo says:

            À partida não tens que comprar hub nenhum…

          • Mike says:

            @Bartolomeu: USB-C tenho até no meu tlm!
            A questão é simples, se eu estivesse a pensar em comprar um MacBook Pro, podes ter a certeza que com estas limitações não compraria.

          • Bartolomeu says:

            A limitação de peso, muito interessante! Seria engraçado depois se verificar que compraste um portátil com mais peso, ou saber se daqui a uns anos tens coragem para comprar um depois de todos os portáteis serem só com USB-c.

          • FAB says:

            @Mike deixa de dizer coisas estúpidas.

            Diz-me UM equipamento profissional que tenha sido lançado nos últimos 10 anos, que precise sequer de um hub!

            Todos os equipamentos profissionais têm portas microUSB/miniUSB/USB-A/DisplayPort, e podem ser todas ligadas a USB-C/Thunderbolt 3, só mudar o cabo.

    • Hugo says:

      Esse estúpido, ridículo e assustador pesadelo resume-se a comprares um cabo. Assunto resolvido.

      • Pedro Barros says:

        O problema principal não se resume “apenas” a comprares um cabo para alguns casos.
        Por exemplo, tirem lá o vosso “mind-set”da questão da tecnologia por um momento e pensem a nivel fisico/mecanico.
        Uma porta usb-c é tão robusta e fiavel como uma porta usb-a? Experimentem lá ligar e desligar um cabo de ambos os tipos 2 ou 3 vezes e analisem a solidez das entradas a nivel de ligação.
        Agora multipliquem isso por milhares de vezes e digam la qual é o tipo de entrada que “vai á vida” primeiro

        • FAB says:

          “Uma porta usb-c é tão robusta e fiavel como uma porta usb-a?”
          É

          • Pedro Barros says:

            Gosto da convicção na tua resposta. è sinal que já experimentaste exaustivamente os dois tipos de porta e tiras-te essa conclusão por experiencia.
            Já eu tenho a experiencia das portas mini e micro que já tive que soldar algumas vezes, enquanto as usb-a ainda não vi nenhuma partida. Tomara então que as usb-c tenham uma construção melhor que as mini e micro, e que não esteja, agarradas á placa “apenas” por 4 pingos de solda com 1mm como as outras…

          • Bartolomeu says:

            Pedro Barros, tanta reclamação e acabas a descrever problemas com a qualidade de construção de certos aparelhos e não qualidade e resistência da porta micro-USB em si. Não há nada que impeça um fabricante de soldar qualquer porta à placa, mesmo USB-A, que é o que fazem com as portas USB do Raspberry Pi
            Pega num iPhone e a porta Lightning está segura por parafusos à estrutura do aparelho, pega num MacBook e a porta USB tipo C está segura por parafusos à estrutura do aparelho.

      • Mikes says:

        Solução parva porque isso não passa de um remendo.

      • Pedro Barros says:

        ão ão ão ão ão…..ão ão ão ão ão…
        PAFFF!! caim…. caim….. caim

  29. José Luiz says:

    1º- USB tipo A-B-C-D-E…. tipo 1-2-3-4 … etc, são portas “USB”.
    2º-Vão tirando as conxões universais para impor as proprietárias!!

  30. Miguel says:

    Isso significa que se todos os fabricantes fizerem o mesmo, teremos pens, adaptadores Bluetooth e periféricos en usb-c, logo, mais pequenos.

  31. David Sucesso says:

    tudo o que não lhes de Royalties toca a tirar… …deixem de fazer os portáteis tb

    • winetree says:

      Hein?? Nem dá para entender… Sabes que todos os fabricantes de Laptops estão a fazer o mesmo, certo? A Apple nem sequer é a primeira a fazer isto…

  32. Hugo says:

    Quando tiveres algo de útil para dizer…olha..chama a tua mãe e ela que te ature boa? :)

  33. Joao says:

    Tudo o que vejo aqui é pessoas a tentar justificar o injustificavel com o facto de no titulo ter escrito X e a noticia dizer Y. Afinal é mais importante estar a criticar um titulo que pode ser para clickbait (como em todos os sites de noticias hoje em dia) ou esta decisão da Apple que vai obrigar à compra de adaptadores de muitos €€€ apenas e só para aumento do lucro da própria empresa “cagando” completamente nos seus clientes? às vezes ainda consigo ficar admirado aos niveis de fan/hate que se chega a marcas com as quais não ganhamos rigorosamente nada e às quais não devemos nada.

  34. raulleal says:

    “comprarem adaptadores para todos os seus actuais dispositivos USB.” ora ai esta!!! Apple no seu melhor!! já não bastava fazer Os portáteis sem porta de rede e ter de comprarar a 36€ um adaptador… fica mais bonito um portátil ultrafino cheio de porcarias na ligadas!! LOL

  35. Vitor Correia says:

    Com tantos perifericos que uma pessoa normalmente liga a portas USB, é preciso ser mesmo pouco inteligente e ter falta de visáo para tomar uma decisão destas.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.