PplWare Mobile

Receitas da App Store são 93% maiores que as do Google Play no último trimestre


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

28 Respostas

  1. Cortano says:

    Honestamente, antes de começar a usar iphone não tinha a noção que a App Store da Apple pudesse ter tanto lixo e de tanta app fraudulenta!
    A app store está minada por apps grátis, mas que assim que as instalamos e clicamos em alguma coisa sem querer, já a estamos a subscrever a preços ridiculos como 5€/mês ou mais.
    Ou apps “grátis” que a única coisa que se pode fazer é abrir a app, ver uma unica função e depois… PAGA DO BELO.

    • Sujeito says:

      Até parece que no Google Play é melhor.

      • Cortano says:

        Vamos lá ver uma coisa: o meu iPhone custa 800€, não esperava ter tanto lixo na app store.
        Percebes a diferença?
        Se paguei premium, esperava premium e não ser enganado na store

        • Balmer says:

          Não sei porque é que acreditavas que ao pagar esse preço ficavas “protegido” de ter uma app store com esse tipo de apps. A Apple faz alguma filtragem em termos de apps que de facto sejam pura intrujice, mas de resto se não está a quebrar as regras, não há nada contra isso.

          Talvez tenhas é ouvido muita historia de senhores com palas na tola a dizer que a App store é um mundo completamente à parte da loja da Google, mas hey, sheep gonna sheep.

    • Brasão SS says:

      Deves estar a confundir com a PlayStore de certeza. Uso iOS há quase 9 anos e não tenho apps inúteis. Tenho centenas de apps, se calhar até mais de mil.
      Pelo contrário, a qualidade da App Store, é muito superior à da Play Store
      Uso Android há mais de 3 anos, também tenho muitas apps, talvez cerca de 300, ou mais, mas mais de metade é lixo. Fica bem na biblioteca da PlayStore. Só para encher.
      😉

    • Ze says:

      Há aqui qq coisa de estranho. Essas subscrições só são ativadas se autenticares via password ou biometrico… até da ideia que essas subscrições são automáticas sem uma pessoa saber que as está a fazer…

    • AqueleGajo says:

      Para mim o mais chocante é que uma pessoa já paga premium e ainda tem de pagar por algumas apps que sao gratis no googleplay, devia ser ao contrario.

      • Balmer says:

        Chocante, porque..? A maior parte das apps são feitas por terceiros, não Apple.
        Não acreditas que só porque pagas um valor premium pelo dispositivo que os developers recebem X da Apple só porque são devs.

        O facto de Android ser tão acessível é o que possibilita haver tantas apps gratuitas no lado da Google; por outro lado, o factor premium da Apple sempre cria uma pequena barreira que bloqueia uma quantidade de apps que são completamente inuteis.

  2. LG says:

    É ridiculo pensar quanto dinheiro a Apple faz na App Store; “No campo das apps gratuitas, as que mais lucros geraram foi o Netflix (…)” Quanto paga o utiliador por uma subscrição efetuada pela App em relação a uma subscrição feita diretamente no netflix?

    • antonio says:

      Nas subscrições feitas através da app a Apple recebe 30% da subscrição do primeiro ano e 15% nas renovações. Da Netflix e outras com subscrição.

      O utilizador paga o mesmo na subscrição pela app ou diretamente na Netflix. A Netflix é que recebe menos (e não anda nada satisfeita com o negócio)

      Provavelmente com o Google Play é igual.

  3. Renato says:

    Penso que um dos aspectos que potenciam esta diferença é precisamente a abordagem relativamente ao conteudo que “entra” para cada loja. A App store com os seus artigos diários e “curated content” é, a meu ver, um grande ponto a favor.
    Não sou utilizador de Android, pelo que desconheço a qualidade e “filtragem” de conteudo que cai nesta loja, mas sei que a Google oferece ferramentas de grande qualidade aos developers que optam por criar conteudo para a Play Store.

    • Joao says:

      Se nao sabes o que dizes pq das palpites? Se nao usas os dois nao fazes ideia do que estas a falar.

      • Brasão SS says:

        É como tu. Também não usas os dois. Se usasses saberias que ele tem alguma razão a respeito da qualidade e filtragem de apps que entra na PlayStore e na App Store. Não tem comparação.

        • Joao says:

          Faço apps para ambos os ecossistemas, tenho IOS e Android em casa e saco apps todos os dias de ambos os ecosistemas para testar novas apps no trabalho.
          A qualidade é a 99% igual. nunca me recusaram uma app para IOS, ou seja sao as mesmas para Android. Existem mais apps para android, é natural que exista mais lixo, mas tambem há com extrema qualidade que igualam a vontade as do universo IOS. A filtragem que é feita no IOS é feita a mao demorada e que falha na mesma…ja tive um caso que me tentaram recusar por colocar numa categoria que nao concordaram, expliquei com screenshots e nem me responderam…aceitaram logo. depende muito do urso que vai analisar ou seja vale o que vale. na google é um algoritmo que demora menos de 1hora a ficar online. nunca encontrei uma app no IOS que diga ah quem me dera que no Android tivesse. Existem sempre alternativas e algumas com melhor qualidade. é claro que vai sempre haver alguem que vai dizer..e a app X ou Y? no Android nao tem…..é uma em 1milhao e como disse..existem alternativas.

        • Cortano says:

          Se tu acreditas na filtragem eficaz da Apple… Estás tão iludido

    • Balmer says:

      “A App store com os seus artigos diários e “curated content” é, a meu ver, um grande ponto a favor.”

      O mesmo que a Google faz desde há muitos anos? Sim, também acho que foi uma boa adopção por parte da Apple.

      É assim, se pode haver uma melhor filtragem por parte de Apple para cortar lixo, sim; e concordo com isso porque francamente a forma aberta de Android deixa muitos incautos vulneráveis a muitas dores de cabeça. Agora, a não ser que se seja cego – Ou se tenha visão selectiva – A qualidade é a mesma dos dois lados. Tens apps de qualidade na Google Store como tens na App store, e tens recomendações da Google e muitas apps que são validadas pelo staff com o respectivo carimbo.

      Agora, se começares a vasculhar a loja à balda encontras o mesmo lixo na App store que tens na Google store, independentemente do que certas pessoas dizem (Como algumas com “mil apps”, fodasse, se precisas disso tudo eu acho que vou criticar a suposta qualidade das mesmas já que parece que cada app só faz uma unica função e precisas de mais uma duzia de apps para a complementar).

      • Brasão SS says:

        Essas pessoas com mil apps, são aquelas que foram adquirindo com o passar dos anos. No meu caso, e como sei que a picada foi para mim, vou explicar te, para ver se essa cabeçinha pensadora entende. Às vezes pensar custa um pouco. Como já disse, uso iOS há quase 9 anos, é normal ter muitas. Ia adquirindo consoante a necessidade ao longo dos anos. Fazes ideia do iOS há 9 anos? Nem hoje fazes, quanto mais há 9 anos. Tinhas que adquirir muitas apps de terceiros, pois nativamente o iOS ainda não tinha certas funcionalidades. Hoje é diferente, nativamente já não preciso da maior parte das apps que adquiri. Só dois exemplos. Para converter uma página web em PDF, precisei durante muito tempo de um PDF converter. Quando nativamente o iOS trouxe essa funcionalidade, o simples conversor de páginas web em PDF, deixou de fazer falta. Mas fiquei com ela na biblioteca. Com a lanterna foi igual. E podia estar aqui muito tempo. As apps que fui adquirindo ao longo dos anos muitas fazem me falta outras já não. Há muitas que me ainda me fazem falta, principalmente as de produtividade. Outras simplesmente ficam na biblioteca, e sei que se me fizerem falta, elas estão lá.
        “Agora, se começares a vasculhar a loja à balda encontras o mesmo lixo na App store que tens na Google Store”
        Ao vasculhares, não faças à balda. Lê as críticas dos utilizadores da App Store, e não te arrependes. É sempre o que faço. Já na PlayStore mesmo uma App com boas críticas dos utilizadores, acontece muitas vezes ser autêntico lixo. Isso acontece me com frequência.
        Por isso os teus argumentos não têm sentido nenhum. Quanto à qualidade ser igual, isso não é verdade. A qualidade só é igual se as apps forem transversais às duas plataformas. Arranja me uma App gratuita para Android com a qualidade do GarageBand, arranja uma gratuita com a qualidade do iMovie. Arranja apps para Android de produtividade com a qualidade das apps by Readdle. Arranja uma para Android com a qualidade da Weafo. Eh pá posso estar aqui mais tempo, se necessário. Já para não dizer que para iOS costuma chegar sempre primeiro as novidades. Já para não falar de apps exclusivas que a PlayStore nem cheira. Continuo a dizer. Não tem comparação. Só tens razão num ponto.
        “tens recomendações da Google e muitas apps que são validadas pelo staff com o respectivo carimbo.”
        Verdade, e são boas apps. Quanto ao resto é falácia.
        😉

  4. Sousa says:

    Isso não se deverá ao roubo dos Aples ID’s que não foi aqui noticiado?

  5. EacHTimE says:

    Impressionante o monopólio do facebook nos tops

  6. Filipee says:

    Ninguém esperava por este resultado porquê? Só quem não conhece os 2 negócios pode afirmar tal coisa.
    Primeiro o custo de um dev poder colocar uma App na AppStore é 3xmaior que na PlayStore, depois existem imensas aplicações que em iOS são pagas e no Android são gratuitas, e terceiro existem apps exclusivas na AppStore que têm um custo e elevado, enquanto grande parte das exclusivas de Android são gratuitas.

    Portanto se os Devs sabem que no mundo Apple o cliente está mais disposto a pagar por qualquer app nem que seja um despertador, do que no mundo Android é normal haver esta diferença. Isto mostra que cada vez mais, alem da Apple ter os produtos mais caros do mercado,tem também a loja ”mais cara”

  7. antonio says:

    Há um engano (tirando o facto de se estar a falar de receita bruta e não de lucros – da receita bruta, cada um recebe 30% e tem que tirar os custos, isso é que dá o lucro).

    – o total são 18,2 mil milhões de dólares
    – da Apple são 12 mil milhões (66%)
    – da Google Play são 6,2 mil milhões (34%)

    É o costume – com 28% dos downloads a Apple Store recebe 66% (2/3) das receitas. Por isso é que os developers se interessam mais pelo iOS, que está de boa saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia